Slides

B 2.1.1transporte Plantas

Description
1. Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira Disciplina de Biologia Geologia 10º ano 2007- 2007-2008 TRANSPORTE nas PLANTAS Unidade 2: Distribuição de…
Categories
Published
of 43
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira Disciplina de Biologia Geologia 10º ano 2007- 2007-2008 TRANSPORTE nas PLANTAS Unidade 2: Distribuição de materiais Professora Cidália Santos de Aguiar
  • 2. Como é que a matéria chega às células?  como se realiza o transporte numa planta vascular? Substâncias minerais folhas • Síntese de compostos orgânicos •Como se faz a distribuição a todas as células?
  • 3. Qual a importância dos sistemas de transporte? Seiva Bruta Seiva eleborada Plantas não vasculares - Briófitas - difusão célula a célula Plantas vasculares – fetos e plantas com sementes - Traqueófitas - Xilema e Floema
  • 4. Como é que a matéria chega às células? Água e sais minerais absorção, através da raiz Quantidade de água que atravessa as folhas - transpiração estomas
  • 5. Transpiração
  • 6. Como se explica o transporte numa planta vascular? • Cerca de 99% da água absorvida pelas raízes é perdida pelas folhas – vapor •A água que chega às folhas é transportada pelo XILEMA •Solutos orgânicos resultantes da fotossíntese - floema Translocação - Movimento de solutos orgânicos e inorgânicos na planta Através de tecidos condutores
  • 7. Investigando as estruturas vegetais relacionadas com o transporte… Qual a constituição da folha, do caule e dos estomas?? estomas?? Tecidos de transporte – xilema e floema Estruturas vegetais estomas
  • 8. Como se realiza a absorção radicular?  Absorção de nutrientes pela Raiz Água e iões Zona de absorção da Raiz • Difusão •Transporte activo O transporte activo de iões da periferia da raiz até ao xilema cria Como entra a água? um gradiente osmótico  A água entra por osmose até ao xilema
  • 9. Movimento na Power-point…em raiz inglês…
  • 10. Transporte no xilema - A ÁGUA NA RAIZ ABSORÇÃO Água desloca-se por osmose Pode ser: via apoplasto (por entre as células até o xilema-B) ou via simplasto (célula a célula até o xilema -A )
  • 11. TRANSPORTE DE SEIVA BRUTA Água e sais minerais – xilema – seiva bruta ou xilémica Hipóteses que explicam a subida de água até as folhas: folhas: Hipótese da pressão radicular Teoria da Tensão-coesão - adesão
  • 12. Hipótese de pressão radicular Evidências? • A pressão radicular faz subir a água no tubo
  • 13. Hipótese da pressão radicular • Pressão que se desenvolve a nível da raíz, devido a forças osmóticas Entrada de Acumulação água de iões Pressão de raíz A água sobe no xilema Evidências? Gutação
  • 14. Movimento da água nos vasos de xilema
  • 15. Teoria da tensão-adesão-coesão • Como são transportados a água e os solutos minerais até às células fotossintéticas?
  • 16. Teoria da tensão-adesão-coesão Transpiração • vapor de água – estomas – •A tensão no mesófilo puxa água dos vasos de xilema
  • 17. Fecho de estomas
  • 18. Estomas na folha - estrutura Transpiração VISTA LATERAL VISTA FRONTAL
  • 19. Estomas – mecanismo de abertura >concentração Célula guarda Luz do dia no citoplasma fica túrgida Entrada de K entra água
  • 20. Fecho dos estomas Célula- Célula-guarda Escuro Saída de K murcha e fecha determina < concentração ostíolo saída do K sai água
  • 21. Abertura e fecho dos estomas
  • 22. Estomas e funções foliares Estomas abertos durante o dia permitem: permitem:  Fotossíntese: - pois ocorre Fotossíntese: entrada de CO2 CO2 Respiração: - entra O2 e sai Respiração: CO2 CO2 todo o tempo Transpiração: - durante o dia Transpiração: com o calor do sol
  • 23. Controlo da transpiração
  • 24. Teoria da tensão-adesão-coesão Transpiração •Corresponde à perda de água sob forma de vapor •Ocorre através da cutícula - 10% •Ocorre através dos estomas - 90%
  • 25. Teoria da tensão-adesão-coesão Entrada de água que vem do solo • ascensão de água défice de água no xilema da raiznovas moléculas de água para o xilema Absorção a nível da raíz Movimento de toda a coluna hídrica Corrente de transpiração
  • 26. Teoria da tensão-adesão-coesão Coesão e adesão no xilema • coesão – moléculas de água unidas •Adesão – aderem às paredes dos vasos Coluna contínua de água
  • 27. Teoria da tensão-adesão-coesão
  • 28. Transpiração transpiração
  • 29. Transporte no floema - Animação (http://www.tvdsb.on.ca/westmin/science/sbioac/plants/ sucrose.htm)../../BIO_10%BA/Apresenta%E7%F5es_B IO/B_2.1..Sistemas%20de%20transporte%5b1%5d.ppt Descrição: Hipótese do fluxo de massa
  • 30. Como é que a matéria chega às células?  como se realiza o transporte no floema? floema? Seiva floémica ou elaborada Produtos orgânicos resultantes da fotossíntese
  • 31. Como é que a matéria chega às células? Malpighi  Descreva os resultados? • A remoção do anel do caule levou a um aumento do volume da zona situada logo acima do corte
  • 32. Como é que a matéria chega às células? Malpighi  Como explica estes resultados? • a remoção do anel de floema interrompeu a translocação floémica proveniente das folhas. •A seiva floémica acumula-se acima da zona de corte.
  • 33. Como é que a matéria chega às células?  como se explica que a parte da planta abaixo do corte acabe por morrer? • apesar da interrupção do fluxo floémico, a parte inferior tem algumas reservas, que acabam e a planta morre..
  • 34. Como é que a matéria chega às células? Hipótese do fluxo de massa Condução da seiva elaborada O modelo de Münch Bolsa com açúcar: tubos crivados das folhas - produtoras Bolsa sem açúcar: extremidade de tubos crivados consumidores de seiva elaborada
  • 35. Como é que a matéria chega às células? Em que local da planta é produzida a sacarose? Nas folhas Em que local da planta se dá a saída da sacarose do floema? floema? No fruto, por exemplo Hipótese do fluxo de massa Condução da seiva elaborada O modelo de Münch
  • 36. Como é que a matéria chega às células? C Neste modelo físico, o A B que representa A- Fonte B- Local de consumo ou reserva Floema C- ? Diferença de pressão osmótica entre os elementos crivosos – fluxo de massa Fluxo sob pressão no floema
  • 37. sucrose.htm
  • 38. Como é que a matéria chega às células? Diferença de pressão osmótica entre os elementos crivosos – fluxo de massa No fluxo de massa, água e solutos movem-se de áreas de elevada pressão – fonte – para áreas de baixa pressão - recebedor A sacarose formada nos órgãos fotossintéticos passa por transporte activo para o floema e sai do floema para locais de consumo/reserva Fluxo sob pressão no floema também por transporte activo
  • 39.  A figura representa, esquematicamente, os tecidos responsáveis pelo transporte das seivas nas plantas.  Identifica os tecidos condutores A e B e a constituição das seivas que circula no seu interior.  A-Floema (água, compostos sintetizados na planta e hormonas); B- Xilema (água e sais minerais)  Refere uma localização possível na planta para a célula produtora e para a célula consumidora.  CP-folha e CC-raiz  Indica as substâncias assinaladas por 1 e 2.  1-sacarose 2-água
  • 40.  Explica quais os mecanismos envolvidos na entrada das substâncias 1 e 2 no tecido condutor A.  1-Transporte activo, 2-osmose  Refere qual o “motor” responsável pelo transporte do tecido condutor A.  Diferença de pressão osmótica entre os elementos crivosos – fluxo de massa
  • 41.  Ordena as seguintes afirmações, reconstituindo o percurso da seiva floémica:  I-A sacarose chega ao tubo crivoso por transporte activo:  II-A água entra por osmose;  III-A glicose é convertida em sacarose;  IV-A pressão osmótica aumenta no tubo crivoso  V-Saída de água dos tubos crivosos;  VI-Sacarose é transportada para os locais de consumo.
  • 42.  Ordena as seguintes afirmações, reconstituindo o percurso da seiva floémica:  I-A sacarose chega ao tubo crivoso por transporte activo: - 2º  II-A água entra por osmose; - 4º  III-A glicose é convertida em sacarose;-1º  IV-A pressão osmótica aumenta no tubo crivoso – 3º  V-Saída de água dos tubos crivosos;-6º  VI-Sacarose é transportada para os locais de consumo.-5º  III-I-IV-II-VI-V
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks