Brochures

Manual Quebra-Galho - M. G. Queiroz

Description
manual quebra galho da Land Rover Defender
Categories
Published
of 619
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Introdução MANUAL QUEBRA-GALHOVolume I - MecânicaEscrito para e por proprietários de Land Rover Defender TdiUm guia útil para viajantes, expedicionários, amantes do off-road e aprendizes de mecânico.Texto revisto em : 03/jul/2012Revisão nr. : 66Proibido a reprodução PARCIAL do Manual.Em caso de reprodução total do texto, fazer constar sempre a referência bibliográfica. Proibidoutilização com qualquer tipo de conotação comercial.As informações contidas neste Manual foram obtidas de diversas fontes e colaboradores, em suamaioria, de participantes das listas LROA, Clube Land Rover e Forum 4x4 Brasil.TERMO DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADES:Use as informações contidas no volume I com cautela pois ESTE MANUAL NÃO É TÉCNICO. Asfontes e o conteúdo das informações não foram previamente verificados! As informações contidasneste Manual, na sua maioria, provém de amadores, simples proprietários de veículos da marca.Por tais razões, os autores dos textos aqui compilados e o editor deste arquivo NÃO SERESPONSABILIZAM POR QUAISQUER DANOS MATERIAIS, FÍSICOS OU PESSOAIS, bemcomo QUAISQUER TIPO DE PREJUÍZOS QUE VENHAM SER CAUSADOS PELASINFORMAÇÕES AQUI CONTIDAS.Este Manual foi preparado com o propósito de auxiliar aqueles que estão ou estarão afastados degrandes centros urbanos. Nas cidades, procure sempre um bom profissional para resolver osproblemas que seu carro apresentar.O “Manual Quebra-Galho” é constituído pelos seguintes volumes :I - Dicas MecânicasII - Guia de Viagens, Parte I - BrasilII - Guia de Viagens, Parte II - AméricasII - Guia de Viagens, Parte III - Primeiros Socorros III - Páginas AmarelasIV - “Engine Overhaul Manual” (cópia do manual srcinal)V - “Catálogo de Peças Maxion” (cópia do manual srcinal)  VI - “Workshop Manual” (cópia do manual original)VII - “Gearbox Manual” (cópia do manual srcinal)VIII - “Transfer Case Manual” (cópia do manual srcinal)IX - Manual de manutenção MAXION (cópia do manual original)X - Workshop Supplement (cópia do manual srcinal)XI - Electric Circuit Diagrams (cópia do manual srcinal)XII - Electric Circuit Diagrams - 2002 (cópia do manual srcinal)XIII - Electrical Library 2002 (cópia do manual srcinal)XIV - Electrical Circuit Diagrams - 2002 - English Export (cópia do manual srcinal)XV - Locais de aplicação de soro anti-peçonhento em MGXVI - Locais de aplicação de soro anti-peçonhento no RJXVII - Catálogo de peças BearmachXVIII - Catálogo FORD de peças para motor MAXIONXIX - 2 5L Td Turbo_maintenanceXX - Trocando correia dentadaXXI - Defender Water IngressXXII - Código de Trânsito, ArgentinaXXIII - Acidentes com animais peçonhentosXXIV - Catálogo de peças da JAP Auto PeçasColaborações serão sempre bem-vindas e devem ser encaminhadas amurilo.galvao.queiroz@gmail.com  Notas da versão eBook do MQG - Para a leitura deste eBook o leitor recomendado é o Gitden Reader (http://gitden.com); - Gestos como “dois toques” e “pinçar” podem ser usados para dar “zoom” nas tabelas e imagens;- Outros leitores que poderão funcionar são o Google Play Books, e o iBooks. Deve ser escolhido umleitor que tenha o recurso e formate adequadamente as tabelas contidas neste eBook; - Esta versão não substitui a versão srcinal em PDF; Recursos da versão eBook: - Navegação por meio da “Tabela de Conteúdo” disponível no menu de navegação do aplicativo; - Uso de hyperlinks para navegação;- Tabelas e imagens com recursos de navegação;- O tamanho da letra pode (e deve) ser escolhido;- Uso de “Marcadores”: uma vez marcado o texto, ele aparece no menu de navegação; - No menu de navegação do Gitden também está disponível a lista de tabelas e a de figuras.  Nossos carros A - Não sei se um dia terei a oportunidade, mas gosto de sonhar com o fato que se eu pegar meu300tdi sem qualquer preparo e decidir atravessar o mundo, não vou ter uma ECU para me deixar namão ou diesel ruim para interromper meus planos. Vou trepidando e regulando válvulas, mas vousempre, seja o diesel bom ou ruim. Pior que pode acontecer é encostar num mecânico desmontar unspedaços, soldar outros e pronto. Este era o espírito Go Anywhere Land Rover, onde simplórios motores de baixa compressãoatravessavam o mundo bebendo qualquer porcaria de combustível e onde qualquer pessoamecanicamente inclinada podia te ajudar.Um simples mecânico na India torneou novas válvulas para um cansado “Spries” de um inglês em suasolitária expedição a bordo de seu Land Rover apelidado de Kettle (chaleira). Veículo, onde umovem estudante de comunicação da PUC é capaz de consertar um comando de válvula de um colegano meio do Atacama com uma única chave 13. Onde uma mangueira de Corcel 1 te trás para casa.Onde água sulfúrica de geiser, jogada a balde sobre o motor, traz a vida ao diesel congelado no altodos Andes. Onde mesmo sem concessionária LR, qualquer um pode te ajudar.Muitos tem o Land Rover não só como um meio de transporte, mas sim pelo seu significado esimplicidade. Rústico e honesto, ainda que seja um tanto problemático.Enfim, minha idéia de Go Anywhere Vehicle acaba no 300tdi.. Por pior que ele seja. Se no seulugar tivéssemos o terrível e efervescente Diesel Turbo, seria este que escolheria. No fim das contas:Luz para arrumar meu motor? De uma vela me basta.Se projetarmos os benefícios de um carro com eletrônica, como conforto e emissões, o resultado seráalgo entre Lexus, Prius e Smart.Os eletrônicos podem até ter suporte por muitos anos, mas sua intolerância ao inóspito será eterna.Um paradoxo em relação a sua proposta. O resultado contradiz todos seus ideais, apenas paraatender as novas normas de emissão e a Controlar (em SP).Controlar ? Parafrasearei o Fraga em sua entrevista para a Globo: Errado é o método, e acrescento;pior é o combustível.Já pago meus impostos, e agora ainda tenho que andar com carro fresco para passar num exame deemissões, porque o combustível que me vendem solta fumaça? Tem limites. Problemas não são os300tdi, mas sim da corja de políticos lucrando com esta pretensiosa e hipócrita vistoria, em terra de27% de inadimplentes de IPVA e combustível com teor de enxofre. B - Eu acho que o que mais encanta no Defender é o seu jeitão de carro antigo, desenho quadrado,rebites, carroceria de alumínio (diferencial em todas as categorias) espaço interno, único nacategoria, baixa manutenção, pouca tecnologia eletrônica embarcada, altamente espartano, simples,mecânico, suspensão excelente, fácil de customizar, confortável, rústico, muitas peças intercabiáveise de fácil reposição, melhor redução da categoria, 4x4 integral, opção de bloqueio sem redução,facilidade de aquisição de sobressalentes no mercado, vidros planos (que para mim acho umatremenda desvantagem por causa dos reflexos) mas de fácil reposição. C - Histórico dos motores : Em 1989 a LR lançou o 200Tdi, anunciado como primeiro motor do mercado acima de 100HP cominjeção direta de combustível e turbinado (Turbo Direct Injection).O sucessor deste motor, usando o mesmo bloco, foi o 300Tdi; em 1991 a LR veio para o Brasilprocurando locais para a montagem do Defender aqui (chegaram a entrar em contato com donos de
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks