Documents

Bizu Do Ponto - Aula 01

Description
BIZU DO PONTO – AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO 1) LÍNGUA PORTUGUESA – Albert Iglesia Olá, prezado aluno! Este material foi elaborado especialmente para você que irá se submeter à prova de AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO. Nele você encontrará um verdadeiro “bizu” dos principais assuntos que a ESAF poderá cobrar no concurso. Não é hora para nos prolongarmos com extensas explicações sobre o conteúdo programático. O objetivo aqui é fazer você lembrar pontos importantes do programa. Isso eu farei por meio de
Categories
Published
of 99
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  BIZU DO PONTO – AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO   1) LÍNGUA PORTUGUESA – Albert Iglesia Olá, prezado aluno! Este material foi elaborado especialmente para você que irá sesubmeter à prova de AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO . Nele vocêencontrará um verdadeiro “bizu” dos principais assuntosque a ESAF poderácobrar no concurso. Não é hora para nos prolongarmos com extensasexplicações sobre o conteúdo programático. O objetivo aqui é fazer vocêlembrar pontos importantes do programa. Isso eu farei por meio de exercíciosespecíficos.   ORTOGRAFIA E ACENTUAÇÃO ã   ACERCA DE x A CERCA DE x HÁ CERCA DE  a) Hoje falaremos acerca   dos pronomes. (locução prepositiva – “dos” = de+ os –, equivale-se a sobre )b) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos.(refere-se a acontecimento passado)c) Estamos a cerca de quatro meses da prova. (refere-se a acontecimentofuturo; distância) 1.   (ESAF/ANA/ANALISTA E ESPECIALISTA/2009)  Assinale a opção que corresponde a erro gramatical.   O Brasil possui cerca de (1) 4 milhões de hectaresirrigados: área que pode ser triplicada em (2) 20 anos.É um dos países mais importantes (3) na produçãode alimentos, mas, apesar de (4) sua vocação para aagricultura irrigada, ainda são necessárias estratégias paraexplorar racionalmente esse potencial. Hoje, a captaçãoe o consumo de água para a irrigação representa (5),respectivamente, 46% e 69% dos valores totais captadose consumidos. (Adaptado de Denise Caputo http://www.ana.gov.br/SalaImprensa/noticias) a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 Comentário – Entenda “erro gramatical” como qualquer deslize (ortografia,concordância, regência, emprego de pronome etc.) na construção de frases.Somente nos interessam os itens 1 e 4. A expressão “cerca de” indica quantidade aproximada e está escrita com correção. A grafia daexpressão apesar de  (de valor semântico concessivo) não deve ser associadaà da expressão a partir de  , cuja parte inicial é constituída por dois vocábulosdistintos e escritos separadamente. Resposta – Os itens 1 e 4 estão corretos e não correspondem ao gabaritooficial, que apontou a letra E, por haver problema de concordância entre osujeito composto representado pelos núcleos “captação” e “consumo” e aforma verbal “representa”, que deveria ser “representam”.  BIZU DO PONTO – AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO   2.   (ESAF/ANA/ANALISTA E ESPECIALISTA/2009)  Em relação ao texto, assinale a opção correta.   O Rio Paraíba do Sul tem cerca de 2/3 de suas águas retiradas do seuleito por uma obra de transposição em Santa Cecília (RJ). Essas águassão utilizadas para gerar energia elétrica e para abastecer a RegiãoMetropolitana do Rio de Janeiro (cerca de 8 milhões de pessoas). Haviaconflitos pelo uso dessas águas entre as diferentes regiões. Tambémnesse caso, a ação da ANA se pautou por definir um arcabouço técnico einstitucional, estabelecendo regras de operação para o reservatório e devazão mínima a ser liberada a jusante (rio abaixo), em determinadasépocas do ano, de forma a compatibilizar os usos. (José Machado http://www.ana.gov.br/SalaImprensa/artigos/ set.2008.pdf) A substituição de “cerca de”( ℓ .1) por acerca de mantém a correçãogramatical do período. Comentário – Está claro que “cerca de” indica aproximadamente e “acercade” significa sobre , a respeito de . Resposta – Item errado. 3.   (ESAF/ANA/ANALISTA E ESPECIALISA/2009) Emrelaçãoao texto abaixo, julgue a proposição seguinte.   O tratamento de esgotos é fundamental para qualquerprograma de despoluição das águas. Em grande partedas situações, a viabilidade econômica das estaçõesde tratamento de esgotos (ETE) é reconhecidamente 5 reduzida, em razão dos altos investimentos iniciaisnecessários à sua construção e, em alguns casos,dos altos custos operacionais. Por esses motivosque mesmo os países desenvolvidos têm incentivadofinanceiramente os investimentos de Prestadores de 10 Serviços em ETE, como os Estados Unidos e paísesda Comunidade Europeia. (...) (http://www.ana.gov.br/prodes/prodes.asp) A forma verbal “têm”( ℓ . 8) está no plural porque concorda com “os paísesdesenvolvidos”. Comentário – Conjugados na terceira pessoa do singular , os verbos ter  e vir    não recebem acento : ele tem/vem  . Caso o sujeito deles seja umaexpressão equivalente à terceira pessoa do plural , o acento seráobrigatoriamente empregado para estabelecer a diferença que houve nonúmero da expressão: “...os países desenvolvidos têm  /vêm...”    RESPOSTA – Item certo. 4.   (ESAF/MF/ATA/2009)  Em relação ao texto julgue a proposição seguinte.   (...) Os atos públicos, em especial os queenvolvem procedimentos judiciais, têm como regra   Eles  BIZU DO PONTO – AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO   18 básica a transparência, a publicidade sem restrições eo acesso dos cidadãos. O contrário – ou seja, o sigilo 20 – é sempre a exceção. (  Zero Hora  , 27/2/2009) A forma verbal “têm”( ℓ .17) está no plural porque concorda com “Os atospúblicos”( ℓ .16). Comentário – O emprego dos verbos TER e VIR realmente merece suaatenção, portanto fique atento. Ele tem – eles têm  (verbo TER na 3ª pessoa do plural dopresente do indicativo) Resposta – Item correto. VERBO 5.   (ESAF/STN/ AFC  /2008)  Assinale a asserção correta em relação aos sentidos e expressões lingüísticas dotrecho.   (...) O gesto põe fim a 5 pendências jurídicas que se arrastavam havia décadas eserve de alento para quem ainda busca reaver ou manterbenefícios funcionais. (...) Reescreve-se, mantendo-se a correção gramatical e a coerência textual, operíodo “para quem ainda busca reaver ou manter benefícios funcionais.” (l.6 e 7) do seguinte modo: para que se reavenham ou mantenhambenefícios funcionais.   Comentário – A Esaf requer de você cuidado com a correção gramatical e acoerência textual. Sua análise, portanto, deve considerar esses dois aspectos.Qualquer deslize invalida a alternativa. E foi isso o que houve ao se empregaro verbo reaver  no presente do subjuntivo. Tal verbo só é conjugado nasformas em que o verbo haver  é grafado com a letra “v” . Observem: Haver (presentedo indicativo)  Reaver (presentedo indicativo)  Haver (presentedo subjuntivo) Reaver (presentedo subjuntivo)Eu hei – Eu haja –Tu hás – Tu hajas –Ele há – Ele haja –Nós havemos Nós reavemos Nós hajamos –Vós haveis Vós reaveis Vós hajais –Eles hão – Eles hajam – Resposta – Item errado. 6.   (ESAF/ SEFAZ -SP/APOFP/2009 – adaptada)  Em relação ao texto, julgue a proposição seguinte.   15 (...) Sabe-se que uma redução dataxa Selic nunca repercute plenamente nas taxas de  BIZU DO PONTO – AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO    juros dos bancos, que, sob o pretexto da elevação dainadimplência, aumentaram os seus spreads (diferençaentre a taxa de captação e de aplicação). (...) (O Estado de S. Paulo, Editorial, 16/1/2009) Em “Sabe-se”( ℓ .15), o pronome “-se” indica voz reflexiva. Comentário – Fique de olho na estrutura formada por VTD + SE , pois elageralmente caracteriza voz passiva , com sujeito expresso no período: “queuma redução da taxa Selic...”  Resposta – Item errado.    PRONOME  7.   (ESAF/STN/AFC/2008)  Com base no texto, assinale  a opção incorreta.   (...) 5 Não há medida mágica e salvadora que faça cotaçõesse estabilizarem e o investidor recuperar o sono. (...)Aos bilhões empenhados para permitir ao Morgandigerir o Bear Stearns, em março; ao dinheiro sacado 15 a fim de evitar a quebra das gigantes Fannie Mae eFreddie Mac, redescontadoras de hipotecas, o governoe o Fed, o BC dos EUA, decidiram somar US$85 bilhõespara salvar a AIG. Decepcionou-se quem esperavatranqüilidade. (...) a)   Em “se estabilizarem” (l.6), o “se” indica que o sujeito é indeterminado.b)   Em “Decepcionou-se” (l.18), o “se” justifica-se porque o verbo está sendoempregado como pronominal. Comentário – Alternativa A : vejamos, antes, as situações que caracterizam sujeito indeterminado . a)   Verbo na terceira pessoa do plural, sem   que haja  referência a outro termo anteriormente identificado. Telefonaram  para você. Gritaram  muito. b)   Pronome oblíquo SE junto a verbos de ligação , intransitivos , transitivos indiretos ou transitivos diretos cujosobjetos diretos estejam preposicionados ; os verbos ficam sempre na terceira pessoa do singular : Ficou  -se feliz. Vive-se  bem. Gosta-se  de você. Bebeu-se  do vinho. (caso a preposição fosse retirada – bebeu-se o vinho –, teríamos uma voz passiva sintética com sujeito representado pelo termo “o vinho” = o vinho foi bebido).
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x