Film

O Turismo Rural no Município de Camboriú: uma análise sobre o potencial de atração de turistas que veraneiam no litoral da região

Description
UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Gestão CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ANDERSON PORTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO O Turismo Rural no Município de Camboriú: uma análise sobre
Categories
Published
of 121
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS Gestão CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ANDERSON PORTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO O Turismo Rural no Município de Camboriú: uma análise sobre o potencial de atração de turistas que veraneiam no litoral da região MARKETING ITAJAÍ (SC) 2008 ANDERSON PORTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO O TURISMO RURAL NO MUNICÍPIO DE CAMBORIÚ: UMA ANÁLISE SOBRE O POTENCIAL DE ATRAÇÃO DE TURISTAS QUE VERANEIAM NO LITORAL DA REGIÃO Trabalho de Conclusão de Estágio desenvolvido para o Estágio Supervisionado do Curso de Administração do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade do Vale do Itajaí. ITAJAÍ SC, 2008 Agradeço, principalmente, à minha família por todo apoio e força no alcance de mais um objetivo em minha vida. O meu muito obrigado, também, aos colegas, amigos e professores que caminharam comigo nesta jornada que agora está perto de ser concluída, toda a minha gratidão. EQUIPE TÉCNICA a) Nome do estagiário Anderson Porto b) Área de estágio Marketing c) Orientador de campo Sandro Rocha d) Orientador de estágio Prof. José Roberto Altoff, MSc e) Responsável pelo Estágio Supervisionado em Administração Prof. Eduardo Krieger da Silva, MSc DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA a) Razão social Prefeitura Municipal de Camboriú b) Endereço Rua Getúlio Vargas, nº 177 Camboriú/SC c) Setor de desenvolvimento de estágio Turismo d) Duração do estágio 360 horas e) Nome e cargo do orientador de campo Sandro Rocha Diretor da Secretaria de Turismo f) Carimbo e visto da organização RESUMO O turismo, na atualidade, vem demandando maior atenção por parte das gestões nos municípios. A busca por atividades alternativas no período de férias tem sido cada vez mais evidente em função da rotina que as grandes cidades vivem sem tempo para lazer. Sendo Balneário Camboriú um pólo turístico reconhecido em todo o país, é fundamental que conheçamos seu público, seus anseios, necessidades e opinião sobre os serviços e produtos que encontram-se disponíveis na cidade. Sendo assim, parte-se para o reconhecimento da cidade de Camboriú enquanto possível município com grande potencial no turismo rural. A diversidade encontrada fora da zona urbana oportuniza a prestação de serviços diferenciados, em busca da fuga da agitação e do barulho das grandes cidades. O presente trabalho foi realizado através do modelo de pesquisa-diagnóstico, sendo que para o levantamento dos dados qualitativos foi utilizada a entrevista junto a especialistas, questionário para amostra da população, pesquisa a documentos disponíveis na Prefeitura Municipal de Camboriú e a revisão bibliográfica junto a periódicos científicos. Os resultados alcançados abrangeram os objetivos propostos, sendo que a análise dos dados configurou que grande parte da amostra que busca Balneário Camboriú na condição de cidade litorânea, não procurou ainda o turismo rural como alternativa, mas estaria disponível para conhecê-la. Por fim, o resultado do estudo aponta para a necessidade de qualificar a imagem do turismo rural em Camboriú, melhorando sua infra-estrutura e investindo em novas atividades na região para tornar o turismo rural uma fonte de renda, empregos e conhecimento da cidade. PALAVRAS-CHAVE: Turismo Rural, Balneário Camboriú, Camboriú. LISTA DE ILUSTRAÇÕES Quadro 1 Modelo para analisar o ambiente externo Quadro 2 Modelo para análise do ambiente interno Quadro 3 Produto turístico Quadro 4 Classificação dos mercados Quadro 5 Fatores relacionados com a globalização que contribuem para o crescimento do turismo Figura 1 Os 4P s do mix de marketing Figura 2 Cascata do Encanto Vila das Pedras Figura 3 Cascata Zacarias Rio do Meio Figura 4 Restaurante Portal das Pedras Vila das Pedras Figura 5 Pousada Paraíso da Pesca Vila Conceição Figura 6 Pesque-pague Açanã Rio do Meio Figura 7 Pesque-pague Roque Vila das Pedras Figura 8 Espaço Rural Clarear Braço Figura 9 Recanto das Bromélias Braço Figura 10 Complexo Esportivo Zebra Rio do Meio Figura 11 Hotel Fazenda Caetés Caetés Figura 12 Cachoeira Seca Vila Conceição Gráfico 1 Faixa etária dos Entrevistados Gráfico 2 Escolaridade dos Entrevistados Gráfico 3 UF de Origem dos Entrevistados Gráfico 4 Tempo que os entrevistados freqüentam Balneário Camboriú Gráfico 5 Estado Civil dos Entrevistados Gráfico 6 Classe Econômica dos Entrevistados... 84 LISTA DE TABELAS Tabela 01 Médias e Desvios Padrões Tabela 02 Médias e Desvios Padrões das Dimensões Tabela 03 Pergunta H1 do Questionário Tabela 04 Pergunta H2 do Questionário Tabela 05 Pergunta H3 do Questionário Tabela 06 Médias e Desvios Padrões Tabela 07 Médias e Desvios Padrões das Dimensões Tabela 08 Ordenação das Dimensões Consideradas Importantes para a Escolha do Destino Turístico... 94 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO PROBLEMA DE PESQUISA OBJETIVOS DO TRABALHO ASPECTOS METODOLÓGICOS CARACTERIZAÇÃO DO TRABALHO DE ESTÁGIO CONTEXTO E PARTICIPANTES DA PESQUISA PROCEDIMENTOS E INSTRUMENTOS DE COLETA DE DADOS TRATAMENTO E ANÁLISE DE DADOS REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ADMINISTRAÇÃO GERAL ESCOLAS DA ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO ADMINISTRAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING COMPOSTO MERCADOLÓGICO VARIÁVEIS INCONTROLÁVEIS DO MACROAMBIENTE VARIÁVEIS CONTROLÁVEIS PLANEJAMENTO DE MARKETING TIPOS ESPECIALIZADOS DE MARKETING COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR HISTÓRIA DO TURISMO TURISMO NO BRASIL ECOTURISMO TURISMO RELIGIOSO TURISMO EM ESPAÇO RURAL O MUNICÍPIO DE CAMBORIÚ, SANTA CATARINA CARACTERIZAÇÃO DO MUNICÍPIO A ECONOMIA DO MUNICÍPIO...64 3.2 A PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ E SUAS SECRETARIAS A SECRETARIA DE PLANEJAMENTO, COMÉRCIO, INDÚSTRIA E TURISMO O TURISMO RURAL DE CAMBORIÚ NO PLANEJAMENTO MUNICIPAL EQUIPAMENTOS TURÍSTICOS DE CAMBORIÚ ANÁLISE DO PROJETO DO TURISMO RURAL DE CAMBORIÚ ANÁLISE DA ENTREVISTA REALIZADA COM SANDRO ROCHA SUPERVISOR DE TURISMO RURAL EM CAMBORIÚ APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DOS DADOS CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA MOTIVOS CONSIDERADOS RELEVANTES PELA AMOSTRA PARA VIR À BALNEÁRIO CAMBORIÚ ANÁLISE DAS RESPOSTAS SOBRE TURISMO RURAL CONSIDERAÇÕES FINAIS...97 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...99 DECLARAÇÃO DA EMPRESA ASSINATURA DOS RESPONSÁVEIS APÊNDICES ANEXOS...111 11 1 INTRODUÇÃO O turismo vem se mostrando aos mais diversos países do mundo como uma importante fonte geradora de renda e de divisas, engendrando empregos para milhares de pessoas e para as regiões onde é incentivado e explorado. O ambiente natural, por sua vez, constitui uma condição indispensável ao turismo, por isto, a inter-relação entre estes elementos não pode ser negada. Nesse sentido, as condições de vida nos espaços urbanos têm obrigado a população a procurar, nas suas férias ou em finais de semana, regiões com belezas naturais e com ar puro, capazes de suprir as deficiências do ambiente dos grandes conglomerados urbanos. O turismo rural é conhecido como a atividade turística que acontece fora da zona urbana, tendo como principal característica a inter-relação formada entre a atividade agrícola e a prática do turismo. Sua gênese se deu como uma alternativa encontrada pelos proprietários rurais fazendo com que o homem fosse ao campo em busca de atividades diferenciadas em momentos onde a zona urbana não pudesse dar conta desta demanda, seja pela falta de incentivos, de ordem pública ou privada, ou outros motivos que pudessem impedir o acesso às cidades com este objetivo. O turismo e a preservação ambiental não têm se revelado compatíveis, embora, atualmente, esteja ocorrendo uma maior preocupação com o habitat natural em todo o mundo. A responsabilidade por esta prática tem sido outorgada aos agentes de turismo, que devem buscar gerir o seu negócio com preocupações de continuidade, tomando decisões criativas e firmes sobre os novos turistas, principalmente os financeiramente privilegiados e com disponibilidade de tempo para as baixas estações; e que procuram um turismo de qualidade e em convivência com a natureza. Assim, outras formas de turismo, como o ecoturismo, o turismo rural e o lazer no meio rural estão surgindo, tendo por objetivo conter os impactos negativos da atividade ao meio ambiente. A cidade de Camboriú localizada em Santa Catarina, tem buscado desenvolver a prática do turismo rural, e para isto busca desenvolver equipamentos turísticos capazes de atrair turistas. Esses turistas por sua vez podem ser encontrados em diversos conglomerados urbanos, mas Camboriú por sua 12 proximidade com litoral, poderia tentar captar seus clientes nas cidades turísticas vizinhas por sua vez que os mesmos se encontram disponíveis para a pratica do lazer e do descanso. Neste contexto, esse trabalho buscará destacar os principais conceitos acerca do turismo rural encontrados na literatura, identificando a capacidade potencial que o turismo rural do município de Camboriú possui em atrair turistas que freqüentam as praias de Balneário Camboriú durante a alta temporada de verão. 1.1 Problema de pesquisa A importância do presente estudo reside no fato de que turismo rural, além de contribuir para aumentar a renda das propriedades rurais, possibilita a geração de empregos e tende a promover melhorias na infra-estrutura das cidades e das comunidades rurais.. Para Toresan et al. (2002), no estado de Santa Catarina estão se multiplicando iniciativas planejadas e organizadas, individual e espontaneamente, de implantação de circuitos e de empreendimentos turísticos. Sendo que este fatores estão relacionados a vocação turística do estado, que consegue desenvolver e oferecer destinos turísticos dos mais variados: festas eventos, campo, esporte, religioso, veraneio, entre outros. Entre as praias mais disputadas por turistas no Brasil, encontra-se uma das mais belas praias catarinenses: Balneário Camboriú. Famoso no Brasil e no exterior, este destino turístico contabiliza com um número aproximado de mais de um milhão de turistas visitantes a cada temporada de verão (PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ, 2008). Já o município de Camboriú, localizado a cinco quilômetros de Balneário Camboriú, desenvolve um projeto conhecido como Turismo Ecológico Rural, objetivando a atração de parte dos turistas que visitam Balneário Camboriú no verão, que poderiam aproveitar das suas paisagens, das suas cachoeiras naturais despoluídas e da sua natureza verdejante e natural. Assim, ações são implementadas pelo município de Camboriú com vias de atrair os turistas que procuram as praias de Balneário Camboriú para veranear, tendo como objetivo ofertar-lhes outra opção no campo do lazer. 13 Diante disto, o problema de pesquisa que se apresenta refere-se a identificar: Qual a capacidade que o turismo rural da cidade de Camboriú apresenta em atrair turistas que freqüentam o litoral da cidade de Balneário Camboriú? A importância do tema para o acadêmico está no conhecimento que se pôde adquirir durante a realização da pesquisa. Para a Universidade do Vale do Itajaí, a pesquisa elaborada servirá de base a outros acadêmicos para consultas. A viabilidade para a realização da pesquisa foi garantida uma vez que a Prefeitura Municipal de Camboriú, mais precisamente através da sua Secretaria de Turismo, mostrou-se disponível em conceder as informações que se fariam necessárias. O trabalho também se tornou viável devido à disponibilidade de tempo do acadêmico, que possui grande interesse pelo tema em estudo. A relevância prática deste trabalho é comprovada na possibilidade de fornecer aos acadêmicos um parâmetro para avaliar até que ponto os turistas possuem a intenção de incluir em seu roteiro o turismo rural em suas férias de verão. A originalidade está no pioneirismo do estudo acerca do turismo rural no município de Camboriú com um enfoque na área de marketing. 1.2 Objetivos do trabalho Esse trabalho tem como objetivo geral identificar a capacidade potencial que o turismo rural praticado na cidade de Camboriú possui em atrair turistas que freqüentam as praias da cidade de Balneário Camboriú. Para a concretização do objetivo geral, destacam-se os seguintes objetivos específicos: a) Levantar os dados existentes na Prefeitura Municipal de Camboriú acerca do turismo rural e dos pontos turísticos do município; b) Explorar e apresentar as políticas de turismo do município; c) Rastrear os equipamentos de turismo rural em atividade na região, expondo suas particularidades daquilo que oferece. 14 d) Identificar quais são os benefícios considerados importantes pelos turistas que freqüentam as praias de Balneário Camboriú no que diz respeito aos produtos e serviços de turismo oferecidos pela cidade e) Mensurar quais fatores são considerados importantes pelos turistas que freqüentam a cidade de Balneário Camboriú quanto estes são levados a ponderar sobre a possibilidade de incluir em suas férias um roteiro de turismo rural ; f) Comparar a oferta turística da cidade de Camboriú com os fatores considerados importantes pelos turistas que consideram a possibilidade de praticar o turismo rural durante suas férias; 1.3 Aspectos metodológicos Esse capítulo apresenta os procedimentos metodológicos e o delineamento do trabalho, tais como caracterização, população e amostra utilizada, a forma de coleta de dados e a apresentação e tratamento dos dados. Na percepção de Demo (1995), a metodologia define os princípios e técnicas que fundamentarão a pesquisa Caracterização do trabalho de estágio O propósito do presente estudo teve ênfase predominante na pesquisa diagnóstico, tendo por fim a identificação de problemas e geração de soluções, através da qual o acadêmico pôde explorar o ambiente, para, posteriormente, levantar e definir critérios de análise relevantes ao tema. Roesch (1996) afirma que a pesquisa-diagnóstico é especialmente empregada em situações com o intuito de diagnosticar problemas. Com relação ao método de investigação, a pesquisa lançou mão de abordagens quantitativas e qualitativas. Para o primeiro objetivo específico demarcado para este estudo, que teve como propósito levantar os dados existentes na Prefeitura Municipal de Camboriú acerca do turismo rural e dos pontos turísticos do município, pode-se classificá-lo como uma pesquisa com intenção exploratória, com delineamento 15 predominantemente qualitativo, adotando-se como técnica de coleta a entrevista em profundidade, e como instrumento de tratamento a análise descritiva. De maneira geral, o resultado desta fase do estudo pode ser considerado fruto de uma pesquisa exploratória. A pesquisa exploratória possibilita ao pesquisador fazer um levantamento provisório do fenômeno, permitindo apontar relações que de outra maneira não seriam descobertas, conforme cita Oliveira (2001). Para Aaker, Kumar e Day (2001), a pesquisa exploratória é usada quando se busca um entendimento sobre a natureza geral de um problema, as possíveis hipóteses, alternativas e as variáveis relevantes que precisam ser consideradas. Normalmente existe pouco conhecimento prévio daquilo que se pretende conseguir. Para Roesch (1996) a pesquisa qualitativa é apropriada para a avaliação formativa, em se tratando de melhorar a efetividade de um programa, ou mesmo quando é o caso da proposição de planos, ou seja, quando se trata de selecionar as metas de um programa e construir uma intervenção. Para Cervo e Bervian (1996) a entrevista é uma conversa orientada para um objetivo definido: recolher, através do interrogatório do informante, dados para a pesquisa. Na visão de Rudio (2002) a entrevista é constituída por uma lista de indagações que, respondidas, dão ao pesquisador as informações que ele pretende atingir. Na entrevista, as perguntas são abertas ou em forma de tópicos, de maneira oral, quer a um indivíduo em particular, quer a um grupo, e as respostas são registradas geralmente pelo próprio entrevistador. Para a análise do conteúdo coletado pelas entrevistas foi utilizada a análise descritiva, Segundo Soriano ( 2004 ) a análise descritiva consiste em separar os elementos básicos da informação examiná-los de modo responder as questões colocadas na pesquisa. O segundo objetivo específico traçado para este estudo, que teve como meta explorar e apresentar as políticas públicas de turismo do município, foi classificado como exploratório, com delineamento qualitativo através da observação e análise de documentos. Conforme Cervo e Bervian (1996), observar é aplicar atentamente os sentidos a um objeto, para dele adquirir conhecimento claro e preciso O objetivo específico c se diferencia dos outros citados anteriormente, pois terá como instrumento de coleta de dados a observação, visando rastrear os equipamentos de turismo rural em atividade na região,.. 16 Já o objetivo d, relacionado a identificar quais são os benefícios procurados pelos turistas que freqüentam as praias de Balneário Camboriú; e o objetivo e, que buscou mensurar o grau de intenção que os turistas que freqüentam a cidade de Balneário Camboriú apresentam em incluir um roteiro de turismo rural durante sua estadia na cidade, foi considerada como pesquisa exploratória, tendo delineamento quantitativo através de questionários, análise através de estatística descritiva. De acordo com Roesch (1996), utiliza-se o questionário como um instrumento para coleta de dados onde se busca mensurar alguma coisa. Para Crespo (1999), o uso da estatística descritiva realiza uma análise dos resultados obtidos, a partir de informações fornecidas por parte representativa do todo (amostra) Contexto e participantes da pesquisa A amostra é definida por Lakatos e Marconi (1990, p.37) como uma porção ou parcela, convenientemente selecionada do universo (população); é um subconjunto do universo. Para a operacionalização dos objetivos específicos a e b tomou-se como integrantes possíveis da pesquisa todos os funcionários da Secretaria de Planejamento, Comércio, Indústria e Turismo da cidade de Camboriú, o que totaliza um corpo absoluto de 26 integrantes. Desta forma considerou-se adequado adotar um sistema de amostragem feita por julgamento do pesquisador. Sendo o secretário Sandro Rocha,em exercício do planejamento, comércio e turismo da cidade de Camboriú. A amostragem por julgamento é uma forma de amostragem por conveniência em que os elementos da população são selecionados com base no julgamento do proponente da pesquisa. (MALHOTRA, 2006) Já para a execução dos objetivos específicos d e e, foi considerada a extração de uma amostra não probabilística selecionada por conveniência, extraída da população de turistas que freqüentaram as praias de Balneário Camboriú durante o mês de outubro de Esta população, devidos às suas especificidades, foi considerada desconhecida. Na visão de Roesch (1999), em uma amostra, a suposição é de que é possível inferir estatisticamente a probabilidade de que um padrão observado na amostra seja replicado na população. 17 A amostra extraída foi selecionada de forma não-probabilística, utilizada quando a seleção é feita de maneira intencional, com o pesquisador se dirigindo a determinados elementos considerados típicos da população que deseja estudar. Destaca Barbetta (1998) que o cálculo do tamanho da amostra é um problema complexo e, através de uma estimativa será identificado o valor acusado por uma certa estatística, considerando a particular amostra observada. Assim, a amostra definida para aplicação do questionário foi calculada pela fórmula abaixo. Sendo: 1 n o E 2 n o = Tamanho necessário de uma amostra extraída de população infinita; 2 E = erro amostral tolerável. n o 1 E 1 1 0,06 0,06 0, Considerando-se uma população inatingível de turistas e um erro amostral de 6 % (sete vírgula cinco por cento), o número de turistas que responderiam o questionário será de 278 pessoas. Entretanto, por uma questão de arredondamento optou em aplicar 280 questionários, nos indivíduos que estavam disponíveis na praia de Balneário entre os dias 01 e 8 de outubro Procedimentos e instrumentos de coleta de dados Os dados utilizados neste estudo foram coletados em fontes primárias e secundárias. Segundo Mattar (1996) os dados primários
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks