Data & Analytics

Indica uma pequena pausa, em que a voz fica em suspenso, para logo depois retomar a continuação do período. Usa-se virgula:

Description
Indica uma pequena pausa, em que a voz fica em suspenso, para logo depois retomar a continuação do período. Usa-se virgula: 1. No interior de uma oração para destacar : Conjunções Ex.: Chovia muito, entretanto,
Published
of 17
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Indica uma pequena pausa, em que a voz fica em suspenso, para logo depois retomar a continuação do período. Usa-se virgula: 1. No interior de uma oração para destacar : Conjunções Ex.: Chovia muito, entretanto, a cidade não estava alagada. Adjuntos adverbiais Ex.: Os rapazes estiveram, com certeza, passando férias aqui. Apostos Ex.: Edneide, candidata a prefeita, fará um comício no domingo. Expressões explicativas (isto é, por exemplo, quer dizer, ou melhor, etc.) Ex.: Ceiça dizia a verdade, isto é, parecia dizer a verdade. Um adjunto adverbial no início da frase Ex.: Aqui, todos gostam de ler. Vocativos Ex.: Vamos, Francisca, estou com pressa! 2. Entre orações Ex.: Embora não fosse feliz, Maria estava sempre sorrindo. Terminada a festa, o aluno saiu. João pulou, a menina gritou, todos olharam. 3. Em datas e endereços Ex.: Ponta Negra, 19 de novembro de 2010. Indica pausa maior que a da vírgula, marcando o fim de uma oração. Ex.: Não quero dizer nada. Eu amo minha família. Usa-se em abreviaturas: Sr., a. C., Ltda., vv., num., adj., obs. É usado para: a) separar itens enumerados: A Matemática se divide em: - geometria; - álgebra; - trigonometria; - financeira. b) separar um período que já se encontra dividido por vírgulas: Ele não disse nada, apenas olhou ao longe, sentou por cima da grama; queria ficar sozinho com seu cão. É usado quando: a) se vai fazer uma citação ou introduzir uma fala: Ele respondeu: não, muito obrigado! b) se quer indicar uma enumeração: Quero lhe dizer algumas coisas: não converse com pessoas estranhas, não brigue com seus colegas e não responda à professora. É colocado como uma pergunta direta ou uma dúvida. Por qual motivo ele faria isso? Quem é? Você sabia disso? Indica supresa, alegria, espanto. Ai, Santo Deus! Olha! Meu Deus! São usadas para indicar: a) citação de alguém: A ordem para fechar a prisão de Guantánamo mostra um início firme. Ainda na edição, os 25 anos do MST e o bloqueio de 2 bilhões de dólares do Oportunity no exterior (Carta Capital on-line, 30/01/09) b) expressões estrangeiras, neologismos, gírias: Nada pode com a propaganda de outdoor. Indica a fala direta de um personagem ou para destacar um elemento dentro de uma frase. Bom dia, meu filho. São usadas para indicar supressão de um trecho, interrupção ou dar ideia de continuidade ao que se estava falando: a)(...) Onde está ela, Amor, a nossa casa, O bem que neste mundo mais invejo? O brando ninho aonde o nosso beijo Será mais puro e doce que uma asa? (...) b) E então, veio um sentimento de alegria, paz, felicidade... c) Eu gostei da nova casa, mas do quintal... São usados quando se quer explicar melhor algo que foi dito ou para fazer simples indicações. Ele comeu, e almoçou, e dormiu, e depois saiu. (o e aparece repetido e, por isso, há o predomínio de vírgulas). Certo dia a lebre desafiou a tartaruga para uma corrida argumentando que era mais rápida e que a tartaruga nunca a venceria A tartaruga começou a treinar enquanto era observada pela lebre Chegou o dia da corrida A lebre e a tartaruga posicionaram-se e após o sinal partiram A tartaruga estava correndo o mais rapidamente que conseguia mas foi ultrapassada pela lebre que visto já estar a uma longa distância da sua concorrente se deitou a dormir Enquanto a lebre dormia não se dava conta que a tartaruga se ía aproximando mais rapidamente da linha de chegada Quando acordou a lebre horrorizada viu que a tartaruga estava muito perto da linha de chegada Assim a lebre começou a correr o mais depressa que pode tentando a todo o custo ultrapassar a tartaruga Não conseguiu Após a vitória da tartaruga todos foram festejar com ela Certo dia, a lebre desafiou a tartaruga para uma corrida, argumentando que era mais rápida e que a tartaruga nunca a venceria. A tartaruga começou a treinar enquanto era observada pela lebre. Chegou o dia da corrida. A lebre e a tartaruga posicionaram-se e, após o sinal, partiram. A tartaruga estava correndo o mais rapidamente que conseguia, mas foi ultrapassada pela lebre que, visto já estar a uma longa distância da sua concorrente, se deitou a dormir. Enquanto a lebre dormia, não se dava conta que a tartaruga se ía aproximando mais rapidamente da linha de chegada. Quando acordou, a lebre, horrorizada, viu que a tartaruga estava muito perto da linha de chegada. Assim, a lebre começou a correr o mais depressa que pode, tentando a todo o custo ultrapassar a tartaruga. Não conseguiu. Após a vitória da tartaruga, todos foram festejar com ela.
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x