Documents

00395 - Crise, Reforma do Estado e Pol¡ticas P£blicas_Implica‡äes para a Sociedade Civil e para a Profis.pdf

Description
CRISE, REFORMA DO ESTADO E POLÍ POLÍTICAS PÚBLICAS: IMPLICAÇÕ IMPLICAÇÕES ES PARA A SOCIEDADE CIVIL E PARA A PROFISSÃ PROFISSÃO Ivete Simionatto 2 CRISE, REFORMA DO ESTADO E POLÍTICAS PÚBLICAS: IMPLICAÇÕES PARA A SOCIEDADE CIVIL E PARA A PROFISSÃO Ivete Simionatto Profa. Titular do Departamento de Serviço Social da UFSC 1– Introdução Os debates e as abordagens sobre a chamada crise eclodida em finais dos anos 70 têm indicado pelo menos duas perspectivas: a primeira centrada fundam
Categories
Published
of 48
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    CRISE, REFORMA DO CRISE, REFORMA DO ESTADO E POLESTADO E POLÍÍTICAS TICAS PPÚÚBLICAS: BLICAS: IMPLICAIMPLICAÇÕÇÕES PARA ES PARA A SOCIEDADE CIVIL E A SOCIEDADE CIVIL E PARA A PROFISSPARA A PROFISSÃÃOO Ivete Simionatto   2 CRISE, REFORMA DO ESTADO E POLÍTICAS PÚBLICAS: IMPLICAÇÕES PARA A SOCIEDADE CIVIL E PARA A PROFISSÃO   Ivete Simionatto Profa. Titular do Departamento de Serviço Social da UFSC 1– Introdução Os debates e as abordagens sobre a chamada crise eclodida em finais dos anos 70 têm indicado pelo menos duas perspectivas: a primeira centrada fundamentalmente na crise fiscal do Estado e no modo de intervenção deste nos sistemas econômico e social, e a segunda como o “conjunto de transformações   3 econômicas, políticas, sociais, institucionais e culturais”(Mota, 1995:88) que incidem nos processos de produção e reprodução da vida social. Enquanto a segunda centra-se nas conseqüências da crise para os trabalhadores, a primeira materializa-se no ideário econômico e político que defende a ação reguladora do mercado em substituição aos mecanismos de regulação estatal. É nessa perspectiva que se insere o debate sobre direitos sociais e políticas públicas pelos organismos internacionais, reorientando as relações Estado/sociedade/mercado.   4 2 - Banco mundial, Reforma do Estado e Políticas Públicas A discussão sobre Reforma do Estado e Políticas Públicas precisa ser compreendida no contexto da crise global do capitalismo, de sua absorção pelas organizações internacionais e da incidência dessas últimas nas agendas dos Estados nacionais. Os estudos nessa área têm apontado que a influência das ‘nações hegemônicas’ sobre as chamadas ‘nações secundárias’ se expressa através de relações de poder coercitivas, que vão desde à ameaça de retaliação e embargos em várias áreas, a incentivos econômicos e financeiros. A hegemonia dessas nações tem provocado, especificamente, a alteração das “ orientações e valores das elites nacionais, difundindo novas idéias e crenças
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks