Magazine

Boletim 39-92 01/06/2014

Description
Continua na página seguinte CONFISSÕES DE AGOSTINHO CAPÍTULO III. Cegueira do pai, cuidados da mãe Nesse mesmo ano tive de interromper meus estudos, quando…
Categories
Published
of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Continua na página seguinte CONFISSÕES DE AGOSTINHO CAPÍTULO III. Cegueira do pai, cuidados da mãe Nesse mesmo ano tive de interromper meus estudos, quando voltei de Madaura, cidade vizinha, onde fora estudar literatura e oratória, enquanto se faziam os preparativos necessários para minha viagem mais longa a Cartago, levado mais pela ambição de meu pai que pelos seusparcosbens,pois,eramuimodestocidadãodeTagaste. Mas, a quem conto eu estes fatos? Certamente, não a ti, meu Deus, mas em tua presença conto estas coisas aos da minha estirpe, ao gênero humano, ainda que estas páginas chegassem às mãos de poucos. E para que então? Para que eu, e quem me ler, pensemos na profundeza do abismo de onde temos de clamar por ti? E que há de mais próximo a teus ouvidos que ocoraçãocontritoeavidaqueprocededafé?(...) Contudo, este mesmo pai não se importava de saber se eu crescia para ti, ou que fosse casto, contanto que fosse deserto; mas antes eu era deserto, por carecer de teu cultivo, ó Deus,único,verdadeiroebomsenhordeteu campo,omeucoração. Porém, no meu décimo-sexto ano foi necessária uma interrupção em meus estudos por falta de recursos familiares e, livre da escola, passei a viver com meus pais. Avassalaram então minha cabeça os espinhos de minhas paixões, sem que houvesse mãos que os arrancassem. Pelo contrário, meu pai, certo dia, percebendo ao banho sinais de minha puberdade e vendo-me revestido de inquieta adolescência, como se já se alegrasse pensando nos netos, foi contá-lo alegre à minha mãe. Alegria esta gerada pela embriaguez com que este mundo esquece de ti, seu criador, e em teu lugar ama tua criatura; embriaguez que nasce do vinho sutil de sua perversa e mal inclinada vontade paraascoisasbaixas. Mas, nessa época, já tinhas começado a levantar, no coração de minha mãe, teu templo e os alicerces de tua santa morada; meu pai não era mais que catecúmeno, recente ainda. Por isso minha mãe perturbou-se com santo temor. Embora eu ainda não fosse batizado, temia que eu seguisse as sendas tortuosas por onde andam os que te voltam as costas, e nãoorosto. Ano XCII, n° 39 7º Domingo de Páscoa - Cor branco WDomingo 01/06/2014 l Igreja Presbiteriana do Brasil Presbitério Madureira Igreja Presbiteriana de Ramos Organizada em 07 de setembro de 1922 R A M O S igreja presbiteriana Rua Dr. Miguel Vieira Ferreira, 244, Ramos, CEP: 21060-090 (21) 2260-5093 • ipbramos@gmail.com • www.ipramos.org Ai de mim! Como me atrevo a dizer que te calavas quando me afastava de ti? Seria verdade que então te calavas comigo? E de quem eram, senão tuas, aquelas palavras que pela boca de minha mãe, tua serva fiel, sussurraste em meus ouvidos, embora nenhuma delaspenetrassenomeucoração,paraqueacumprisse? Lembro bem que um dia me admoestou em segredo, com grande solicitude, que me abstivesse da luxúria e, sobretudo, que não cometesse adultério com a mulher de ninguém. Porém, esses conselhos pareciam-me próprios de mulheres, e eu me envergonharia de segui-los. Mas, na realidade, eram teus, embora eu não o soubesse, e por isso julgava que te calavas, e que era ela quem me falava; e eu te desprezava em tua serva, eu, seu filho, filho de tua serva e servo teu, a ti que não cessavas de me falar pela suaboca. Mas eu não o sabia, e me precipitava com tanta cegueira, que me envergonhava entre os companheiros de minha idade, de ser menos torpe do que eles. Os ouvia jactar-se de suas maldades, e gloriar-se tanto mais quanto mais infames eram; assim eu gostava de fazer o mal, não só pelo prazer, mas ainda por vaidade. O que há de mais digno de vitupério do que o vicio? E, contudo, para não ser escarnecido, tornava-me mais viciado e, quando não houvesse cometido pecado que me igualasse aos mais perdidos, fingia ter feito o que não cometera, para que não parecesse mais abjeto quanto mais inocente, e tanto mais vil quantomaiscasto.(...) Nem então minha mãe carnal, que já fugira do meio da Babilônia, mas que em outras coisas caminhava mais devagar, cuidou – como fizera ao aconselhar-me a castidade – de conter com os laços do matrimônio aquilo de que seu marido lhe falara a meu respeito. Já percebera ela que me era pestilencial, e que mais adiante me seria perigoso – já que essa paixão não podia ser cortada pela raiz. Não pensou nisso, digo, por temer que o vínculo matrimonial frustrasse a esperança que sobre mim acalentava; não a esperança da vida futura, que ela já tinha posto em ti, mas a esperança das letras que ambos, meu pai e minha mãe, desejavam ardentemente; meu pai, porque não pensava quase nada de ti, mas apenas ambições vãs a meu respeito; minha mãe, porque considerava que tais tradicionais estudos das letras não só não me seriam de estorvo, sendo de não pouca ajuda para chegar a ti. Assim julgo eu, agora, enquanto me é possível pela lembrança, o caráterdemeuspais. Por isso, soltavam-me as rédeas para o jogo mais do que o permite uma moderada severidade, deixando-me cair na dissolução de várias paixões; e de todas surgia uma obscuridade que me toldava, ó meu Deus, a luz da tua verdade; e, por assim dizer, de meucorpo,brotava minhainiquidade. Agostinho de Hipona. In: Confissões, Livro II. Que Deus abençoe você, Rev. Joel Theodoro, Pastor da igreja Continuação da pastoral Vida cristã 95. De que utilidade é a lei moral a todos os Ref. Rom. 6:14 e 7:4, 6; Gal. 4:4-5; Rom. 3:20 homens? e 8:1, 34 e 7:24-25; Gal. 3:13-14; Rom. 8:3-4; 2 Cor. 5:21; Col. 1:12-14; Rom. 7:22 e 12:2; R. A lei moral é de utilidade a todos os Tito 2:11-14. homens, para os instruir sobre a natureza e vontade de Deus e sobre os seus deveres 98. Onde se acha a lei moral resumidapara com Ele, obrigando-os, a andar mentecompreendida? conforme a essa vontade; para os convencer R. A lei moral acha-se resumidamente de que são incapazes de a guardar e do compreendida nos dez mandamentos, que estado poluto e pecaminoso da sua natureforam dados pela voz de Deus no monte za, corações e vidas; para os humilhar, Sinal e por Ele escritos em duas tábuas de fazendo-os sentir o seu pecado e miséria, e pedra, e estão registrados no capítulo assim ajudando-os a ver melhor como vigésimo do Êxodo. Os quatro primeiros precisam de Cristo e da perfeição da sua mandamentos contêm os nossos deveres obediência. para com Deus e os outros seis os nossos Ref. Lev. 20:7-8; Rom. 7:12; Tiago 2:10; Miq. deverespara comohomem. 6:8; Sal. 19:11-12; Rom. 3:9, 20, 23 e 7:7, 9, 13; Gal.3:21-22;Rom. 10:4. Ref. Deut.10,4;Mat.22:37-40. 96. De que utilidade especial é a lei moral aoshomensnão regenerados? R. A lei moral é de utilidade aos homens não regenerados para despertar as suas consciências a fim de fugirem da ira vindoura e forçá-los a recorrer a Cristo; ou para deixálos inescusáveis e sob a maldição do pecado, secontinuaremnesseestadoecaminho. Ref. 1Tim. 1:9-10;Gal.3:10,24;1:20, 97. De que utilidade especial é a lei moral aosregenerados? R. Embora os que são regenerados e crentes em Cristo sejam libertados da lei moral, como pacto de obras, de modo que nem são justificado, nem condenados por ela; contudo, além da utilidade geral desta lei comum a eles e a todos os homens é ela de utilidade especial para lhes mostrar quanto devem a Cristo por cumpri-la e sofrer a maldição dela, em lugar e para bem deles, e assim provocá-los a uma gratidão maior e a manifestar esta gratidão por maior cuidado da sua parte em conformarem-se a esta lei, comoregra desuaobediência. Catecismo Maior de Westminster Escala da Diaconia e Apoio Aniversariantes MANHÃ Abertura da Igreja Recepção Templo Santa Ceia NOITE Único HOJE 11/05/2014 Escala da Diaconia e Apoio MANHÃ Abertura da Igreja Recepção Templo Santa Ceia NOITE Único HOJE 01/06/2014 CLÁUDIO CLÁUDIO / PAULO THIAGO GILBERTO ANDERSON Aniversariantes De hoje até o próximo sábado NÃO HÁ ANIVERSARIANTES NESTA SEMANA Momento comunitário (anúncios e pastorais) Prelúdio (silêncio e oração) ADORAÇÃO Oração * Leitura do Antigo Testamento: Salmos 21.1-7 1. Ao mestre de canto. Salmo de Davi. Na tua força, SENHOR, o rei se alegra! E como exulta com a tua salvação! 2. Satisfizeste-lhe o desejo do coração e não lhe negaste as súplicas dos seus lábios. 3. Pois o supres das bênçãos de bondade; pões-lhe na cabeça uma coroa de ouro puro. 4. Ele te pediu vida, e tu lha deste; sim, longevidade para todo o sempre. 5. Grande lhe é a glória da tua salvação; de esplendor e majestade o sobrevestiste. 6. Pois o puseste por bênção para sempre e o encheste de gozo com a tua presença. 7. O rei confia no SENHOR e pela misericórdia do Altíssimo jamais vacilará. ¯Teus altares * Leitura do Novo Testamento: João 17.1-11 1. Tendo Jesus falado estas coisas, levantou os olhos ao céu e disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que o Filho te glorifique a ti, 2. assim como lhe conferiste autoridade sobre toda a carne, a fim de que ele conceda a vida eterna a todos os que lhe deste. 3. E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. 4. Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer; 5. e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo. 6. Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra. 7. Agora, eles reconhecem que todas as coisas que me tens dado provêm de ti; 8. porque eu lhes tenho transmitido as palavras que me deste, e eles as receberam, e verdadeiramente conheceram que saí de ti, e creram que tu me enviaste. 9. É por eles que eu rogo; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus; 10. ora, todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e, neles, eu sou Ordem de Culto glorificado. 11. Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós. ¯ Grande é o Senhor ¯ Aquele que me ama ORAÇÃO Confissão de pecados e intercessão * Oração pelas crianças e saída para a EBI ¯Todos que têm sede PREGAÇÃO DA PALAVRA Rev. Joel Theodoro ORAÇÃO Ação de graças e petição ¯HNC 32 – O Deus fiel COMUNHÃO Exortação e convite Consagração dos elementos: palavras de instituição, oração de consagração e Oração do Senhor Fração (partir do pão) Distribuição ¯HNC 270 – Desafio Comunhão Exortação final Oração de ação de graças ¯Solo – Ariel Marné Ofertas Bênção Amém Tríplice Poslúdio (silêncio e oração) Avisos QUERIDOVISITANTE Sua presença em nosso meio nos traz muita alegria. Volte mais vezes. Para contato, deixe seu nome, endereço e telefonecomodiáconodeplantão. CORALDAIGREJA Hoje haverá ensaio logo após o culto. O coral participará do culto do próximo domingo dia 8. Neste mês, o Coral inicia os ensaios para o aniversário da igreja. Se você quiser participar do coral de sua igreja, esta é uma boa oportunidade. Fale com a Rosane ouNine. Coristas: Pedimos que ocupem os bancos do Coral todos os domingos para auxiliar à a congregação nos hinosdoHNC. CURSO DE MÚSICA IP RAMOS Terá início neste mês. As inscrições estão abertas inicialmente para os membrosdaigreja.Haverá aulasde: 1) Teclado, às segundas e quintasfeiras com o Prof. Luis Eduardo Louro. 2) Violão, às quartas e sextas-feiras comoProf.ThiagoFontoura. O preço e horários poderão ser consultadoscoma Nine. Aproveiteessaoportunidade. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Participe da EBD das 9h às 10h no templo, com o Prof. George Camargo. Aprenda e aumente seus conhecimentosbíblicos. CAMPANHA MÓVEIS DO TEMPLO Estamos na contagem regressiva dos carnês da campanha. Foram entregues 56 carnês. Faltam somente 4 carnês para completar o valor total para o pagamento dos móveis e da manta asfáltica a ser colocada no telhado do templo. São 6 parcelas de R$ 88,00. Faça a sua parte e participe você também. Solicite seu carnê ao diácono de plantão e ore por sua igreja. DÍZIMOS E OFERTAS "O povo se alegrou com tudo o que se fez voluntariamente; porque de coração íntegro deram eles liberalmente ao Senhor." (1Cr29.9) Os dízimos são bênçãos na nossa vida e na vida de nossa Igreja, onde partilhamos nossa fé e compromisso de vida com o nosso Deus. O trabalho a ser realizado pela Igreja de Ramos se frutificará com nossa fidelidade, amor e o firme compromisso na contribuição. Deus faça de todos nós uma verdadeira bênção na proclamaçãodoEvangelho. Plano de Leitura Anual da Bíblia Segunda 02 Rm.8/ 1Sm.17:1-54/ Sl.62 Terça 03 Quarta 04 Quinta 05 Sexta 06 Sábado 07 Domngo 08 Rm.9:1-29/ 1Sm.17:55-18:30 Sl.63 Rm.9:30-10:21/ 1Sm.19/ Sl.64 Rm.11:1-24/ 1Sm.20/ Sl.65 Rm.11:25-36/1Sm.21-22/ Sl.66 Rm.12/ 1Sm.23-24/Sl.67 Rm.13/ 1Sm.25/ Sl.68 Escola Bíblica Dominical Classe JOSUÉ Classe TIMÓTEO Classe dos ADOLESCENTES Prof. George Pb. Tércio Templo Prof. George Pb. Rubem Templo Profª Sonia / 2º andar Classe MQV Rosa/Chloé 1° Andar Classe PRIM. PASSOS Classe BERÇÁRIO 9h 9h 10h30 10h30 10h30 Viviane/ Thaís 1° Andar Maria Emília/Renata Térreo 9h Escola Bíblica Infantil ALTERAÇÃO DE DATA A nossa feijoada será no primeiro Domingo de JULHO, dia 06 , onde estaremos novamente juntos, desfrutando da companhia dos irmãos e saboreando um delicioso almoçodeconfraternização. R e s e r v e e s t a d a t a . O u t r a s informaçõesnospróximosdomingos REUNIÃODECONSULTA A Federação de Homens do PMAD realizará amanhã, às 19:30h, na Igreja de Irajá, à Rua Avenida Monsenhor Félix, 348 -Tel: 3391-6595 A IPB E SUA HERANÇA Seminário realizado pela IPB e pelo Seminário Simonton, nos dias 04, 05 e 06 de junho às 19h no auditório do Mackenzie Rio. Maiores informações nomuraljuntoàcantina. CANTINA Hoje a cantina será realizada pelo Coral. No próximo Domingo será pelo REAJA. ACHADOSEPERDIDOS Se você perder ou achar algum objeto nas dependências da igreja, dirija-se ao diácono de plantão que providenciará a busca e entrega. Há, na igreja alguns objetos sob os cuidados da Diaconia: anéis, aliança, chave, óculos. Reunião do Conselho 28/06/2014 - 9h Reunião Junta Diaconal 3º Domingo do mes - 17h Conta Corrente Bradesco Ag. 2043-5 C/C 011274-7 ADRIANA(Domingos); ALDA Ormond e família; ALEXANDRE Celso Prado Costa; ANA ALICE e família (Rosa); ANA CRISTINA e LUCIANA (José Adriano); ANEDITO, ANTONIO (Sonia Toledo); ARLETE LINS (Ítala); CAROLINA (Ivan); CELINA SOARES ROCHA; CLÉA MACIELl; DEISE PEREIRA; DENISE e seus filhos; NILCÉA e família, SONIA (Rosa); EDVALDO SARMENTO; ELCE AZEVEDO (mãe da Silveli); ELTON CARVALHO; ERCILA LOPES; F E R N A N D A ( V i v i a n e ) ; G E O R G I N A D O PATROCINIO; HILZA; IOLANDA; LEILA (Gláucia); JOSUÉ, AURENY E CALEBE; IRAPUÃ BAPTISTA; JULIANA CILENE (Edson e Ruth); JOANA e JURACY (Thaís); MANOEL LINO DO NASCIMENTO (Samuel); MARCELO LEITÃO (Elton Filho); MARILZA e MARCIO COUTO; MARIA BAPTISTA; MARIA DIAS; MARIA JOSÉ TELESFORO, MOACYR; MARIA VALDETE; PAULO EMILIO (Gilberto); PEDRO CORDEIRO DE LIMA (irmão da Mariana); REGINA CALIL; RENATA (Nilza); ROSANE FERREIRA (Simone); ROBERTO BARROS (irmão da Rosane); THEREZINHA MALTA MACHADO; THEO ALVARENGA; VILMAR DA ROSA; WILLIAM e CARLOS ALBERTO (Bruna); JURACI (Maria Dias); DANIEL(irmãoda Jéssica);. DEVEMOSORAR TAMBÉM POR: Conselho, Coral, Diaconia, Jovens e Adolescentes, Ministério com crianças, Missões, Pastor e sua família, Pedidos de oração da Reunião s e m a n a l d e O r a ç ã o , S A F , Seminaristas, UPH. George Camargo Ariel Marné Allan Acioly Joel Theodoro (int.) Oração Escola Bíblica Dominical Culto Culto Oração do Reaja Oração do Reaja CONSELHO Pastor: Joel Theodoro da Fonseca Junior Presbíteros Rubem José da Rocha (emérito) Tércio Santos de Freitas Antonio Carlos Fontoura Filho Ivan Lopes Salgado (emérito) (emérito) Assessorias: Financeira: Rosane da Gama B. Costa Jurídica: Araçari Baptista DIRETORIAS DE MINISTÉRIOS Educação Cristã Música Evangelismo e Missões Diaconia Pastor efetivo Joel Theodoro da Fonseca Junior Seminaristas: Allan David Lessa Acioly Ânderson do Nascimento Marné Vitor Mattos de Souza Docente: George Camargo dos Santos JUNTA DIACONAL Anderson do Nascimento Marné Cláudio Garcia Annunciação Paulo Miquéias Cavalcante Thiago da Silva Curvelo Silveira Apoio diaconal: Gilberto da Silva Costa Junior Glauber José da Rocha Ailton Stauffer (emérito) Moacyr Gomes da Silva (emérito) NOSSOS HORÁRIOS Domingo 08:40h 09h 10:30h 19h Terça-feira 6:30 a 7:30h Quinta-feira 20h-21h SECRETARIA - 2ª a 6ª feira - 10h às 16h
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x