Legal forms

OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA A QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS E A INTERAÇÃO SOCIAL

Description
Curso de Enfermagem Artigo de Revisão OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA A QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS E A INTERAÇÃO SOCIAL THE ACTIVITY OF PHYSICAL BENEFITS FOR THE QUALITY OF LIFE OF ELDERLY AND
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Curso de Enfermagem Artigo de Revisão OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA A QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS E A INTERAÇÃO SOCIAL THE ACTIVITY OF PHYSICAL BENEFITS FOR THE QUALITY OF LIFE OF ELDERLY AND SOCIAL INTERACTION Jéssica Cristina Dalvino;Mireille Pereira dos Passos 1 ; Judith Aparecida Trevisan. 2 1 Aluno do Curso de Enfermagem 2 Professora Mestre do Curso de Enfermagem Resumo Introdução: A atividade física para idosos ajuda a fortalecer os músculos, ajudando a caminhar melhor, previne doenças como osteoporose, depressão e diabetes, hipertensão, obesidade, ansiedade, problemas no coração e pulmões; Melhora o condicionamento físico geral; Diminui o isolamento social porque aumenta a proximidade com outras pessoas; Aumenta a autoestima, a confiança e aceitação da imagem que o idoso possui de si mesmo, trazendo mais bem-estar geral.objetivo: Desta forma o objetivo do trabalho é demonstrara importância da atividade física na vida do idoso,sua socialização quando tem como benefício a promoção da saúde, o que se justifica pelo fato de proporcionar um melhor conhecimento a comunidade acadêmica, sociedade, profissionais da saúde, quando se trata de um quesito que processo de socialização na vida do idoso faz parte do presente e do futuro, quando dados do ministério da saúde demonstra que em 2025 teremos uma população de 32 milhões de idosos no Brasil.Materiais e Métodos: Trata-se de um artigo científico de revisão bibliográfica. Após a primeira análise, 50 artigos foram considerados elegíveis para a segunda fase desta revisão, que consistiu da leitura dos resumos. Após avaliação dos resumos, os estudos que pareciam estar relacionados ao assunto foram lidos na íntegra. Ao final foram selecionados 21artigos. Resultados: Os resultados apontam que os idosos teve uma melhora na sua saúde e autonomia, bem como minimizou os efeitos da idade avançada, portanto um planejamento adequado de exercícios físicos contribuirá significativamente para saúde do idoso. Conclusão: Levando-se em consideração os aspectos relacionado a saúde do idoso, concluímos sobre a suma importância da prevenção aos agravos à saúde na terceira idade, através da atividade física. Tendo em vista que é imprescindível que todos se conscientizem sobre a importância da prática de exercícios físic os e seus benefícios para esta faixa etária, onde o apoio da família é essencial, bem como a Política Nacional do Idoso preconiza. Palavras-Chave: Autoestima; Depressão; Idoso. Atividade Física; idoso; socialização. Abstract: Introdution: Physical activity for senior helps to make their muscles more strong, helping to walk better, it prevents diseases like osteoporosis, depression and diabetes, hypertension, obesity, anxiety, problems in the heart and lungs; Makes their overall fitness; Reduces the social isolation due to the fact that it increase their proximity to other people; It increase their self confidence and the acceptance of the image that they have them selves bringing general welfare. Objecyive: To describe with literature the importance of the physical activity in senior life, their socialization when it has the benefit to health promotion. Matherials and Methods: this is a scientific article of literature review. After the first analisys, 50 articles were considered elegible for the second phase of this review, that consisted in the reading of the abstracts. After the evaluation of the abstracts, the studies that appeard to be related to the subject were read in full. At the end 21 articles were selected. Results: The results show that the elderly had an improvement in their health and autonomy, and minimized the effects of old age, so proper planning exercise will contribute significantly to health of the elderly. Conclusion: tanking into the account the aspects of the relationed to the senior's health, we can conclude that the paramount importance of preventing the health problems in the elderly, with physical activities. Considerin that it's essencial that everybody has to be alware about the importance of the pratice of physical activities and their benefits for this age group, where family suports is essencial, as the National Policy for the elderly advocates. Key words: Self-steem. Depression. Old man. Physical activitie. Socializing. Introdução O envelhecer humano é visto e estudado em aspectos interligados: o físico, o social e o psicológico. Com o chegar da idade a pessoa vai perdendo sua vitalidade, suas forças vão diminuindo e o mundo parece que não tem mais o espaço que tinha antes para que o idoso possa viver e sentir-se vivo (MELLO, ELISIO, 2011). O envelhecimento pode variar de indivíduo para indivíduo, sendo gradativo para uns e mais rápido para outros, essas variações são dependentes de fatores como estilo de vida, condições socio-econômicas e doenças crônicas (FECHINE, BASÍLIO et al,2012). Essas variações são dependentes de fatores como estilo de vida, condições socioeconômicas e doenças crônicas. Já o conceito biológico relaciona-se com aspectos nos planos molecular, celular, tecidual e orgânico do indivíduo, enquanto o conceito psíquico é a relação das dimensões cognitivas e psicoafetivas, interferindo na personalidade e afeto (FECHINE, TROMPIERI,2012). Diante disso, é comum surgir à depressão que é a doença psiquiátrica mais comum entre os idosos, frequentemente sem diagnóstico e sem tratamento. Ela afeta sua qualidade de vida, aumentando a carga econômica por seus custos diretos e indiretos e,pode levar a tendências suicidas. Os pacientes deprimidos mostram-se insatisfeitos com o que lhes é oferecido, havendo interrupção em seus estilos de vida, redução de seu nível socioeconômico quando ficam impossibilitados de trabalhar (MELLO, ELISIO, 2011). Ademais, são consideradas as maiores causas de sofrimento emocional e diminuição da qualidade de vida, a ansiedade e os transtornos depressivos são alterações que acontecem com bastante frequência entre os idosos,constituindo um problema de grande magnitude para a saúde pública, devido a sua alta morbidade e mortalidade. Segundo o Instituto Nacional de Estatística, entre os anos de 2005 e 2006, idosos apresentaram ou estavam apresentando níveis de depressão (MINGHELLI, et al, 2013). Assim a literatura mostra que a depressão geriátrica é multifatorial. Os fatores genéticos embora presentes, pouco contribuem; atualmente mudanças que ocorrem no metabolismo dos neurotransmissores além das alterações hormonais e a de sincronização do ritmo cardíaco, são tidas como as principais causas da depressão. Há de se considerar ainda os fatores sociais e saúde física. Alterações da acuidade visual e auditiva são fatores que contribuem fortemente para a depressão, pois levam o idoso ao isolamento (MELLO, ELISIO, 2011). É preciso lembrar que saúde não é apenas uma questão de assistência médica e de acesso a medicamentos. A promoção de estilos de vida saudáveis é encarada pelo Sistema de saúde como uma ação estratégica. Nesse processo, alguns aspectos são facilitadores para a incorporação da prática corporal / atividade física, como o incentivo de amigos e familiares, a procura por companhia ou ocupação, alguns programas específicos de atividade física e, principalmente, a orientação do profissional de saúde estimulando a população idosa a incorporar um estilo de vida mais saudável e ativo(brasil,2007). Antes de iniciar qualquer prática corporal/atividade física deve haver sempre uma avaliação de saúde. No caso de exercícios leves, pode-se iniciar a prática corporal/atividade física antes da avaliação, para que essa não se transforme em uma barreira para o engajamento da pessoa idosa na sua realização. Sugere-se a prática de 30 minutos de prática corporal/atividade física regular (ao menos três vezes por semana). Uma das vantagens dessa prática é a fácil adesão por aqueles que têm baixa motivação para a prática de exercícios (BRASIL,2007). Descrever através da literatura a importância da atividade física na vida do idoso, sua socialização quando tem como benefício à promoção da saúde. Diante disso, o presente trabalho tem como justificativa buscar métodos que possibilitam a promoção da saúde do idoso. Dito isto, sabemos que o envelhecimento é um fenômeno mundial que resulta no crescimento da população idosa, sendo reflexa a longevidade. Desta forma, a qualidade de vida dos idosos tem sido motivo de discussões pelos aspectos que ela envolve e interfere. Os estudos relacionados ao processo natural de envelhecimento e o aumento da população de idosos estão voltados para uma relação entre saúde e envelhecimento, a para prática regular de exercícios físicos, a capacidade funcional e qualidade de vida (CIVINSKIET, et al,2011). Materiais e Métodos 1. A presente revisão de literatura foi de cunho descritivo qualitativo onde foram utilizados os artigos da base de dados científicos: LILACS Literatura Latino Americana em Ciências de Saúde, SCIELO Scientific Electronic Library e BIREME Biblioteca Regional de Medicina, a partir de, os manuais do Ministério de Saúde Atenção à saúde do idoso. As referências que preencheram os critérios de inclusão foram avaliadas. Independentemente do periódico.. 3 2. A busca pela literatura sucede através das Palavras-chaves: Auto-estima. Depressão. Idoso. Atividade Física, idoso, socialização, onde também foi estabelecido o período de 2010 a 2014, bem como em meados de Após a primeira análise 50 artigos foram considerados elegíveis para a segunda fase desta revisão, que consistiu da leitura dos resumos. Após avaliação dos resumos, os estudos que pareciam estar relacionados ao assunto foram lidos na íntegra. Ao final foram selecionados 23 artigos. 4. Seguiu as normas do NIP (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa)2015 e as normas da ABNT Referencial Teórico Segundo (BRASIL, 2007) cumpre destacar que a ausência de atividade física ocasiona diversos fatores, tais como: velhice precoce, depressão e uma série de problemas físicos. Processo de Socialização O processo de envelhecimento bemsucedido tem sido discutido sob a perspectiva biomédica e a psicossocial (Glass, 2003). Rowe e Kahn (1997) os autores consideram que o envelhecimento bem-sucedido inclui três elementos: probabilidade baixa de doenças e de incapacidades relacionadas às mesmas; alta capacidade funcional cognitiva e física; engajamento ativo com a vida. Essas funções atuam como potencial para a realização das atividades sociais, envolvendo as relações interpessoais e as atividades produtivas, remuneradas ou não(teixeira,et al,2008). No nosso cotidiano, o envelhecimento aparece associado a doenças e perdas, e é na maioria das vezes entendido como apenas um problema médico. Sendo que o envelhecimento ainda está ligado à deterioração do corpo, ao declínio e à incapacidade.na base da rejeição ou da exaltação acrítica da velhice, existe uma forte associação entre esse evento do ciclo vital com a morte, a doença, o afastamento e a dependência(schneider,et al,2008). Com o avanço da idade acontece um processo contínuo de perdas e de dependência, que daria uma identidade de falta de condições aos idosos e seria responsável por um conjunto de imagens negativas associadas à velhice(schneider,et al, 2008). Destacamos que processo de envelhecimento é caracterizado por diversas alterações físicas, fisiológicas e modificações relacionadas ao aspecto mental, que provocam diminuição das funções orgânicas, interferem na capacidade funcional dos idosos e dificultam a realização de tarefas diárias. Nesse trabalho podemos destacar que através da realização de atividade física adequada, o idoso pode melhorar a condição física, mental e funcional, combatendo as inaptidões que aparecem com o envelhecimento (GABRIEL,et al,2013). Do ponto de vista mental, a atividade física eleva a auto-estima do idoso, contribui para a implementação das relações psicossociais e para o reequilíbrio emocional. As modificações causadas pelo envelhecimento interferem na capacidade funcional dos idosos, e eles experimentam dificuldades em realizar tarefas diárias. O idoso que se torna mais dependente, pode desenvolver um sentimento de inaptidão, que pode ser fator de gatilho para a depressão (GABRIEL,et al,2013). Consideramos que o objetivo da prática de exercícios na terceira idade é preservar ou melhorar a sua autonomia, bem como minimizar ou retardar os efeitos da idade avançada, além de aumentar a qualidade de vida dos indivíduos. Além de ser muito importante um programa de exercícios para os idosos é elevar a expectativa ajustada à qualidade de vida destes indivíduos. O ideal é que promova uma interação social, além de manter a mobilidade e autonomia deste idoso um programa de exercícios deve promover a melhoria da capacidade física do indivíduo (SCHVEITZER, CLAUDINO,2010). Existem vários benefícios da prática regular de exercícios físicos em idosos, entre eles estão: promover uma melhora fisiológica, controle da glicose, melhor qualidade de sono, melhoras das capacidades físicas relacionadas à saúde,psicológica relaxamento, redução dos níveis de ansiedade e estresse, melhora o estado de espírito, melhoras cognitivas e social indivíduos mais seguros, melhora a integração social e cultural, além da redução ou prevenção de algumas doenças(schveitzer, CLAUDINO,2010). 4 Diversos autores abordaram que atividade física é considerada como qualquer movimento corporal, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulta em gasto energético maior do que os níveis de repouso, por exemplo, como: caminhada, dança, jardinagem, subir escadas, dentre outras atividades, conceituaram o exercício físico como toda atividade física planejada, estruturada e repetitiva que tem como objetivo a melhoria e a manutenção de um ou mais componentes da aptidão física, estimular a população idosa à prática de atividades físicas capazes de promover a melhoria da aptidão física relacionada à saúde (MACIEL, 2010). Moreira afirma que os idosos, após uma sessão de qualquer atividade, esperam-se que se sintam animados e descansados, com atenuação e até mesmo com o desaparecimento da angústia e da depressão, e que, além de ser benéfica no desenvolvimento corporal, atividade física é um recurso que se opõe ao afastamento social e ao sentimento de repulsa e de solidão, estimulando a apreciação de si próprio e interferindo no modo de ser e viver desses indivíduos(gabriel,2013). A Importância da Atividade Física É importante ressaltar que atividade física, sobretudo quando praticada em grupo, eleva a auto estima do idoso, contribui para a implementação das relações psicossociais e para o reequilíbrio emocional. Além disso, segundo os autores, se for praticada regularmente, a atividade física é uma forma não medicamentosa de combater a depressão, pois diferentemente do uso de medicamentos, a prática de exercícios corporais é capaz de apresentar resultados positivos no aspecto psicológico (GABRIEL,2013). Entende-se por qualidade de vida as sensações subjetivas de sentir-se bem, inseridas em um sistema de valores, com perspectivas que variam individualmente(wilney, et al,2010). 5 Gráfico 1. Opinião do idoso em relação atividade física (Wilney,et al,2010). Gráfico 2. A percepção de mudança na vida do idoso, após executarem atividades físicas(wilney, et al,2010).. 3 Gráfico 3. Avaliação do idoso sobre sua saúde: antes de participar das atividades(wilney, et al,2010). Gráfico 4. Avaliação do idoso sobre sua saúde: depois de participar das atividades(wilney, et al,2010). Segundo Assis e Araújo (2004), os exercícios são importantes para manter o idoso ativo e aumentar sua disposição para as atividades do dia-a-dia. Sua prática regular possibilita a prevenção de quedas, favorece a autoestima, contribui para a alimentação da ansiedade e o controle da depressão e faz com que o idoso aprenda a conhecer melhor o seu corpo e suas funções. Este estudo buscou identificar a qualidade de vida e a longevidade, pela prática de atividade física. Esta prática, que traz grandes benefícios para a 3ª idade, nunca é tarde para começar (Wilney,et al,2010). 4 Nesse sentido a tabela abaixo realça atividade física e seus benefícios bem como as orientações, benefícios e observações acerca dos cuidados aos idosos: RELAÇÃO DA ATIVIDADE FÍSICA E SEUS BENEFÍCIOS ATIVIDADE ORIENTAÇÕES Nº DE VEZES NA BENEFICIOS SEMANA Exercícios Lembre-se que é Dois ou mais dias não Ajudam a de fundamental consecutivos por fortalecer seus resistência realizar semana.10 exercícios músculos e alongamentos musculares. propiciar mais antes do inicio e força para ao término dos fazer as exercícios.recom tarefas enda-se sempre cotidianas por estar conta própria. acompanhado de Exercícios de um força profissional.antes melhoram o de iniciar seu qualquer metabolismo, programa de ajudando a atividade física, é manter o seu importante uma peso e o avaliação de seu índice de médico com o açúcar no Exercícios de flexibilidade Exercícios de equilíbrio intuito da obtenção de sua história clínica, além de exame físico completo e de exames complementares. Qualquer atividade física principalmente na 3ª idade deve ser acompanhada e orientada por médico ou profissional habilitado. Recomenda-se sempre estar acompanhado de um profissional ou parente.levantam entos de calcanhar e levantar a perna lateralmente. sangue controle. Estudos sugerem sob que exercícios de força também podem ajudar a prevenir a osteoporose. 10 minutos diariamente. Ajudam a manter seu corpo ágil, esticando os músculos e os tecidos que sustentam as estruturas do seu corpo. Diariamente Ajudam evitar quedas. OBSERVAÇÕES Verificar seu estado de saúde com o seu médico antes de iniciar qualquer tipo de programa de exercício ou atividade física.a prática de exercícios deverá ser associada a outros hábitos saudáveis Aulas de yoga e alongamento são altamente recomendados.hi dratar. Para idosos com risco de queda.cessar o tabagismo 3 Exercíciosa eróbicos Exercícios de equilíbrio Hidroterapia Aumentam a sua respiração e a freqüência cardíaca.andar, dançar, andar de bicicleta e natação são boas opções. Verifique antes de começar se as academias oferecem exercícios para a terceira idade.qualquer atividade física principalmente na 3ª idade deve ser acompanhada e orientada pormédico ou profissional habilitado. Ajudam a evitar um problema comum em adultos mais velhos: quedas. A queda é a maior causa de fratura de bacia e quadris e outros ferimentos que muitas vezes levam à incapacidade e perda de independência. Aquecimento, alongamento. Exercícios de coordenação.rela xamento, alongamento, respiração profunda e flutuação Faça exercícios todos os dias para obter melhores resultados.20 minutos, 3 dias por semana Faça exercícios todos os dias para obter melhores resultados Cinco vezes por semana, e a maioria com freqüência de duas sessões semanais. A duração das sessões variou de minutos. Eles melhoram a saúde do seu coração, pulmões e sistema circulatório. Equilíbrio fortalecem os músculos das pernas, tais como levantamentos de calcanhar e levantar a perna lateralmente, enquanto outros exigem que você faça atividades simples como ficar em pé brevemente sobre apenas uma perna ou tocar o nariz em várias posições com os olhos fechados. Sensação de redução do peso corporal.maior liberdade de movimentos, mais tranqüilidade e segurança durante a execução dos exercícios.rec uperação do subir escadas e compras de supermercado, por exemplo. Exercícios de resistência também podem retardar ou prevenir muitas doenças associadas ao envelhecimento, como diabetes, câncer de cólon, doenças do coração, derrame e outros, além de reduzir a mortalidade geral e a taxa de internação hospitalar. e tenha alguém por perto para ajudá-lo caso esteja preocupado em cair. A prática de exercícios deverá ser associada a outros hábitos saudáveis. 4 equilíbrio. Tai Chuan Chi Assim é necessária avaliação inicial para determinar a tolerância do indivíduo cardiopata ao exercício e outras possíveis contraindicações. Capoterapia Respeitando a condição física, aspotenci
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks