Documents

Modelo Das Cinco Forças de Porter Aplicadas Numa Farmácia de Manipulação no Município de Campina Grande - PB

Description
MODELO DAS CINCO FORÇAS DE PORTER APLICADAS NUMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE - PB Charles Cavalcante Marques (UFCG) Hélio Cavalcanti Albuquerque Neto (UFCG) Danyely Resende Martins (UFCG) Sheysa Danyelle de Freitas Leite (UFCG) Patrício Henrique Vasconcelos (CESAC) RESUMO: Atualmente há constantes alterações de mercado, acompanhá-lo sem perder a eficácia e sustentar a qualidade no atendimento ao cliente consiste num dos grandes desafios para as empresas farmacêuticas.
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  MODELO DAS CINCO FORÇAS DE PORTER APLICADAS NUMA FARMÁCIA DEMANIPULAÇÃO NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE - PB Charles Cavalcante Marques (UFCG)Hélio Cavalcanti Albuquerque Neto (UFCG)Danyely Resende Martins (UFCG)Sheysa Danyelle de Freitas Leite (UFCG)Patrício Henrique Vasconcelos (CESAC) RESUMO: Atualmente há constantes alterações de mercado, acompanhá-lo sem perder a eficácia esustentar a qualidade no atendimento ao cliente consiste num dos grandes desafios para as empresasfarmacêuticas. Com isso, a estratégia de produzir medicamentos sob encomenda, de forma artesanal enão seriada, aspirando soluções farmacêuticas para a melhoria na qualidade de vida de umadeterminada comunidade é primordial para as ações que oferecem uma maior dinâmica às práticasestratégicas da empresa e, por conseguinte, ao aumento da sua competitividade. Este artigo,caracterizado exploratório, analisa tal forma de estratégia em uma farmácia de manipulação por meiodo modelo das cinco forças de Porter, verificando-se que a empresa apresenta uma situação favoráveldentro do cenário competitivo onde atua, porém necessita de um maior investimento no canal demarketing, a fim de possibilitar uma expansão mercadológica.Palavras-chave: Forças de Porter, Estratégia, Farmácia de manipulação. INTRODUÇÃO: A preocupação com a estratégia empresarial e com a eficiência no gerenciamento dasoperações em uma organização tem sido a máxima para geração de valor nas atividadeseconômicas, entretanto, ressalta-se a necessidade de construir mecanismos eficientes degerenciamento que também sejam capazes de impulsionar as estratégias em longo prazo.Diante desta discussão, revela-se a importância da avaliação dos ambientes onde asorganizações encontram-se inseridas, assim como, a determinação de estratégias compatíveiscom a prospecção de cenários para a atividade, e somadas a estas, é fundamental, levantar osaspectos ambientais com base em indicadores de ameaças e oportunidades, lembrando queestes, deverão estar alinhados metodicamente a fim de tornar eficazes os sistemas de decisãogerenciais, principalmente no que se refere à formulação, adaptação e implementação deações definidas pela consecução dos planos estratégicos.O grau de concorrência em uma indústria, segundo Porter (1991), depende de cincoforças competitivas básicas, e composição dessas forças determina o potencial de lucro finalna indústria, pois elas influenciam preços, custos e investimento necessário das empresas.Essas forças determinam os elementos do retorno sobre o investimento. Assim, para que aempresa possa traçar uma estratégia viável que lhe permita lidar com estas forças, ela precisa  entender como as mesmas agem afetam a indústria a fim de estabelecer uma posição menosvulnerável em relação a seus concorrentes. As cinco forças são: − Ameaças de novos entrantesOs novos concorrentes representam a ameaça de novas estratégias, respaldadas nointeresse de ganhar mercado, normalmente com investimentos consideráveis para atingir seusobjetivos. Sua entrada é dificultada, ou não, pela reação dos concorrentes existentes e por  barreiras à entrada. Se as barreiras forem elevadas e a reação esperada das empresas existentesfor vigorosa a ameaça de entrada é reduzida, no caso contrário ela é elevada. − Ameaças de produtos substitutos Num setor as empresas estão sempre em concorrência com empresas de outrossetores que produzem produtos substitutos. Estes limitam a rentabilidade potencial de umsetor colocando um teto nos preços que as empresas podem praticar. Produtos substitutos quemerecem atenção especial são aqueles cuja relação preço/rendimento tem tendência a ser superior à dos produtos do setor, ou são produzidos em setores altamente rentáveis. − Poder de barganha de compradoresOs compradores exercem forte influência na medida em que exigem mais qualidadedos produtos por um preço menor, aumentando a competitividade entre os concorrentes.Assim para diminuir o impacto dessa força a empresa pode selecionar o tipo de clientes aquem vender, escolhendo aqueles que tiverem menor poder, essa visão torna-se uma decisãoestratégica de grande importância. − Poder de barganha dos fornecedoresTrata-se da força demonstrada pelos compradores ao negociar com compradores,ameaçando elevar preços ou reduzir a qualidade de seus serviços. Os fornecedores podemexercer poder de negociação sobre os participantes de uma indústria ameaçando elevar preçosou reduzir a qualidade dos bens e serviços fornecidos. Ademais, eles podem sugar arentabilidade de uma indústria. − Rivalidades entre os atuais concorrentesQuando se fala em concorrentes, rapidamente pensa-se em rivalidade ecompetitividade. Assim, todas as manobras realizadas pelas empresas objetivam conseguir uma posição mais favorável em relação a outras, para a manutenção de um mercado ouampliação do mesmo, através de competição de preço, introdução de novos produtos ouguerras de propaganda. Em decorrência disso, a empresa que tiver maior flexibilidade para2  responder aos ataques da concorrência tem as maiores chances de crescimento ousobrevivência.Portanto, o objetivo do artigo é identificar a estratégia a ser adotada pela farmácia demanipulação em detrimento da análise ambiental do seu mercado de atuação, bem comoapresentar como são utilizadas algumas ferramentas para a efetivação de um planejamentoestratégico. METODOLOGIA: O presente artigo é caracterizado por um estudo de caso numa farmácia demanipulação localizada na cidade de Campina Grande no estado da Paraíba. O levantamentodos dados foi baseado: −  Na coleta de documentos operacionais da empresa e pesquisa bibliográfica; −  Nos exames criteriosos dos documentos da empresa; −  Na observação não-participante, da adoção da estratégia existente; −  Na aplicação de entrevistas estruturadas, baseadas em um roteiro pré-definido a partir doconteúdo da fundamentação teórica, bem como as inferências dos pesquisadores, obtidasatravés da observação não-participante.Para análise dos dados, foi utilizado o método das cinco forças de Porter por meio davinculação das informações coletadas. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Segundo Albuquerque Neto et al. (2009), a farmácia de manipulação produzmedicamentos manipulados com ou sem prescrição médica e produtos de tocantediferenciado. Na farmácia em questão, os medicamentos são manufaturados por umfarmacêutico de nível superior e cinco técnicos devidamente treinados, trabalhando em doisturnos de quatro horas, de segunda-feira a sexta-feira, e um turno aos sábados (no período3  matutino), sem utilização de horas extras. Esta desempenha um papel importante na melhoriada saúde pública de uma sociedade, permitindo flexibilidade na comercialização de variados produtos manipulados e medicamentos voltados aos pacientes com uma dosagem personalizada e a um baixo custo. De acordo com o que fora explicitado anteriormente naintrodução, as forças que manejam a concorrência da farmácia de manipulação, são avaliadasa seguir. − Ameaças de novos entrantesA empresa não se sente ameaçada pela entrada de novos entrantes, pois criar umaempresa no ramo farmacêutico necessita de um grande capital de giro, além de ser muitocomplexo, principalmente pelas exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária(ANVISA). Outro aspecto que dificulta o surgimento de novas farmácias de manipulação sãoas marcas que atuam no mercado já estarem consolidadas. Além disso, pode-se ressaltar que énecessário obter os laboratórios padronizados com controle de umidade e temperatura,departamentos separados, funcionários comprovadamente treinados e fornecedores fixos paraos primeiros meses do empreendimento, o que acarreta alto custo para novos entrantes. − Ameaças de produtos substitutosComo o produto manipulado é feito sob a medida do cliente, não há relação de possíveis produtos substitutos. A ameaça existente são a dos concorrentes. − Poder de barganha de compradoresOs medicamentos manipulados representam uma fração média em relação à renda doconsumidor, pois são feitos sob medida para o cliente de acordo com a especificação médica.Mesmo assim, os medicamentos são muito importantes para os consumidores, tendo em vistaque a maioria destes não podem ser encontrados em drogarias. O preço é reduzido com promoções ou liquidações, principalmente no período de alta sazonalidade que compreendemos meses de setembro a dezembro, onde há maiores descontos. Como a empresa tem a missãode crescer com q qualidade de produtos para o consumidor, ela possui um Serviço deAtendimento ao Consumidor (SAC) que busca relatar experiência dos consumidores sobreseus produtos e serviços. O SAC interfere diretamente na estratégia da empresa, já quedependendo das sugestões e/ou críticas apresentadas, elas possam ser adotadas pela empresa. − Poder de barganha de fornecedoresA empresa possui diversos fornecedores devido a ser um empreendimento varejistade produtos manipulados (medicamentos e cosméticos), além dos seus produtos possuíremum tocante diferenciado. Entretanto todos os fornecedores são brasileiros, onde se preza a4
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x