Magazine

O uso da Tecnologia na sala de aula - www.professorcampinhos.blogspot.com

Description
X Campinhos, Marcelo PlotegherCampinhos, Marcelo Plotegher Vitória, Espirito S anto, BrazilVitória, Espirito S anto, Brazil Marcelo P. Campinhos é Administrador e…
Categories
Published
of 38
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
X Campinhos, Marcelo PlotegherCampinhos, Marcelo Plotegher Vitória, Espirito S anto, BrazilVitória, Espirito S anto, Brazil Marcelo P. Campinhos é Administrador e licenciado em Matemática. Marcelo P. Campinhos é Administrador e licenciado em Matemática. Especialista em Projetos e Tecnologia. Especialista em Projetos e Tecnologia. Atua como Mediador de tecnologias Educacionais, professor de cursosAtua como Mediador de tecnologias Educacionais, professor de cursos profissionalizantes (S enai e S enac) , graduação (Presencial e EAD) eprofissionalizantes (S enai e S enac) , graduação (Presencial e EAD) e também em cursos de pós-graduação no estado do Espirito S anto, Rio detambém em cursos de pós-graduação no estado do Espirito S anto, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Janeiro e Minas Gerais. Contatos: alunos. campinhos@ gmail. comContatos: alunos. campinhos@ gmail. com www. professorcampinhos. blogspot. comwww. professorcampinhos. blogspot. com Msn:mpcampinhos@ hotmail. com ANTES. . . ANTES. . . Depois!!Depois!! DIS CIPLINA EMENTA  Introdução à informática básica e resgate histórico da informática em educação no Brasil. • Resgate histórico da informática na Educação. O marco brasileiro e principais conceitos de Informática Educacional. • Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os discentes com ferramentas computacionais que possibilitem a utilização das Tecnologias da Informação. • Conhecimentos técnicos mínimos (instalação e uso de software; scanner; impressoras; compartilhamento de unidades e pastas) para atuação no laboratório de informática. Organização e conduta do Laboratório. • S oftware Proprietário x S oftware Livre.  Estratégias em Educação com uso da Web e softwares. • Reflexão e análise da prática do desenvolvimento da Internet e de softwares como instrumentos de apoio ao processo de Ensino e Aprendizagem, tanto na modalidade presencial, como na modalidade à distância. • Evolução da Internet como ferramenta emergente de tecnologia educacional. • Usando e baixando vídeos do Youtube; • Uso do Windows Live Movie Maker. • Criação de site usando o Word; • BLOGS (PRINCIPIOS e criação); • EDUCAÇÃO A DIS TÂNCIA (Estudo de caso com o Moodle – www. ctredes. com. br).  S egurança da informação Princípios em segurança da informação.  Oficina de ideias Divisão em grupos para criação e concepção de ideias. X X S oftwareS oftware livre, segundo a definição livre, segundo a definição criada pela criada pela Free S oftware FoundationFree S oftware Foundation é é qualquer qualquer programa de computadorprograma de computador que que pode ser usado, copiado,pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído semestudado e redistribuído sem restrições. O conceito de livre serestrições. O conceito de livre se opõe ao conceitoopõe ao conceito de de softwaresoftware restritivo ( restritivo (softwaresoftware proprietário proprietário), mas não), mas não ao ao softwaresoftwareque é vendidoque é vendido almejando lucro (almejando lucro (softwaresoftware comercial comercial). A maneira usual de). A maneira usual de distribuição de distribuição de softwaresoftware livre é livre é anexar a este uma anexar a este uma licença de licença de softwaresoftware livre livre, e tornar o , e tornar o código fontecódigo fonte do programa do programa disponível. disponível.  S oftwareS oftware proprietário ou não livre é proprietário ou não livre é aquele cuja cópia, redistribuição ouaquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são em alguma medidamodificação são em alguma medida restritos pelo seu criador ourestritos pelo seu criador ou distribuidor. A expressão foi cunhadadistribuidor. A expressão foi cunhada em oposição ao conceito de em oposição ao conceito de software livresoftware livre. .  Normalmente, a fim de que se possaNormalmente, a fim de que se possa utilizar, copiar, ter acesso ao código-utilizar, copiar, ter acesso ao códigofonte ou redistribuir, deve-se solicitarfonte ou redistribuir, deve-se solicitar permissão ao proprietário, ou pagarpermissão ao proprietário, ou pagar para poder fazê-lo: será necessário,para poder fazê-lo: será necessário, portanto, adquirir uma portanto, adquirir uma licençalicença,, tradicionalmente onerosa, para cadatradicionalmente onerosa, para cada uma destas ações. uma destas ações.  Alguns dos maisAlguns dos mais conhecidos conhecidos softwaressoftwares proprietários proprietários são o são o Microsoft WindowsMicrosoft Windows , o , o Microsoft OfficeMicrosoft Office, o , o RealPlayerRealPlayer, o , o Adobe PhotoshopAdobe Photoshop, o , o Mac OSMac OS , o , o WinZipWinZip , algumas versões do , algumas versões do UNIXUNIX, entre, entre outros. outros. Diante a corrida tecnológica queDiante a corrida tecnológica que impera nos dias atuais éimpera nos dias atuais é imprescindível que a Escola,imprescindível que a Escola, como instrumento fomentadorcomo instrumento fomentador dos futuros cidadãos, não estardos futuros cidadãos, não estar à margem das inovaçõesà margem das inovações tecnológicas. Com atecnológicas. Com a informatização das escolas, cominformatização das escolas, com os laboratórios, a inclusãoos laboratórios, a inclusão digital, não contemplou somentedigital, não contemplou somente o acesso à Internet. o acesso à Internet. Nela está incluídos a utilização de editores deNela está incluídos a utilização de editores de textos, planilhas, softwares, jogos didáticos,textos, planilhas, softwares, jogos didáticos, orientados por professores capacitados. orientados por professores capacitados. O Computador. A cada dia este vem se tornando um elemento ativo em nossas escolas. Diante de tantas mudanças, que faz essa máquina dentro de uma sala de aula? Para que? De que forma deve ser usada? Quem deve "conduzir" sua utilização? A verdadeira função do aparato educacional nãoA verdadeira função do aparato educacional não deve ser a de ensinar, mas sim a de criardeve ser a de ensinar, mas sim a de criar condições de aprendizagem. Para Morancondições de aprendizagem. Para Moran (2000a),(2000a), ““As tecnologias de comunicação não substituemAs tecnologias de comunicação não substituem o professor, mas modificam algumas de suaso professor, mas modificam algumas de suas funções. A tarefa de passar informações podefunções. A tarefa de passar informações pode ser deixada aos bancos de dados, livros,ser deixada aos bancos de dados, livros, programas em CD. O professor se transformaprogramas em CD. O professor se transforma agora em estimulador da curiosidade do alunoagora em estimulador da curiosidade do aluno por querer conhecer, por pesquisar, por buscarpor querer conhecer, por pesquisar, por buscar A Função da escola e do papel do professor. A Função da escola e do papel do professor. O professor deve deixar de ser o repassador do conhecimento — o computador pode fazer isso e o faz muito mais eficientemente do que o professor — e passar a ser o criador de ambientes de aprendizagem  Língua Portuguesa: Ferramentas digitais ajudam na edição e revisãoLíngua Portuguesa: Ferramentas digitais ajudam na edição e revisão de textosde textos  Matemática:Calculadora e planilhas eletrônicas auxiliam a turma naMatemática:Calculadora e planilhas eletrônicas auxiliam a turma na resolução de problemasresolução de problemas  Historia: As tecnologias também permitem que os estudantesHistoria: As tecnologias também permitem que os estudantes produzam e compartilhem com facilidade registros da história local. produzam e compartilhem com facilidade registros da história local.  Educação Física : Atividades em vídeo nas aulas, os alunos podemEducação Física : Atividades em vídeo nas aulas, os alunos podem estudar regras de jogos. estudar regras de jogos.  Geografia: Utilize mapas virtuais para ensinar cartografiaGeografia: Utilize mapas virtuais para ensinar cartografia  Ciências: Simuladores online permitem aos alunos testar hipóteses eCiências: Simuladores online permitem aos alunos testar hipóteses e reproduzir resultados. reproduzir resultados.  Língua Estrangeira: o uso de E-mail, Videoconferência. O trabalhoLíngua Estrangeira: o uso de E-mail, Videoconferência. O trabalho com gêneros textuais com a ajuda dos tradutores online pode envolvercom gêneros textuais com a ajuda dos tradutores online pode envolver fala, leitura e escrita. fala, leitura e escrita.  Arte: A turma aprende a transformar imagens digitais com softwaresArte: A turma aprende a transformar imagens digitais com softwares O uso da tecnologia enriquece ambientes de aprendizagem onde o aluno interage com os objetos e constrói seus conhecimentos. Para Gasparetti (2001), “o estudante do futuro será cada vez mais interativo e participará da construção do próprio saber utilizando as novas tecnologias”. Da soma entre tecnologia e conteúdos, nascem oportunidades de ensino e trabalho. . .  Caracterização:  A escola Professor João Bandeira situase no bairro Consolação em Vitória, Espirito S anto e conta basicamente com os turnos Matutino e Vespertino.  1° ao 9° ano;  Possui laboratório de informática com 25 máquinas e usa a distro Linux “Vix Linux” baeada no Pro Linux. Desktop do Vix Linux, distro usada pela PrefeituraDesktop do Vix Linux, distro usada pela Prefeitura Municipal de Vitória (abrir vídeo). Municipal de Vitória (abrir vídeo).  A palavra blog vem da abreviação de weblog: Web (tecido, teia) e log (diário de bordo).  É um diário online que permite que os usuários registrem diversos conteúdos.  A escola, principalmente as que possuem acesso a internet, não podem fazer de conta que os blogs não existem. Mas mais do incluir a utilização dos blogs na educação, é necessário refletir sobre suas possibilidades pedagógicas.  A exploração de blogs nesta perspectiva, transforma-o em mais do que um recurso pedagógico, mas uma estratégia de ensino-aprendizagem em que o papel do professor é fundamental.  A única dificuldade que obstrui este projeto é a promoção da capacitação dos professores para a utilização deste ambiente virtual de aprendizagem.  A mediação observou dois públicos distintos de atendimento da unidade: Matutino e Vespertino;  O tipo de conteúdo atende a públicos (faixa etária) diferentes e por isso foi idealizado a “divisão” por dois blogs.  A plataforma utilizada foiA plataforma utilizada foi a do Blogger quea do Blogger que permite ao usuáriopermite ao usuário exportação eexportação e importação deimportação de conteúdo;conteúdo;  Criação de linksCriação de links internos;internos;  Aceite de scripts feitosAceite de scripts feitos por 3° ´s;por 3° ´s;  Customização comCustomização com planos de fundo próprioplanos de fundo próprio e do Blogger;e do Blogger;  Inserção de vídeos comInserção de vídeos com BLOG COMOBLOG COMO RECURS ORECURS O PEDAGÓGICOPEDAGÓGICO BLOG COMOBLOG COMO ES TRATÉGIAES TRATÉGIA PEDAGÓGICAPEDAGÓGICA Blog fontes externas às escolas, de informação temática relevante, reconhecidos como válido pelos professores Blog como portfólio digitais ou diários de aprendizagem Blog sob a forma de depósito de informação pesquisada, sintetizada e comentada pelo professor Blog como espaço de integração comunicação Blog com espaço de intercâmbio e colaboração, simulação e debate  Para iniciar um blog é necessário escolherPara iniciar um blog é necessário escolher um site que ofereça o serviço de publicaçãoum site que ofereça o serviço de publicação na web. na web.  Entre os sistemas de blog gratuitos emEntre os sistemas de blog gratuitos em português está o Blogger (br). português está o Blogger (br).  Ao se cadastrar, cria-se um endereço para oAo se cadastrar, cria-se um endereço para o blog e um layout (modelo). blog e um layout (modelo). O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos da Microsoft. Atualmente faz parte do conjunto de aplicativos Windows Live, chamado de Windows Live Movie Maker (apenas disponível para Windows Vista e 7). É um programa simples e de fácil utilização, o que permite que pessoas sem muita experiência em informática possam adicionar efeitos de transição, textos personalizados e áudio nos seus filmes. Sua tradução literal para o português fica: Criador de filmes do Windows. É suportado pelos sistemas operativos: Windows ME, Windows XP, Windows Vista e Windows 7. A demora para guardar um projeto também é uma das suas características. Após salvo, pode ser visto pelo Windows Media Player - extensões . avi e . wmv -, ou pode ser copiado diretamente para um CD/DVD. Recursos do Windows Movie Maker Esse editor de vídeo permite fazer, editar e incrementar filmes caseiros, permitindo que os usuários criem efeitos nos seus videos além de poderem adicionar músicas a apresentações e efeitos, como esmanecimento, fade in/out, títulos, subtítulos, pixelização, Casting e outras técnicas visuais. . . sendo assim muitas outras formas e tecnicas para formar os seus efeitos. . .  http://www. baixaki. com. br/download/windows-live-http://www. baixaki. com. br/download/windows-livemovie-maker. htmmovie-maker. htm  http://http:// explore. live. com/windows-live-movie-maker? os=otherexplore. live. com/windows-live-movie-maker? os=other Tutorial?Tutorial?  http://todoespacoonline. com/post. php?id=90  http://moodle. org/http://moodle. org/ Tutorial?Tutorial?  http://aprender. unoeste. br/moodle/file. php/1/docuhttp://aprender. unoeste. br/moodle/file. php/1/docu mentos/Tutorial Moodle Aluno. pdfmentos/Tutorial Moodle Aluno. pdf  https://addons. mozilla. org/pt-https://addons. mozilla. org/ptBR/firefox/tag/Fast% 20Video% 20DownloadBR/firefox/tag/Fast% 20Video% 20Download Tutorial?Tutorial?  http://br. mozdev. org/firefox/youtubehttp://br. mozdev. org/firefox/youtube www. www. professorcampinhos. professorcampinhos. blogspot. comblogspot. com 38 Contato para palestras:Contato para palestras: Professor MarceloProfessor Marcelo CampinhosCampinhos professorcampinhos. blogspot. comprofessorcampinhos. blogspot. com alunos. campinhos@ gmail. comalunos. campinhos@ gmail. com Msn: mpcampinhos@ hotmail. comMsn: mpcampinhos@ hotmail. com
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x