Documents

LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DO RUÍDO EM ÁREAS vivaplast

Description
LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DO RUÍDO EM ÁREAS HABITADAS, VISANDO O CONFORTO DA COMUNIDADE. 1. INTRODUÇÃO O presente trabalho realiza-se em cumprimento à requisição da Fundação do Meio Ambiente - FATMA, tendo em vista a intenção de verificar se a atividade de reciclagem de material plástico, pode causar algum incômodo a população residente no entorno da empresa VIVAPLAST RECICLAGEM LTDA ME. Até o presente momento não foram evidenciados queixas destes moradores, porém a empresa objetiva com esta
Categories
Published
of 9
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  9/1   LAUDO TÉCNICO DE AVALIAÇÃO DO RUÍDO EM ÁREAS HABITADAS, VISANDO O CONFORTO DA COMUNIDADE. 1. INTRODUÇÃO O presente trabalho realiza-se em cumprimento à requisição da Fundação do Meio Ambiente - FATMA, tendo em vista a intenção de verificar se a atividade de reciclagem de material plástico, pode causar algum incômodo a população residente no entorno da empresa VIVAPLAST RECICLAGEM LTDA ME.  Até o presente momento não foram evidenciados queixas destes moradores, porém a empresa objetiva com esta analise garantir que isso não ocorra. Visando verificar as condições da atividade, o técnico subscrito realizou no dia 01 (um) do mês de outubro do corrente ano, no período compreendido entre 16:00 e 17:00 horas, período de maior atividade da empresa, medições e vistoria in loco , tanto na possível fonte emissora de ruído, como nas extremas do imóvel. 2  –  DADOS GERAIS 2.1. Informações de Empresa Razão Social: VIVAPLAST RECICLAGEM LTDA ME Nome Fantasia: VIVPLAST CNPJ: 13.612.052/0001-60 End.: Rod. BRN 457  –  Travessão  –  Braço do Norte/SC. CNE: 38.32-7-00 - Recuperação de materiais plásticos   Grau de risco: 03  9/2   2.2. Responsável pelo Laudo Nome: Edgar Schlickmann Profissão: Engenheiro Ambiental / Engenheiro Segurança do Trabalho CREA-SC: 88213-4 End. Rua Gov. Jorge Lacerda, 956  –  Centro - Braço do Norte/SC. CEP 88750-000. 3. MEDIÇÕES DOS RUÍDOS NA HORA E LOCAL DE OCORRÊNCIA Na elaboração deste laudo seguiu-se a Resolução CONAMA n.º 001 de 08 de março de 1990 que instituiu as normas técnicas estabelecidas pela NBR 10.151 - Avaliação do ruído em áreas habitadas visando o conforto da comunidade e pela NBR 10.152 - Níveis de ruído para conforto acústico , ambas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para que as entidades e órgãos públicos, no uso do poder de polícia, possam compatibilizar o exercício das atividades econômicas com a preservação da saúde e do sossego público.  As medições dos níveis de ruído foram feitas no local e hora de maior movimento da atividade, na escala de compensação A, em decibéis dB(A) e nível sonoro medido (LA), em resposta de leitura rápida (LF), para ruídos de nível constante; ou, nível sonoro equivalente (Leq) para ruídos de nível flutuante. Fou utilizado o instrumento de medição de Nível de Pressao Sono da marca Instrutherm modelo DEC-420. O instrumento utilizado está devidamente certificado e calibrado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), de acordo com o Certificado de Calibração de número 16417/10, emitido pelo Laboratório de Calibração INSTRUTERM, conforme cópias em anexo.  9/3   3.1. Condições de medição Nas medições realizadas em ambiente externo, utilizou-se o aparelho a 1,2 m acima do solo e, no mínimo, a 1,5 de superfícies refletoras, e distância de no máximo 5m (cinco metros) da divisa do imóvel onde se localiza a fonte emissora. Procurou-se evitar distorções oriundas de ondas estacionárias. Procurou-se evitar interferência, nas medições realizadas, de sons não desejados como ventos no microfone ou corrente elétrica. Durante as medições não houve variação das condições climáticas, inclusive de vento, que pudessem interferir no nível de ruído captado pelo microfone do aparelho medidor. 3.2. Os níveis sonoros medidos Os níveis sonoros foram medidos na data, horário e condições especificadas, em cinco (5) pontos:    Ponto 1 No interior da empresa;    Ponto 2 Na limite da propriedade, na lateral esquerda da fábrica na Rod. BRN 457;    Ponto 3 No limite da propriedade logo a frente da entrada principal da empresa.  9/4      Ponto 4 No limite da propriedade, lado direito da empresa, próximo a porta principal;    Ponto 5 Nos fundos da empresa a um distancia de 5 metros da empresa.  A seguir, ilustra-se, com um croqui , sem escala, dos pontos de medição dos ambientes dos reclamantes em relação com a possível fonte emissora de ruídos. Figura 01  –  Croqui sem escala, dos pontos de medição no entorno da fonte emissora de ruídos.
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks