Magazine

Boletim 06-93 12/10/2014

Description
Continua na página seguinte CONFISSÕES DE AGOSTINHO CAPÍTULO VIII. Viagem a Roma Também foi obra tua o fato de me convencerem a ir a Roma, para ali lecionar o…
Categories
Published
of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Continua na página seguinte CONFISSÕES DE AGOSTINHO CAPÍTULO VIII. Viagem a Roma Também foi obra tua o fato de me convencerem a ir a Roma, para ali lecionar o que ensinava em Cartago. Mas não deixarei de confessar-te o motivo que me moveu, porque também nisso tudo se reconhece a profundidade de teu desígnio, e merece ser meditada e exaltada tua misericórdia sempre presente. O motivo que me levou a Roma não foram maiores lucros e maior dignidade, como me prometiam os amigos que tal me aconselhavam – se bem que essas razões ainda fossem importantes para mim nesse tempo – mas o principal e quase único motivo de minha determinação era saber que os jovens de Roma eram mais sossegados nas classes, em virtude da rigorosa disciplina a que estavam sujeitos. Não lhes era lícito entrar desordenada e impudentemente nas aulas dos professores dos quais não eram alunos, nem sequer eram admitidos sem licença; bem o contrário do que acontecia em Cartago, onde a liberdade dos estudantes é tão vergonhosa e destemperada que invadem cínica e furiosamente as aulas, perturbando a ordem estabelecida pelos mestres em seu próprio interesse. Além disso, com incrível insolência cometem uma quantidade de grosserias, que deveriam ser castigadas pelas leis, se a tradição não os protegesse. Tal costume aliás, apenas manifesta a infelicidade no caso desses jovens, que já praticam como lícito o que jamais será permitido por tua lei eterna. Julgam agir impunemente, quando a própria cegueira é seu maior castigo, padecendoelesmalesincomparavelmentemaioresdoqueosquecausamaosoutros. Com isso vi-me obrigado, quando professor, a suportar nos outros costumes que não quis adotar como meus quando estudante; e por isso desejava ir para uma cidade na qual, segundo me asseguravam, não aconteciam tais coisas. E tu, Senhor, minha esperança e meu quinhão na terra dos vivos, a fim de que eu mudasse de residência para a saúde de minha alma, me punhas espinhos em Cartago, para arrancar-me dali, e deleites em Roma para atrair-me para lá. Atraías-me por meio de homens que amavam uma vida morta, dos quais uns agiam aqui como loucos, e outros me aliciavam alhures com bens ilusórios. E, para corrigir meus passos, usavas ocultamente da sua e da minha perversidade. Ano XCII, n° 06/93 28º Domingo no Tempo comum - Cor verde WDomingo 12/10/2014 Igreja Presbiteriana do Brasil Presbitério Madureira Igreja Presbiteriana de Ramos Organizada em 07 de setembro de 1922 R A M O Sigreja presbiteriana Rua Dr. Miguel Vieira Ferreira, 244, Ramos, CEP: 21060-090 (21) 2260-5093 • ipbramos@gmail.com • www.ipramos.org Porque os que perturbavam minha paz estavam cegos por uma raiva vergonhosa, e os que me convidavam para mudar sabiam a terra; e eu, que detestava em Cartago uma verdadeiramiséria,buscavaemRomaumafalsafelicidade. Mas o verdadeiro motivo de eu sair de Cartago e ir para Roma só tu, ó Deus, o sabias, sem manifestá-lo a mim nem à minha mãe, que chorou amargamente minha partida, seguindo-me até o mar. Mas tive de enganá-la, porque me agarrava com força, instandome a desistir de meu propósito ou a levá-la comigo. Fingi pois que tinha que me despedir de um amigo que eu não queria abandonar, até que, soprando o vento, ele pudesse navegar. Assim enganei a minha mãe, e a uma tal mãe! Fugi, e tu também me perdoaste este pecado misericordiosamente, salvando-me a mim, cheio de execráveis imundícies, das águas do mar para que chegasse ás águas de tua graça. Purificado com elas, secariam os rios dos olhos de minha mãe, com que todos os dias regava a terra diante de ti, por minhacausa. Contudo, como se recusasse a voltar sem mim, apenas pude persuadi-la a permanecer aquela noite em uma capela próxima a nosso navio, consagrada à memória de São Cipriano. Mas naquela mesma noite parti às escondidas, deixando-a orar e a chorar. E que te pedia ela, meu Deus, com tantas lágrimas, senão que me impedisses de navegar? Mas tu, de visão infinitamente mais ampla, entendendo o intuito de seu desejo, não atendesteaoqueelaentãote pedia,parafazeremmimaquiloquesemprete pedia. Soprou o vento, enfunou nossas velas, e logo desvaneceu de nosso olhar a praia, onde de manhã cedo minha mãe, louca de dor, enchia de queixas e de prantos teus ouvidos insensíveis. Deixaste-me correr atrás de minhas paixões para dar fim ás minhas concupiscências, castigando com o justo flagelo da dor a saudade demasiado carnal de minha mãe. Ela, como todas as mães, e ainda mais que a maioria delas, desejava manterme junto de si, desconhecendo as grandes alegrias que lhe preparavas com minha ausência. Não o sabia, e por isso chorava e se lamentava, denunciando com esses lamentos a herança que recebera de Eva, buscando em lágrimas ao que com gemidos haviadadoàluz. Por fim, depois de ter-me chamado de mentiroso e de mau filho, pôs-se de novo a rezar pormimevoltouparasuavidahabitual, enquantoeumedirigiaaRoma. AgostinhodeHipona.In:Confissões,LivroV. Que Deus abençoe você, Rev. Joel Theodoro, Pastor da igreja Continuação da pastoral Vida cristã 152. O que cada pecado merece da parte em sua salvação. Ref.: Mt 28.19-20; At 2.42,46; 1 Tm 4.16; 1de Deus? R: Todo pecado, até o menor, sendo contra a Co 1.21; Ef 5.19,20; Ef 6.17,18. soberania, bondade, santidade de Deus, e 155. Como a palavra se torna eficaz para contra a sua justa lei, merece a sua ira e a salvação? maldição, nesta vida e na vindoura, e não R: O Espírito de Deus torna a leitura, e pode ser expiado, senão pelo sangue de especialmente a pregação da palavra, um Cristo. meio eficaz para iluminar, convencer e Ref.: Tg 2.10,11; Ml 1.14; Dt 32.6; Hc 1.13; humilhar os pecadores; para lhes tirar toda 1 Pe 1.15,16; Lv 11.45; 1 Jo 3.4; Gl 3.10; Ef confiança em si mesmos e os atrair a Cristo, 5.6; Pv 13.21; Mt 25.41; Rm 6.21,23; Hb para os conformar à sua imagem e os 9.22; 1 Jo 1.7; 1 Pe 1.18,19. sujeitar à sua vontade; para os fortalecer 153. Que exige Deus de nós para que contra as tentações e corrupções; para os possamos escapar à sua ira e maldição, edificar na graça e estabelecer os seus em que incorremos pela transgressão da corações em santidade e conforto, medianlei? te a fé para a salvação. R: Para escaparmos à ira e maldição de Ref.: Jr 23.28,29; Hb 4.12; At 17.11,12; At Deus, em que incorremos pela transgressão 26.18; At 2.37,41; 2 Co 3.18; 2 Co 10.4,5; da lei, ele exige de nós o arrependimento Rm 6.17; Sl 19.11; Cl 1.28; Ef 6.16,17; Mt para com Deus, a fé em nosso Senhor Jesus 4.7,10; Ef 4.11,12; 2 Tm 3.15-17; Rm Cristo e o uso diligente de todos os meios 16.25; 1 Ts 3.2,13; Rm 10.14-17. exteriores pelos quais Cristo nos comunica os benefícios de sua mediação. Ref.:At 20.21; Mc 1.15; Jo 3.18. Vejam-se os textos citados sob a questão 154. 154. Quais são os meios exteriores pelos quais Cristo nos comunica os benefícios de sua mediação? R: Os meios exteriores e ordinários, pelos quais Cristo comunica à sua Igreja os benefícios de sua mediação, são todas as suas ordenanças, especialmente a Palavra, os Sacramentos e a Oração; todas essas ordenanças se tornam eficazes aos eleitos Catecismo Maior de Westminster Escala Diaconia Apoio - hoje MANHÃ Abertura da Igreja Recepção Templo Santa Ceia NOITE Único Thiago Thiago / Anderson Cláudio Paulo Aniversariantes de hoje a sábado CASAMENTO 17/10 Andréa e Pedro Rocha - 3649-9926 Mês do 497º Aniversário da Reforma Protestante (31 de outubro de 1517) Momento comunitário (anúncios e pastorais) Prelúdio (silêncio e oração) Recessional ORAÇÃO Confissão de pecados Oração de perdão Salvador Maravilhoso Leitura da Escritura (absolvição): Salmos 32.10-11 10. Muito sofrimento terá de curtir o ímpio, mas o que confia no SENHOR, a misericórdia o assistirá. 11. Alegrai-vos no SENHOR e regozijai-vos, ó justos; exultai, vós todos que sois retos de coração. Oração pelas crianças e saída para a EBI Oração por iluminação Leitura da Escritura: Mateus 22.1-14 1. De novo, entrou Jesus a falar por parábolas, dizendo-lhes: 2. O reino dos céus é semelhante a um rei que celebrou as bodas de seu filho. 3. Então, enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas; mas estes não quiseram vir. 4. Enviou ainda outros servos, com esta ordem: Dizei aos convidados: Eis que já preparei o meu banquete; os meus bois e cevados já foram abatidos, e tudo está pronto; vinde para as bodas. 5. Eles, porém, não se importaram e se foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio; 6. e os outros, agarrando os servos, os maltrataram e mataram. 7. O rei ficou irado e, enviando as suas tropas, exterminou aqueles assassinos e lhes incendiou a cidade. 8. Então, disse aos seus servos: Está pronta a festa, mas os convidados U ¯ & ¯Irresistivel U U & ORDEM DO CULTO não eram dignos. 9. Ide, pois, para as encruzilhadas dos caminhos e convidai para as bodas a quantos encontrardes. 10. E, saindo aqueles servos pelas estradas, reuniram todos os que encontraram, maus e bons; e a sala do banquete ficou repleta de convidados. 11. Entrando, porém, o rei para ver os que estavam à mesa, notou ali um homem que não trazia veste nupcial 12. e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? E ele emudeceu. 13. Então, ordenou o rei aos serventes: Amarrai-o de pés e mãos e lançai-o para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes. 14. Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos. Salmo 96 PREGAÇÃO DA PALAVRA Rev. Joel Theodoro Ofertas HNC 42 - O grande amor de Deus Oração de ação de graças e intercessão oração do Senhor Bênção Amém Tríplice Poslúdio (silêncio e oração) ¯ & ¯ U ¯HNC 55 - Alegria e gratidão U Pastor: Rev. Joel Theodoro da Fonseca Junior Direção de Culto: Presb.Ivan Lopes Salgado Participação: Grupo Piano: Clhistynnine Álice de Andrade Pregação da Palavra: Rev. Joel Theodoro da Fonseca Junior Musical da Igreja Presbiteriana de Ramos Avisos QUERIDO VISITANTE Sua presença nos traz muita alegria. Volte mais vezes. Deixe seu nome, endereço e telefone com o diácono de plantão CANTINA Hoje: UMP Próximo Domingo:EBI Presb.FONTOURA Está ausente hoje atendendo ao convite da IPPiraí-RJ, palestrando sobre o tema «Faça chuva, faça sol, vá à Escola Dominical»,como secretário de EducaçãoCristãdoPMAD, OUTUBRO na IPB MES DA REFORMA PROTESTANTE ESCOLADOMINICAL Participe da EBD aprendendo e aprimorandoseusconhecimentosbíblicos. CORALDAIGREJA Hoje após o culto, ensaio da Cantata «Um Natal Inesquecível» e a entrega dos kits para quem ainda não recebeu. Iremos nos unir aos corais das Igrejas de Maria da Graça e Colégio na apresentação. Os jovens da igreja são convidados a participar desse louvor na mensagem do nascimento de Jesus Cristo. Os ensaios presenciais ocorrerão nos domingos após o culto matutino e nos sábados 22/11, 06/12e20/12. Dia12-DiaNacional EvangelizaçãoIPB Dia31-DiadaReformadoSec.XVI OUTUBROna SAFRamos 18-SecEvangelismo-9h-Pq.Madureira CONGRESSO FEMAD UPA UMP Nos dias 17 a 19/10 no sítio Dedo de Deus, Guapimirim, RJ. VALOR - R$ 160,00. Informações: Pb Thiago (Pres. FEMAD UMP) 99955-2557 Dc Eliseu(1º Sec. FEMAD UMP) 98851-1316 Dc Thiago (Tesour. FEMAD UMP) 982348384 SEJAUMDIZIMISTA FIEL A cada mês, a tesouraria da Igreja tem sentido dificuldades em efetuar seus pagamentos. Vivemos pela fé e temos responsabilidade e fidelidade perante nosso Deus, que é tão bondoso. Seja um dizimista fiel e contribua mensalmente comalegria. CURSODEALMOFADAS Reiniciará no próximo dia 22/10 de 14 às 17h , com 2 aulas a R$10,00 cada aula. Rev.JOEL, ROBERTAERAFAELA Como em todos os anos, nosso pastor, esposa e filha participarão da Conferência Fiel para Pastores e Líderes em Águas de Lindóia, SP retornando na próxima Sexta à noite. Oremos pela viagem da família! Plano de Leitura Anual da Bíblia Segunda 13 Ap.13 / Et. 3-4 / Sl.106:1-23 Terça 14 Quarta 15 Quinta 16 Sexta 17 Sábado 18 Domngo 19 Ap.14/Et.5:1-6:13/ Sl.106-24-48 Ap.15/Et.6:14-8:17/Sl.107:1-22 Ap.16 / Et.9-10/ Sl.107:23-43 Ap.17 / Is.1-2 / Sl.108 Ap.18 / Is. 3-4 / Sl.109:1-19 Ap.19 / Is.5-6 / Sl.109:20-31 Escola Bíblica Dominical Classe JOSUÉ Classe TIMÓTEO Classe dos ADOLESCENTES Prof. George Pb. Tércio Templo Prof. George Pb. Rubem Templo 2º andar Classe MQV Rosa/Chloé 1° Andar Classe PRIM. PASSOS Classe BERÇÁRIO 9h 9h 10h30 10h30 10h30 Viviane/ Thaís 1° Andar Maria Emília/Renata Térreo 9h Escola Bíblica Infantil RESOLUÇÕESDOCONSELHO Em sua última reunião no dia 04/10/14, oConselho decide: 1.designar os jovens Anderson Marné, Thiago Curvelo e Chloé Amon como delegados do Congresso Unificado UMP e UPA do Presbitério Madureira no p r ó x i m o f i m d e s e m a n a e m Guapimirim/Rj. 2. Examinar dois jovens no próximo dia 18 de outubro com vistas a serem arrolados no rol de membros da igreja: Mariana Lima por batismo e pública profissão de féeArielMarnéportransferência. 3.Realizar o 2º curso de almofadas pela prof. Marta Fonseca às 4ªs feiras de 2 as 5h e opreçodeR$10,00poraula. 4. Autorizar a realização da cantata de natal no dia 21/12/2014 na parte externa da igreja como trabalho de evangelização. 5. Baixar do rol de membros o irmão EltonFróesporfalecimento. 6. Nomear o Presb. Ivan como conselheirodaJunta Diaconal. 7.Conceder moção aos pregadores convidados no aniversário da igreja e à irmãRoberta Fonsecapelasaquarelas. 8. Disponibilizar o arquivo em PDF do rol demembrosparaaJunta Diaconal. 9..Autorizar ajuda de custo ao Dc. Cláudio Annunciação para o transporte dealgunsirmãosdecasaparaoCulto. 10.Registrar um voto de gratidão ao Dc. CláudioAnnunciaaçãopela iniciativa. Reunião do Conselho 18/10 - 9h Reunião Junta Diaconal Hoje - 17h Conta Corrente Bradesco Ag. 2043-5 C/C 011274-7 ADRIANA (Domingos) ALDA ORMOND e família /ALEXANDRE Celso Prado Costa ANA MARIA ( Gésia) / ANA ALICE e família (Joel) /ANA CRISTINA e LUCIANA (José Adriano)/ANEDITO, ANTONIO (Sonia Toledo) /ARLETE LINS (Ítala)/AURENYeCALEBE) CAROLINA (Ivan) /CELINA SOARES ROCHA/CLÁUDIA PROVENZANO (Joel)/CLÉA MACIEL/CLEIDIANA ROCHA (Roberta) DEISE PEREIRA /DENISE e família (Maria Dias) /DENISE e seusfilhos(Rosa) ÉDER VIANNA/EDVALDO SARMENTO/ ERCILA LOPES/ ELSE FROHEVIANA/ELCEAZEVEDO(mãedaSilveli) FERNANDA(Viviane) GEORGINADOPATROCINIO HILZA IOLANDA/IRAPUÃBAPTISTA JÉSSICA GAMA /JOANA e JURACY (Thaís) /JORGE e ANA MARIA (pais da Luciana) /JOSÉ ADRIANO/JOSÉ WILLIAM e família(Joel)/JOSUÉ,/JULIANACILENE(EdsoneRuth)/ JURACI (MariaDias) MARCELOLEITÃO(EltonFilho)/ MARIABAPTISTA /MARIA DIAS /MARIA DO CARMO FERNANDES (mãe da Cláucia)/MARIA JOSÉ TELESFORO/MARIA VALDETE /MARILZAeMARCIOCOUTO/MOACYR ANDRADE NEIDE(Gláucia) OSWALDOMOLARINOpai PAULO EMILIO (Gilberto) /PEDRO CORDEIRO DE LIMA (irmãodaMariana) REGINA CALIL / RENATA(Nilza) / ROBERTO BARROS (irmão daRosane)/ROSANEFERREIRA(Simone) SONIA(Rosa) THEOALVARENGA/THEREZINHAMALTAMACHADO VILMARDAROSA George Camargo Ariel Marné Allan Acioly Joel Theodoro (int.) Oração Escola Bíblica Dominical Culto Matutino Culto Vespertino Oração da UMP Oração da UMP CONSELHO Pastor: Joel Theodoro da Fonseca Junior Presbíteros Rubem José da Rocha (emérito) Tércio Santos de Freitas Antonio Carlos Fontoura Filho Ivan Lopes Salgado (emérito) (emérito) Assessorias: Financeira: Rosane da Gama B. Costa Jurídica: Araçari Baptista DIRETORIAS DE MINISTÉRIOS Educação Cristã Música Evangelismo e Missões Diaconia Pastor efetivo Joel Theodoro da Fonseca Junior Seminaristas: Allan David Lessa Acioly Ânderson do Nascimento Marné Vitor Mattos de Souza Docente: George Camargo dos Santos JUNTA DIACONAL Anderson do Nascimento Marné Cláudio Garcia Annunciação Paulo Miquéias Cavalcante Thiago da Silva Curvelo Silveira . Apoio diaconal: Gilberto da Silva Costa Junior Glauber José da Rocha Ailton Stauffer (emérito) Moacyr Gomes da Silva (emérito) NOSSOS HORÁRIOS Domingo 08:40h 09h 10:30h 19h Terça-feira 6:30 a 7:30h Quinta-feira 20h-21h SECRETARIA - 2ª a 6ª feira - 10h às 16h DEVEMOS ORAR SEMPRE Conselho, Coral, Diaconia, Escola Dominical, Igreja; Jovens e Adolescentes, Ministério com crianças, Missões, Pastor e sua família, Pedidos da Reunião semanal de Oração, Seminaristas, Sociedades internas:SAF, UPH,UMP.
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x