Fashion & Beauty

EDITAL PARA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA

Description
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIDADE DE QUALIFICAÇÃO Edital EDITAL Nº 002/2009 PROGEPE/CDP/UQ EDITAL PARA PROCESSO DE SELEÇÃO
Published
of 8
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIDADE DE QUALIFICAÇÃO Edital EDITAL Nº 002/2009 PROGEPE/CDP/UQ EDITAL PARA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da Universidade Federal do Paraná, no uso de sua atribuição torna público, para conhecimento dos servidores, técnicoadministrativos em educação e inscritos para o curso de Especialização em Gestão Pública, as normas para o exame de seleção dos candidatos que será realizado no dia 17 de julho de DAS PROVAS 1.1. O processo seletivo será constituído de prova de conhecimentos, de caráter classificatório, a ser realizada pelo Núcleo de Concursos e pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas A prova de conhecimento será realizada no Setor de Ciências Jurídicas, Praça Santos Andrade, nº 50, nas salas 207 e 208, separadas conforme tabela Nº Nome Sala 1 Adalir de Fátima Pereira JD Adriana Ribeiro Silva de Castro JD Adriane Mendes de Quadros Cavilha JD Albani Magnus Hendler JD Alexandre Negrin de Almeida JD Alexandre Neves e Silva JD Ana Paula Cunha JD Ana Paula Pereira Fernandes JD Ana Valesca Gonçalves de Andrade JD Ana Wieczorek JD André Anastácio de Oliveira JD Antonio Neris de Souza JD Antonio Carlos Zelenski JD Ari de Jesus Fragoso JD Beatriz Tatiane Jantsch JD Bianca Cristina Mocelin JD Camila Dallabrida JD Cecília Emica T Miyake JD Célia Maria Neme Palermo JD Christiane Del Claro Hopker JD Cíntia Pires Osga JD Claudia Vanessa C dos Santos JD Cleiton Jose Silva R Noga JD Cleria Teresa Reis JD 207 1 25 Cristiane do Rocio Walach JD Cristiane Maria Kaviski JD Denise Cristiane dos Santos JD Didimo Lindugepo Bandeira JD Dioleno Zella Zielinski JD Diuza Ladeira JD Divanise de Carvalho de Maynardes JD Edcleia Túlio JD Edelcy Zélia Razzolini JD Éden de átima Boeno Paes JD Edina Mitiko Narahara JD Edivaldo Teixeira Ladislau JD Elissandra Souza Bitencourt JD Elza Abreu Santos JD Elza Lemes de Souza Grell JD Erbison Nunes Pereira JD Érika Kakinohana Pierini JD Fausto Jose Farias Guimarães JD Felipe Sachs JD Fernanda Emanoela Nogueira JD Fernando Augusto Lopes Correa JD Francielle Klosowski JD Geraldine Marie Rita Vieira JD Helenice Maria Hanneman JD Inês Grossl de Souza JD Inês Salete Gerhardt JD Ivanir Roberto Sangalli JD Ivanise do Rocio Dzieciol JD Ivany Zelis Ramalho Campoli da Cruz JD Jane Valeria Pereira JD João Paulo de Aguiar Januário JD Joaquim Basto de Oliveira JD Jonny Ernani Maia JD Jose Fernando Vargas JD Julcemara Pflanzer de Morais JD Juliana Trianoski JD Kelly Cristiane de Oliveira JD Laura Eliane Amarília Boeira JD Leila Luiza Kaiel de Souza JD Lourdes Cintra JD Lucilia da Silva Pereira JD Lucinéia Martins JD Marcelo Alves Blitzkow JD Márcia Denise S dos Santos JD Marcos Siqueira Campos JD Marcos Solivan Camargo JD Maria de Lourdes Fidelis JD Maria do Rocio Demario JD 208 2 73 Maria Ivonete Breda JD Maria Letícia Walter Ribas JD Maria Tadeu Lemes da Rocha JD Mariane Forbeci Rebeyka JD Mariane Zubek JD Maristela do Nascimento JD Marli de Camargo Oliveira JD Marta Solange Antunes da Cruz JD Miriam Rosely Maciel JD Mirian do Rocio Brandalize de Faveri JD Mônica Klimczuk Fernandes JD Newton Celso Gurak JD Paula Andréa Nieviadonski Spisila JD Paula Cristina Walter JD Paula Hara da Silva JD Pedro Henrique Gunzalez JD Rodrigo Rederde JD Romilda Prado dos Santos JD Ronaldo dos Santos Raizer JD Rosane Cavet Martins JD Salvador Rodrigues JD Sheila Wies Trauer JD Silvana de Oliveira Borges JD Silvia Jaqueline Pereira de Souza JD Sonia Regina Lazarotto Schettini JD Tânia Mara Zolkoski JD Ulisses Gomes das Neves JD Valquiria Gomes Ferreira JD Vanessa Joana da Silva Cassarotti JD Vera Maria Adelio JD Vera Lucia Schirmer JD Verena Dias Leonor JD Vivian Aline Scariot JD Viviane Aparecida Cherpinski JD Viviane Milani JD A prova de conhecimentos será composta de 20 questões objetivas, abrangendo os conteúdos do Regime Jurídico Único (RJU) - Lei 8.112/90, Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE) - Lei /05, Lei /05, Decreto 5824/06, Decreto 5.825/06 e Lei /08, totalizando a prova 100 pontos. 2. DAS NORMAS E DOS PROCEDIMENTOS DAS PROVAS 2.1. As provas serão realizadas no dia 17 de julho de 2009, com início às 14h15min e duração de quatro horas. 3 2.2. As portas de acesso as salas onde serão realizadas as provas serão fechadas às 14h00min. Os relógios da Comissão Organizadora serão acertados pelo horário oficial de Brasília, de acordo com o Observatório Nacional, disponível no serviço telefônico A critério da Comissão Organizadora poderá ser prorrogado o horário de fechamento das portas de acesso do local onde serão realizadas as provas, em razão de fatores externos É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização das provas e o comparecimento no horário determinado 2.4. A ausência do candidato, por qualquer motivo, tais como doença e atraso, implicará sua eliminação do Processo Seletivo Não será permitido o ingresso de pessoas estranhas ao Processo Seletivo no local de aplicação das provas Para ingresso na sala de prova, além do material necessário para a realização das provas (caneta esferográfica de tinta preta, lápis ou lapiseira e borracha), o candidato deverá apresentar o original de documento oficial de identidade São documentos oficiais de identidade: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Cédulas de Identidade fornecidas por Ordens ou Conselhos de Classe que por Lei Federal tenham validade como documento de identidade (como, por exemplo, as do CREA e da OAB); Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia), na forma da Lei n.o 9.053/ Os documentos para ingresso na sala de provas, referido no item 2.6 devem estar válidos e em perfeitas condições físicas, de modo a permitir, com clareza, a identificação do candidato Em caso de perda ou roubo de documento, o candidato será admitido para realizar as provas desde que tenha se apresentado no local de seu ensalamento e que seja possível verificar seus dados junto a Comissão Organizadora antes da hora marcada para início das provas Nas salas de prova e durante a realização desta, não será permitido ao candidato: a) manter em seu poder relógios, armas e aparelhos eletrônicos (BIP, telefone celular, calculadora, agenda eletrônica, MP3, etc.), devendo seguir as orientações fornecidas pelos aplicadores antes do início da prova. O candidato que estiver portando qualquer desses instrumentos durante a realização da prova será eliminado do Processo Seletivo; b) alimentar-se dentro da sala de prova, devendo aqueles que necessitarem fazê-lo por motivos médicos solicitar ao aplicador de provas o seu encaminhamento à sala de inspeção; c) comunicar-se com outro candidato, nem usar calculadora e equipamentos similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta Nas provas objetivas, haverá, para cada candidato, um caderno de prova e um cartão-resposta identificado adequadamente. 4 2.11. As provas objetivas serão constituídas de questões de múltipla escolha, com cinco alternativas (a, b, c, d, e), das quais apenas uma deve ser assinalada As respostas às questões objetivas deverão ser transcritas no cartãoresposta com caneta esferográfica de tinta preta ou azul, devendo o candidato assinalar uma única resposta para cada questão O candidato assume plena e total responsabilidade pelo correto preenchimento do cartão-resposta e pela sua integridade. Não haverá substituição desse cartão, salvo em caso de defeito em sua impressão Não será permitido ao candidato, durante a realização das provas, ausentar-se do recinto, a não ser em casos especiais e acompanhado de membro componente da equipe de aplicação das provas O caderno de prova conterá um espaço designado para anotação das respostas das questões objetivas, que poderá ser destacado e levado pelo candidato para posterior conferência com o gabarito O candidato somente poderá retirar-se da sala após uma hora e trinta minutos do início da prova, devendo entregar ao aplicador da prova, obrigatoriamente, o caderno de provas e o cartão-resposta devidamente assinalado Os 3 (três) últimos candidatos de cada turma somente poderão retirarse simultaneamente, para garantir a lisura na aplicação A correção das provas objetivas será feita por meio de leitura óptica do cartão-resposta. Não serão consideradas questões não-assinaladas ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura Os procedimentos e os critérios para correção das provas são de responsabilidade do Núcleo de Concursos / UFPR O candidato que durante a realização das provas incorrer em qualquer das hipóteses a seguir terá sua prova anulada e será, automaticamente, eliminado do Processo Seletivo: a) fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição ou em qualquer outro meio que não os permitidos; b) recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização; c) afastar-se da sala, a qualquer tempo, portando o caderno de provas ou o cartão-resposta; d) descumprir as instruções contidas no caderno de provas ou na folha de rascunho; e) utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter a sua aprovação ou a aprovação de terceiros no Processo Seletivo; f) praticar atos contra as normas ou a disciplina, durante a aplicação das provas; g) faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, para com qualquer autoridade presente ou para com outro candidato Não poderão ser fornecidas, em tempo algum, por nenhum membro da equipe de aplicação das provas ou pelas autoridades presentes à prova, informações referentes ao conteúdo das provas ou aos critérios de avaliação/classificação. 5 2.22. Constatada a utilização, pelo candidato, a qualquer tempo, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, de procedimentos ilícitos, a prova será objeto de anulação, sendo o candidato automaticamente eliminado do Processo Seletivo, sem prejuízo das correspondentes cominações legais civis e criminais A Comissão Organizadora não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos durante a realização das provas, nem por danos a eles causados. 3. DOS RECURSOS 3.1. No dia 20/07/09 será divulgado o gabarito provisório das provas objetivas, no endereço da Internet: Caberá recurso quanto às questões da prova, desde que o formulário de recurso esteja devidamente preenchido e deverá ser protocolado pessoalmente na Central de Atendimento da PROGEPE, até às 18h00 do dia 20/07/ Os questionamentos devem estar devidamente fundamentados e apresentados em formulário específico que estará disponível no site Serão desconsiderados pelo Núcleo de Concursos questionamentos relativos ao preenchimento do cartão-resposta O recurso será apreciado por uma banca examinadora, designada pela Coordenadoria de Desenvolvimento de Pessoas da PROGEPE, que emitirá decisão fundamentada, a qual será colocada à disposição do requerente no endereço eletrônico até o dia 22/07/ A Banca Examinadora constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais Os pontos relativos às questões porventura anuladas serão atribuídos a todos os candidatos que fizeram a prova. Se houver alteração de item integrante de provas, essa alteração valerá para todos os candidatos, independentemente de terem recorrido Com exceção dos recursos previstos nos itens anteriores, não se concederá revisão de provas, segunda chamada, vistas, ou recontagem de pontos das provas O gabarito oficial das provas objetivas será divulgado no site até o dia 23/07/ DA APROVAÇÃO NO PROCESSO E CLASSIFICAÇÃO DOS HABILITADOS 4.1. As provas objetivas do presente Processo Seletivo têm caráter classificatório Serão considerados aprovados no Processo Seletivo os 45 candidatos que obtiverem maior nota de acerto no total do conjunto das questões. 6 4.3. Havendo empate das notas terá preferência, sucessivamente, o candidato que: a) Tiver maior tempo de serviço na Instituição; b) Tiver maior idade; 5. DA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO 5.1. O resultado do Processo Seletivo será divulgado no dia 23/07/09, através de Edital a ser afixado no andar térreo do prédio da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas, sito a Rua Dr. Faivre, nº 590, Centro, Curitiba/PR e na Internet no endereço: Toda divulgação por outros meios será considerada tão-somente como auxiliar para os interessados, não sendo reconhecido nessa divulgação qualquer caráter oficial 6. DISPOSIÇÕES FINAIS 6.1. Será automaticamente eliminado do Processo Seletivo o candidato que não cumprir as normas estabelecidas ou não preencher todos os requisitos previstos neste Edital Se o candidato necessitar de declaração de participação no Processo Seletivo, deverá dirigir-se à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas na Unidade de Qualificação Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação no Processo Seletivo Quaisquer alterações nas regras fixadas neste Edital somente poderão ser realizadas por intermédio de outro Edital O candidato deverá manter atualizado o seu endereço perante a Pró- Reitoria de Gestão de Pessoas da Universidade Federal do Paraná, à Rua Dr. Faivre, 590, Curitiba/PR, enquanto da validade deste Processo Seletivo É de inteira responsabilidade do candidato a interpretação deste edital, bem como o acompanhamento da publicação de todos os atos, instruções e comunicados ao longo do período em que se realiza este Processo Seletivo, não podendo deles alegar desconhecimento ou discordância A qualquer tempo poderá ser anulada a inscrição do candidato se for verificada falsidade e/ou irregularidade nas declarações e/ou documentos apresentados Os casos omissos deste Edital serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Processo Seletivo. 7 Curitiba, 14 de julho de José Roberto Cavazzani Chefe de Unidade de Qualificação Maria Rita Taques Michalski Coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas Laryssa Martins Born Pró-Reitora de Gestão de Pessoas 8
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x