Slides

Biologia geral

Description
1. Livro ResumoLivro Resumo Biologia GeralBiologia Geral Volume únicoVolume único Alvido Bernardo MuaviracaAlvido Bernardo Muaviraca Maputo, 2014Maputo, 2014 2.…
Categories
Published
of 300
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Livro ResumoLivro Resumo Biologia GeralBiologia Geral Volume únicoVolume único Alvido Bernardo MuaviracaAlvido Bernardo Muaviraca Maputo, 2014Maputo, 2014
  • 2. Capítulos: 1. Citologia 2. histologia 3. Sistemática e taxonomia 4. Seres vivos/Evolução; 5. Reino monera; 6. Reino protista; 7. Reino fungi; 8. Reino plantae; 9. Reino Animalia; 10. Genética; 11. Ecologia; 12. Saúde, higiene e saneamento; 13. Anatomia Humana. 2
  • 3. Capitulo-I CITOLOGIA
  • 4. CITOLOGIA • Citologia - parte da Biologia que estuda todas as organelas celulares e seus comportamentos. • Célula→ é a unidade morfofisiológica de todo e qualquer ser vivo. • Para formarmos um ser vivo complexo, como o ser humano, é necessário que ele seja formado por células que quando se juntam e desempenham uma única função surge o tecido, os tecidos se unem formando os órgãos, uma união de órgãos forma um sistema que formará o organismo. 4Alvido Bernardo Muaviraca
  • 5. Historial da célula  2000 a.C., Aristóteles propôs que os seres vivos poderiam surgir não só do cruzamento entre si, mas também, da matéria bruta ou inanimada. Esta teoria ficou conhecida como geração espontânea ou abiogênese;  1590: Invenção do microscópio pelos holandeses Francis e Zacarias Janssen, fabricantes de óculos;  1665, Robert Hooke, utilizando um microscópio rudimentar, observou a cortiça e notou que era formada por numerosos compartimentos, portanto denominou o que viu de célula; 5Alvido Bernardo Muaviraca
  • 6. Historial da célula 1674: Leeuwenhoek observou diversas estruturas unicelulares. foi o primeiro a observar os micróbios. espermatozóides de peixes, hemácias;  1833: Robert Brown evidenciou a presença de um corpúsculo na célula que denominou de núcleo;  1839: Mathias Schleiden e Theodor Schwann enunciaram a teoria celular "Todos os seres vivos são constituídos por células.” 6Alvido Bernardo Muaviraca
  • 7. Historial da célula  1858: Rudolf Virchow apresentou a idéia de que toda célula origina-se de outra pré-existente.  1962: Watson e Crick, estabeleceram o modelo da molécula do DNA. 7 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 8. Teoria celular  A célula é a unidade básica, estrutural e funcional de todos seres vivos;  Todos seres vivos são formados por células;  Todas as células provem das células pré-existentes;  A célula é a unidade de produção e desenvolvimento dos seres vivos;  A célula é a unidade hereditária de todos seres vivos. 8Alvido Bernardo Muaviraca
  • 9. Classificação das Células I. Procariontes  Células em que o núcleo não é protegido por membrana, ou seja, o material genético fica solto no citoplasma.  Ex.: bactérias e algas azuis. II. Eucariontes  Células em que o núcleo é protegido por membrana, ou seja, o material genético fica protegido.  Essas células têm duas partes bem distintas: o citoplasma, envolvido pela membrana plasmática, e o núcleo, envolvido pela carioteca.  Ex: células do corpo humano, etc. 9Alvido Bernardo Muaviraca
  • 10. Células procarióticas vs eucarióticas 10Alvido Bernardo Muaviraca
  • 11. Classificação das Células A célula pode ser dividida em três partes fundamentais:  - Membrana plasmática  - Citoplasma  - Núcleo 11 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 12. Organelas constituentes da celula • 1 – Membrana celular; • 2 – Parede celular; • 3 – Hialoplasma; • 4 – Cloroplasto; • 5 – Ribossomas; • 6 – Carioteca; • 7 – R. E. liso (agranular); • 8 – Nucléo; • 9 – R.E. rugoso (granular); • 10 – aparelho de golge; • 11 – Mitocôndria; • 12 – Vacúolos; • 14 – cilios; • 15 – flagelos. 12 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 13. Organelas da célula e suas funções 13Alvido Bernardo Muaviraca
  • 14. I. Membrana Plasmatica  Presente em todas as células, procarióticas e eucarióticas. É formada por proteínas, lipídios (gorduras) e glicídios (açúcares), portanto podemos dizer que a membrana plasmática é glicolipoprotéica.  Delimita o conteúdo da célula, separando o meio intracelular do meio extracelular, e é a principal responsável pelo controle da entrada e saída das substâncias. 14Alvido Bernardo Muaviraca
  • 15. Membrana Plasmatica Em 1972 Singer e Nicholson criaram o modelo mosaico-fluido. Segundo o qual, as membranas são formadas por duas camadas de lipídios, com proteínas embutidas na mesma, lembrando um mosaico. Os lipídios são principalmente fosfolipídios e colesterol; as proteínas são do tipo globular e os glícidos, pequenas cadeias de pelo menos 15 unidades de monossacarídeos. 15Alvido Bernardo Muaviraca
  • 16. Características e Função: Características:  Ocorre em todas as células animais e vegetais;  Visível apenas ao microscópio electrónico;  Tem composição química lipoprotéica;  Possui capacidade de regeneração;  Permeabilidade selectiva. Função:  Regula todas as trocas de substancias entre a célula e meio externo;  Tem a função de protecção e recepção de mensagens. NB: é conhecida também como membrana citoplasmática, celular ou plasmalema. 16Alvido Bernardo Muaviraca
  • 17. Transporte de substâncias pela Membrana • O processo de entrada e saída de substâncias é chamado de permeabilidade selectiva. Esse fluxo de substâncias pode ou não desprender energia. De acordo com esse critério, podemos distinguir dois tipos fundamentais de transporte: Passivo e Activo. 1. Transporte Passivo - aquele que não necessita de consumo de energia, a membrana permite a livre passagem de substâncias, não apresentando carácter selectivo. O transporte passivo pode ser por: difusão e osmose. 17Alvido Bernardo Muaviraca
  • 18. Transporte passivo a) Difusão - movimento de moléculas de um líquido ou de um gás ao acaso pela membrana. Esse movimento é mais intenso no sentido da região onde há maior concentração de moléculas para onde a concentração é menor. b) Osmose - a passagem espontânea do solvente (geralmente a água) através de uma membrana semipermeável do meio menos concentrado para o meio mais concentrado. O meio menos concentrado é chamado de hipotônico e o meio mais concentrado é chamado de hipertônico. Ex: “ao ficarmos algum tempo no mar notamos que as pontas dos dedos ficam enrugadas, isso acontece porque perdemos água do nosso corpo para o mar, pelo fato de que nosso corpo é menos concentrado em sal que o mar.” 18 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 19. Osmose em célula vegetal O grande vacúolo da célula vegetal adulta ocupa a maior parte do volume citoplasmático e sua concentração é o fator primordial para regular as trocas osmóticas entre a célula (membrana plasmática-semipermeável) e o ambiente que a cerca. Assim podem ocorrer as situações: 1.Ascélulas vegetais mergulhadas em ambiente hipotônico estarão com seu volume máximo, ou seja, as células estarão túrgidas e a resistência da membrana celulósica também será máxima. 2.Nas células flácidas o volume de água intracelular não chega a pressionar a membrana celulósica; 3.As células plasmolisadas estiveram mergulhadas em solução hipertônica e perderam tanta água, que a membrana plasmática “descolou” da celulósica (M) tendo citoplasma e vacúolo muito reduzidos. Alvido Bernardo Muaviraca 19
  • 20. Transporte de substâncias pela Membrana 2. Transporte Activo - há um gasto de energia. Um exemplo de transporte activo é a bomba de sódio (Na+) e potássio (K+). Esse transporte verifica-se em células nervosas (neurónios), é assim que os estímulos passam pelas células nervosas. Quando temos um estímulo, por exemplo, “uma batida no pé, a dor passará de neurónio para neurónio até ser analisado e respondido com a contracção da perna e um "ai". Este estímulo passará pelo interior do neurónio trocando os íons potássio pelos íons sódio.” Alvido Bernardo Muaviraca 20
  • 21. Características da permeabilidade selectiva Não passam através da membrana:  Proteínas  Polissacarídeos  Lipídios complexos Passam através da membrana:  Água  Sais minerais  Álcool  Glicose  Aminoácidos  O2 e CO2 21Alvido Bernardo Muaviraca
  • 22. Especializações da Membrana As membranas podem executar outras funções e para isso desenvolveram especializações como:  Microvilosidades - com a função de aumentar a área de absorção celular a membrana celular cria projecções digitiformes em forma de dedos. Esta especialização pode ser encontrada principalmente em células cuja função é a de absorver substâncias, como por exemplo as do intestino delgado.  Desmossomos - entre duas células adjacentes formam-se placas densas e filamentos de proteínas que confere forte aderência entre elas.  Interdigitações - são saliências e reentrâncias das membranas celulares de células vizinhas que se encaixam umas nas outras, aumentando a coesão e facilitando as trocas de substâncias entre elas. 22Alvido Bernardo Muaviraca
  • 23. Transporte de substâncias grandes  Endocitose - corresponde à entrada de substâncias de alto peso molecular e, em alguns casos, de células inteiras. que, normalmente, não seriam absorvidas através do processo de permeabilidade selectiva. Envolve basicamente 2 processos: 1. Fagocitose - Processo de englobamento de partículas sólidas através de pseudópodos. Ocorre um englobamento. 2. Pinocitose - Processo de englobamento de substâncias líquidas ou de partículas dissolvidas em um meio líquido. Ocorre uma invaginação.  Exocitose ou clasmatose - Processo de eliminação de produtos para o exterior da célula. São produtos que estão no interior de vesículas, que se desfazem na superfície da membrana. Corresponde à defecação celular. 23Alvido Bernardo Muaviraca
  • 24. II. Citoplasma  É o espaço entre a membrana plasmática e o núcleo da célula. Pode-se distinguir duas regiões distintas no hialoplasma que são: ectoplasma e endoplasma.  É um material viscoso, amorfo, no qual estão mergulhados os organelos e as inclusões. Quimicamente, é constituído por água e moléculas de proteína, formando um colóide.  As inclusões são estruturas sem vida no citoplasma da célula.  Ao conjunto das inclusões chama- separaplasma: gotas de lipídios, grânulos de proteínas e pigmentos, substâncias cristalizadas (insolúveis). 24Alvido Bernardo Muaviraca
  • 25. Funções • Ectoplasma - é a região do citoplasma mais próxima da membrana plasmática. Responsável pela sustentação celular, espécie de esqueleto. • Endoplasma - é a região do citoplasma mais próxima do núcleo. É GEL (solução mais gelatinosa). É nele que encontramos as organelas citoplasmáticas responsáveis pela homeostasia celular. 25Alvido Bernardo Muaviraca
  • 26. 3. Parede celular (celulósica) localização: envoltório externo à membrana plasmática Ocorrência: em todas as células vegetais Obs.: bactérias e fungos apresentam parede celular, não parede celulósica. Função: protecção e dá resistência à célula vegetal. 26Alvido Bernardo Muaviraca
  • 27. Parede celular (celulósica) Características:  Espessa => vista ao M.O. (microscópio óptico)  Relativa rígida;  Natureza inerte (morta);  Básica, composta por celulose;  É totalmente permeável. Permeabilidade não selectiva;  3 camadas ou capas: de fora para dentro - lamela média - parede primária - parede secundária. 27Alvido Bernardo Muaviraca
  • 28. 4. Mitocôndrias • estão presentes em todas as células eucariontes, possuem a forma de salsicha, envolvida por duas membranas separadas. • contêm seu próprio DNA e RNA, são móveis mudando de forma e posição dentro da célula. • Tem origem A partir da duplicação de outras mitocôndrias. 28Alvido Bernardo Muaviraca
  • 29. Funções  Respiração celular;  Presença de DNA e RNA, sintetizam proteínas;  Concentração e transporte ativo de íons;  Síntese de ácidos graxos; 29 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 30. 5.Retículo endoplasmático (re)  é um sistema de túbulos e vesículas interconectados, tem a sua origem na membrana celular, a sua composição química é lipoprotéica. 30 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 31. Funções • síntese de proteínas para exportação –RER; • Síntese de lipídios –REL; • Condução de estímulos; • Regular pressão osmótica; • Transporte intracelular de substâncias –REL; • Originar carioteca –REL; • Metabolizar substâncias tóxicas. 31 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 32. 5.1 Retículo endoplasmático rugoso (RER) actua na síntese e nas modificações de proteínas, glicosilação inicial das proteínas, síntese de fosfolipídios, montagem de moléculas de proteínas e proteólise de sequência de aminoácidos. sintetiza lipídios e proteínas integrais de todas as membranas da célula. 32Alvido Bernardo Muaviraca
  • 33. 5.2 Retículo endoplasmático liso (REL) • É constituído por um sistema de túbulos e de vesículas achatadas. Não possui ribossomas ligados à sua membrana, possui uma função relacionada ao metabolismo de outras substâncias com síntese de lipídios do grupo colesterol, hormonas, esteróides, desintoxicação de drogas. 33Alvido Bernardo Muaviraca
  • 34. 6. Ribossomas • São partículas pequenas formadas de RNA ribossomal (rRNA). Os ribossomas podem estar isolados ou em grupos conhecidos como Polirribossomas ou Polissomas. Cada ribossomo é formado de uma subunidade grande e uma pequena, que são formadas no nucléolo e libertadas para o citosol. 34Alvido Bernardo Muaviraca
  • 35. Funções síntese de proteínas para uso intra-celular Alvido Bernardo Muaviraca 35
  • 36. 7. Complexo de golgi É constituído por um amontoado de sacos achatados e delimitados por membranas, onde recebe e modifica moléculas provenientes do Retículo Endoplasmático e redirecciona tais moléculas para o exterior da célula ou locais dentro da própria célula. Encontra-se situado normalmente próximo ao núcleo. 36Alvido Bernardo Muaviraca
  • 37. Plastos Os plastos são estruturas exclusivas de algas e vegetais. O seu número e forma varia muito conforme o organismo. Existem basicamente dois tipos de plastos: cromoplastos e leucoplastos. Os cromoplastos apresentam pigmentos no seu interior (cromo = cor), os leucoplastos (leuco = branco), não contém pigmentos. O cromoplasto mais comum nos vegetais é o cloroplasto. Cloroplasto Os cloroplastos apresentam forma discoidal, são envolvidos por uma membrana externa e uma interna. Além destas, os plastos apresentam muitas membranas internas que formam bolsas chatas em forma de disco chamadas tilacóides. Estes, por sua vez, estão dispostos de modo a formar pilhas, semelhantes a uma pilha de moedas. A pilha de tilacóides recebe o nome de granum (plural = grana) . O interior do cloroplasto é preenchido por uma matriz gelatinosa chamada estroma, onde se encontram DNA, RNA, ribossomos, enzimas, etc. 37Alvido Bernardo Muaviraca
  • 38. Funções de cloroplastos Nos cloroplastos acontece a fotossíntese, processo onde são fabricadas moléculas orgânicas, principalmente glicose, usada pelas mitocôndrias na respiração intracelular. Durante a fotossíntese a clorofila capta a energia luminosa que será transformada em energia química (ATP). Essa energia será usada na fabricação de glicose a partir de água e gás carbônico. Cloroplastos ou leucoplastos podem armazenar o excesso de glicose produzida em forma de amido (polissacarídeo). Esses reservatórios são os amiloplastos. 38Alvido Bernardo Muaviraca
  • 39. Funções produção da parte glicídica de algumas secreções; · armazenar, concentrar, empacotar e eliminar secreções; · formação do acrossomo dos espermatozóides; · síntese de lipídios, carbohidratos, especialmente polissacarídeos. modificação e empacotamento de proteínas. Alvido Bernardo Muaviraca 39
  • 40. 8.Lisossomos São organelas irregulares, membranosas, pequenas e estão presentes em quase todos os tipos de células especializadas para a digestão enzimática intracelulares, são como sacos de enzimas digestivas, liberta nutrientes e destrói moléculas não desejadas. Seu número e forma varia muito de célula para célula, de acordo com seu tipo e função. Alvido Bernardo Muaviraca 40
  • 41. Funções A função dos lisossomos é a digestão de macromoléculas, fagocitose de microrganismos, restos celulares e células, também do excesso de organelas velhas, tais como mitocôndrias e RER. Alvido Bernardo Muaviraca 41
  • 42. Centríolos Os centríolos estão presentes na maioria dos organismos eucariontes, com excepção das plantas Angiospermas. Cada célula possui um par de centríolos (diplossomo)que ficam localizados no centrossomo ou centro celular. Cada centríolo do par é formado por 9 triplas de microtúbulos dispostos de modo a formar um cilindro. Possuem DNA próprio com capacidade de autoduplicação, a qual executam antes da divisão celular. Os centríolos originarão cílios e flagelos responsáveis por várias formas de movimentação. Funções Estão envolvidos com a divisão celular. 42Alvido Bernardo Muaviraca
  • 43. Cílios e Flagelos São prolongamentos finíssimos que crescem a partir da superfície da célula. Sua estrutura interna chama-se axonemae é formada por 9 pares de microtúbulos dispostos de forma cilíndrica e um par central (haste). Embora tenham a mesma estrutura interna, cílios e flagelos diferem entre si da seguinte forma ; cílios são curtos e numerosos, flagelos são longos e pouco numerosos. Funções Cílios e flagelos têm funções de locomoção celular (algas, protozoários, espermatozóides), captura de alimentos (esponjas), limpeza do organismo (epitélio traqueal nas vias respiratórias), etc. Alvido Bernardo Muaviraca 43
  • 44. GLICOCÁLIX É uma cobertura floculada evidenciada ao ME. É um revestimento constituído de cadeias de carbohidratos que estabelecem ligações covalentes com as proteínas; transmembrana e com as moléculas de fosfolipídios do folheto externo. Sua função mais importante é de proteger a célula de interagir com proteínas inadequadas que causam danos químicos e físicos, também agem na adesão célula-célula Alvido Bernardo Muaviraca 44
  • 45. 9.Peroxissomos São organelas pequenas, com forma de esféricas a ovóides, envolvidas por membranas. Estão presentes em quase todas as células animais e funcionam no catabolismo de ácidos graxos de cadeia longa. Fornecem o ambiente de contenção para reacções onde um perigoso agente químico é gerado e degradado Alvido Bernardo Muaviraca 45
  • 46. 10. Inclusões São consideradas como componentes não vivos da célula, não possuem actividade metabólica nem são revestidos por membranas. As inclusões mais comuns são o glicogénio, as gotículas lipídicas, os pigmentos e os cristais.  Glicogénio: é a forma mais comum de armazenamento da glicose nos animais;  Lipídios: é a forma de armazenamento dos triglicerídios.  Pigmentos: o pigmento mais comum do corpo, ao lado da hemoglobina, é a melanina, formada pelos melanócitos da pele.  Cristais: não são normalmente encontrados nas células, acredita-se que sejam estruturas cristalinas de certas proteínas. 46Alvido Bernardo Muaviraca
  • 47. 11.Núcleo Fontana, observou pela primeira vez, em 1781, o núcleo, numa célula vegetal. 40 anos depois, Robert Brown evidenciou também nas células dos animais. o núcleo divide-se em: • Membrana nuclear (ou carioteca); • Suco nuclear (ou cariolinfa ou nucleoplasma); • Nucléolo. 47 Alvido Bernardo Muaviraca
  • 48. Função armazenar o material genético da célula, ou seja, conter a molécula de DNA em uma estrutura denominada cromatina. O controle da síntese proteica. O que vai determinar o equilíbrio na produção de substâncias. Alvido Bernardo Muaviraca 48
  • 49. 11.1 Membrana Nuclear • Também denominada cariomembrana ou carioteca; é uma membrana dupla, ou seja, formada por duas camadas de membrana. A membrana nuclear separa o hialoplasma do material nuclear, mas não totalmente, de espaço a espaço, formam-se interrupções circulares denominados poros, estes permitem a passagem de macromoléculas fazendo, com isso, o intercâmbio entre núcleo e o citoplasma. 49Alvido Bernardo Muaviraca
  • 50. 11.2 Suco Nuclear colóide claro e hom
  • Ficha caiu

    Sep 9, 2018
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks
    SAVE OUR EARTH

    We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

    More details...

    Sign Now!

    We are very appreciated for your Prompt Action!

    x