Documents

Blog - to a Duas Vozes

Description
Contraponto a duas vozes Na nossa aula de hoje vou iniciar um assunto bem interessante, principalmente para aqueles que gostam de estudar composição e música clássica. Estou falando da técnica de contraponto. Vou passar a vocês todas as regras de um contraponto a duas vozes. Bom! Primeiramente vamos definir contraponto: contraponto é a técnica de escrever melodias simultâneas, onde é dada uma linha melódica chamada cantus firmus , contra a qual se escreve outra melodia. O contraponto é uma regr
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Contraponto a duas vozes Na nossa aula de hoje vou iniciar um assunto bem interessante, principalmente paraaqueles que gostam de estudar composição e música clássica. Estou falando da técnicade contraponto. Vou passar a vocês todas as regras de um contraponto a duas vozes.Bom! Primeiramente vamos definir contraponto: contraponto é a técnica de escrevermelodias simultâneas, onde é dada uma linha melódica chamada cantus firmus ,contra a qual se escreve outra melodia. O contraponto é uma regra de composiçãomuito usada por diversos compositores, principalmente por compositores de músicaclássica como: Bach e Mozart. Agora vamos as regras:A primeira coisa que aprendemos sobre regra de contraponto é como tratar asconsonâncias e dissonâncias. Os intervalos de 2ª, 4ª e 7ª serão chamados dedissonâncias, e os intervalos de 3ª, 6ª, 5ª e 8ª serão chamados de consonâncias. Condução de vozes.  Sob o ponto de vista harmônico o contraponto deve se resolver sempre por:1 - Grau conjunto;2 - Saltos pequenos. Proibições.  No contraponto o uníssono só se usa no começo e no fim. Não se deve cruzar as vozes.É proibido escrever a mesma nota mais de duas vezes seguidas. São proibidas 5ª e 8ªseguidas, assim como ocultas.É proibido escrever mais do que 3 terças consecutivas, ou 3 sextas consecutivas.  Nas ultimas aula sobre contraponto vimos alguns conceitos de proibições e tratamentode dissonâncias, eu falei também sobre a nota de passagem. Bom, nesta aula vou falarsobre mais uma técnica do contraponto, que é a Apogiatura. A Apogiatura acontecequando temos um intervalo de dissonâncias logo no primeiro tempo do primeirocompasso.Veja o exemplo abaixo:Como toda dissonância se resolve em uma consonância, neste caso não será diferente.Temos a apogiatura, sendo um intervalo de 4ª que se resolverá numa consonância,sendo um intervalo de 5ª.Agora aqui temos um exemplo de apogiatura com a nota de passagem também.Reparem o intervalo de 4ª que se resolve numa 3ª, depois vai para uma 4ª que seresolverá numa quinta, está segunda 4ª no meio de duas consonâncias será a nota depassagem.Na aula de hoje vou passar mais um conceito, e a partir da próxima aula vamos verexemplos na prática já. Nas aulas passadas vimos proibições, vimos nota depassagem, apogiatura. Nesta aula vou falar da sincopa (retardo). O retardo é quandouma consonância ligada se torna uma dissonância por causa do movimento da outravoz. Então este retardo deve se resolver, sempre descendente por uma consonância.Veja no exemplo abaixo, onde temos um intervalo de dó para sol (5ª), a voz de baixovira um ré enquanto a de cima o sol se mantém, ai a 5ª se torna um intervalo de 4ª(dissonância), que se resolvera em uma terça (consonância). Para quem quiser se aprofundar nesta técnica de composição é legal começar acriar seus próprios temas, buscas outras regras, contrapontos a quatro vozes emais, analisar peças clássicas principalmente do compositor J.S.Bach, que tem  diversos minuetos contrapontistas.
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks