Documents

Bio Cell - Compilado Prova 1

Description
Algumas questões
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
   Compilado – Bio Cel. 1ª Prova ã Na décade de 60, George Wald se questioava o porqu! da predomi ciade certos elemetos a matéria viva. #uais s$o eles% #ue caracter&sticas eles devem possuir para cocorrerem a compoetes do que é vivo% 'm rela($o ) composi($o qu&mica de uma *actéria, cite, caracteri+e e eempli-que as u(/es dos  compoetes qu&micos macromols2 mais a*udates em termos de porcetagem eceto da 3gua2 em ordem crescete. ã 'plique porque o ivel de atividade da aidrase car*oica o sague é maior depois de atividade &sica. ã 4escreva e eplique, do poto de vista molecular, o que é ecotrado a super&cie do euroio e a eda si3ptica. 4iga aida, por que os impulsos eletricos se d$o de maeira saltat5ria. ã ssiale com 7 ou 8 as seguites a-rmativas, 9usti-cado as alsas.a.  saitoia é uma potete eurotoia que iativa o caal de Na:.*.; trasporte de C;< o sague é acilitado pela alta cocetra($o de =C;> os eritr5citos e aidrase car*oica o plasma.c.; aumeto a produ($o de pr5tos o iterior dos eritr5citos aumeta a a-idade da ?emoglo*ia com o ;< avorecedo sua li*era($o '. =aldae2.d.;s receptores de acetilcolia s$o divididos em N@4 e @P.e.Na patologia, 4ia*etes isipidus marcada pela alta cocetra($o de glicose o plasma2, oi demostrada a import cia o ucioameto da quaporia 1 os ris..Na classi-ca($o das APases podemos cosiderar as *om*as de Ca<: s$o respresetates da classe 7 de *om*as de pr5tos, equato o regulador trasmem*raa da -*rose c&stica é mel?or represetate da classe P das APases.g.s mem*raas plasm3ticas das células aimais cot!m muitos caais a*ertos de :, mas poucos caais de Na:, Cl> e Ca<:.?.Dm etrato da plata do g!ero 4igitalis é usado para tratar a al?a card&aca. 4isgitalis ii*e a 8o81 APsitase, dimiuido a cocetra($o de : itracelular e redu+ido a or(a card&aca stroEe2.i.; potecial de repouso é pricipalmete matido pelo Fuo de Na: através da mem*raa. 9. osorila($o N resulta em uma altera($o coormacioal que permite a li*era($o de < : o meio etracelular.E.;s seguites amio3cidos $o s$o siteti+ados pelos seres vivos alaia, glicia, ciste&a, glutamato, argiia e aspargia.l.Dma prote&a pode coter mltiplos m5dulos. Cada m5dulo pode coter mltiplos dom&ios.m.s liga(/es glicos&dicas s$o ormadas tato etre os car*oos aoméricos α ou  β de um moossacar&deo e um grupo ?idroila de um outro a(car..peas algumas liga(/es covaletes mais ortes e mais est3veis do que asitera(/es $o>covaletes. 'm ordem crescete de eergia de liga($  eergia requerida para criar uma liga($o2 temos liga($o covalete, liga($o de = e itera(/es eletrost3ticas.  o.H$o *ases pricas citosia e timia. H$o *ases pirim&dicas adeia, guaia e uracila.  diere(a *3sica etre elas se reere ao ato de as *ases pricas serem ormadas por um ico ael de car*oo.p. elevada temperatura siali+a para as células uma muda(a a caracter&stica qu&mica dos lip&deos de mem*raa os 3cidos graos saturados saturados s$o su*stitu&dos por 3cidos graos isaturados com dimiui($o a composi($o do colesterol.q.Dm 3cido grao isaturado é meos capa+ de solidi-car porque ele é meos capa+ de se empacotar de orma regular a *icamada lip&dica. #uato meos duplas liga(/es em um 3cido grao, maior seu poto de derretimeto meltig poit2.r.8osatidilcolia e es-gomielia s$o predomiatemete citos5licos, equato o colesterol é eoplasm3tico.s.'m uma *alsa lip&dica orgai+am>se osoglicer&deos e colesterol aumetado o estado Fuido da mem*raa.t.Iactose, adeosia e ocotiamida adeia diucleot&deo s$o ormadas por uidades que cot!m ri*ose.u. elevada temperatura siali+a para as células uma muda(a a caracter&stica qu&mica dos lip&deos de mem*raa os 3cidos graos saturados s$o saturados s$o su*stitu&dos por 3cido graos isaturados com dimiui($o a composi($o de colesterol. ã   igest$o do *aiacu $o é idicada. Por que% #uais s$o os caais evolvidos% ; que acotece com o potecial de a($o% ã  #uem comprovou pela 1ª ve+ a eist!cia dos tr!s dom&ios de seres vivos em osso plaeta% #ue molécula como marcador molecular% ã  Dm 3tomo que apreseta a 5r*ita mais etera completamete preec?ida com elétros é quimicamete reativo. Certo ou errado%  Justi-que. ã  #uais liga(/es covaletes caracteri+am os seguites compostos queratia, quitia e KN, respectivamete% ã  Dm poto estava em desacordo em rela($o ) teoria celular srcial de Hc?leide e Hc?La. #ual% ã Por que as images o*tidas através do microsc5pio eletrMico s$o em preto e *raco e a microscopia 5ptica apresetam cores% ã #ual o ome do grade cietista que aca*ou de ve+ com a ideia da gera($o espot ea% ã #ual o elemeto e a macromolécula mais represetativa os seres vivos% #ue tipo de microscopia 5ptica é empregada a suaresolu($o aoscopia2 que garatiu o No*el em #u&mica de <01 a 'ric Bet+ig , Htea '. =ell e William '. @oerer% ã  ; que a 3gua tem que se a+ ecess3rio muito calor para separa suas moléculas idividualmete% ã ;de se cocetra a maior O de 3gua% tra ou etracel.2 ã  Baseado a ta*ela do c5digo geético, que pept&deo resulta da seguite sequ!cia ACGAAACCAGCCAG% ã   =*, ao passar do estado oi para desoi, comporta>se como 3cido ou *ase% #ue processo aeta a a-idade da =* pelo ;< esse caso% 'm que p= -ca o plasma% ã ; que acotece com a a-idade da =* pelo ;< o 'eito =aldae%  ã  #uais amio3cidos apresetam ael arom3tico% ã  Cite um osolip&deo para as localidades eoplasm3tica e citos5lica, respectivamete. ã  ; que marca as pts para a degrada($o e que m3quia molecular as degrada% ã  Cite  moléculas derivadas do colesterol. ã  #ue prote&a de mem*raa é ii*ida e que trocador é ativado ap5s o uso da 4igitalis, desco*erta por Wlliam W?iterig, em 1QRS% ; que mel?ora os *atimetos card&acos% ã #ual o erro do modelo de 4avdso e 4aielli 1TS2% ã  Cite  atores que eplicam o potecial de repouso de uma célula% ã  #ue lipoprote&a trasporta o ecesso de colesterol do corpo para o &gado% ã  #ue trasportadores participam da movimeta($o de osolip&deos e colesterol as moocamadas da mem*raa% ã #ual a composi($o das *alsas lip&dicas% #uais os lip&deos predomiates% ã  ;de -cam arma+eadas as aquaporias e os trasportadores GIDA quado $o est$o em a($o ucioameto2% ã  #uais as classes de APases% ã  No ucioameto da N, o que resulta a osorilal($o e a desosoril($o da *om*a% ã  ; que Walt?er Nemst $o cosiderou em seus c3lculos o potecial de equil&*rio dos &os através das mem*raas% mesmo assim ga?o o No*el de #uimica em 1T<02. ã ; que garate que o &o espec&-co se9a reco?ecido pelo caal iMico em sua passagem pela mem*raa% ã #ue evetos os caais iMicos ocorrem o pico da curva de P% ã  Cite  amias *iog!icas que atuam como eurotrasmissores. ã ; que acotece com uma célula aquaporia>de-ciete em um meio ?ipotMico% #ual o papel das aquaporias os ductos coletoresrim2 so* eeito da vasopressia% ã  #ual o eeito direto da li*era($o de GB a mem*raa p5s>si3ptica% ã  #ue modelo atecede, ?istoricamete, o mosaico Fuido% ã Baseado a troca iMica através da mem*raa plasm3tica, qual a eplica($o molecular para o eeito letal do curare% ; curare é um poteteatagoista da acetilcolia2 ã Na doe(a de Aagier, qual o poto espec&-co do pro*lema% locali+a($o eestrutura2 ã Cite um eurotrasmissor ecitat5rio e um ii*it5rio. ã Cite um represetate de cada 4om&io de seres vivos. ã 4ois métodos de estudo oram cruciais para icluir o tecido ervoso a teoria celular. #uais% ã 8a(a os diagramas > do gr3-co do potecial de a($o em uma célula ervosa e idique todos os evetos elétricos que ali ocorremU > dos evetos que ocorrem para a propaga($o do potecial de a($o em uma siapse ervosa e idique todos os evetos que ali ocorrem.

disfagia

Aug 2, 2017
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks