Documents

educacao-fisica-militarista.pdf

Description
EDUCAÇÃO FÍSICA MILITARISTA. RESUMO: Neste artigo não se deve confundira Educação Física militarista com a Educação Fernando César Cavalheiro Física militar. Apesar de que ambas Cursando Educação Física-1º período estabelecem ligações.A Educação Física na Uniguaçu-Unidade de Ensino Militarista visa impor a toda a sociedade Superior Vale do Iguaçu. padrões de comportamento estereotipados, Fernandocavalheiro_2
Categories
Published
of 11
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  EDUCAÇÃO FÍSICA MILITARISTA. RESUMO: Neste artigo não se deve confundira Educação Física militarista com a Educação Física militar. Apesar de que ambas estabelecem ligações.A Educação Física Militarista visa impor a toda a sociedade padrões de comportamento estereotipados, frutos da conduta disciplinar próprio ao regime de caserna.O método Francês era voltado à vida civil, e ao espírito militar. Então se entende que a Educação física no Brasil teve uma grande influencia dos militares. Não podemos negar os valores implantados na Educação física no que se refere a métodos e sistemas, disciplina e ética profissional. Entretanto, ao longo da história, os governos usaram a Educação física para doutrinar suas ideologias produzindo cidadões leais ao estado, obediente e com poças chances à reflexão. Com tudo isso evolui na vida, a educação física hoje carece de mudanças no sentido de acompanhar a ciência e a medicina do esporte. É bem verdade que a mudança é necessária e sadia, mas alguns legados deixados pelos militares, tais como disciplina, ordem e respeito, ainda tem lugar na educação física e na sociedade. O que não se admite mais é a obediência cega sem saber o porque e o fundamento das coisas. Palavras-chave:  Militarista, influencia militar, conhecimento, método francês, valorização, pioneirismo. Abstract: In this article not if it must confuses militarist Physical Education with the Physical Education to militate. Although that both establish legacies. A Physical Education militarist aims at to impose to all the society estereotipados standards of behavior, fruits of the behavior to discipline proper to the regimen of caserna. O French method Although that both establish ligações.A Physical Education Militarist aims at to impose to all the society estereotipados standards of behavior, fruits of the behavior to discipline proper to the regimen of caserne French method were come back to the civil life, and the military spirit. Then if it Fernando César Cavalheiro Cursando Educação Física-1º período na Uniguaçu-Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu. Fernandocavalheiro_211@hotmail.com  Irajá Raphael Pavoski Cursando Educação Física-1º período na Uniguaçu-Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu. Jokasta da Silva Cardoso Cursando Educação Física-1º período na Uniguaçu-Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu. Jokasta_silva_cardoso@msn.com Maria Carolina Withowshi Cursando Educação Física-1º período na Uniguaçu-Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu. carolinawit@hotmail.com   understands that the physical Education in Brazil had a great one influences of the military. We cannot deny the values implanted in the physical Education as for methods and systems, discipline and professional ethics. However, to the long one of history, the governments had used the physical Education to doutrinar its ideologies producing loyal citizens to the state, obedient and with puddles possibilities to the reflection. With everything this evolves in the life, the physical education today lacks of change is necessary and healthy, but some legacies left for the military, such as it disciplines, order and respect, still has place in the physical education and the society. What more is not admitted is the blind obedience without knowing because and the bedding of the things. Key-Word:  Militarist influences to militate, knowledge, French method, valuation, pioneirismo. INTRODUÇÃO Este artigo tem como objetivo explicar a Educação Física Militarista, que não deve ser confundida com a Educação Física militar, apesar de que ambas estabelecem ligações. Mas a Educação Física militarista (1930-1945) tinha o papel de formar indivíduos obedientes e adestrados. O objetivo maior era o aperfeiçoamento da raça ou forja máquinas humanas através dos desportos. Nesta época foram criados os grandes centros de cultura física, ginástica olímpica, treinamentos especiais de artes marciais para o adestramento do homem para as batalhas. Foi em 1921 que se impôs ao país como método de educação física oficial o famoso Método do exercito Francês. Em 1933 foi fundada a Escola de Educação Física do exercito, que funcionou como pólo aglutinador e coordenador de pensamento sobre a educação física. PREPARAÇÃO MILITAR NA IDADE MÉDIA Na idade Média os exercícios físicos foram à base da preparação militar dos soldados, que durante os séculos XI, XII e XIII lutaram nas cruzadas empreendidas pela igreja. Entre os homens eram valorizados a esgrima e a equitação como requisitos para a participação nas justas e torneios, jogos que tinham como objetivo enobrecer o homem e fazê-lo forte.   A EDUCAÇÃO FISICA MILITARISTA A educação física militarista não se resume a uma pratica militar de preparo físico. É acima disso, uma concepção que visa impor a toda a sociedade padrões de comportamento estereotipados, frutos da conduta disciplinar propia ao regime de caserna. Todavia, o objetivo fundamental da educação física militarista é a obtenção de uma  juventude capaz de suportar o combate, a luta, a guerra. Para tal concepção, a educação física deve ser suficientemente rígida para elevar a Nação à condição de servidora e defensora da pátria. Assim a educação física funciona mais como selecionadora de elites condutoras, capaz de distribuir melhor os homens e mulheres nas atividades sociais e profissionais, eliminando os fracos e premiando os mais fortes, no sentido da depuração da raça. Talvez a educação física militarista na educação física brasileira seja o componente forte e duradouro. E não é à toa. Em 1921, através de decreto, impôs-se ao país como método, o famoso, Método do Exercito Francês. Em 1933 foi fundada a escola de educação física do esxercito, que praticamente funcionou como pólo aglutinador e coordenador do pensamento sobre a educação física durante as duas décadas seguintes. A educação física militarista, coerente com os princípios autoritários de orientação fascista, destacava o papel da educação física e do desporto na formação do homem obediente e adestrado. É interessante observar, na fala de seus representantes, a analogia entre a atividade desportiva e a atividade militar: ¨ O estádio como o quartel, desperta o sentimento da obediência as regras das concepções, adestra a capacidade aplicada ao raciocínio e a decisão, remarca o cunho da solidariedade e aprofunda os laços do respeito ao valor, a autoridade e ao dever(Lyra Filho, 1958)¨. A idéia central de tal concepção era o aperfeiçoamento da raça, seguindo assim as  determinações impostas pelas falsas conclusões encetadas pela biologia nazifascista. Daí a educação física funciona como atividade aceleradora do processo de seleção natural: Cabe aos esportes suprir as falhas dos processos de seleção, racial e do seu aperfeiçoamento (Souza Ramos, 1936). O objetivo a atingir com a ¨militarização espiritual¨ (Calmon, 1938) era a formação de ¨elites representativas ¨ a ¨exemplo do super-homem de Nietzshe¨. É significativa, também, a idéia de utilizar a educação física como meio primordial de forjar “máquinas humanas” a serviço da Pátria: As etapas a vencer ao serviço da pátria, exigem cada vez mais um corpo são, pois com enobrecimento físico surgirá uma alma sadia, pensamentos sãos e desdobramentos do esforço coletivo. Surgirá uma consciência nacional, uma nova mentalidade e possibilidades decorrentes de cada um se transformar numa maquina de colaboração e rendimento (Vasconcelos, 1938). A maioria das falas acima foram publicadas, pela primeira vez, na revista da escola de educação física do exercito.Tal instituição absorveu com entusiasmo a ideologia fascista e, em poço tempo, tornou-se centro irradiador dessa concepção para todo o país. É obvio que derrotado o nazifascismo após 1945, a educação física militarista foi obrigada a se reciclar, despojando-se dos argumentos mais comprometidos com o espírito belicoso. MOVIMENTO GINÁSTICO FRANCÊS Baseado na Ciência, voltada a vida civil, espírito militar. O coronel espanhol Francisco amoros y odeano, comanda um regime de recutras e alunos de ginástica. Cria uma serie sistematizada de exercícios físicos, utiliza a musica. Ginásios criados pelo coronel: festas cívicas, prêmios a atos de virtude ou bondade, demonstração de força física e destreza, o lugar onde se aprende a fazer o correto uso das forças física e morais. O corpo educado: ¨...Os gestos são signos e podem organizar-se em uma linguagem; expõem a
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x