Arts & Architecture

O PODER OLFATIVO O HOMEM E O ANIMAL

Description
O PODER OLFATIVO O HOMEM E O ANIMAL O homem tem olfato menos desenvolvido do reino animal. Vejamos os exemplos: O cachorro Fox ao cheirar uma árvore, identificará não somente que outro Fox esteve lá, como
Published
of 35
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
O PODER OLFATIVO O HOMEM E O ANIMAL O homem tem olfato menos desenvolvido do reino animal. Vejamos os exemplos: O cachorro Fox ao cheirar uma árvore, identificará não somente que outro Fox esteve lá, como é capaz de reconhecer qual era. O salmão não só reconhece olfativamente seu caminho para voltar ao mar, após a desova, como também a combinação específica de odores de seu rio nativo. A borboleta macho detecta o odor de uma fêmea a muitas milhas de distância, embora ela carregue menos que um milésimo de mg de seu Perfume e exala uma proporção mínima disto no ar. Os hamsters delimitam seu território com um odor glandular que o homem não consegui sentir. Por que o homem tem a capacidade olfativa tão limitada? A primeira função do nariz humano é ser canal pré-aquecedor e filtrante do ar que vai aos pulmões. Cheirar é função secundária. As células olfativas ocupam uma função muito limitada na mucosa nasal. Há somente cerca de cinco milhões destas células, enquanto um cachorro pastor de carneiros das montanhas, na Alemanha, tem cerca de 220 milhões. Porém, este mesmo cachorro, tem um nariz mil vezes mais apurado que o homem (e não só 44 vezes). Ele detecta sem ver o inimigo, o predador, seu limite de território, o seu caminho. O homem com sua capacidade de ver, raciocinar, falar, discutir, foi tendo sua capacidade olfativa atrofiada. PERFUMARIA É UMA ARTE O perfumista mistura os odores como um pintor o faz com suas cores e o músico com os acordes de notas. A fragrância é feita de três partes: 1 TOP NOTE ou NOTA DE CABEÇA ou NOTA DE SAÍDA. É a porção mais volátil da composição. Deliberadamente acentuada pelo uso de ingredientes altamente voláteis: óleos cítricos (bergamota, limão, laranja), lavanda, petitgrain. A escolha do TOP NOTE é muito importante ao fazer a fragrância, pois o impacto dará a primeira impressão do produto e a venda dependerá muito desse fato. DURAÇÃO: até mais ou menos 15 minutos 2 BODY NOTE ou NOTA DE CORPO É o caráter do tema do perfume. Este caráter dura algumas horas e será essencialmente responsável pelo sucesso do perfume. Faz-se uso de produtos de tenacidade e volatilidade intermediárias: Spice (noz moscada), Floral (muguet, rosa, lavanda), Químicos (aldeídicos) e como os de mais baixa volatilidade, temos os Amadeirados (sândalo, cedro, patchouly). DURAÇÃO: dos 15 minutos iniciais até 3 a 4 horas 3 DRY OUT OU FIXACÃO. É a terceira parte, que é o exame depois de algumas horas ou dias. Utilizase componentes de baixa volatilidade: Resinas, Notas Amadeiradas e Musks. DURAÇÃO: após 4 a 5 horas até o dia seguinte No entanto, uma essência deve ser balanceada, redonda, com uma integração perfeita das fases ou partes, esquematicamente: INTEGRAÇÃO FENDA OU BURACO INTEGRAÇÃO Ou algumas vezes com pontes: LAVANDA BERGAMOTA PETITGRAIN Como foi visto, a fase de integração é muito importante. Um exemplo é o patchouly que aparece no corpo e na fixação. Musgo é outro exemplo que aparece em todas as fases. 1. ORIGEM FONTE NATURAL: Vegetal Animal SÍNTESE: Orgânica Semivegetal (Quando a síntese é realizada a partir de reagentes naturais). 2. PROCESSOS DE OBTENÇÃO As matérias-primas de origem animal, normalmente são utilizadas na forma de tintura. Este preparo é obtido através de uma extração que consiste em colocar o órgão ou material secretado em repouso dentro de um solvente apropriado. Em seguida efetua-se a filtração, obtendo-se a tintura. Se no processo houver a influência do calor, teremos uma infusão. As matérias-primas de origem vegetal são obtidas em função das propriedades físicas (volatilidade), do rendimento e o local da planta onde se encontram. Os processos mais importantes são: DESTILAÇÃO A VAPOR Quando o óleo essencial é volátil. Exemplos: Flor de laranjeira (ou Nelori) e Lavanda (Flores), Patchouly (Folhas), Sândalo e Cedro (Tronco), Celery (Semente). PRENSAGEM Quando o óleo essencial é volátil, porém, altera-se com o calor. Por meio de uma compressão obtém-se, por exemplo, os óleos da casca de frutas cítricas como: limão, laranja, etc. EXTRAÇÃO Neste processo, substâncias aromáticas são separadas do material de origem por meio de solventes orgânicos. Pode ser utilizado para óleos essenciais de alto ponto de ebulição e para produtos secretados pela planta (Resinas). O material a ser processado é imerso no solvente e aquecido. Após um curto tempo, o solvente terá absorvido as substâncias aromáticas (a escolha do solvente, a temperatura e a duração do processo, irá variar dependendo do produto). No estágio seguinte, o solvente é evaporado e à mistura restante dá-se o nome de Concreto. Este processo acarreta produtos não solúveis em álcool, principalmente graxos. Se este concreto for misturado com álcool, aquecido cuidadosamente, resfriado e finalmente filtrado, os produtos graxos serão removidos e resultará num produto totalmente solúvel em álcool denominado Absoluto, de grande utilização na perfumaria. Exemplos: Labdanum, Benjoim. ENFLEURAGE Este processo é aplicado principalmente em flores que não produzem uma quantidade apreciável de óleo essencial, através da destilação a vapor (baixo rendimento), ou em flores muito delicadas para suportarem exposições ao calor e vapor. Além disso, existem certas pétalas que continuam a produzir óleos essenciais e liberar vapores perfumados, mesmo depois de colhidas. Durante o processo de enfleurage, uma base gordurosa colocada sobre uma bandeja irá absorver todo o óleo essencial contido na flor. As flores aderidas às placas gordurosas, são deixadas por 24 horas. Em seguida, são retiradas e um novo ramalhete de flores é espalhado sobre a mesma camada de gordura, repetindo o processo até 36 vezes, para que a gordura fique totalmente saturada de óleo essencial. Em seguida parte-se para o processo de extração. Exemplo: óleo essencial de tuberosa. 3. INFLUÊNCIA NA QUALIDADE As de origem sintéticas podem ter um controle maior e a influência na flutuação da qualidade poderia ser resultante do tipo e da qualidade do solvente utilizado, bem como equipamentos, etc. Enfim, depende somente da tecnologia. As de origem natural vegetal, no entanto, sofrem influência não só da tecnologia, mas da própria natureza, ou seja, um determinado óleo essencial, olfativamente terá diferenças sensíveis, dependendo: A. Local de cultivo (Europa, Ásia, África, etc.). B. No mesmo local, em função de acidentes geográficos (base, topo ou encosta da montanha, planície, etc.). C. No mesmo local, em função da idade do terreno. Não há nenhuma linguagem descritiva satisfatória na perfumaria. Existe sim, um vocabulário especializado e limitado, porém uma vez interpretado, remove muito do místico. Por outro lado, há farta literatura citando diversas e diferentes nomenclaturas e seguiremos a que se baseia no comitê do American Society of Perfumes Inc. Assim, as notas simples da perfumaria (mais tarde veremos os tipos de fragrâncias) podem ser classificadas do seguinte modo: FLORAL ALDEÍDICA BALSÂMICA/DOCE CÍTRICA SPICE ANIMAL VERDE MUSGOSA AMADEIRADA FRUTAL CONÍFERA COURO OZÔNICA AROMÁTICA MARINHA HERBAL E algumas composições como: FOUGÈRE E CHYPRE FLORAIS Provenientes das flores naturais. Utilizadas no corpo da fragrância e como agentes da interação TOP CORPO e CORPO DE FUNDO. CÍTRICAS São provenientes das furtas cítricas e utilizadas para dar o TOP da fragrância. Sua característica é refrescância e difícil fixação. FRUTAIS Além dos cítricos que têm sua origem nas frutas, outros produtos têm conotação frugal. Exemplos sintéticos: VERDES Verdural Extra conotação de pera. Antranilato de metila conotação de uva. Melonal conotação de melão. Tem conotação de folhas molhadas, cortadas ou terra molhada. Dá o caráter natural e de refrescância ao perfume, fazendo parte do TOP NOTE, às vezes do BODY NOTE e, portanto, da integração TOP BODY. SPICE (ESPECIARIAS) As notas Spice ou Especiarias são, na perfumaria francesa, conhecida como cravo, canela, gengibre, noz moscada, etc. A sua utilização é universal, desde colônias até sabonetes. CONÍFERAS São de origens diversas, porém com uma característica comum: dão refrescância ao TOP. AROMÁTICAS São notas que dão conotação típica proveniente de elementos da culinária. Apresentam-se no TOP, CORPO e FUNDO, portanto na interação TOP CORPO e CORPO DE FUNDO. AMADEIRADAS Um grupo muito importante no BODY NOTE e DRY OUT. Com a maceração, arredonda o TOP. POLVOROSAS, BALSÂMICAS E DOCES Este grupo caracteriza-se por ter uma nota em comum: Doce Balsâmica. ANIMAIS Neste grupo destacamos os materiais de origem animal, muito importantes na composição dos perfumes, dando o caráter sensual à fragrância. ALDEÍDICAS Seu odor é típico, algo picante. Dão TOP na fragrância e contribuem como agente interligante ao CORPO. MUSGO É uma espécie de liquém (termo botânico que define a associação de uma alga com fungo), que cresce sobre as árvores de carvalho em todo o centro sul da Europa, principalmente Yugoslávia e França. Existe uma outra espécie que cresce sobre certos pinheiros das florestas úmidas da Europa, conhecidas como musgo de árvore. COURO É um termo muito utilizado na perfumaria, envolvendo um grande número de notas de origem sintética e natural, que reproduzem o odor de couro. Não existe nenhum produto disponível comercialmente, baseado em couro natural. Na França, as notas Couro são geralmente conhecidas como Cuir ou Cuir de Russie. OZÔNICAS (AQUOSAS) São usadas como notas de cabeça/corpo, de grande poder de irradiação e potência, proporcionando um odor aquático peculiar. É uma família desenvolvida nos últimos anos, formada principalmente por especialidades químicas. São materiais que lembram natureza, ar, água fresca, cachoeira, etc., ou seja, são notas frescas, leves e aquosas. MARINHAS São notas usadas para reemplastar notas de mar e maresia, que predominam no corpo/fundo, mais que podem aparecer na cabeça dependendo de sua concentração na formulação, são notas de extrema fixação. HERBAL Notas com conotação de ervas. Dá o caráter natural e de refrescância ao perfume. Fazem parte do TOP NOTE. COMPOSIÇÕES CHYPRE É uma composição muito utilizada na perfumaria, caracterizada pela harmonia clássica de bergamota e musgo de carvalho. FOUGÈRE Outra composição muito utilizada na perfumaria. Lavanda, musgo de carvalho e cumarina formam o acorde básico desta composição. Sua aceitação é masculina, porém no Brasil, com adição acentuada de lavanda, tem tido boa aceitação entre as mulheres. FLORAL CÍTRICA FRUTAL CONÍFERA VERDE SPICE AROMÁTICAS AMADEIRADAS BALSÂMICAS ANIMAIS ALDEÍDICAS MUSGOSAS OZÔNICAS MARINHAS COURO HERBAL Tintas imobiliárias ( base: água) para mascarar cheiro de amoníaco e de acrílico para promover cheiro agradável Tintas imobiliárias (base: solvente) mascarar cheiro de solventes Tintas UV mascarar cheiro monômeros para promover cheiro agradável thinners e solventes mascarar cheiros indesejáveis Tintas para indústria têxtil (microencapsuladas) promover cheiro agradável em tecidos e roupas eliminar cheiros indesejáveis Tintas Impressão mascarar cheiros indesejáveis promover cheiro agradável promover cheiro do conteúdo da embalagem para páginas perfumadas de catálogos Tratamento efluentes mascarar cheiros indesejáveis No mundo das tintas, usamos essências para dois propósitos: 1. Para dar cheiro Essências de diversas notas para promover cheiros agradáveis. 2. Para não dar cheiro Essências de uma classe denominada mascarantes, ou seja, é uma essência capaz de reduzir ou eliminar cheiros desagradáveis. NOS CONSULTE PARA TRABALHARMOS A SUA NECESSIDADE.
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x