Documents

Aventura Do Conhecimento_pt Escolas_e-criar Guia de Blogues e Homepages

Description
INTRODUÇÃO Para quem serve e a quem se destina este e-book Este e-book destina-se a todos aqueles que têm curiosidade e querem aprender a estar online, preparar e construir uma homepage, criar, personalizar e manter um blog, entre muitas outras coisas. Não é um manual técnico, não vamos aqui usar vocabulário complicado, os bits e os bytes ficam de fora. A linguagem é acessível, porque não é preciso complicar o que é simples e fácil. Este e-book serve para responder às questões básicas, serve p
Categories
Published
of 91
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  INTRODUÇÃO Este e-book destina-se a todos aqueles que têmcuriosidade e querem aprender a estar online, pre-parar e construir uma homepage, criar, personalizar e manter um blog, entre muitas outras coisas.Não é um manual técnico, não vamos aqui usar vo- cabulário complicado, os bits e os bytes cam de fora. A linguagem é acessível, porque não é precisocomplicar o que é simples e fácil.Este e-book serve para responder às questões bási-cas, serve para ensinar a dar os primeiros passos: C omo registar uma homepage ou um blog, quais osmelhores programas, onde é que se fazem todas es-tas coisas de forma simples, rápida e grátis.Seguindo passo-a-passo as instruções que aqui encontrará, cará já com o seu blog ou com a sua homepage (e messenger, e-mail , chats, etc.); depoisdisso, existe um mundo para explorar.Este e-book apenas vai abrir as portas desse mun-do.Depois de ler e usar este e-book será capaz de:Índice Planear  Processo criativo: - As ideias – como arranjá-las e es colher a melhor  ;- Organização – qual a forma mais ecaz de expor a ideia ;- Objectivos – o que se pretende comunicar ou expor.   Pesquisar  - Como e onde encontrar o conteúdo certo (textos, fo-tos, vídeos). Seleccionar  - Como distinguir as boas das más fontes de informa-ção.Usar os conteúdos seleccionados sem cair na tenta-ção de copiar. Referir as fontes de informação.  Editar  - Editar cheiros de imagem, vídeo e som para que se adaptem às suas necessidades ;- Quais os programas de que vai precisar e onde osencontrar, muitas vezes, grátis. Publicar  - Registar uma homepage, um blog ou um álbum defotos, no SAPO ;  Personalizar o seu blog ou a sua homepage. Dar oseu estilo e toque pessoal. - Olá mundo, aqui estou eu . Use a pesquisa a seu fa vor  ;- O que são tags, para que servem; como se usam ;- A diferença entre divulgar e melgar  . Comunicar  - P erceber  que o e- mail é muito mais do que um ende -reço de correio ;- Registar um endereço de e-mail . Como usar o e-mail;   - A diferença entre spam e correspondência permitida ;- Boas maneiras online. Netiqueta. Segurança - “Não aceites doces de estranhos” – uma verdadeuniversal, online também ;- Os meus dados pessoais são meus e de mais nin-guém. Para quem serve e a quem se destina este e-book Divulgar  1/90  PLANEAR Objectivos O que se pretende comunicar ou expor  De todos os passos deste e-book, começamos pelo maior desao: ter boas ideias. Estas estão só à es -pera que alguém as tenha, e até há técnicas especi-ais para as conseguir “apanhar”. A primeira coisa a fazer é identicar o nosso objec -tivo.   - O que é que queremos comunicar? - O que é que queremos apresentar? - O que é que queremos dizer? Seja um objectivo pessoal, prossional ou académi -co/escolar, esta é a primeira coisa. Fazer uma lista dos objectivos que pretendemos atingir, e identicar o tema base do nosso projecto. Queremos:- A presentar o nosso currículo?- E ntregar um trabalho pedido pelo professor? - F azer a versão online do jornal escolar? - M ostrar as nossas fotos aos amigos?- F azer a página do clube de fãs do nosso grupofavorito?Os exemplos apresentados não passam disso mes-mo, exemplos. Já temos a lista? Então já temos as fundações da casa. Agora vamos passar aos alicerces. 2/90  PLANEAR A quem pretendemos transmitir? Na realidade, uma ideia pode ser apresentada demuitas formas, depende obviamente de quem expõeo tema, mas também depende muito de quem vai ver o nosso trabalho.Por exemplo, qual o tipo de vocabulário a usar? Sese destina a uma criança necessitará de uma lingua-gem mais simples, se se destina a um adulto,poderemos usar uma linguagem mais elaborada.É uma pessoa (ou um grupo de pessoas) que estáfamiliarizada com eventuais termos técnicos ou pre- cisa que estes termos técnicos lhe sejam explicados:não é óbvio para toda a gente que “o mar estava at”signifca na realidade “o mar estava calmo, sem apre -sentar ondas que permitissem a prática do surf”.Assim, a linguagem que usamos e a necessidadede mais ou menos explicações, também determinama estrutura do trabalho/ideia que vamos apresentar. Público - a lvo 3/90
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x