Documents

Coleção-Ciências-Sociais-João-Feres-Jr.-A-história-do-conceito-de-_Latin-America_-nos-Estados-Unidos-EDUSC_ANPOCS.pdf

Description
A história do conceito de Latin America .nos Estados Unidos João Feres Jr. Trabalho premiado no Concurso EDUSC-ANPOCS Ediç~o 2004 Área: Ciência -Política 8 EDUSC ·ANP0CSã. -ANP0CS ~ fiEDUSC AMocioçõo Nocionol de P6s-G rodvoçõo e Pesquiso
Categories
Published
of 315
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A história do conceito de Latin merica .nos Estados Unidos João Feres Trabalho premiado no Concurso EDUSC ANPOCS diç~o 2 4 Área: Ci ên ia Política EDUS · ANP0CS ã  fiEDUS CS   AMocioçõo ocionol de P6s- Grodvoçõo e Pesqui so em Ci ências Socíois Rua Irmã Arminda, 10-50 CEP 17011 -1 60 - Bauru- SP Av Prof. Luciano Gualberto, 315 Fone ( 14) 3235-7111 - Fax ( 14 ) 3235-7219 e- mail : e du sc@e dusc.com.llr 1° andar -Cidade Universitária CEP 05508-900-São Paulo-SP Fone/ Fa x ( I I) 3091-4664 3091-5043 e- mail: a np ocs@anpoçs.org.br F349h Feres JúniQr, João. A história do conceito de Lati1.1 America  nos Estados Unidos I J oão Feres Júnior. --Bauru, SP : EDUSC, 2005. 317 p. ; 23 em.   (Coleção Ciências Sociais) Inclui bibliografia. Co-edição com a ANPOCS. ISBN 85-7460-294-9 I. Ciência polític a. 2. Latin American -EUA -Hi stór ia conceitual. 3. Latin American Studies. I Tí tul o. li. Série. CDD 320 opyrigllt© EDUSC, 2005 / · e-mail do autor: jferes@iuperj.br  AGRADECIMENTOS Este livr<? é uma versão revisada de minha tese de doutorado. Ele é o pro duto final, mas não único, de um longo período de trabalho e de vida no exílio. Nesses quase oito anos que passei em Nova York desde minha entrada como estudante de convênio na pós-graduação de ciência política da SUNY Albany até a defesa de tese na City University of New York Gradua te Center, ~ amigos e interlocutores acadêmicos foram muitos. Joan Tronto, minha orientadora principal advisor), foi uma ótima conselheira e me deu liberdade para desenvolver o projeto e escrevê-lo da maneira como achava melhor. á ~ n Erickson, o segundo orientador reader), era amigo da família antes de eu me tornar estudante em seu departamento. Sua generosidade e disposição para aprovar a defesa de um (rabalho tão crítico à sua própria profissão são quàlidades raras de se encontrar em qualquer meio de trabalho, em qualquer pessoa. Essas qualidades mais uma vez se fizeram presentes na leitura minuciosa, com olhos de editor de periódico, que fez do texto. Apesar de não ter sido meu orientador, Nlelvin Richter foi tal vez quem mais desempenhou o papel de tutoria acadêmica para comigo, princi palmente nos últimos anos de meu doutorado. Seus conselhos e as longas conversas que tivemos foram de extrema importância para o amadurecimento de meu trabalho. Com Mel vim a conhecer a história dos conceitos e foi através dele que me tornei membro do History of Political and Social Concepts Group. Nossa interlocução e ·colaboração continua rendendo frutos até hoje. Nesse processo intenso e extenso de aprendizado que é o doutorado à americana, amigos são de· mportân~i fundamental, tanto aqueles que tam  Agr llleci 111t ll tos bém são colegas de labor quanto os que não são. Com Peter Bratsis, Fred Montas e Roland Marden, partilhei as angústias e alegrias dos diversos está gios do PhD, inclusive da incerteza de escolher um tema de tese e ter que pos- tar tudo nele. A ajuda de José Eisenberg e Viviane Luporini foi valiosa, princi palmente durante meu período de adaptação à academia ~ericana Ainda na .categoria amigo/colega, rião posso de~ r de lembrar os nomes de Tatiana Ca- rayannis, Bernd Rei ter, Andrew Lawrence, Ghassan Shabanneh, Chris_ Malone, JQcelyn Boryczka e Jennifer Disney. á também os amigos que eram doutorandos em outros cursos de outras ~niversidades Tive o privilégio de poder contar com Bethânia Assy Carlos Pinkusfeld, Marcela Tovar, Vera Chueiri, Se- Iene Ruhl-Usano, Frederico Gonzaga e Ricardo Ruiz (o Kalecki). Por fim, devo ainda agradecer a Rosa Eisenberg e a Mãrie Lellis por ·todo o afeto e amizade dispensados e a Tom Lellis pela amizade e pelos papos, j ms e gigs musicàis. -Este trabalho não seria possível sem o apoio da Coordenação de Aper feiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que me deu três anos de bois~ de doutorado no exterio_, um luxo muito raro nos dias de hoje. A bolsa para redação de tese da CUNY permitiu que eu concluísse o trabalho sem ter que ensinar quatro cursos de graduação por semestre. Gostaria de agradecer a generosidade e paciência de Katarina Wolter, que fez a revisão das referências bibliográficas e a Mônica Fari_s que revisou parte deste livro. A tradução do srcinal em inglês foi feita por mim, Anamaria Monteiro e Thiago Nasser. Dedico este livro a João, Eleni, Marcelo e Zena, sem a qual nada disso teria acontecido. Ah e ao Joaquim, que também atende pelo nome de Gugu.
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks