Documents

Administracao de Sistemas de Informacao

Description
UNIDADE 1 – INTRODUÇÃO ÀS INFORMAÇÕES NAS ORGANIZAÇÕES AULA 1 – Conceitos e Características OBJETIVOS ã ã Conceituar dado, informação e conhecimento. Identificar as características de uma boa informação. 1 INTRODUÇÃO Olá, meu caro aluno! Primeiramente, gostaria de lhe dizer que será um enorme prazer trabalhar com você durante estas 30 aulas que nos esperam. Nelas, vou procurar ser o mais transparente possível para explicar, de forma a facilitar o seu aprendizado. Para tanto, vou lhe fazer u
Categories
Published
of 254
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  UNIDADE 1 – INTRODUÇÃO ÀS INFORMAÇÕES NAS ORGANIZAÇÕESAULA 1 – Conceitos e CaracterísticasOBJETIVOS ã Conceituar dado, informação e conhecimento.   ã Identificar as características de uma boa informação.  1 INTRODUÇÃO Olá, meu caro aluno! Primeiramente, gostaria de lhe dizer que será um enormeprazer trabalhar com você durante estas 30 aulas que nos esperam. Nelas, vouprocurar ser o mais transparente possível para explicar, de forma a facilitar oseu aprendizado. Para tanto, vou lhe fazer um pedido. Não se esqueça defazer os exercícios no final de cada aula, pois eles serão muito importantespara a fixação da matéria.Saiba que essa matéria é fundamental para a sua formação acadêmica, pois oenvolvimento de administradores em todas as fases da formação dos sistemasde informação é de suma importância para o sucesso da empresa, inclusivepara maximizar os lucros e minimizar os custos.Então, vamos dar início aos nossos estudos com uma introdução conceitualsobre informação. Está animado para começarmos esta aventura? Tenho acerteza de que você irá gostar dos assuntos de que iremos tratar. Então respirefundo, mantenha sua concentração e mãos à obra!Bons estudos! 2 DADOS x INFORMAÇÃO Inicialmente, você precisa saber identificar os dados e diferenciá-los deinformação. Para isso, preste bem a atenção!    DADOS  São os fatos em sua forma primária. INFORMAÇÃO  É um conjunto de fatos (dados) organizados de tal maneira que passam a tervalor adicional, além do fato em si.Para uma melhor compreensão, veja alguns exemplos:“Roberto Carlos chuta a bola a 200km/hora”: uma vez que não sabemos avelocidade do chute de outros jogadores, esse comentário é apenas um dado  .“O faturamento da empresa atingiu R$ 2 milhões”: não sabemos se esseindicador é bom ou ruim, pois não dispomos de dados para estabelecercorrelações (faturamento do período fiscal anterior, despesas e investimentoscorrentes etc.). Assim, não passa de um dado  .“Índice Bovespa subiu 3%”: o valor apresentado é uma variação entre duascotações médias apresentadas pela BOVESPA em dois dias consecutivos.Assim, como se trata de uma comparação entre dois valores, representa uma informação  .“A Seleção Brasileira foi a que menos cometeu faltas na 1ª fase da Copa”:como existe uma comparação entre o desempenho de várias equipes, essecomentário é certamente uma informação  .Entenda melhor ainda: a informação é criada, definindo-se e organizando-se emanipulando os dados de forma a tirar deles informações. Dessa forma, pode-se perceber que a definição de diferentes relações resulta em diferentesinformações.  Bom, agora que você já sabe diferenciar dados e informações, podemos inserirmais um conceito básico, o de conhecimento  . Regras e relações podem serestabelecidas para organizar dados em informação útil e valiosa. Esseprocesso de definição de relações entre dados requer conhecimento  . Dessaforma, pode-se definir o conhecimento como o corpo ou as regras, diretrizes eprocedimentos usados para selecionar, organizar e manipular os dados, paratorná-los úteis para uma tarefa específica (STAIR, 1998). FIGURA 1 – O processo de transformação de dados em informação.Fonte: STAIR, 1998, p. 5. 3 CARACTERÍSTICAS DA INFORMAÇÃO Bem, para ser valiosa, a informação deve ter as características descritas noQUADRO 1. Perceba que, quando uma informação não é precisa ou completa,decisões ruins podem ser tomadas, ocasionando grandes perdas monetárias.Além disso, se a informação não é pertinente à situação, não é fornecida aostomadores de decisões em tempo hábil, ou é complexa demais para sercompreendida, ela pode ter pouco valor para uma determinada empresa. Ovalor da informação está diretamente ligado à maneira como ela ajuda ostomadores de decisões a atingirem as metas da empresa (STAIR, 1998, p. 5).QUADRO 1As características da boa informação CARACTERÍSTICAS DEFINIÇÕES  Precisa A informação precisa não tem erros. Em algunscasos, a informação imprecisa é gerada pela entradade dados incorretos no processo de transformação.Isso é comumente chamado de entra lixo, sai lixo    (ELSL).Completa A informação completa contém todos os fatosimportantes. Por exemplo, um relatório deinvestimento que não inclui todos os custosimportantes não está completo.Econômica A informação também deve ser de produçãorelativamente econômica. Os tomadores de decisõesdevem sempre fazer um balanço do valor dainformação com o custo de sua produção.Flexível A informação flexível pode ser usada para diversasfinalidades. Por exemplo, a informação de quanto setem de estoque disponível de uma determinada peçapode ser usada pelos representantes de vendas nofechamento de uma venda, por um gerente deprodução para determinar se mais estoque énecessário, e por um diretor financeiro paradeterminar o valor total que a empresa tem investidoem estoques.Confiável A informação confiável pode ser dependente. Emmuitos casos, a confiabilidade da informaçãodepende da confiabilidade do método de coleta dosdados. Quer dizer, a confiabilidade depende da fonteda informação. Um boato vindo de fontedesconhecida de que os preços do petróleo devemsubir pode não ser confiável.Relevante A informação relevante é importante para o tomadorde decisões. A informação de que os preços damadeira de construção devem cair certamente não érelevante para um fabricante de chips decomputador.Simples A informação também deve ser simples, não deveser exageradamente complexa. A informaçãosofisticada e detalhada pode não ser necessária. Narealidade, informação em excesso pode causar sobrecarga de informação  . Se um tomador dedecisões tem informação demais, pode nãoconseguir determinar o que é realmente importante.Em tempo A informação em tempo é enviada quandonecessário. Saber as condições do tempo dasemana passada não ajudará a decidir qual agasalhovestir hoje.Verificável Finalmente, a informação deve ser verificável. Issosignifica que se pode checá-la para saber se estácorreta, talvez checando várias fontes da mesmainformação. Fonte: STAIR, 1998, p. 6.
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks