Documents

A Importância da Metodologia Científica para Estudantes no Contexto Universitário.doc

Description
A Importância da Metodologia Científica para Estudantes no Contexto Universitário Por: Alex Robson dos Anjos dos Santos RESUMO O presente artigo científico tem como objetivo verificar o nível de conhecimento dos estudantes universitários acerca dos objetivos, métodos, regras e ferramentas inerentes à Metodologia Científica, antes e após seu ingresso à universidade. O trabalho está dividido em cinco seções com o intuito de facilitar o seu entendimento, nelas busca-se, de forma concisa, mostrar a
Categories
Published
of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A Importância da Metodologia Científica paraEstudantes no Contexto Universitário Por: Alex Robson dos Anjos dos SantosRESUMO O presente artigo científico tem como objetivo verificar o nível de conhecimento dosestudantes universitários acerca dos objetivos, métodos, regras e ferramentas inerentes àMetodologia Científica, antes e após seu ingresso à universidade. O trabalho estádividido em cinco se!es com o intuito de facilitar o seu entendimento, nelas busca se,de forma concisa, mostrar a import#ncia da Metodologia para discentes e docentes doensino superior no processo de constru$o m%tua do conhecimento científico, frente àsnovas realidades e possibilidades vivenciadas por esses agentes do ensino superior contempor#neo. &isto todo o e'posto, ser$o consideradas as concep!es de autoresrenomadíssimos na área de Metodologia Científica para concatenar com o cotidianouniversitário os conhecimentos e'postos neste artigo, além de embasar a pes(uisa naanálise de seus resultados.  Palavras-Chave:  Conhecimento. Metodologia Científica. )iscentes. )ocentes. *nsino+uperior. 1 INTRODUÇÃO  educa$o universitária, cada ve- mais, vem sendo discutida em congressos, palestrase demais eventos com o intuito de sinali-ar (uanto às competncias necessárias para osucesso de estudantes e professores. &isto isso, o presente estudo científico tem comoobjetivo principal verificar o nível de conhecimento dos estudantes universitários(uanto os objetivos, métodos, regras e ferramentas atreladas à Metodologia Científica,antes e após o seu ingresso à universidade.)iante o e'posto acima é fundamental indagar/ a disciplina Metodologia Científicaajuda estudantes para a melhora de suas produ!es acadmicas0O artigo está sistemati-ado, em cinco se!es, com o intuito de facilitar a compreens$ode seu conte%do. +endo assim, no primeiro momento tratar se á sobre  A Importância da Metodologia para a Construção do Conhecimento Científico , pois a metodologia prop!e métodos e técnicas (ue subsidiam educandos e educadores a constituírem oconhecimento, genuinamente, científico. 1a se$o seguinte será tratado (uanto  A Missão do Estudante num Contexto Universitário , visto (ue é necessário (ue saiba seu papel diante as a!es inerentes e (ue o cerca a partir de seu ingresso na universidade.lém disso, s$o notórias as novas realidades e possibilidades no ensino superior contempor#neo, bem como nas demais modalidades de ensino. O avano dastecnologias educacionais com o advento dos computadores em sala de aula é e'emplodessa inova$o, o professor precisa ser sensível às ferramentas (ue contribuem comsuas práticas de ensino e aprendi-agem. )essa maneira, a se$o  A Competncia do !rofessor Universitário em ovos #empos  discorrerá sobre conceitos inerentes às pra'es docentes. se$o  Metodologia  trata do método utili-ado, da abordagem, dos atores participantes,do local e instrumentos com vistas a sustentar o objetivo e responder ao (uestionamentoda pes(uisa. 1a  Análise dos $ados da !es%uisa ser$o apresentadas informa!es coletadas através de(uestionários distribuídos a 22 3on-e4 discentes de uma 5nstitui$o de *nsino +uperior do *stado do mapá e correlacionadas com as concep!es de teóricos renomados naMetodologia Científica. )essa maneira, definindo o perfil do nível de conhecimentoantes e depois do ingresso do acadmico à universidade considerando, assim, suasdificuldades.  6ara tanto, utili-ar se á dos seguintes autores como referncias/ 7ei'eira 389294:+everino 3899;4: )emo32<<=4: 5mbernón 389284: além de outros para suprir a contentoas e'pectativas lanadas neste trabalho. 2 A IMPORTÂNCIA DA METODOLOGIA PARA A CONSTRUÇÃO DOCONHECIMENTO CIENT!ICO ntes de tudo, vale destacar (ue o termo  Metodologia  significa >?...@ estudo doscaminhos, dos instrumentos usados para se fa-er cinciaA 3)*MO, 2<<=, p. 224. inda,segundo )emo 32<<=4, a metodologia é uma disciplina (ue instrumentali-a (uanto aos procedimentos a serem tomados na pes(uisa, possibilitando acesso aos >caminhos do processo científicoA, além disso, ela visa, também, promover (uestionamentos acercados limites da cincia sob os aspectos da capacidade de conhecer e de interferir narealidade.6ara +everino 3899;, p. 2; 2B4 o trabalho científico/ ?...@ refere se ao processo de produ$o do próprio conhecimento científico,atividade epistemológica de apreens$o do real: ao mesmo tempo, refere seigualmente ao conjunto de processos de estudo, de pes(uisa e de refle'$o (uecaracteri-am a vida intelectual do estudante ?...@. O conhecimento é importantíssimo para todos os segmentos da humanidade, tornou sevalioso, pois (uem o domina pode ter acesso a in%meras oportunidades. 37*5*5D,89294.&ieira et al. 3899E4, aponta (ue o conhecimento tomou propor!es (ue v$o além doslimites das institui!es de ensino ou do (ue o professor pode dispor, podendo ser construído em várias formas e lugares.Frente a essa afirmativa há a necessidade de sistemati-ar o conhecimento científico, pois a partir disso a metodologia comea a ser instituída e atrela a pes(uisa o seu plenodesenvolvimento. 1esse sentido, +everino di- (ue a pes(uisa assume trs dimens!es na Gniversidade/ )e um lado, tem uma dimens$o epistemológica/ a perspectiva doconhecimento. +ó se conhece construindo o saber, ou seja, praticando asignifica$o dos objetos ?...@ assume ainda uma dimens$o pedagógica/ a perspectiva decorrente de sua rela$o com a aprendi-agem. *la é media$onecessária e efica- para o processo de ensinoHaprendi-agem. +ó se aprende esó se ensina pela efetiva prática da pes(uisa. Mas ela tem ainda umadimens$o social/ a perspectiva da e'tens$o ?...@. 3+*&*D51O, 899;, p. 8I4.  1esse conte'to, a pes(uisa assume papel importante, pois tanto docente, (uanto oestudante fará uso da pes(uisa para aprimorar, pJr em prática e construir conhecimentode maneira significativa. +everino 3899;, p. 8= 8I4 di- (ue o >professor precisa da prática da pes(uisa para ensinar efica-mente: o aluno precisa dela para aprender efica- esignificativamente ?...@A.+egundo 7ei'eira 389294, para (ue se alcance uma educa$o de (ualidade esta deveestar atrelada ao conhecimento. )essa maneira, será possível a constru$o doconhecimento voltado para uma educa$o comprometida e, realmente, construtiva.6ortanto, compete aos professores e estudantes, através da prática de pes(uisa, proporcionar a sociedade novos conhecimentos com a finalidade de torná la padr$o na pra'e do ensino superior e nas demais modalidades de ensino 3principalmente no ensinomédio4, o (ue certamente facilitaria, significativamente, a vida do ingressante de ensinosuperior. # A MISSÃO DO ESTUDANTE NUM CONTE$TO UNI%ERSIT&RIO o ingressar na universidade o estudante depara se com situa!es pouco comuns a suarealidade, até ent$o.  partir disso, é necessária uma ade(ua$o, por parte do estudante,ao novo ambiente. 6ara +everino 3899;, p. E;4/   1o ensino superior, os bons resultados do ensino e da aprendi-agem v$odepender em muito do empenho pessoal do aluno no cumprimento dasatividades acadmicas, aproveitando bem os subsídios tra-idos seja pelainterven$o dos professores, seja pela disponibilidade de recursos pedagógicos fornecidos pela institui$o de ensino. 7ei'eira 389294, ao mencionar sobre as competncias transversais do ofício do aluno,di- (ue o estudante precisa desenvolver trs atos acadmicos/ os hábitos de estudar, ler eescrever te'tos para torna se atuante na sociedade. 5sso servirá como re(uisito para (ueo estudante torne se um pes(uisador.O ato ou hábito de estudar está diretamente ligado ao de aprender através de boas práticas de leitura e aten$o às aulas, dando ao aluno a possibilidade de participar,interpretar e envolver se no desenvolvimento de tais práticas. +endo assim, deve seaproveitar ao má'imo as aulas em sala, pois >esse material didático científico deve ser considerado e tratado pelo estudante como base para seu estudo pessoal, (uecomplementará os dados ad(uiridos através das atividades de classeA 3+*&*D51O,899;, p. KE4, além das leituras de bons livros (ue possibilitem atua$o eHou refle'$o doestudante. leitura fa- se necessário à vida do estudante, visto a necessidade (ue este tem em produ-ir trabalhos acadmicos. 6ara 7ei'eira 38929, p. 8;4 >a leitura envolve a práticade dar significado ao mundo (ue nos cercaA. )essa forma, a autora divide a leituradirigida em duas etapas/   MOMENTO 1 NO ATO DE LER: Ler para identifcar a ontedo texto, o autor. Fazer uma eitura !era para aprender aideia/mensagem central.  N o #u$in%e nada, n o anotenada ainda, #& eia o texto inteiro.   MOMENTO ' NO ATO DE LER: Ler para procurar o##i!nifcado#, ideia# correata#, conceito#, para destacar ostrechos signifcatios e in!orma #es complementares $ideia central.  (u$in%e ) de#ta*ue tai# trec%o# no texto. N oanote nada ainda. (& na terceira eitura + *ue oc- de iniciaro #eu tra$a%o de e#crita. !rio da autora/  6ara escrever te'tos o estudante deve possuir alguns conhecimentos prévios, tais como/>conhecimento linguístico: conhecimento dos tipos de te'to e suas características:conhecimento de mundoA. 37*5*5D, 8929, p. EE4.)iante todo o e'posto, (uanto as suas atribui!es, será necessário, para (ue obtenhasucesso na universidade, (ue o estudante se empenhe, pois dele ser$o e'igidasresponsabilidades condi-entes do ensino superior e (ue superam as de suas e'perinciasanteriores. ' AS COMPET(NCIAS DO PRO!ESSOR UNI%ERSIT&RIO EM NO%OSTEMPOS vanos tecnológicos e a inser$o de computadores influenciam na (ualidade doensino, principalmente, o superior. tentar para como o computador é utili-ado, atravésda 5nternet 3Dedes +ociais4 e outras mídias, é fundamental, pois, nem todo conte%dodisponibili-ado é significativo. L necessária uma refle'$o (uanto a essas informa!es para (ue, ent$o, o estudante consiga desempenhar suas competncias a contento. )essaforma, ninguém melhor (ue o professor para refletir e propor conte%dos significativos.+endo assim, o professor deve utili-ar todos os recursos a sua disposi$o em suadidática para (ue a (ualidade do ensino e aprendi-agem seja otimi-ada. 1esse sentido, ntunes 3899<, p. <; <B4 di- (ue/ *ssa posi$o ressalta o valor da perspectiva construtivista da aprendi-agem eredefine o papel do professor ?...@ *m síntese, o papel do novo professor é ode usar a perspectiva de como se dá a aprendi-agem, para (ue, usando aferramenta dos conte%dos postos pelo ambiente e pelo meio social, estimule  as diferentes inteligncias de seus alunos e os leve a se tornarem aptos aresolver problemas ou, (uem sabe, criar produtos válidos para seu tempo esua cultura. O professor ao utili-ar o computador poderá ministrar uma aula diferenciada, maiscriativa, (ue estimule o aluno (ue deseja aprofundar se, buscar e investigar,transformando o conhecimento abstrato 3a teoria4 em concreto 3a prática4. Contribuindode maneira efica- no processo de ensino e aprendi-agem, estimulando o interesse à pes(uisa e desenvolvendo o raciocínio. +endo assim, >o conhecimento deve ser construído pela e'perincia ativa do estudante e n$o mais ser assimilado passivamente?...@A. 3+*&*D51O, 899;, p. 8=4. 6odemos ensinar e aprender sem eles, porém sua apropria$o é importantetanto ao estudante como aos professores, mais a este, pois os computadorescom seus aplicativos podem ser próteses maravilhosas para o cérebrohumano em suas fun!es tanto de aprendi-agem como de produ$o.3N*77*, 8929, p.2;4.  +endo assim, >o computador deve permitir criar ambientes de aprendi-agem (ue faamsurgir novas formas de pensar e de aprenderA. 3N*77*, 8929, p. 2E4. 1$o se deve dei'ar (ue essa ferramenta perca o seu caráter pedagógico e funcione,somente, como um instrumento de mera reprodu$o, em (ue o conhecimento venha pronto, n$o oportuni-ando sua constru$o. O computador utili-ado sem objetivo,certamente, trará sérias conse(uncias ao estudante, tornando o um mero repetidor deinforma!es sem conscincia crítica e opini$o própria.6ara Nettega 38929, p. 294/   1$o se trata apenas do uso do computador como uma simples ferramenta,como a antiga má(uina de escrever, mas sim do conhecimento de um sistemasimbólico, de mais linguagem, (ue se lhe é apresentada, também, como ummeio de organi-a$o cognitiva da realidade pela constitui$o de novossignificados, e'press$o, comunica$o e informa$o. Com tudo isso, a informática na educa$o tem papel importantíssimo na aplica$oacerca dos conte%dos (ue constam nas ementas das matri-es curriculares de cadadisciplina e na intera$o dos estudantes.  informática na educa$o >tem o objetivo deatender diferentes interesses educacionais e econJmicosA 3&P*17*, 8922, p. 8;4.Quanto à didática, ou seja, a forma de ensinar, o professor deve atuar de forma aconte'tuali-ar os conhecimentos científicos para (ue seus alunos superem possíveisdificuldades (ue s$o pertinentes à vida universitária e, conse(uentemente, para (ue possam, também, alcanar o sucesso profissional. 7ei'eira 38929, p. 2;4 di- (ue asociedade >passou a e'igir indivíduos (ue pensem globalmente e atuem localmenteA.+endo assim, o professor deve ter forma$o ade(uada para fa-er cone'$o entre osconhecimentos científicos e os do discente, >descobrir novos métodos e meios de ensino?...@ a fim de motivar e encantá lo para a aprendi-agemA 3RN5P 8929, p.E=4, demaneira coesa, (ue prime pela e'celncia e forma$o da criticidade através do processode constru$o do conhecimento. Freire 32<<I4 di- (ue para (ue isto ocorra o professor deve refletir criticamente sob sua prática, analisando o (ue já fora aplicado e o (ue será posto em prática.6ara 5mbernón 38928, p. =9 =24 >aprender na universidade já n$o pode ser t$o somente arepeti$o mec#nica de conhecimento, mas precisa incluir habilidades como fle'ibilidadede pensamento, a comunica$o, o trabalho em grupo e a tomada de decis!es nos processosA.6ortanto, é através do conhecimento (ue países como o Nrasil podem alcanar posi!eselevadas no (uesito (ualidade de vida. +endo assim, a educa$o superior tornou seestratégia para o desenvolvimento humano, sendo necessária à busca de uma novarefle'$o sobre o processo. Cabe aos docentes transformar suas a!es, contemplando
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks