Slides

Atividades relativas aos livros 01, 02, 03 e 04 etapa 01

Description
1. PACTO PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MÉDIO ESCOLA ESTADUAL ADOLFO AUGUSTO DE MORAES PROF. HEDER DE OLIVEIRA SILVA ATIVIDADES RELATIVAS AOS LIVROS 01, 02, 03 E 05 DA…
Categories
Published
of 26
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. PACTO PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MÉDIO ESCOLA ESTADUAL ADOLFO AUGUSTO DE MORAES PROF. HEDER DE OLIVEIRA SILVA ATIVIDADES RELATIVAS AOS LIVROS 01, 02, 03 E 05 DA 1ª ETAPA NOMES David Rogerio Ferreira. Fátima Aparecida Oliveira da Silva Leidiane Francisca de Oliveira Lucimary karoline de Souza Freitas Ângela Cristina Souza de Oliveira Patricia Valéria da Silva Alves de Almeida Fatima Ramos Marcelo da Costa Soares Irani Alves de Souza. Hélida Aparecida Falcão Pereira HEDER JONAS ALVES EDILUCY OLIVEIRA SANTANA DA SILVA eunice maria bufalo Fagner Roberto Ávila de Campos Edith Alves da Conceição Claudemir Favin Clarita Maidana Rocha Deusabete Ferreira da Silva jucélia QUAL A IMPORTÂNCIA DAS DCNEMs E OCs PARA O DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES PEDAGÓGICAS DA ESCOLA? Nos faz refletir sobre nossas ações em sala de aula,aumentando as possibilidades de transformações no âmbito escolar que é tão necessário na atualidade. O momento exige mudanças e é preciso nos preparar para que isso ocorra de forma segura e tranquila. Serve para nortear as ações desenvolvidas dentro do âmbito escolar. ELAS DIRECIONAM OS TRABALHOS A SEREM DESENVOLVIDOS NO SEI DA ESCOLA E DAS RELAÇÕES NECESSÁRIAS PARA A GARANTIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO. elas servem como norte, para formação dos educadores,maior acompanhamentos das escolas por partes Órgãos responsáveis, realizando estudos e encontros entre educadores, desenvolvendo ações positivas. Através delas podem suscitar, tornando um instrumento mais fundamentado, e mais compreensível para orientar os professores na elaboração da Proposta Política Pedagógica, contextualizando também as Áreas de Conhecimento e seus respectivos, componentes curriculares, nos eixos do conhecimento,trabalho e cultura, articulando as capacidades de pensar,de relacionar-se, de estudar e desenvolvendo assim, a afetividade.
  • 2. São suportes fundamentais para nortear o nosso fazer pedagógico visando atender aos objetivos educacionais.Faz-se necessário discutir o currículo como são abordados os conteúdos, tempo necessário. Considerar a partir de um diagnóstico quem é o público, analisar a diversidade para construir um currículo de qualidade. De acordo com as DCNEM "O projeto político-pedagógico da escola traduz a proposta educativa construída pela comunidade escolar no exercício de sua autonomia, com base no diagnóstico dos estudantes e nos recursos humanos e materiais disponíveis, sem perder de vista as orientações curriculares nacionais e as orientações dos respectivos sistemas de ensino. É muito importante que haja uma ampla participação dos profissionais da escola, da família, dos estudantes e da comunidade local na definição das orientações imprimidas nos processos educativos. Este projeto deve ser apoiado por um processo contínuo de avaliação que permita corrigir os rumos e incentivar as boas práticas." Tem como objetivo direcionar nossas ações afim de trazer melhorias para o espaço escolar. para auxiliar na formação de professores. Acompanhar mais de perto das escolas por partes Órgãos responsáveis, elaborando atividades em busca de aperfeiçoamentos dos educadores. Conforme essas Diretrizes, as dimensões do trabalho, da ciência, da cultura e da tecnologia inserem o contexto escolar no diálogo permanente com os sujeitos e com suas necessidades em termos de formação, sobretudo pelo fato de que tais dimensões não se produzem independentemente da sociedade e dos indivíduos. : Faz-se necessário discutir o currículo como são abordados os conteúdos, tempo necessário. Considerar a partir de um diagnóstico quem é o público, analisar a diversidade para construir um currículo de qualidade. De acordo com as DCNEM "O projeto político-pedagógico da escola traduz a proposta educativa construída pela comunidade escolar no exercício de sua autonomia, com base no diagnóstico dos estudantes e nos recursos humanos e materiais disponíveis, sem perder de vista as orientações curriculares nacionais e as orientações dos respectivos sistemas de ensino. É muito importante que haja uma ampla participação dos profissionais da escola, da família, dos estudantes e da comunidade local na definição das orientações imprimidas nos processos educativos. Este projeto deve ser apoiado por um processo contínuo de avaliação que permita corrigir os rumos e incentivar as boas práticas." (página 32, em 6.5 Gestão democrática) É nortear os professores como desenvolver as ações pedagógicas da melhor maneira possível no decorrer do ano letivo. É importante na medida em que dissemina a cultura para o desenvolvimento de um currículo mais dinâmico e flexível, que contemple a interface entre os conhecimentos das diferentes áreas e a realidade dos estudantes, atendendo suas necessidades e expectativas. Aumentar o grau de aprendizagem dos alunos através da troca de ideias, conhecimentos, socialização, interdisciplinaridade. Esses documentos é de suma importância para organizar e desenvolver todas as ações pedagógicas da escola, pois servem de um ponto norteador para tal desenvolvimento. Acredito que as DCNEMs E OCs existam para dar direcionamento para os profissionais da educação, através desses e dos órgãos responsáveis pela educação é feito também o direcionamentos e desenvolvimento das ações na escola, como o estudo e aperfeiçoamento dos professores na formação continuada. As DCNEMS e as OCs deveriam funcionam como eixos norteadores do planejamento das ações pedagógicas da escola.
  • 3. Importante para o desenvolvimento cognitivo pedagógico, projetos para melhorar na aprendizagem dos alunos As DCN’s e as OC’s são normas que norteiam os currículos de modo assegurar a formação básica comum. Elas também consideram a questão da autonomia da escola em elaborar sua proposta pedagógica que vem de acordo com os anseios da comunidade escolar. O desenvolvimento cognitivo, que se caracteriza pela consolidação e pelo aprofundamento Importante porque, através dos conhecimentos adquiridos no Ensino Fundamental, possibilitando o prosseguimento de estudos, e pela preparação básica do educando para o trabalho e a cidadania. E, aponta o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico, bem como a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática, no ensino de cada disciplina. São elas que orientam todo o trabalho que será desenvolvido dentro da escola em todo o ano letivo, atendendo as necessidades e expectativas dos estudantes. QUAIS OS PRINCIPAIS DESAFIOS QUE NECESSITAM SER ENFRENTADOS PELA ESCOLA ADOLFO, PARA GARANTIR ENSINAGEM DE QUALIDADE? A infraestrutura física da escola é um dos principais problemas a ser enfrentado no momento, além disso tem também a desmotivação pelo ensino e aprendizagem que reflete no rendimento baixo da aprendizagem. uma reforma geral tanto na estrutura física como pedagógica. É importante saber envolver os jovens nas decisões, dar voz e reconhecer a identidade do sujeito jovem que frequenta nossa escola. a escola pode passar a ser mais envolvente como espaço de construção de conhecimentos, de diálogo, de trabalho conjunto, de permanência e um trajeto de vida importante para esses (as) jovens. Considerar que trabalho coletivo de todos os participantes de um Conselho Escolar é muito importante, e que todos possam fazer valer sua atuação. Abrir a escola à participação dos pais, do bairro e/ou de uma instituição para promover uma festa , por exemplo, é desejável . Permitir que alunos e alunas zelassem pela limpeza e se comprometessem com a conservação da escola. saber lhe dar com as diferentes realidades hoje existente,para atingir um todo. No presente momento nossa escola sofre com danos físicos,causados por uma fatalidade natural,por conta disso não podemos oferecer uma estrutura boa e agradável para os nossos alunos e que possa garantir um ensino de qualidade,não temos sala de aula confortável p todos,biblioteca, laboratório de informática de alguma forma isso pode influenciar no modo como os alunos se envolvem seu aprendizado,e ainda se faz necessário uma força de vontade nos educadores para melhorar o ensino,maior comprometimento com o trabalho. A reforma seria essencial para o andamento da escola. Fundamentalmente resolver a estrutura física.Há necessidade também de rever sobre: os recursos tecnológicos,o trabalho em equipe, participação efetiva de todos os envolvidos ( gestão - professores - alunos e pais, ou seja gestão democrática de fato ),e, principalmente o acompanhamento efetivo do processo ensino aprendizagem,pois preocupa-se muito com o burocrático ficando a aprendizagem em segundo plano. Não há aprendizagem significativa num contexto tão comprometido.
  • 4. MELHORIAS NA ESTRUTURA E INFRAESTRUTURAS; MELHOR RELAÇÃO ENTRE OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO E GESTÃO; PARTICIPAÇÃO DOS PAIS; SENTIR TODOS CORRESPONSÁVEIS PELA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO OFERTADA Melhores condições de material audio visual, como por exemplo a instalação de datashow em todas as salas de aula e acesso a internet. Compromisso dos alunos com as atividades escolares e compromisso dos professores com o ensino aprendizagem. olhando estado atual, a reforma física ao meu ponto de vista vem em primeiro plano, visto que os alunos, não tem tido aula frequente, por conta de reparos que aparecem constantemente. Não levando em conta o contexto físico, temos regatar a motivação tanto nos alunos como nos profissionais, dos dois lados a uma grande acomodação, que faz com que o rendimento caia. Embora haja exemplos pontuais de professores que conseguiram arrancar um bom desempenho de crianças e jovens em nossa escola. È necessário que tenhamos mais cursos de capacitação como esse que estamos fazendo para que nossos alunos do ensino médio alcance bons resultados nos estudos. Que tenhamos uma escola em que sua infraestrutura seja adequada e agradável aos olhos de nossos alunos com as instalações renovadas e cuidadas, sem falta de materiais necessários ao aprendizado, isso acarretam em melhor resultados dos alunos. Planejamento e articulação de ações pedagógicas por áreas do conhecimento. Compromisso de pais e alunos na sua formação, pois assim os sujeitos estarão envolvidos no processo e assim, buscaremos transformações no Ensino para a Escola Adolfo. Os desafios são grandes tanto na parte física quanto na pedagógica. Precisamos de uma reforma urgente na estrutura física da nossa escola más isso não é tudo. Precisamos de um pulso forte para controlar a disciplina e também uma proposta pedagógica que venha ter resultados tanto para os docentes quanto para os discentes. Há um discurso hoje crescente que a Escola precisa ser interessante a seus "clientes", saber cativá-los e ser um referencial, também é importante que seus professores e até mesmo os que estão fora da sala de aula precisem ser capacitados e conscientes de seu papel, ou seja, de profissionais que agem para transformar cidadãos, e por isso é necessário repensar suas praticas, sobretudo fazer uma reformulação do próprio planejamento, e nesse sentido, empenhando-se em mudar a história da escola. No processo de ensino e aprendizagem, é preciso que haja mudanças, de forma que o trabalho individual e coletivo seja pautado em temas sociais e políticos e em ações acerca da realidade social, promovendo transformações nessa realidade, já que a formação escolar proporciona condições para o desenvolvimento de capacidades, facilitando a compreensão e a interferência do sujeito nos acontecimentos sociais, políticos e culturais. Devemos elaborar uma proposta pedagógica que venha de acordo com a necessidade da escola, pois embora a escola tenha décadas de funcionamento, ainda não temos esta proposta definida. (criar uma identidade) As novas DCNEM indicam a necessidade de quese realize uma profunda discussão na escola a partir dos fundamentos propostos para o ensino médio e que se discuta de qual modo tais pres-supostos dialogam ou poderiam dialogar com o projeto pedagógico e com as práticas curriculares da escola. São tantos. Mas acho que o principal é o espaço físico que é inseguro,sujo,impróprio para assegurar aos alunos e professores o mínimo de conforto para apredizagem. A reforma se faz necessário e urgrnte.
  • 5. Compromisso, respeito, ética, limites. "A escola não tem outra saída senão abrir suas portas como ponto de disseminação de conhecimento" (Carta Fundamental-a revista do professor) DEFINA O PERFIL CULTURAL, ECONÔMICO E SOCIAL DOS ALUNOS DA ESCOLA ADOLFO. o desafio dap ergunta anterior, complementa essa questão, a escola não tem isso definido, pois temos diversas realidades diferentes Nossa escola não é um a escola de bairro,é uma escola que fica em uma região central da cidade em um bairro privilegiado e nobre,mas nossos alunos tem perfis bem distintos,temos alunos de classe social privilegiada e alunos que moram em bairros simples, isso nos caracteriza como uma escola de perfis econômico, social e cultural bem , diversificado. Temos alunos de toda classe social. Alunos que chegam de carro do ano, alunos que chegam de bicicleta e alunos que vem de ônibus. Cada um vem com uma bagagem diferente, com educação diferente. Cultura e classe econômica bem diversificada, pois não há uma pesquisa com levantamento de dados para afirmar esse perfil. Nossa escola esta situado em um bairro de classe média. Atemos alunos do próprio bairro, mas também temos muitos alunos que são de bairro da periferia, filhos da classe assalariada de pouco poder aquisitivo. Temos uma escola heterogênea. Perfil cultural muito eclético. Ainda não consegui identificar. Temos uma multiplicidade,que vai do adolescente que trabalha,usa transporte coletivo pra chegar até a escola,mora em regiões periféricas: E temos alunos e alunas com poder economico elevado,tendo uma relidade diferente,como viagens ao exterior,e possuindo produtos de marcas caras.Temos uma mescla,uma pluralidade, o que torna a escola um local atraente e complexo. nossa escola de todos os tipo perfil tanto cultural, econômico como social, não tendo um senso comum. Os alunos buscam saber de seus direitos e esquecem de seus deveres, exigem aulas dinâmicas, alguns tem um poder aquisitivo melhor e outros que vem de bairros distantes. São alunos que tem acesso as novas tecnologias e tem como uso constante. Por ser uma escola de região central, a nossa escola tem um perfil heterogêneo em todas as classes, cultural, econômica e social, pois recebemos alunos de diversos pontos da nossa cidade. Na escola Adolfo não se pode definir um perfil, nestes termos, devido a grande variedade de perfis que se apresentam, pois esta escola recebe alunos de várias partes da cidade, compreendendo alunos da classe A, até os menos favorecidos, alunos que vivem em bairros nobres e favelas, sendo maioria de alunos de classes sociais de média a baixa, porém não o suficiente para definir a escola com este perfil Econômico-Social. A Escola atende os alunos de vários bairros, observa-se diferenças sócio-econômicas como as condições de moradia e estrutura familiar. O bairro Parque São Jorge apresenta deficiências em condições de infra-estrutura, pelo fato de ter surgido a partir de um Conjunto Habitacional Popular, que ainda se desenvolve. Os pais o ignoram o desempenho escolares dos filhos por serem ocupados com o trabalho e às vezes pela condição de morar longe e a maioria destes, não têm uma condução para virem até à Escola, portanto, dificulta a interação escola-família, tendo em vista a necessidade de se repensar o tempo e o espaço escolar, bem como, a formação de professores, de forma a garantir melhor qualidade de ensino.
  • 6. Embora não existam indicadores palpáveis para responder o perfil dos alunos, temos alunos (as) de todas as classes sociais, oriundos de vários bairros de nossa cidade , com diversidade de raça/cor e aparentemente demonstram pouco interesse na leitura. Analisando os nossos alunos estudantes trabalhadores, pais, ou que são estudantes assíduos, alunos que residem em bairros periféricos que utilizam coletivos, bicicletas e ainda os que moram em áreas nobres levamos em conta que não é fácil trabalhar com essa diversidade o professor deve aprender a gostar dos alunos, transformando a sua aula mais agradável , motivadora e prazerosa. É necessário estimular a solidariedade mediante os valores democráticos e éticos. Isso significa ouvir o outro; respeitar as diferenças, aperfeiçoar as técnicas de comunicação, indicar formas mais competentes do conhecimento expressivo. A maioria é da periferia, o poder aquisitivo é de baixa renda. Muitos com uma cultura de violência, uso de drogas e criminalidade. Lógico que há alunos com saberes e conhecimentos, mas é a minoria. O Saber, o Conhecimento, precisa urgentemente migrar para o centro dos interesses, ou seja, para a comunidade escolar. Não tem como definir o perfil dos alunos porque é variado. A escola Adolfo não dispõe de um perfil definido nesse aspecto, visto que atende da classe A a classe C, lidamos com uma mistura de realidades diferentes. O público da Escola Adolfo é bastante heterogêneo, sendo constituído por alunos de diversos bairros da cidade, apresentando vasta diversidade no que tange aos aspectos culturais, econômicos e sociais. Não temos uma definição do perfil cultural, econômico e social dos alunos da escola. Não possuímos dados que possam responder a questão. Há uma heterogeneidade no perfil dos discentes em virtude da localização geográfica da unidade escolar.Há alunos advindos de bairros periféricos como também da região central, em face disso o nível cultural,econômico e social é bastante diversificado. SÃO ALUNOS DIVERSIFICADOS. DE DIFERENTES SITUAÇÕES SOCIAIS, ECONÔMICAS E CULTURAIS. ISSO TORNA MAIS ÁRDUO A TAREFA DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO É POSSÍVEL DESENVOLVER FORMAÇÃO HUMANA INTEGRAL NA PERSPECTIVA DA OMNILATERALIDADE? ESCREVA SOBRE. O desenvolvimento da formação humana integral é um grande desafio que exige dos profissionais da escola uma mudança na postura de trabalho. Essa nova atitude precisa superar a fragmentação dos saberes e das práticas de ensino em prol da realização de um trabalho de integração das ações pedagógicas. Sim. Desde que aumente a qualidade do ensino e qualifique os professores dentro de suas respectivas áreas, isso contribuirá na educação a formação omnilateral do aluno para que possam exercer seu papel de protagonista de uma história mais justa, fraterna e solidária, capacitando-os ser capazes de decidir seus destinos, entender e encontrar fundamentos para pensar , agir e para a vida, ou seja, encontrar elementos que sirvam de orientação na conquista de um quadro básico a respeito da natureza, do ser humano e da sociedade para que possam situar-se no mundo e na vida. NA ATUAL CONJUNTURA, NÃO. É PRECISO TORNAR O JOVEM SUJEITO DA SUA FORMAÇÃO E GARANTIR AÇÕES JÁ DETERMINADAS PELOS DOCUMENTOS OFICIAIS. Não.
  • 7. Sim, buscando o ensino, o entendimento, a compreensão, habilidades, sempre se atualizando para que o nosso aluno entre na Universidade, no mercado de trabalho,seja um cidadão de bem. Sim. Mas para que isso ocorra é necessário as mudanças,nas ações pedagógicas,esruturais,culturais,físicas da escola. Medidas devem ser adotadas. Não, pois nesta perspectiva, as diretrizes deixam evidente que, no ensino médio, adquire centralidade promover a compreensão do mundo do trabalho, da cultura e das interrelações entre esses campos e o do desenvolvimento científico e tecnológico, de modo a tomá-los culturalmente, tanto no sentido ético pela apreensão crítica dos valores postos na sociedade quanto estético, com vistas a potencializar capacidades interpretativas, criativas e produtivas da cultura nas suas diversas formas de expressão e manifestação. É preciso atuar em meio às contradições do modelo hegemônico vigente no sentido de produzir movimentos que contribuam para o rompimento da dual
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks