Documents

Improvisação e Discurso Sonoro Na Rede Regular [Salvo Automaticamente]

Description
Pdf de resumos de aula.
Categories
Published
of 54
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Relações formais, composição e educação musical Prof. Guilherme Antonio (EM – UMG, Março – ! #$%  &omposição, discursos sonoros e educação musical ã &omposição (Gra'e% ã Arrano (or)uestração% ã  *radução, resposta e transdução ã +mitação entre timres (-uras ou estos sonoros com espectroramas distintos% ã /etos sonoros di'ersos ã 0oprano (f1 – f2% ã &ontralto (! – 31% ã  *enor (f! – f1% ã (raco, não usual% ã Ah (eminino% ã /h (masculino% ã 4ariação (m5dio% ã +mpro'isação ã territ6rios ã unção formal ã mapa ã 0inta7e ã 8esen'ol'imento ã 9arrati'a sonora (nota e som% ã Resumo (soft, :ee;, dull% ã 9arrati'a (alto% ã orma ã U – Unidades ormais ã iuras ã Gestos ã  *imre ã rase e per<odo ã  *ermo e proposição (claro e rilhante% ã An=lise (muito alto% ã Material did=tico (adaptação, aplicação e criação% ã +mplementação em situação e7perimental (e7plorações sonoras% ã Aulas dedicas em parte sini-cati'a a isso (siilantes não usuais  O Arco: Forma elementar do discurso sonoro******* ã &ondução formal ã Escuta do rupo ã Apreensão loal (unit=ria% ã iuras>Gestos (cl<ma7% ã A noção de en'elope (contorno mel6dico% ã 4elocidade de transformação ã /etos sonoros ã  *e7turas ã Unidade entre in<cio do esto e o -nal ã Recorr?ncia e'idente ã Gesto sonoro )ue condu@ de um s   il?ncio a outro ã +d5ia formal mais =sica em impro'isação ã &ondu@ir a um Ponto culminante ã &ont5m a ideia de en'elope ã Ponto focal, =pice de uma duração sonora ã A marca do in<cio da parte -nal de um discurso sonoro ã 05rie de ionacci ã  ardim de pedras apones ã / pico de um sinal. ã Binhas se encontrando em um ponto de fua. ã Recursi'idade ã Recorr?ncia de arcos e en'elopes em di'ersos n<'eis ã 9<'el do som ã ponto nodal e ondas ã 9<'el do discurso ã 0il?ncio e Pala'ra, frase, te7to ã A letra ã Cos fonemas e o sil?ncioD ã Pronunciação (Gesto, sinal sonoro% ã A fala ã 0uas formas, sua distriuição de eneria ã 0eus discursos, a descrição de sua ati'idade no tempo ã Unidades ormais (U% ã iuras ã Gestos ã rase e Periodo ã  *ermo e proposição  Discurso sonoro e o arco narrativo******** ã A Po5tica de Arist6teles e o Arco 9arrati'o (discurso liter=rio% ã Ar)u5tipo para o discurso musical ã +mitação ã / processo mim5tico 5 o processo pelo )ual um hist6ria 5 transformada em um enredo. ã 8a dispersão de e'entos a orani@ação em um discurso sonoro ã Unidades de discurso (e)ui'al?ncia linu<stica% ã iuras ã Gestos ã Pala'ras (unidades semntica m<nima% ã rases (concatenação de pala'ras% ã Enredo ã 8iferente da hist6ria ã &ompacto (contem passado, Fashac;% ã 8e-ne e resume a 'ida do personaem, ou elemento (tema% central ã Parametros do enredo (estrutura formal% ã &inco atos do discurso ã 9ecessidade ã +ne'itailidade ã Proailidade ã E7posição ã &omplicação ã Ponto culminante (triângulo de Aristóteles e E. Koch) ã re'ersão (peripateia% ã reconhecimento (anaorisis% ã d5nou5ment
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks