Economy & Finance

/ ÍNDICE A MAXIMA Telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC Vantagens Características Peças complementares...

Description
/ ÍNDICE A MAXIMA... 4 Telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC... 6 Vantagens... 7 Características... 8 Peças complementares... 9 Materiais de instalação e segurança Instalação das telhas Perguntas
Published
of 9
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
/ ÍNDICE A MAXIMA... 4 Telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC... 6 Vantagens... 7 Características... 8 Peças complementares... 9 Materiais de instalação e segurança Instalação das telhas Perguntas Frequentes... 15 / A MAXIMA A MAXIMA faz parte do grupo Stamplas e é uma novidade que chegou ao mercado para ser a sua melhor opção em telhas de PVC. Visando sempre a qualidade dos seus produtos, processos e serviços, a MAXIMA possui uma equipe especializada que trabalha com as mais modernas tecnologias para sempre atender às suas necessidades na área com eficiência. MAXIMA Telha - Modelo Colonial PVC Coberturas com durabilidade, segurança e beleza / Vantagens Inovação, praticidade, beleza e durabilidade são algumas das vantagens que as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC têm a oferecer para você. Confira a seguir por que elas representam a melhor escolha para a sua obra: Modernize a sua casa com as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC, uma inovação que agrega inúmeros benefícios para a sua obra. Elaboradas com composto de resina de pvc de alta tecnologia, as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC proporcionam leveza, praticidade, eficiência e ótimo acabamento. São muito mais leves do que as telhas comuns e apresentam a mesma estética de uma telha de cerâmica ou de fibrocimento. Oferecem, ainda, excelente isolamento acústico e térmico, além de ganhos em produtividade, pois cada placa de telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC simula visualmente 35 telhas de cerâmica. As telhas de PVC são consideradas, atualmente, a melhor opção para a construção civil, pois reduzem a utilização de caibros e ripas para a sua sustentação, o que faz com que o custo final seja de 15 a 25% mais barato nas obras. Material 100% reciclável Facilidad e na instalaçã o Leve e econômic a Laváveis Não absorvem águ a Isolamento térmico e acústico Estrutura mais lev e para a sustentação Maior durabilidad e Versatilidad e nos projetos de cobertura / Segurança Elas oferecem proteção e conforto para o ambiente, uma vez que possuem baixo coeficiente de condução térmica e redução sonora superior à maioria das coberturas tradicionais. / Leveza Leves e fáceis de manusear, as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC garantem mais produtividade e rapidez na instalação do telhado, o que promove economia de tempo e de dinheiro na obra. / Versatilidade Com perfis coloniais, as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC oferecem as melhores soluções para o construtor, afinal, elas podem ser utilizadas em todos os tipos de cobertura: residencial, comercial e industrial. / Praticidade As telhas são leves, e por serem disponibilizadas em placas, o tempo de instalação e de montagem é menor se comparado ao da telha de cerâmica. 6 MAXIMA - A telha eficiente MAXIMA - A telha eficiente 7 / Durabilidade As telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC são mais resistentes e possuem excelente vedação. Além disso, elas se mantêm estáveis às intempéries e aos agentes químicos, como emissões industriais, névoa salina, ácidos, entre outros elementos agressivos. Também suportam melhor as chuvas de granizo e são sinônimo de durabilidade para o seu telhado. / Resistência / Economia Linha completa de peças complementáres para instalação As telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC oferecem peças complementares de acabamento e de fixação com o mesmo perfil e as mesmas cores das telhas. As telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC têm baixíssimos índices de expansão térmica, pois, sob as variações de temperatura, sua estabilidade dimensional e de cor é muito superior à das telhas convencionais. Além disso, elas são resistentes às mudanças bruscas de temperatura e se mantêm estáveis. Sua resistência mecânica garante excelente capacidade de suportar, chuvas de granizo, rajadas de vento e até mesmo a circulação de animais. Proteção e conforto para o ambiente As telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC não requerem materiais pesados e caros. Elas são muito maiores do que as telhas convencionais, o que permite uma menor quantidade de material para a estrutura, menor tempo de instalação e menor perda. Tudo isso, faz das telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC as campeãs, quando o assunto é a relação custo/benefício. Elas oferecem proteção e conforto para o ambiente, uma vez que possuem baixo coeficiente de condução térmica e redução sonora superior à maioria das coberturas tradicionais. / Caractrísticas Colonial - PVC As telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC têm um excelente custo/benefício e agregam economia, durabilidade e praticidade ao telhado, bem como beleza e estilo. Dados técnicos: Cumeeira Central Articulada Angulação 10º a 90º (18% a 0%) Comprimento útil 800 mm A Cumeeira Central tem ondas iguais às das telhas utilizadas na cobertura, portanto, basta encaixar as ondas e fixar a peça com os parafusos. Para ser colocada, a Cumeeira Central deve ser alinhada ao telhado e as ondas dos dois lados devem estar ajustadas. De um modo geral, cada cumeeira é fixada em três pontos. Após a fixação, corte a sobra da última peça. Cumeeira Espigão Articulada Comprimento útil 800 mm Na linha de encontro lateral de águas, devese usar a Cumeeira Espigão para um melhor acabamento. Sua instalação deve seguir o encaixe das telhas, independentemente da inclinação das águas da cobertura. Deve-se usar a manta de vedação antes da montagem dessa cumeeira. Cada peça é parafusada em quatro pontos. cumeeira triangular telha colonial cumeeira espigão mm Comprimento (m) Largura (m) Kits Fixação (m) Área Útil Peso Espessura ,69 m2 9 kg * 1,94 m2 10,27 kg * 2,44 m2 13 kg * 2,95 m2 15,5 kg * 3,45m 2 18 kg * 3,96 m2 20,56 kg *O numero de kits varia entre uma quantidade padrão a uma quantidade máxima por telha, de acordo com a necessidade de cada projeto. Cores disponíveis Cerâmica Marfim 2,50mm Capa Lateral Comprimento útil mm mm Essa peça deve ser posicionada nas laterais das telhas de fora da cobertura para proteger a última peça da estrutura do telhado. Cumeeira Triangular Inclinação 25º Essa peça deve-se utilizar a Cumeeira Triangular no encontro de três lados do telhado, de maneira a cobrir cada um desses três lados. Sua fixação deve ser feita em 4 a 6 pontos. 8 MAXIMA - A telha eficiente MAXIMA - A telha eficiente 9 Fechamento da Cumeeira Comprimento útil 200 mm Essa peça deve ser utilizada nas pontas do telhado. Sua fixação deve ser feita em 2 pontos na parte de baixo e, geralmente, deixa-se uma ponta de 100 mm de sobra. Kits de vedação Utilize os kits de vedação das telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC para uma melhor estanqueidade de sua cobertura. Cada kit contém anéis de PVC e capa de proteção contra água. Peças de fixação parafuso As soluções oferecidas são os parafusos autobrocantes, que podem ser específicos para peças metálicas ou caibros de madeira, e as hastes. kit 2. Evite subir no telhado caso esse esteja úmido ou molhado a fim de evitar escorregões; 3. Tenha cuidado com a rede elétrica; 4. Isole o local ao redor e logo abaixo do telhado; 5. Utilize, a todo momento, o cinto de segurança e o cabo-guia; 6. Certifique-se de que as tábuas de apoio estejam amarradas para evitar escorregões; 7. Ande, sempre, em cima das tábuas; nunca em cima das telhas; 8. Tenha bastante atenção para não prensar as mãos. / Orientações para o manuseio das telhas - As telhas devem ser transportadas com cuidado para evitar riscos ou danos; - As telhas devem ser armazenadas em um lugar plano e devem ser empilhadas, sem ultrapassar a quantidade de 100 folhas em cada pilha; - As normas de segurança para a manipulação das telhas devem ser sempre respeitadas; - As telhas são 100% recicláveis, portanto, os resíduos da sua construção devem ser direcionados para os locais apropriados de coleta seletiva. / Instalação de dispositivos e de equipamentos Para o uso de chaminé e de claraboias, bem como para a instalação de caixas d água e de outros dispositivos, é necessário estabelecer uma distância de 3 cm entre a telha e a alvenaria, e aplicar a manta autoadesiva de vedação de 200 mm. Isso também se aplica para o encontro de água com a edificação: a função de rincão é exercida pela própria manta de vedação. Não é necessário fazer o encaixe da telha na alvenaria. Para a instalação de equipamentos sobre o telhado, sempre usar o suporte metálico, que deve ser fixado na estrutura do telhado ou na laje, e vedar os espaços vazios nos cortes de passagem, com a manta de vedação, para garantir a estanqueidade da cobertura. / Importante Materiais de instalação e segurança / Ferramentas e equipamentos de proteção Para instalar as telhas, é necessário ter à mão: fio de prumo, furadeira elétrica, broca, serra elétrica, régua, esquadro, chave de boca e lixa. Também é indispensável tomar conhecimento de todos os itens e procedimentos de segurança abaixo para realizar o trabalho. / Cuidados Antes de iniciar a aplicação, dedique atenção aos seguintes itens: 1. Utilize Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), segundo a Norma Regulamentadora nº 18 (NR-18) É imprescindível o uso de: Capacete, óculos, luvas, cinto tipo paraquedas e botas; 1. Na hora de calcular o número de peças de fixação (parafusos), por telha, utilize o número indicado na tabela da página 8. Pois, essa tabela já considera a margem dos trespasses de telha, o que evita a compra desnecessária de material; 2. Os componentes de estrutura metálica devem passar por um tratamento contra corrosão e devem ser pintados com uma camada de tinta epóxi. Quando forem de madeira, eles devem passar por tratamento contra apodrecimento e devem receber receber uma camada de líquido de limpeza ou de óleo de linhaça; 3. As peças de madeira devem ser bem planas e devem ter as dimensões corretas; sem brocas e defeitos, como fendas e outros; 4. As peças metálicas podem ser soldadas ou parafusadas e as peças de madeira podem fixadas diretamente nos apoios. As soldas devem seguir especificações próprias, de acordo com as normas de trabalho de cada projeto; 5. A fixação de peças de madeira pode ser feita com prego próprio ou parafuso; 6. Nunca utilize pregos para fixar as telhas; somente parafusos. A MAXIMA disponibiliza no mercado, parafusos próprios, com eficiência testada e aprovada; 7. É obrigatório o uso de kits de vedação MAXIMA. Eles asseguram a estanqueidade do telhado; 8. Antes de iniciar a montagem das telhas, confira a angulação da estrutura. Caso aconteça alguma diferença na estrutura do telhado que não seja passível de correção, comece a montagem das telhas pelo lado mais simétrico da edificação; 10 MAXIMA - A telha eficiente MAXIMA - A telha eficiente 11 9. Para garantir o alinhamento do beiral, utilize uma linha esticada, afastada 10 cm do ripão, e presa a cada 6m; 10. Nunca utilize um módulo inteiro de telha colonial, em balanço. É justamente para garantir a resistência e a segurança da cobertura que o máximo permitido para isso são 10 cm; 11. Para ganhar tempo e agilidade, faça a montagem dos kits de vedação e dos parafusos antes de subir no telhado. Pode-se usar, ainda, uma bolsa para comportar grandes quantidades, com segurança, sobre a cobertura; 12. Coloque a primeira telha no esquadro, fixando-a de baixo para cima, garantindo mais apoio e segurança ao instalador no momento de fixar as seguintes; 13. Para telhados de 3 ou mais águas, sempre comece pelo triângulo, do centro para as laterais, e dê sequência nos demais lados, em um só sentido, horário ou anti-horário, até o fim da cobertura; 14. É importante obedecer a ordem de montagem e acompanhar o esquadro das telhas para que o telhado se mantenha alinhado; 15. Quando o recorte de telhas for necessário, atente-se para o alinhamento correto, evitando erros; 16. Na hora da instalação, vale atentar para o posicionamento correto das telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC. A face brilhante deve estar sempre virada para cima; 17. Siga corretamente as orientações de número de apoios por telha, assim como as peças de fixação. Somente com a montagem executada da forma correta é que você garante a segurança da sua cobertura; 18. Nunca improvise com peças complementares que não sejam da MAXIMA. / Instalação das telhas Como calcular o seu telhado Cálculo da quantidade de peças complementares Divida o comprimento linear a ser fechado pelo comprimento útil da cumeeira escolhida. Exemplo: Comprimento linear a ser fechado: 18,60 m Comprimento útil da cumeeira: 0,80 m 18,60 m 0,80 m = 23,25 = 24 unidades de cumeeira lateral lisa Declividade A declividade mínima da cobertura em duas águas com as telhas - MAXIMA - Modelo Colonial PVC é de 10%. As telhas também podem ser aplicadas na vertical, desde que sejam seguidos os cuidados de fixação contidos neste manual. Em casos de telhados com uma só água, a declividade é a partir de 5%. Terças As terças podem ser de 25 X 60 mm (ripão), de 40 X 60 mm (caibros) ou de 60 x 120 mm (dependendo do vão livre para o apoio das peças). Se as terças forem metálicas, usar perfil U de 25 x 50 mm ou de 40 x 75 mm. A primeira peça deve estar a 70 mm da extremidade da terça. A última peça deve estar a 100 mm da linha da cumeeira. Deve-se colocar uma vigota na cumeeira para melhor fixá-la. Observação O primeiro procedimento é definir as linhas do telhado, as cumeeiras, as calhas e os respectivos cortes, que serão utilizados. / Instalação das calhas As calhas podem ser feitas de chapa galvanizada ou de PVC. As chapas metálicas devem ter uma espessura de 0,6 mm e as chapas de PVC, de 1,5 mm. A largura mínima deve ser de 270 mm. Antes de colocar qualquer tipo de calha, certifique-se de que o modelo e o tamanho estão de acordo com o projeto. Cálculo da quantidade de telhas: Divida a área da cobertura (considerando a declividade) pela área útil da telha a ser usada. Exemplo: 280 m² de cobertura colonial com telha de 2,30m Área útil da telha de 2,30 m 1,69 m² 280 m² 1,69 m²/telha = 166 telhas Estruturas metálicas, de concreto e de madeira Após ser fixada a estrutura metálica com a massa de cimento, é importante garantir que a superfície esteja plana, com um espaçamento perfeito. As tesouras, metálicas ou de madeira, devem passar por um tratamento contra corrosão ou apodrecimento. As peças metálicas podem ser soldadas e as peças de madeira podem ser fixadas diretamente. As soldas devem seguir as especificações próprias, de acordo com as normas de trabalho de cada projeto. Toda peça metálica deve passar por tratamento antiferrugem. As peças devem estar planas, sem deformação, e sua espessura deve ser acima de 25 mm (de acordo com o espaçamento da tesoura adotada, define-se a espessura do caibro/ ripão). A superfície de madeira deve ser tratada com óleo próprio, deve estar bem plana e deve ter as dimensões corretas, sem brocas e defeitos, como fendas e outros. A fixação entre as peças de madeira pode ser feita por meio de prego próprio ou de parafusos. As terças metálicas devem ter tratamento antiferrugem e devem ser pintadas com uma camada de tinta epóxi. A madeira pode ser pintada ou tratada com líquido de limpeza ou com óleo de linhaça. / Colocação das telhas Projeto A distância máxima entre os centros dos apoios deve ser de 660 mm e a distância entre a telha e o eixo da cumeeira deve ser de, no máximo, 100 mm. Caso seja necessário, corte as telhas, usando uma serra elétrica. Todas as telhas devem estar sobrepostas (trespasse) nas laterais, nos cantos e em outros pontos. A sobra deve ser cortada, porém, antes de cortar, confira o alinhamento lateral e do beiral. Fluxo correto de instalação das telhas Ter em mãos tesouras ou estruturas Puxar linha Colocar terças Conferir a estrutura do telhado Colocar telhas centrais Colocar telhas laterais Colocar cumeeira central Colocar cumeeira espigão Montar rufos e calhas Fazer correção superficial, conexões e encontros Colocar os fechamentos das cumeeiras 12 MAXIMA - A telha eficiente MAXIMA - A telha eficiente 13 Sequência de montagem As telhas devem ser fixadas em terças e o distanciamento máximo deve ser obedecido. Para a instalação da telha, coloque a primeira folha na parte mais baixa. Certifiquese de seu alinhamento com a linha do próprio telhado. Fixe a parte baixa da telha, e depois, vá fixando a parte de cima. Coloque a terceira e a quarta telha e, logo em seguida, certifique-se novamente de que as superfícies laterais e o beiral do telhado estejam alinhados. Repita esse procedimento até terminar o telhado, conforme a ordem numérica da figura a seguir. Importante Todas as telhas devem estar sobrepostas (trespasse) nas laterais, nos cantos e em outros pontos, e as laterais devem estar sempre encaixadas e parafusadas. A instalação de telhados de quatro ou mais lados deve sempre começar com a primeira folha na parte central e depois deve serguir para as laterais. Importante Os furos devem ser feitos na parte alta das ondas e, no mínimo, em três pontos, de acordo com o modelo abaixo. Os parafusos são autobrocantes, mas para a sua fixação em madeira, é necessário abrir uma guia com broca de 4 mm. Peça de apoio Para melhor estanqueidade de sua cobertura, utilize os kits especiais de fixação e de vedação da MAXIMA. Importante A face da telha com mais brilho deve sempre estar voltada para cima. Para os telhados com mais de duas águas, é necessário, antes da instalação das cumeeiras laterais, aplicar primer de aderência e, após duas horas, fixar uma fita autoadesiva e aluminizada de 100 mm para vedação na junção das telhas. No encontro de águas, antes da aplicação das cumeeiras, para uma melhor estanqueidade, recomenda-se o uso de fita de vedação. 1º 2º 3º 4º 5º 6º Nos encontros das telhas, a extremidade deve ser fixada a 100 mm da borda. No encontro da primeira com a segunda telha, deve-se respeitar, também, essa distância. 100 kit Beiral Para um melhor acabamento do beiral, sugere-se que um ripão e um avanço de madeira de 0,58 m sejam instalados. Os caibros de apoio devem ter espaçamento de 3 m. : Avanço da telha em balanço: máximo de 100 mm / Perguntas Frequentes Como calcular a quantidade de telhas para o telhado? Divida a área de cobertura (considerando a declividade) pela área útil da telha a ser usada. Exemplo: A cobertura colonial tem 280 m² de área, com telhas de 2,30 m. A área útil das telhas de 2,30 m equivale a 1,87 m. Portanto, 280 m² 1,87 m = 150 unidades de telhas Como calcular a quantidade de peças complementares? Divida o comprimento linear a ser fechado pelo comprimento útil da cumeeira escolhida. Exemplo: Comprimento linear de 18,60 m comprimento útil (cumeeira) de 0,80 m = 23,25 peças, ou seja, 24 unidades de Cumeeira Central Como cortar a telha de PVC? Caso seja necessário cortar as telhas ou peças complementares, utilize serra elétrica, serrote, arco de serra ou serra tico-tico. As telhas ressecam ou quebram com o passar do tempo? As telhas de PVC possuem excelente flexibilidade, o que permite sua exposição às intempéries sem ressecamento ou quebra por muitos anos, oferecendo mais durabilidade do que as telhas convencionais. Por serem de PVC, não há muito barulho em momentos de forte chuva? Pelo contrário. O PVC contribui para o amortecimento da chuva e impede a transmissão do som em sua totalidade. A redução no ruído é de cerca de 17% em relação ao ambiente externo. Como limpar as telhas de PVC? Por serem bem lisas, a própria chuva promove periodicamente uma limpeza em sua superfície. No entanto, caso haja necessidade, utilize apenas água e sabão neutro para realizar a limpeza. Tome as precauções necessárias para evitar escorregões ou quedas. As telhas de PVC podem ser pintadas? A cor inicial possui longa vida útil, mas caso o proprietário tenha interesse em modificá-la, ele pode fazer a pintura com tinta epóxi apropriada. Durante a colocação do telhado, foi feito um furo no local errado. Como tampá-lo? Para cobrir o furo, basta usar silicone colorido para coberturas. Devido à impermeabilidade da telha, pode ocorrer, em regiões de muita umidade, uma condensação na área interna? A tecnologia do PVC não permite a transferência de umidade, de um lado para o outro, sobre a superfície das telhas. Além diss
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x