Slides

Biologia genes

Description
1. DIU . DIABETES MELITTUS . CANCRO MOLEBIOLOGIA 2. Introdução O que é genética Distúrbios genéticos Diabetes Melittus DST -Cancro Mole Métodos…
Categories
Published
of 29
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. DIU . DIABETES MELITTUS . CANCRO MOLEBIOLOGIA
  • 2. Introdução O que é genética Distúrbios genéticos Diabetes Melittus DST -Cancro Mole Métodos contraceptivos (DIU) Bibliografia
  • 3. Distúrbios GenéticosAnemia falciformeDistrofia miotônicaDistrofia muscular deDucheneDoença de HuntingtonDoença de Tay-SachsFenilcetonúriaFibrose císticaHemofilia AHipercolesterolemia familiarTalassemiaSíndrome de MarfanMonogênicos: (também chamado de Mendeliano). Écausado por mudanças ou mutações que acontecem nasucessão de DNA de um único gene.
  • 4. Síndrome de DownTrissomias : 18 – 13 – XSíndrome de Cri-du-chat (miado de gato)Síndrome de KlinefelterSíndrome de TurnerSíndrome de Wolf-HirschhornSíndrome do XYY  Cromossômicas: Alterações estruturais e numéricas no conjunto de cromossomo de um indivíduo.
  • 5. AlzheimerMal formações congênitas Cardiopatias congênitas Certos tipos de câncer Diabetes mellitus Hipertensão Arterial Obesidade  Multifatoriais: (também chamado de complexo ou poligênico). É causado por uma combinação de fatores ambientais e mutações em genes múltiplos.
  • 6. DIABETES MELITTUS A taxa de incidência da diabetes tem aumentado significativamente, tanto nos países desenvolvidos Estrutura da insulina quanto nos países em vias de Origem desenvolvimento. Sistema Sintomas Relação genética
  • 7. Origem O termo diabetes mellitus engloba vários estados da doença, com causas específicas e caracterizados por um aumento anormal dos níveis de açúcar (glicose) no sangue.
  • 8. Uma pessoa normal ingere, Quando uma pessoa com a sua alimentação, diabética se açúcares, proteínas e alimenta, o gorduras. O alimento é pâncreas não digerido no estômago e produz a insulina absorvido no intestino necessária para que delgado. Depois, chega ao esta glicose entre fígado, onde uma parte se nas células,transforma em glicose, que provocando umaentra na corrente sanguínea acumulação ou e faz com que o pâncreas aumento de açúcarproduza insulina. A insulina no sangue (glicemiapermite que a glicose entre elevada). Então o nas células e produza calor organismo consome e energia. gorduras e proteínas para obter energia. De certo modo, a insulina abre a porta da célula para que a glicose possa entrar.
  • 9. Diabetes tipo 1*Auto-imune. Uma pessoa com diabetes tipo 1 precisa tomar insulina diariamente para viver. Os sintomas dadiabetes tipo 1 geralmente desenvolvem-se em um período curto de tempo, embora a destruiçãodas células beta possa começar anos antes. Sintomas da diabetes tipo 1 podem incluir sede,urinar freqüentemente, fome constante, perda de peso, visão turva, e fadiga extrema. Diabetes tipo 2 *comum; *envelhecimento, obesidade, histórico familiar, histórico de diabetes gestacional prévia, e sedentarismo. * Sintomas gradualmente;( fadiga, urinar freqüentemente, sede, fome constante, perda de peso, visão turva, e cicatrização lenta de feridas.)
  • 10. Relação Genética  O que leva ao Diabetes?Tipo 1 Tipo 2
  • 11. DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS
  • 12.  Doenças infecciosas que podem ser disseminadas através do contato sexual ou não-sexuais.  Estima-se que de 10 a 15 milhões de americanos tenham doenças sexualmente transmitidas.
  • 13. CANCRO MOLE O QUE É Transmissão Sintomas Cura
  • 14. É uma afecção de transmissão exclusivamente sexual, provocada peloHaemophilus ducreyi, mais freqüente nas regiões tropicais. Caracteriza-sepor lesões múltiplas (podendo ser única) e habitualmente dolorosas. Denomina-se também de cancróide, cancro venéreo, cancro de Ducrey; conhecido popularmente por cavalo. O período de incubação é geralmente de 3 a 5 dias. mais frequente no sexo masculino
  • 15.  O cancro mole pode ser evitado. Por isso é importante usar a camisinha masculina ou a camisinha feminina em todas as relações sexuais e antes de qualquer contato sexual.
  • 16. Tanto para o homem como para a mulher, aparece em forma de ferida(s) tipo úlceras com pus, geralmente dolorosa(s) nos órgãos genitais (órgão genital masculino, vulva e/ou orifício retal). Podem também surgir caroços ou ínguas dolorosas na virilha.
  • 17. Cura
  • 18. Métodos Contraceptivos IntroduçãoConceitos, classificação DIU composição, duração,vantagens, desvantagens, contraindicações, funcionamento no organismo
  • 19. Conceito Os Métodos contraceptivos são processos que permitem reduzir as hipóteses de ocorrer uma gravidez não desejada e prevenir a transmissão das doenças sexualmente transmissíveis (DST).
  • 20. CLassificação  Os métodos contraceptivos reversíveis (naturais ou não naturais e dentro dos não naturais existem os métodos mecânicos e químicos.)  Os métodos contraceptivos irreversíveis
  • 21. Dispositivo IntraUterino
  • 22.  Pode ficar no útero por 1 a 10 anos. Normalmente é feito de plástico ou metal com um fio preso a ele. Alguns DIUs contêm cobre ou progesterona, um hormônio feminino. O DIU previne a gravidez mudando o ambiente físico da área da reprodução. Estas mudanças impedem que o ovo seja fertilizado ou implante e cresça no útero.
  • 23. DIU de Cobre O DIU de cobre impede a subida dos espermatozoides pelas trompas (tubas uterinas), não havendo, portanto, a fecundação do óvulo. Dependendo da quantidade de cobre existente no DIU, ele vai ter maior tempo de uso (permanência no útero) de acordo com a orientação do fabricante.
  • 24. Vantagens Utilização independentemente da atividade sexual, liberar-se da preocupação diária com a prevenção da gestação, ser comandado unicamente pela mulher, ser uma opção prática e eficaz e ter um período longo de utilização (cerca de cinco anos). liberdade e comodidade.
  • 25. Efeitos Colaterais aumento do fluxo menstrual e o aumento das cólicas menstruais. Geralmente, após os primeiros três meses de utilização, esses sintomas tendem a se normalizar. Contraindicações do DIU O DIU não deve ser usado diante da suspeita de gravidez ou gravidez confirmada; suspeitas ou presença de tumores uterinos; em casos de sangramento vaginal sem causa conhecida; Malformações uterinas e na presença de infecções ginecológicas.
  • 26. Como funciona?
  • 27.  http://amigonerd.net/trabalho/41258-diabetes http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID= 3366&ReturnCatID=1784 http://www.google.com.br/imgres?q=diabetes+mellitus &start=75&um=1&hl=pt-BR&sa=N&biw=1360& http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/cancro-mole/ http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID= 3366&ReturnCatID=1784 http://www.gineco.com.br/diu/como-funciona-diu.html Alunos: Lucas Figueiredo; Letícia Souza; Camilla Bonelli
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks
    SAVE OUR EARTH

    We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

    More details...

    Sign Now!

    We are very appreciated for your Prompt Action!

    x