Documents

ARTIGO REVISTA ACAO_O uso dos FATORES DE CRESCIMENTO e seus PEPTIDEOS no tratamento de ALOPECIA.docx

Description
O uso dos FATORES DE CRESCIMENTO e seus PEPTÍDEOS no tratamento de ALOPÉCIA e crescimento de CÍLIOS e SOBRANCELHAS Sara Bentler Vanzin Farmacêutica – Gerente Técnica PharmaSpecial Especialidades Químicas e Farmacêuticas Texto escrito por: Data: 25/08/2011 Fatores de Crescimento são proteínas (citocinas) produzidas por células do tecido e são responsáveis pelo fenômeno conhecido por “Comunicação Celular”. Graças a esta “comunicação química”, que existe entre as células, é que o tecido como um
Categories
Published
of 4
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    O uso dos FATORES DE CRESCIMENTO e seusPEPTÍDEOS no tratamento de ALOPÉCIA ecrescimento de CÍLIOS e SOBRANCELHAS Texto escrito por: Sara Bentler Vanzin Farmacêutica  – Gerente TécnicaPharmaSpecial Especialidades Químicas e Farmacêuticas  Data: 25/08/2011 Fatores de Crescimento são proteínas (citocinas) produzidas por células do tecido e são responsáveis pelo fenômeno conhecido por “Comunicação Celular”. Graças a esta “comunicaçãoquímica” , que existe entre as células, é que o tecido como um todo desempenha a sua função. Através doenvelhecimento e por decorrência de algumas doenças, a produção de Fatores de Crescimento édiminuída e a fisiologia do tecido é prejudicada. Desta forma, a suplementação tópica dos Fatores deCrescimento, é considerada hoje uma das principais estratégias adotadas no tratamento de pele ecabelo.Até então, os tratamentos para o crescimento de cabelos baseavam-se em quatro estratégias: ouso de vasodilatadores tópicos para aumento do aporte de oxigênio e nutrientes, uso oral e tópico denutrientes específicos, uso de seborreguladores (se queda associada a seborréia) e nos casos dealopecia diagnosticada como androgenética, o uso oral de inibidores de 5 α -redutase. Ações combinadas dos Fatores de Crescimento no combate a queda capilar: A  – aumento da resistência cutânea e redução dacaspa, B  – Reparo da cutícula folicular, C  – Estímulo da síntese de colágeno e aumento da resistência folicular, D-Sebonormalização, E- Mitose e diferenciação celular culminando em crescimento do fio, F  – Vasodilatação associada deNeovascularização folicular e Ação anti 5 alfa redutase associada. Fonte: Literatura Caregen.  Com a descoberta dos Fatores de Crescimento e sua influência no ciclo capilar, sabe-se queestas substâncias são responsáveis por:    Formação de novos folículos capilares com abundante deposição de matriz extracelular:essencial para o crescimento e permanência do novo fio de cabelo;    Aumento do tamanho do bulbo capilar dos folículos já existentes  – ação fortificante;    Acelera o crescimento capilar, através do aumento da mitose folicular   – interessante não apenaspara quem sofre da queda capilar como reclama da demora do crescimento dos cabelos;    Angiogênese capilar: surgimento de novos capilares sanguíneos envolvendo o novo folículo  –  essencial para nutrição e vitalidade dos cabelos;    Inibir a enzima 5-alfa redutase  – responsável por aumentar os níveis de DHT(dihidrotestosterona) hormônio que atrofia o folículo capilar e causador da alopeciaandrogenética.De todas as ações apresentadas pelos Fatores de Crescimento, as que mais se destacam, por serem inovadoras, são a neovascularização promovida no folículo capilar associada de aumento da   mitose . Um couro cabeludo, cuja população predominante de fios encontra-se em fase catágena e atrofiafolicular - incluindo seu plexo vascular, o uso apenas de vasodilatadores, pode não apresentar umresultado tão significativo quando comparado com o uso de Fatores de Crescimento. Além davasodilatação, os Fatores de Crescimento promovem a formação de novos vasos sanguíneos comaumento do ritmo de crescimento dos cabelos. Por biotecnologia, a mesma técnica adotada para a produção em larga escala de vacinas,insulina e antibióticos, os Fatores de Crescimento são produzidos, purificados e nanolipossomados,permitindo sua biodisponibilidade por via tópica.Grandes universidades ao redor do mundo realizam pesquisas com os Fatores de Crescimento evários trabalhos têm sido publicados. Este fato só aumenta a credibilidade destas matérias-primas, já queo mecanismo de ação não se baseia somente nos testes realizados pelo fabricante. Apresentamos aseguir o resumo de alguns trabalhos:Pesquisadores japoneses, da Universidade de Kyoto, conduziram um estudo, publicado noTissue Engineering, que investigou como o Fator de Crescimento Fibroblástico Básico (bFGF) deliberação prolongada afeta o crescimento capilar de ratos nas fases anágena e telógena do ciclo capilar,após 10 dias de aplicação. Os resultados mostram que bFGF, após o período determinado, aumentaramo tamanho dos folículos capilares, comprovando seus efeitos positivos no ciclo do crescimento capilar emratos. (1)Tem sido demonstrado que Peptídeos de Cobre (Copper Peptídeo®) agem como fator decrescimento na diferenciação celular, além de estimular a proliferação de fibroblastos dérmicos e elevar aprodução de fator de crescimento endotelial vascular. Este estudo avaliou o efeito do complexo  Tripeptídeo de Cobre (Copper Peptídeo®) no crescimento de cabelo em humanos, através de estudo ex vivo e cultura de células da papila dérmica. Os resultados demonstraram que Copper Peptídeo®estimulou o prolongamento de folículos pilosos ex vivo e a proliferação das papilas dérmicas do folículo.Com isso, concluiu-se que o complexo de tripeptídeo de cobre (Copper Peptídeo®) promoveucrescimento de folículos capilares em humanos, e que este efeito pode ter ocorrido devido à estimulaçãoda proliferação e pelo impedimento da queda capilar. (2)Um dos protocolos realizados pela Caregen na comprovação de eficácia dos Fatores deCrescimento e seus Peptídeos no tratamento da alopecia, consiste na utilização de uma loção capilar contendo Copper Peptideo® associado de Fator de Crescimento Insulínico (IGF), Fator de CrescimentoVascular (VEGF) e Fator de Crescimento Fibroblástico Básico (bFGF). Logo no início do tratamento épossível perceber a interrupção da queda graças a ação anti 5 alfa redutase proporcionada pelo Copper Peptídeo®. Após três meses de uso nota-se um aumento da população de fios de cabelo resultado dasações de revitalização folicular, vasodilatação e nutrição dos novos fios.Da mesma forma, os Fatores de Crescimento são indicados para o crescimento de cílios esobrancelhas, uma solicitação crescente dos pacientes nos protocolos de rejuvenescimento. Avaliação do crescimento de cílios após 8semanas de utilização de uma formulaçãocontendo os Fatores de Crescimento aFGF e VEGF a 2%. A aplicação desta formulaçãodeverá ser realizada na base do cílio com oauxílio de um pincel (o mesmo utilizado por delineadores)    Sobre associações dos Fatores de Crescimento, uma dúvida muito comum recebida pornosso departamento técnico é sobre a interação dos Fatores de Crescimento com o Minoxidilna mesma formulação. A utilização de Minoxidil em tônicos capilares para o tratamento dealopecia é uma prática comum e tradicional dos dermatologistas. Diante da inovação dosFatores de Crescimento no tratamento capilar por ativarem a angiogênese e reverterem aatrofia folicular, é comum o interesse dos médicos em associá-los a terapias clássicas.A associação com Minoxidil, tanto na forma BASE como na forma SULFATO éincompatível pois: MINOXIDIL BASE : exige uma concentração muito elevada de álcool para haver solubilidade.Acima de 30% de álcool na solução, pode comprometer a estrutura da nanossoma que revesteos Fatores de Crescimento. MINOXIDIL SULFATO : é solúvel em água, porém a solução se torna ácida (pH por volta de 3,0).O pH exigido para estabilidade das nanossomas é de 5,0  – 7,0.Lembrando que, para melhor desempenho dos Fatores de Crescimento, é preciso usaruma associação estratégica, com a intenção de mimetizarmos a fisiologia do couro cabeludo.Abaixo, temos uma tabela criada com base em estudos científicos publicados, para o auxiliopara a indicação dos Fatores de Crescimento na alopecia. É importante observar que algunsFatores são contra-indicados no tratamento da alopecia, pois promovem atrofia do pelo,sendo interessante para outras aplicações. Fator de Crescimento/Peptídeos Cabelos/PelosNanofactor EGF® Não indicado Nanofactor IGF® ++ Nanofactor TGFβ3 ® Não indicado Nanofactor bFGF® ++ Nanofactor aFGF® +++ Nanofactor VEGF® +++ Copper Peptídeo® +++ IDP-2 Peptídeo® Não indicado TGP-2 Peptídeo® Reduz o crescimento Uso dos Fatores de Crescimento em associação de0,5 a 3,0% de cada REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (1)   bFGF promotes the increase of the size of hair follicles in 10 Days - Japan. Tissue Eng. Jul;8(3):359-66  – 2002 (2)    Arch Pharm Res. Jul;30(7):834-9. 2007  Literaturas Caregen
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x