Documents

Biomateriais

Description
Apostila
Categories
Published
of 81
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  APOSTILADEBIOMATERIAIS Marcelo Henrique Prado da Silva   I INTRODUÇÃO  A perda de um órgão ou de uma parte do corpo gera, além da perda da função,transtornos sociais e psicológicos. Os avanços alcançados na medicina e odontologiamodernas, aliados ao aumento da expectativa de vida, têm possibilitado odesenvolvimento de técnicas que geram uma melhor qualidade de vida. Adisponibilização dessas técnicas tem oferecido novas opções aos pacientes mutilados,como a substituição total ou parcial de ossos fraturados por implantes. Essa tendênciatem sido observada principalmente na implantodontia, onde pacientes edêntulos (comperda de dentes) têm optado, cada vez mais, pela utilização de implantesodontológicos, ao invés das antigas próteses removíveis.O desenvolvimento da implantologia tem dado incentivo à pesquisa de biomateriaispara esse fim, bem como das reações que ocorrem na interface tecido-implante.Inicialmente utilizavam-se materiais inertes como os aços inoxidáveis e a alumina.Nos anos 70, Per-Ingvar Br  å nemark introduziu o conceito de osteointegração comosendo a ligação direta, estrutural e funcional entre osso ordenado e vivo e a superfíciede um implante sujeito a cargas funcionais (BRANEMARK, 1985). Com a introduçãodesse conceito, as pesquisas passaram a se concentrar em materiais e projetos,visando acelerar a osteointegração, ou seja, diminuir o tempo necessário para aaposição óssea.Recentemente, a otimização das propriedades de superfície como grau de pureza,acabamento superficial, rugosidade e molhabilidade tem sido explorado. Alteraçõesna camada de óxido de metais como o titânio também têm sido bastante investigadase, paralelamente, técnicas de recobrimento com materiais bioativos têm sidodesenvolvidas. Dentre os materiais bioativos, a hidroxiapatita, Ca 10 (PO 4 ) 6 (OH) 2 sedestaca pela sua semelhança com os fosfatos de cálcio presentes na fase mineral doosso.Várias técnicas de avaliação da adequação de um novo material para aplicaçõesbiomédicas têm sido desenvolvidas numa tentativa de simular do desempenho domaterial após sua inserção no corpo humano. Essas técnicas compreendem testes invitro e testes in vivo . Para testes in vitro , são utilizados normalmente testes debioatividade em líquido corporal simulado e estudos em cultura de células. Os estudosem cultura de células normalmente compreendem testes de citotoxicidade, medições 1  bioquímicas de atividade celular, avaliação de proliferação, crescimento e morfologiacelular. 2  II REVISÃO BIBLIOGRÁFICAII.1 BIOMATERIAIS Os biomateriais são usados em dispositivos médicos, sobretudo naqueles que sãotemporária ou permanentemente implantados no corpo humano. O termo biomaterialfoi definido na Conferência do Instituto Nacional de Desenvolvimento de Consenso emSaúde em 1982 como:“Qualquer substância (outra que não droga) ou combinação de substâncias,sintética ou natural em srcem, que possa ser usada por um período de tempo,completa ou parcialmente como parte de um sistema que trate, aumente ou substituaqualquer tecido, órgão ou função do corpo” (HELMUS E TWEDEN, 1995).O critério de seleção de biomateriais é baseado principalmente na aplicação a que sedestinam. Por exemplo, para dispositivos que fiquem em contato com o sangue,esses materiais são: ã componentes de dispositivos extracorpóreos que removem e retornam sangue docorpo; ã dispositivos que são inseridos em um vaso sanguíneo; ã dispositivos que ficam permanentemente implantados.Para dispositivos de aplicações em tecidos moles, os materiais se propõe a aumentar ou redefinir o tecido (ex.: implantes de seios e implantes faciais). Em aplicaçõesortopédicas e odontológicas, os materiais são componentes de implantes estruturais(ex.: próteses de juntas e implantes de raiz de dentes) ou são usados para reparar defeitos ósseos (ex.: parafusos e pinos inseridos em osso).Quanto ao tipo de material, os biomateriais podem ser: polímeros sintéticos, metais,cerâmicas e macromoléculas naturais (ex.: biopolímeros) que são manufaturados ouprocessados para se adequarem à utilização em dispositivos médicos que entram emcontato íntimo com proteínas, células, tecidos, órgãos e sistemas orgânicos.Os biomateriais devem ser isentos de produzir qualquer resposta biológica adversalocal ou sistêmica, ou seja: o material deve ser não-tóxico, não-carcinogênico, não-antigênico e não-mutagênico. Em aplicações sangüíneas, eles devem também ser  3
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x