Food

Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos.

Description
Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos. Notícia principal: Realizados pela jornalista Ana Filipa Foi realizado um estudo aos componentes da Biodiversidade e meios envolventes tendo especificação
Categories
Published
of 35
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos. Notícia principal: Realizados pela jornalista Ana Filipa Foi realizado um estudo aos componentes da Biodiversidade e meios envolventes tendo especificação á biodiversidade em meio aquático. Com um apelo aos problemas ambientais. Entrevista de abordagem ao tema: Realizados pelos jornalistas: Mauro Gomes, Ana Filipa e Andreia Góis No conceito do mês Biodiversidade e recursos hídricos Critica: No sentido de abordar um pouco mais sobre o tema da biodiversidade, foi realizada uma critica aos rios Portugueses e aos recursos hídricos. A Biopaper teve por iniciativa de realizar uma entrevista à Bióloga Luísa Magalhães que teve por este meio mostrar a sua opinião sobre o tema e também sensibilizar as pessoas sobre muitos assuntos relacionados com o tema. Biodiversidade é a nossa vida Palavras sensibilizadoras da Critica Andreia Góis Jogos, animações e o que é a Biodiversidade: Mauro Gomes Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos. BIODIVERSIDADE Realizado pelo jornalista: Mauro Gomes Biodiversidade é a diversidade da natureza viva. Desde 1986, o conceito tem adquirido um largo uso entre biólogos, ambientalistas, líderes políticos e cidadãos informados no mundo todo. Este uso coincidiu com o aumento da preocupação com a extinção, observado nas últimas décadas do século XX. Pode ser definida como a variedade e a variabilidade existente entre os organismos vivos e as complexidades ecológicas nas quais elas ocorrem. Ela pode ser entendida como uma associação de vários componentes hierárquicos: ecossistema, comunidade, espécies, popu lações e genes em uma área definida. A biodiversidade varia com as diferentes regiões ecológicas, sendo maior nas regiões tropicais do que nos climas temperados. Observação do jornalista: Temos de mudar as nossas mentes. Se cada semana, provavelmente fica a saber que mais uma espécie se encontra em vias de extinção, temos de fazer algo ou contribuir para que tal fenómeno não aconteça. Podíamos começar pelo impedimento da caça de qualquer animal selvagem em vias de extinção. Informar o maior número de pessoas sobre os animais e o modo de agir seria bastante beneficiário também, contribuindo para uma maior capacidade de percepção de como este problema afecta a Natureza. O nosso modo de agir com o mundo influencia a biodiversidade Importa alertar e defender os interesses dos animais. Porque este planeta também é deles. Que sejamos humanitários. Se cada espécie for desaparecendo ao longo do tempo, não teremos biodiversidade, não teremos nada. Mauro Gomes Eu também quero viver. A Biodiversidade tem a sua importância devido á sua diversidade e complexidade, podemos associá-la aos mais diversos significados Mauro Gomes Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos. Espécies em vias de Extinção ou Ameaçadas: Rinoceronte da Malásia A Manta-raia, também conhecida como Manta gigante, possui a particularidade de ser o animal de maior tamanho e mais evoluído dentro da sua espécie! Espécie em perigo Rinocerontes da Malásia ameaçados por problemas de reprodução. A baixa densidade de espermatozóides e outros problemas reprodutivos estão a impedir a gravidez entre os ameaçados rinocerontes da Malásia. Notícia: Especialistas num encontro na ilha de Bornéo para discutir como salvar o paquiderme local disseram que uma grave ameaça - para além da caça - é a incapacidade reprodutiva desses animais. «Talvez porque vivam em locais fragmentados, nas profundezas das selvas, eles raramente têm oportunidade de acasalar», disse Laurentius Ambu, subdirector do Departamento de Vida Selvagem do Estado da Malásia de de Sabah. Ano: 2009 País: Reino Unido Género: Documentário Realização: Mark Woodward, Sarah Cunliffe (BBC, Big Wave, Animal Planet) Sinopse: Vive em águas quentes e, na actualidade, faz parte do grupo de espécies marinhas em vias de extinção devido à caça indiscriminada levada a cabo em algumas zonas do planeta como o sudeste da Ásia, isto, unido à sua taxa reprodutiva baixa, pôs em alerta as equipas de biólogos que sabem que têm de trabalhar rápido se querem garantir o futuro desta espécie quase desconhecida. Este documentário magnífico que o canal Odisseia lhes apresenta viaja até Moçambique pelas mãos de Andrea Marshall, uma jovem que deixou a sua vida nos Estados Unidos para trabalhar pela protecção das Manta-raias, alertando para as consequências desastrosas que causam a pesca excessiva. Andrea Marshall Biopaper Um jornal, Milhares de conhecimentos. JOGOS Realizado pelo jornalista: Mauro Gomes Completa de acordo com a caixa de palavras. A biodiversidade é a de seres vivos. O conceito de tem adquirido diversos. A biodiversidade varia consoante cada. Pode ser entendida com uma. Em cada linha, encontra e Rodeia as palavras sobre a biodiversidade. PALABIOJUAJAGABKOJOGOBATAT HSHSHHSDIVERSIDADELLFJKFBBA JSHSGEFEREGIÃOJDHDGEGEJKLOL SERESMDJVIDASERESVIVOSLILOA VARIABILIDADEDEVIDANOMUND LOLAHDBBDDBIOPAPERCOMIDA IN-SITUEEX-SITU De acordo com esta página cria a tua própria definição de biodiversidade.. Identifica os seguintes animais em vias de extinção. A biodiversidade é a fonte fornecendo. CAIXA DE PALAVRAS REGIÃO / BIODIVERSIDADE / SIGNIFICADOS/ DIVERSIDADE/VARIABILIDADE EXISTENTE ENTRE OS ORGANISMOS VIVOS / COMIDA/ FONTE PRIMÁRIA DE RECURSOS A BIODIVERSIDADE SOMOS NÓS, NÓS SOMOS A BIODIVERSIDADE Trabalho Realizado Por: -Ana Isidro -Andreia Góis -Mauro Gomes Os recursos hídricos são águas superficiais ou subterrâneas que estão disponíveis para qualquer tipo de uso de região. As terras subterrâneas são o principal reservatório de água doce disponível para os seres humanos (aproximadamente 60% da população mundial tem como principal fonte de água os lençóis freáticos ou subterrâneos). A água é um recurso renovável, isto é não se esgota mas No entanto, como o consumo tem excedido a renovação da mesma, actualmente verifica-se falta de água doce principalmente junto aos grandes centros urbanos e também a diminuição da qualidade da água, sobretudo devido à poluição hídrica por esgotos domésticos e industriais. No âmbito do desenvolvimento sustentável, o uso destes recursos hídricos compreende as acções que visam garantir os padrões de qualidade e quantidade da água dentro da sua unidade de conservação, a bacia hidrográfica. Quase todos os países já adoptaram já uma legislação das águas dentro da disciplina de Direito Ambiental. É necessário integrar a gestão da água em função dos seus diferentes tipos de uso ( irrigação, abastecimento, energia hidráulica, controle de enchentes, piscicultura, lazer e outros ) das diferentes dimensões de conhecimento que estão envolvidas, dos diferentes tipos de instituições. É importante preservar esta dádiva a água pois sem ela impossibilitava a existência de qualquer ser vivo. A distribuição irregular da precipitação repercute-se na quantidade de água drenada pelos rios em Portugal; o Rio Douro tem um escoamento de 680 m 3 /s, o Rio Tejo 250 m 3 /s, o Rio Mondego e o Rio Guadiana apresentam valores de 100 m3/s. Os rios do Norte do País, como o Rio Douro, e os que atravessam serras chuvosas, como o Rio Zêzere que atravessa a Cordilheira Central, são mais caudalosos. O Rio Guadiana, que atravessa a planície alentejana, tem um caudal específico muito mais baixo. O Rio Tejo, o rio mais comprido em Portugal, marca a divisão entre o Norte húmido e o Sul seco, que constitui a característica espacial mais peculiar do território português. Figura 1 Temperatura (TºC) e precipitação (Pmm) em diferentes áreas de Portugal. Os dados correspondem a médias, por mês, dos valores registados nas estações meteorológicas distritais entre 1961 e No Litoral Norte, os valores de precipitação são mais elevados do que no Sul e no Interior do País e o número de meses secos (quando TºC 2xPmm) aumenta de Norte para Sul. Fonte: Instituto de Meteorologia, Normais Climatológicas A influência das características geológicas A desigual distribuição dos recursos hídricos em Portugal é consequência não só da variabilidade climática como também das características geológicas que servem de suporte ao armazenamento da água. Figura 2 Distribuição dos principais aquíferos em Portugal Continental. Para melhor visualização deste documento, pedimos, por favor, para consultar o link abaixo: iversos/agua_subterranea/re cursos.htm A irregular distribuição dos recursos hídricos no nosso país está relacionada com a também irregular distribuição das zonas de maior precipitação que constituem zonas de relevo montanhoso. O escoamento da precipitação contribui para o aumento dos caudais dos rios e dos lençóis subterrâneos.sendo portanto natural que as zonas áridas e com pouca vegetação, tenham uma disponibilidade recursos hídricos muito inferior às zonas montanhosas. Sendo o território do Norte e Centro de Portugal tendencialmente montanhoso, e o do Sul tendencialmente plano e com vegetação mais reduzida, verificase uma assimetria Norte-Sul na distribuição dos recursos hídricos. O Plano Hidrológico Espanhol tem bastante influência na variação dos caudais dos rios luso-espanhóis uma vez que ao prever a construção de barragens nesses rios pode provocar uma diminuição drástica dos caudais dos mesmos, afectando a disponibilidade de água doce em Portugal e tendo inúmeras implicações ambientais e económicas. Daí que o Plano Hidrológico Espanhol devesse ter em conta o português e estar coordenado com este, de forma a garantir uma equidade no acesso a este recurso fundamental à sobrevivência das populações e ao desenvolvimento da actividade económica. NO BANHO: Fechar a torneira ao escovar os dentes; Não tomar banhos que demorem muito tempo; Consertar os vazamentos o quanto antes. NA COZINHA: Antes de lavar os pratos e panelas, remover bem os restos de comida e mete-los no lixo; Manter a torneira fechada ao ensaboar as loiças; Deixar de molho as loiças com muita sujidade; Só ligar a máquina de lavar louça quando estiver bem cheia. NA LAVAGEM DA ROUPA: Não lavar aos poucos a roupa, deixar acumular e lavar tudo de uma vez; Manter a torneira fechada ao ensaboar e esfregar as roupas; Deixar as roupas de molho para remover a maior sujidade e se possível utilizar esta água para lavar o quintal; A biodiversidade varia com as diferentes regiões ecológicas, sendo mais diversificada nas regiões tropicais do que nos climas temperados. A Biodiversidade é a diversidade da natureza viva. O conceito tem adquirido diversos significados entre biólogos, ambientalistas, líderes políticos e cidadãos informados em todo o mundo. Este uso coincidiu com o aumento da preocupação com a extinção, observado nas últimas décadas do século XX. Pode ser definida como a variedade e a variabilidade existente entre os organismos vivos e as complexidades ecológicas nas quais elas ocorrem. Pode ser entendida como uma associação de vários componentes hierárquicos: ecossistema, comunidade, espécies, populações e genes em uma área definida. Refere-se, à variedade de vida no planeta Terra, incluindo a variedade genética dentro das populações e espécies, a variedade de espécies da flora, da fauna, de fungos macroscópicos e de microrganismos, a variedade de funções ecológicas desempenhadas pelos organismos nos ecossistemas; e a variedade de comunidades, habitats e ecossistemas formados pelos organismos. A espécie humana depende da biodiversidade para a sua sobrevivência. Para os biólogos, zoólogos ou botânicos, a biodiversidade não é só apenas a diversidade de populações de organismos e espécies, mas também a forma como estes organismos funcionam. Algumas espécies desenvolvem organizações sociais ou outras adaptações com vantagem evolutiva. As estratégias de reprodução dos organismos dependem do ambiente. Para os ecologistas, a biodiversidade é também a diversidade de interacções duradouras entre espécies. Em cada ecossistema os organismos são parte de um todo, interagem uns com os outros mas também com o ar, a água e o solo. A biodiversidade não é estática. É um sistema em constante evolução tanto do ponto de vista das espécies como também de um só organismo. Muitas das espécies estão em vias de extinção A biodiversidade não é distribuída igualmente na Terra. É sem dúvida, maior nos trópicos. Quanto maior a latitude, menor é o número de espécies. Este efeito que envolve disponibilidade energética, mudanças climáticas em regiões de alta latitude é conhecido como efeito Rapoport. Existem regiões do globo onde há mais espécies que outras. A riqueza de espécies tendem a variar de acordo com a disponibilidade energética, hídrica (clima, altitude) e também pelas suas histórias evolutivas. Biodiversidade na Amazónia O género de biodiversidade em Portugal e Espanha. Aqui neste espaço, pusemos um vídeo que retrata de como é giro o mundo da biodiversidade, como a biodiversidade está na nossa vida, está na gente. Link - Gostámos muito de realizar todo este trabalho para este concurso e esperemos que o mesmo tenha sido do vosso agrado. Se preservarmos melhor os nossos recursos e a biodiversidade, durante mais tempo a Terra vai viver. Os recursos hídricos e a biodiversidade são o nosso Mundo, a nossa Vida, está na gente. FIM!
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x