Magazine

Boletim ANAI - n.º1 .janeiro 2011

Description
A turma da História da Arte da Universidade dos Tempos Livres fez a sua 43ª deslocação, desta feita rumo a Lisboa, com a finalidade de visitar as exposições…
Categories
Published
of 4
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
A turma da História da Arte da Universidade dos Tempos Livres fez a sua 43ª deslocação, desta feita rumo a Lisboa, com a finalidade de visitar as exposições Primitivos Portugueses (O século de Nunes Gonçalves), no Museu Nacional de Arte Antiga e Columbano, no Museu do Chiado, ambas incluídas nas comemorações do Centenário da República. Duas excelentes exposições em que alunos e aderentes beneficiaram imenso dos conhecimento do Dr. Pedro Ferrão, tanto na descrição dos mais belos retábulos dos séculos XV e XVI, como na apreciação da obra de Columbano Bordalo Pinheiro, considerado o maior pintor do século XIX. A terminar o grupo ainda foi visitar o Museu e Igreja de S. Roque, onde estão recolhidos autênticos tesouros. Em suma, um dia muito útil, embora bastante cansativo. Painéis de S. Vicente O Grupo do Leão O Columbano EDITORIAL Teve lugar no passado dia 28 de Dezembro, o acto eleitoral para os Corpos Sociais da ANAI, para o triénio 2011 / 2013. A Lista A, foi a única apresentada e, era composta pelos seguintes elementos: ASSEMBLEIA GERAL PRESIDENTE: Vasco Jorge Antunes da Cunha VOGAL: António Luís Peixoto Antunes VOGAL: José Faria Lourenço DIREÇÃO PRESIDENTE: José Ribeiro Ferreira VICE - PRESIDENTE: Albano José Ribeiro de Almeida VICE – PRESIDENTE: Maria Lucinda Pereira Ferreira TESOUEIRO: Américo Augusto Marques de Quadros SECRETÁRIO: Eduardo José Silva Tomé Marques VOGAL: Maria Antonieta Costa Sousa Neves Afonso Santos VOGAL: Maria Helena Fraga Carneiro SUPLENTE: Maria Normélia Dias SUPLENTE: Maria da Graça Marques Cruz Cardoso CONSELHO FISCAL PRESIDENTE: Orlando Dias da Cruz Brinca VOGAL: Armindo Augusto Martins da Silva Andrade VOGAL: António Custódio Vaz SUPLENTE: Maria Aurora da Gama Quaresma ANAI | ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE APOIO AO IDOSO 1 de Janeiro de 2011 Numero 1 BOLETIM DA ANAI Nesta edição: UTL | UNIVERSIDADE DO TEMPO LIVRE A TURMA DE HISTÓRIA DA ARTE VISITOU DUAS EXPOSIÇÕES E DESCOBRIU O MUSEU DE S. ROQUE UTL | Ano Lectivo Editorial UTL—Disciplinas 1 UTL | Conservação e Restauro Formação | Novas Candidaturas 2 OFCI | Oficina do Idoso / Centro de Dia: Dança SAD | Serviço de Apoio Domiciliário: “Rostos de Mulheres” 3 Contactos 4 DISCIPLINAS DA UTL Alemão Antropologia Clube de Leitura Comunicação e Inteligência Emocional Conservação e Restauro Dançaterapia Espanhol Francês Ginástica de Manutenção Hidroginástica História da Arte História da Música História de Portugal Informática Inglês Italiano Literatura Portuguesa Museologia Oficina da Escrita Pintura Psicologia Religião e Religiões Yoga A Associação Nacional de Apoio ao Idoso assume um importante papel no combate à pobreza e exclusão social ao longo dos seus 16 anos de existência. As actuais formas de intervenção social estão cada vez mais amplas, motivo pelo qual a ANAI se candidatou recentemente, e mais uma vez, ao Programa Operacional Potencial Humano—POPH— através do seu Eixo 6.1-Cidadania, Inclusão e Desenvolvimento Social. Este Programa visa criar condições para uma maior equidade social no acesso a direitos de participação cívica, qualificação, educação e mercado de trabalho. A ANAI privilegia a sua intervenção no sector dos idosos, motivo pelo qual, se candidatou ao referido programa para as seguintes acções de formação: Gestão Familiar e Doméstica de Idosos, Curso Ocupacional de Idosos e Curso Base de Geriatria Familiar. Os destinatários são em particular desempregados de longa duração, imigrantes, ex-reclusos, entre outras pessoas que se encontrem em situação de debilidade social, num total máximo de 20 formandos por acção. A duração prevista é de 4 meses e, caso sejam aprovados, iniciam-se no decorrer deste ano. Susana Pinto Página 2 BOLETIM DA ANAI UTL | UNIVERSIDADE DO TEMPO LIVRE CONSERVAÇÃO E RESTAURO A ANAI promove a formação de adultos A Disciplina de Conservação e Restauro procura dar ao aluno uma formação base na área da talha dourada, escultura e policromia, de uma forma integrada, alicerçada na transdisciplinaridade da disciplina. Em Restauro e Conservação, trabalhamos e actuamos sobre a crença pessoal e colectiva, interpondo técnicas e materiais entre o que vemos, sentimos ou tocamos. Do resultado, mostra-se o que esta arte e talvez a nossa visão de uma parte do todo que não nos pertence mas que agarrámos para mostrar que afinal somos múltiplos, únicos e insubstituíveis. Cremos no Belo, na Cultura, no que criamos, porque no fundo a nossa Pedra Filosofal existe em cada um de nós. É tudo isto que se pretende atingir nas aulas, conferências ou workshops das Universidades Seniores. Ao abordar o património, as memórias e a preservação, alcançamos uma mentalidade contemporânea que permita a subsistência de políticas culturais, locais e gerais , abrangentes é um imperativo para a civilização actual, empreendendo esforços para uma identidade num mundo global. A necessidade cada vez mais premente sentida na conservação do património artístico nacional, muito mais do que essencial, deve ser prioritário, como membros de uma sociedade europeia que há décadas se preocupa com este assunto. Portugal continua a remeter as questões do património para o fim das listas de qualquer intervenção ou a entregar este trabalho a conservadores irresponsáveis que, em vez de deixarem as nossas riquezas patrimoniais sofrerem uma ―morte lenta‖, defendem a ―eutanásia cultural‖ como uma ―acção de piedade‖ inútil e irresponsável! No Restauro, o restaurador deve ser um artista, porque a sua acção é afim da Arte, intervindo na obra, mantendo de forma consciente as suas qualidades estéticas originais e significados. Daí ressalvar a supra importância de nunca dissociarmos o acto de restaurar de disciplinas como a História, a História de Arte, a Sociologia, a Teologia e outras disciplinas Humanas, pois só poderemos valorizar o passado e as suas representações iconográficas preservando a sua origem e originalidade representativa, e compreendendo-as. Dado que se trata de uma disciplina com grande manancial, faz-se uma abordagem de carácter geral à Conservação e Restauro dos materiais, apresentando os aspectos e situações mais comuns inerentes a esta matéria, assim como um conjunto de procedimentos normalmente aplicados a esta área, além dos aspectos específicos dos tratamentos a efectuar. A metodologia de aprendizagem desenvolve-se em situação real com obras de proveniência diversa – particulares, instituições públicas, religiosas – que apresentam problemas de degradação distintos, proporcionando assim abordagens, soluções e procedimentos diferentes, com base na coerência de definição de metodologias, uniformidade de critérios e procedimentos e dos princípios actuais da Conservação e Restauro. Concluímos, deixando-vos a ideia de um conservador / restaurador que, pela técnica e conhecimentos adquiridos, se prolonga à comunidade, ministrando e comunicando com o ente social que estabelece vivências, crenças… memórias. Palavras-chave: Conservação; restauro; memória; património; disciplina. Professor Vieira Duque e Turma de Restauro na UTL, Coimbra (2010/2011) A dança faz parte da essência humana pela componente rítmica e gestual que encerra. Isto se nos lembrarmos, por exemplo, de que primitivamente se comunicava através duma linguagem oral rudimentar, mas eminentemente gestual e rítmica… A dança constitui uma das descargas emocionais mais perfeitas e imediatas de sentimentos humanos profundos: Amor, Ódio, Alegria, Tristeza, Revolta, Ternura, Espanto, Medo… Além da guerra, da luta, do desgosto, a dança é sem dúvida a grande oportunidade de busca do equilíbrio individual. Entre as suas muitas outras vantagens conta-se que: É uma forma extraordinária, suave mas completa de exercitar o corpo; Desenvolve a coordenação mental e motora; Favorece uma boa postura independentemente da idade; Promove a auto-confiança; Pode ser iniciada aos cinco anos de idade e continuar a ser um prazer aos noventa e cinco. Um fenómeno psicológico inerente ao homem, tão natural e necessário como respirar e viver … Um mundo cheio de encanto a descobrir… Leonor Mamede As aulas de dança têm lugar todas as terças feiras, das 14h00 às 15h00m, sob a orientação da Dr.ª Leonor Mamede, voluntária na Instituição. SAD | SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO Rostos de Mulheres Desfilam mulheres nas passerelles, nos jardins, nas enormes cidades, nas estâncias turísticas mundiais, fazendo sacrifícios: compram, passeiam, fazem os desportos de verão e de inverno… Os filhos também. São mães a tempo inteiro! A imprensa, sobretudo revistas, e a comunicação social em geral escrevem grandes títulos e subtítulos, legendas fotográficas e reportagens sobre a heroicidade desta mulher portuguesa e internacional. E a mediatização massiva destes rostos e corpos estereotipados de supermulheres de Portugal e do mundo deturpa a vida real. Vemo-nos enganados, saturados, enjoados. No passado dia 26 de outubro de 2010, o meu pai teve alta hospitalar, após uma intervenção cirúrgica, seguida de um internamento de vinte e dois dias. Lisboa. Hospital privado. A sua fragilidade física e psíquica requeria apoios específicos em vários domínios da saúde. A família verificou que os recursos disponíveis estatais iriam ser, burocraticamente, irremediavelmente demorados e, portanto, impossíveis. A Associação Nacional de Apoio ao Idoso (ANAI) é uma realidade concreta, benfazeja, solidária, no espaço coimbrão. A sua diretora técnica abriu-nos uma das portas: Serviço de Apoio Domiciliário (SAD). E é ver entrar em minha casa uma equipa de apoio da ANAI, para as complicadas funções de higiene pessoal. Cada dia uma. Que competência! Que formação! Que educação! Que brio! Que carinho! Que sorriso! Que diálogo com o doente! E, no final do dia de trabalho, iam continuar, nas suas casas, as tarefas interrompidas ao amanhecer. Higiene da casa. Alimentação e tratamento dos seus. Diálogo. Apoio. Num movimento espiralado e sôfrego das suas energias. Esta Mulher sim, eu queria enaltecer, pela força do seu trabalho, pela nobreza do seu caráter, pela coragem perante um quotidiano não facilitado, pelo brio laboral. E pelo sorriso, natural, carinhoso, franco, provedor de harmonia. Não para as câmaras dos media. Sim para os olhos dos homens e das mulheres fragilizados. Coimbra, 23 de janeiro de 2011 Julieta Cristo OFCI | OFICINA DO IDOSO / CENTRO DE DIA É assim a dança… Página 3 BOLETIM DA ANAI Com um gesto simples e sem qualquer encargo pode prestar um grande apoio à Associação Nacional de Apoio ao Idoso e contribuir para uma sociedade mais solidária. Certamente, já sabe que pode contribuir com 0,5% do valor líquido do seu IRS para uma Instituição Particular de Solidariedade Social ou Pessoa Colectiva de Utilidade Pública, reconhecimentos que a ANAI possui. A ANAI tem como principal objectivo “promover, proteger, apoiar e valorizar a pessoa idosa, designadamente através de informação, do atendimento personalizado e do encaminhamento nas vertentes social, cultural, desportiva, jurídica, psicológica, médica, investigação científica e de formação académica, técnica e profissional.” (Estatutos, capítulo I, art.3º). Ao preencher os impressos de declaração do IRS, no Modelo 3, Anexo H, procure o quadro 9 e escreva aí o Número de Identificação Fiscal (NIF) da ANAI: 503 375 683. Desse modo, 0,5% do valor colectado do seu IRS, em vez de ir para o Estado, será enviado à ANAI. Antecipadamente grato pelo seu apoio e disponibilidade, solicitamos que passe a palavra a amigos, sobre esta possibilidade. Contribua para a ANAI ao preencher o seu IRS Www.anai.pt FEVEREIRO 18: UTL | Espectáculo “Fado— História de Um Povo”, de Filipe La Féria, no Casino Estoril 25 e 26: UTL | Rota Medieval: S. João de Tarouca, Ucanha, Salzedas JANEIRO 22: UTL | Viagem a Lisboa: Museu Nacional de Arte Antiga, Museu do Chiado, Museu de S. Roque 28: ANAI | Tomada de Posse dos Corpos Sociais, Casa da Cultura AGENDA SEDE Ladeira do Carmo Casa da Cerca de São Bernardo 3000-097 COIMBRA Telefones: 239827412 239826030 Fax: 239826030 OFICINA DO IDOSO Rua João Cabreira, n.º 18 3000-223 COIMBRA Telefone: 239852720 Telemóvel: 969831537 E-mail: anai.ofci@sapo.pt Faça-nos chegar os seus textos, poemas, reflexões… que publicaremos na próxima edição. Data Limite: 1 de Março E-mail: anai.ofci@sapo.pt ou anaigeral@sapo.pt Envelheço, aprendendo sempre muita coisa Sólon, frg. 18 West MARÇO 03: OFCI | Baile de Carnaval 17: OFCI | Viagem a Lisboa: Museu dos Coches e Fragata D. Fernando II e Glória 18: UTL | Passeio ao Piodão 23: UTL | Coimbra: Um Outro Olhar A Definir: UTL | Viagem ao Vale do Loire, Versalhes e Paris BOLETIM DA ANAI Página 4 Nota: Esta edição utiliza as duas ortografias em vigor Ficha Técnica Edição: Associação Nacional de Apoio ao Idoso Coordenação e Redação: Sónia Vinagre com o apoio da Dr:ª Lucinda Ferreira e Dr.ª Helena Carneiro Design Gráfico: Sónia Vinagre com o apoio da Dr.ª Clara Almeida Santos Supervisão: Professor Doutor José Ribeiro Ferreira Impressão:
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x