Concepts & Trends

OS NOVOS CAMINHOS DO DESENVOLVIMENTO

Description
Capa Promocional AJUDE O PLANETA. RECICLE. ANO 4 / NÚMERO 157 / 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 / OS NOVOS CAMINHOS DO DESENVOLVIMENTO A expansão do turismo e a chegada de novos negócios
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
Capa Promocional AJUDE O PLANETA. RECICLE. ANO 4 / NÚMERO 157 / 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 / OS NOVOS CAMINHOS DO DESENVOLVIMENTO A expansão do turismo e a chegada de novos negócios trouxeram grandes investimentos ao Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte. A facilidade de acesso proporcionada pela Linha Verde, os projetos direcionados para a região e a disponibilidade de áreas para construção são os principais fatores de destaque para o Vetor Norte, principalmente no mercado imobiliário. UM COMPROMISSO COM A SERIEDADE E A QUALIDADE Compre seu lote, construa seu sonho. A Gran Viver Urbanismo, uma das maiores loteadoras de Minas, é uma empresa do Grupo Seculus. Com 38 anos de história, a Gran Viver está presente em 4 estados e 35 municípios, com um portfólio diversificado, sempre atuando com seriedade, respeito, comprometimento e responsabilidade socioambiental. MINEIROS DESCOBREM UMA NOVA MANEIRA DE VIVER COM MAIS QUALIDADE DE VIDA Um número cada vez maior de pessoas está adquirindo a tão sonhada casa própria. Contudo, mais do que mudar de endereço, essas pessoas estão em busca de um estilo de vida. A busca pelo bem-estar, o convívio com a natureza, com áreas que possibilitem a prática de exercícios físicos e locais que possam ser desfrutados por toda a família, são requisitos para atender às necessidades dos brasileiros neste momento, sem falar da segurança e de acessos facilitados aos grandes centros urbanos. Todos esses diferenciais você encontra nos residenciais fechados da Gran Viver. Para conhecer melhor cada um deles, basta visitar a Loja Conceito, que fica na Av. do Contorno, 6.170, Savassi, Belo Horizonte, ou ligar para AJUDE O PLANETA. RECICLE. Gastronomia é destaque na Festa Israelita Pág. 9 ANO 4 / NÚMERO 157 / 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 / Crazy for you Cláudia Raia volta a BH, desta vez, com um musical de sapateado. Pág. 6 GIL LEONARDI/IMPRENSA MG J Célia e Alberto Pinto Coelho se dirigem ao Palácio da Liberdade: O governo tem o mesmo norte, a mesma filosofia Nova cara no governo de MG Ana Carolina Músicas do novo trabalho, #AC, e hits estão no show da cantora. Pág. 6 Em Escarpas Axé e sertanejo embalam a Folia Sertaneja, no feriado, em Escarpas do Lago. Pág. 6 U Coluna do PCO PÁGINA 2 U Artigo Angela Gutierrez, presidente do Instituto Flávio Gutierrez: Cultura é para todos PÁGINA 4 U Governador Alberto Pinto Coelho promete dar continuidade às gestões Aécio e Anastasia U Secretariado será anunciado no sábado. Página 5 Saúde sem obras do PAC J Centro de saúde no Camargos: só 34% das obras foram executadas IGOR COELHO/AGÊNCIA I7 Das obras na área de saúde anunciadas no Programa de Aceleração do Crescimento 2, em 2011, 60% não foram nem iniciadas em Minas. A denúncia foi feita na semana que passou pelo Conselho Federal de Medicina. Página 3 2 PAULO CESAR DE OLIVEIRA TUDO - BELO HORIZONTE, 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 PCO Emoção à flor da pele Na transmissão de cargo para o governador Alberto Pinto Coelho, na sexta (4/4), o agora ex-governador Antonio Anastasia, como homem sensível que é, emocionou- -se em seu discurso e as lágrimas escorreram. Em sua fala, Alberto ressaltou a colaboração do prefeito Marcio Lacerda presente com Vice da CMI/ MG O diretor da Agmar, Jackson Câmara, é o novo vice-presidente da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG). Ele também já atuou como vice-presidente do Sinduscon-MG e no Conselho Municipal de Políticas Urbanas (Compur) por 10 anos. Líder na Agrishow A Líder Aviação estará presente na 21ª Agrishow Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, de 28 de abril a 2 de maio, em Ribeirão Preto. Nessa edição, a principal novidade da empresa é a ampliação do portfólio de aeronaves. Estarão no evento os times de vendas da Bombardier e da Beechcraft, apresentando aviões a pistão, turboélices e jatos. Oferecemos um mix que atende a qualquer necessidade: do empresário que precisa percorrer suas propriedades àquele que viaja ao exterior para reunir- -se com fornecedores, explica o diretor de vendas da Líder, Philipe Figueiredo. sua mulher, Regina, uma política nata para com o governo de Minas nas ações em Belo Horizonte. De Goiás, veio o governador Marcone Perilo, para abraçar o hoje mineiro Alberto Pinto Coelho, que nasceu em Goiás. Mudança de opinião Quem assistiu ao banqueiro André Esteves fazer uma pergunta ao presidenciável Aécio Neves, no jantar que Bia e João Doria Jr. ofereceram em sua casa dos Jardins, notou uma guinada de 180 graus em relação ao discurso que fez no ano passado, no Fórum de Comandatuba, quando defendeu Dilma e seu governo. Quem estava presente fi cou impressionado com tanto puxa- -saquismo. Agora a opinião está mudando e, com certeza, está enxergando as reais possibilidades de Aécio em outubro. FOTOS: DIVULGAÇÃO Cidadania honorária Outra opinião Na segunda-feira (7), o deputado estadual Arlen Santiago recebe, da Câmara Municipal de Belo Horizonte, o título de Cidadania Honorária, por proposta do vereador Delegado Edson Moreira. Será às 19h30, no Palácio Francisco Bicalho. PEDRO VILELA/AGÊNCIA i7 Também no jantar na casa de João Doria, notou-se que o todo poderoso empresário Jorge Gerdau chamou Aécio de meu presidente. São sinais visíveis de que a caminhada de Aécio, como ele gosta de falar, segue para a conquista do Planalto. Novo livro A jornalista Ana Paula Padrão lança na segunda-feira (7), em São Paulo, sua autobiografia O amor chegou tarde em minha vida, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional. Agora vai brilhar no Congresso Antonio Anastasia é, e até mesmo a oposição reconhece, um dos melhores, se não o melhor, administrador público do país, seja por sua competência técnica seja por sua seriedade no trato da coisa pública. Anastasia acabou sendo uma grata surpresa para quem não o conhecia, para quem se acostumou a vê-lo apenas como técnico, extremamente competente, mas técnico. No comando de Minas, demonstrou que conseguiu aliar o tecnicismo a uma enorme sensibilidade política. O agora ex-governador soube ser bom aluno no convívio direto com os políticos, ao ajudar na formação da Constituição Mineira, há 25 anos, quando era simplesmente um jovem e talentoso jurista, e conviveu oito anos com Aécio Neves. Aprendeu a arte de administrar com a boa política e soube colocar os ensinamentos que teve no exercício do governo mineiro. Outra característica marcante de Anastasia, fundamental para a atividade política, é a lealdade. Ele mostrou ser um homem de grupo, que sabe respeitar os compromissos na política. Fez isso sem transigir com os interesses do estado. Soube agir sem aparelhar o governo de Minas. Fez e faz política sem permitir a promiscuidade, a mistura de interesses. Fez um governo político sem deixar que resvalasse para o politiqueiro. Em seu discurso de despedida, Anastasia afirmou que deixa o governo de Minas para enfrentar outros desafios políticos. Vai ser um dos coordenadores do programa de governo de Aécio e enfrentará, em nome do grupo, campanha para o Senado. Será uma vitória da boa política. Que ninguém duvide: Anastasia será, em muito pouco tempo, uma das principais lideranças do Congresso. Ninguém tem as mesmas condições que ele para falar em nome de Minas e defender os interesses do estado. Com a colaboração de Ana Lúcia Cortez, Eliane Hardy, Flávio Penna e Jaqueline da Mata EDITORA-ADJUNTA Cláudia Rezende Estagiário: Patrícia Carvalho Assistente de Fotografia: Tamara Jesus Revisão: Maria Lúcia de Sousa Pires DIRETOR-GERAL Paulo Cesar de Oliveira DIRETORA DE ARTE Oriádina Panicali Editor de arte: Renato Luiz Equipe de arte: Adroaldo Leal, Gilberto Silva, Luciano Cabral DIRETOR DE REDAÇÃO Homero Dolabella DIRETORA Eliana Paula EDITORA DE WEB Denise Motta Assistente de web: Marcela Soares Supervisora de distribuição: Kelly Maia Superintendente comercial: Gino Murta Departamento Comercial (31) EDITORA-GERAL Maria Eugênia Lages TUDO é uma publicação da VB Editora e Comunicação Ltda. em conjunto com a J.Chebly Comunicação Ltda. Rodovia MG-030, 8.625, Torre 2, Nível 4 Serena Mall Vale do Sereno CEP Nova Lima MG - Redação: Impressão: Rede Editora Gráfica Tiragem semanal: 38 mil exemplares DIRETORES Gustavo Cesar de Oliveira Paulo Cesar Alkimim de Oliveira DIRETORES José Chebly Filho Leonardo Chebly TUDO - BELO HORIZONTE, 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 ESPECIAL 3 PAC da saúde vai mal U Denúncia do Conselho Federal de Medicina aponta que 11% das obras previstas para o país foram concluídas, em Minas, foram 5% PEDRO VILELA/AGÊNCIA i7 Cláudia Rezende EDITORA-ADJUNTA lll A saúde em Minas, e no país, poderia estar melhor que está agora. Não utopicamente, mas se as obras anunciadas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, em 2011, tivessem sido concluídas. Ao contrário disso, em Minas, 60% não foram iniciadas, estão em estágios preparatórios ou em contratação. A denúncia é do Conselho Federal de Medicina (CFM). No estado, 5% das intervenções foram concluídas, percentual abaixo do nacional, de 11%. Em Minas, foram selecionados projetos, segundo o estudo, feito com base em dados oficiais do Orçamento da União, do Tribunal de Contas e do Ministério da Saúde. Desses, 105 foram concluídos até dezembro de2013. A gente lamenta isso. Quem fez o PAC não foi a sociedade. Foi o próprio governo. Fez a propaganda e praticamente não executou nada, afirma Itagiba de Castro Filho, presidente do Conselho Regional de Medicina de MG (CRM-MG). Segundo ele, o governo anunciou que tem R$ 15 bilhões reservados para serem aplicados na saúde. O dinheiro, no entanto, não é liberado. O governo, U SAÚDE A ESPERAR J Centro de Saúde do Horto: nada executado O que o PAC 2 previu e não cumpriu em MG l PROMETIDO CUMPRIDO UBSs 26 UPAs 705 ações de saneamento l ALGUMAS OBRAS ATRASADAS EM BH Centro de Saúde Camargos Centro de Saúde Horto Centro de Saúde Barreiro de Cima UBS Cruzeiro do Sul Betim 34% de execução Nada executado 25% de execução 53% de execução CFM e CRM-MG mais uma vez, apresenta números fantasiosos. A gente sabe que ele não vai executar esse dinheiro. A saúde não é prioridade do governo. As obras que estão em execução somam 696, 35% do total previsto. Cento e cinco ações foram concluídas. O estudo mostra que, com isso, Minas está em 10º lugar em obras concluídas, dentre todos os estados, e tem o quarto pior desempenho. Das intervenções elencadas para o estado, em 2011, constavam unidades básicas de saúde (UBS), com 3% de conclusão, 26 unidades de pronto atendimento (UPA), nenhuma concluída, 705 ações na área de saneamento em áreas indígenas, rurais e cidades, com 66 entregues. Tudo era imprescindível. Autoridade não assume o problema Os recursos previstos para as obras são do PAC 2, administrados pelo Ministério da Saúde e pela Funasa, mas as intervenções são executadas regionalmente. Procurada para falar sobre o estágio das obras, a Secretaria Municipal de Saúde informou que quem responder por elas é a Secretaria de Estado de Saúde, que, por sua vez, informou à reportagem que a fonte era o Ministério da Saúde e o CFM. O Ministério da Saúde respondeu de forma genérica à demanda, não atendendo à situação específica de Minas. Conforme nota do ministério, existem obras relacionadas à construção e à ampliação de UBSs, UPAs, saneamento básico e programa Água para Todos, os dois últimos da Funasa, no país. Desse total, são projetos recentes de UPA e UBS aprovados no segundo semestre de 2013 e estão em fase de preparação para início das obras por parte do gestor local. Outras foram concluídas ou estão iniciadas. Ao contrário do que informaram os órgãos locais de saúde, o ministério afirmou que a construção de UPA, UBS e obras de saneamento são executadas por meio dos estados e dos municípios. Informou, ainda, que, desde agosto de 2013, oferece projetos arquitetônicos padrões para UPA e UBS, ata e registro de preço nacional para aquisição de equipamento para UPA e UBS e registro de preço nacional para construção de UBS para auxiliar as administrações locais na tarefa. Sobre as obras de saneamento, informou que a Funasa tem o prazo de quatro anos para executá-las e, por isso, ainda está no prazo. Delas, 84% estão concluídas ou em obras, segundo o ministério. Com relação à liberação de recursos, o órgão diz que, em 2013, repassou R$ 57 bihões a estados e municípios para pagar o atendimento de equipes de atenção básica, ofertar medicamentos e vacinas, oncológico, cirurgias e internações no SUS. Por fim, o ministério informou que houve crescimento de 109% no número de UPAs de 2011 para cá e de 56% no de ambulâncias no país desde Promoção válida até 30 de abril de Tratamentos não médicos. creative 100 ESPECIAL DE OUTONO FINA FORMA EMAGRECIMENTO VELASHAPE+ULTRACAVITY ULTRACAVITY de R$ 1.490,00 por Gordura localizada, celulite e Flacidez de R$ 2.980,00 por 10x 10x R$ 199,00 R$ 99,00 ESTRIAS DEPILAÇÃO A LASER Laser CO2 Fracionado com até 50% desconto 30% desconto na segunda região curta e saiba mais sobre nossos serviços e promoções. 25 Barreiro Belvedere Buritis Centro Cidade Nova Funcionários Mangabeiras Ouro Preto Padre Eustáquio Santo Agostinho Savassi outono add 22x6 quinta-feira, 3 de abril1de :58:40 PAGINA 005_ESPECIAL.indd 04/04/14 17:43 4 OPINIÃO Angela Gutierrez TUDO - BELO HORIZONTE, 5 A 11 DE ABRIL DE 2014 PAULO WERNER Cultura é para todos Desde cedo, aprendi com meus pais a reconhecer a grandiosidade das coisas, a riqueza da cultura brasileira e a necessidade de preservá-la. Esse ensinamento acompanhou a minha vida. Durante toda a minha trajetória, tive a oportunidade de selecionar e cuidar de peças que chegavam até mim. Partindo dessa ideia e seguindo o mesmo instinto generoso, me despi do apego e me propus a compartilhar minhas coleções. O primeiro passo foi tornar pública minha coleção de oratórios, com a doação de aproximadamente 500 peças ao patrimônio nacional, compondo o que hoje é o Museu do Oratório. Mas a história não termina por aí: em 2002, foi o momento de tornar Já são oito anos desde sua fundação e já completamos um milhão de visitantes! Estamos orgulhosos desse número e mais ainda do que ele representa público um acervo de peças que contam a história do trabalho do período pré-industrial brasileiro. Hoje, no Museu de Artes e Ofícios, é possível, por meio de mais de peças, passear pela riqueza da produção popular, os fazeres e saberes, os ofícios e as artes que deram origem a algumas das profissões contemporâneas. Já são oito anos desde sua fundação e já completamos um milhão de visitantes! Estamos orgulhosos desse número e mais ainda do que ele representa: um número formado por pessoas de todas as idades, crianças, jovens, adultos, idosos, de todas as crenças e classes sociais. Nossa proposta é receber todos, ter um museu com total acessibilidade, receber cada visitante com o profissionalismo e a atenção que são a nossa marca registrada. E conseguimos! Desde a abertura, em 2006, o Museu está preparado para receber de forma inclusiva todos os visitantes. O projeto original traz os recursos que permitem a acessibilidade total aos cadeirantes, para os quais foram desenvolvidos rampas e elevadores. A Ação Educativa do Museu conta com dois projetos inovadores: desde 2009, possui equipe capacitada para receber o público cego, com ações específicas, como catálogo e identificação das peças em braile; maquete do edifício, para que esse público tenha a noção da dimensão do prédio e suas peculiaridades; e, pensando no reconhecimento pelo toque, selecionamos peças originais do acervo, disponibilizadas em vistas agendadas. A recepção do público surdo na Língua Brasileira de Sinais (Libras) é o segundo projeto que torna o Museu de Artes e Ofícios referência no atendimento a públicos especiais. Colaboradores de diferentes setores do Museu, que atuam diretamente com o atendimento e a recepção desse público fazem o curso de Libras, atividade desenvolvida em parceria com a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), entidade que representa as pessoas surdas, tendo caráter educacional, assistencial e sociocultural. E, se a proposta é compartilhar os bens culturais, tornando-os acessíveis a todos, por que não colaborar com a formação de pessoas para cuidar desses bens? Pensando nisso, criamos o Programa Valor Social, que busca associar cidadania, arte, cultura e preservação do patrimônio, promovendo o desenvolvimento humano e a criação de oportunidades para inserção de jovens no mundo do trabalho. Desde a abertura do programa, em 2008, 150 jovens foram qualificados. Atualmente, mais de 85% deles estão inseridos no mercado de trabalho. Cumprimos nosso objetivo, que é oferecer a talentosos adolescentes uma opção de formação profissional e, ao mesmo tempo, suprimos a carência de mão de obra especializada para a qual existe grande demanda em Minas Gerais, estado com um dos mais importantes e valiosos patrimônios culturais do país. Levando em conta nossas ações e toda a dedicação de que dispomos para colocá-las em prática, a sensação é de estar no caminho certo, cumprindo o compromisso com a democratização de acesso aos bens culturais de que dispomos. Angela Gutierrez é presidente do Instituto Cultural Flávio Gutierrez TUDOBH AS MAIS LIDAS DO PORTAL ENTRE OS DIAS 29 DE MARÇO E 4 DE ABRIL: 1 - Tumulto e confusão na prefeitura de Nova Lima 2 - Médica condenada por mandar amputar pênis de ex-noivo é presa 3 - Conheça brinquedos sexuais do século Confira dicas de como assar peixes na churrasqueira 5 - Conheça a lipo sem cortes Facebook: Portal: FRASES O PORTAL DE NOTÍCIAS DA VB COMUNICAÇÃO Vocês vão ser torturados com algumas verdades aqui. Deixe-os de costas, presidente, por favor Jair Bolsonaro (PP-RJ), deputado federal, diante das manifestações contrárias a ele, na sessão para relembrar os 50 anos do golpe militar As Forças Armadas não podem continuar nas academias com currículos que tratam o golpe de 64 como uma revolução libertadora Franklin Martins, jornalista e ex-ministro NO TWITTER O fascista tem o direito de discursar. Mas é um direito do plenário ouvir qualquer discurso de deputado na posição que deputado federal. Sustentabilidade é falar de economia, saúde, educação, ciência, tecnologia, inovação, infraestrutura, ex-ministra do meio ambiente. PÁSCOA ARAUJO. O COELHINHO JÁ PASSOU POR AQUI. AGORA É A SUA VEZ. ARAUJO ENTREGA EM TODO O BRASIL. Em BH, Betim, Contagem, Nova Lima e Sete Lagoas. Custo de ligação local. PARA OUTRAS LOCALIDADES, LIGUE: Custo de ligação local. Consulte área de entrega. Alguns produtos não podem ser comercializados devido à legislação vigente ou por restrições da logística de entrega. Novo governador U Alberto Pinto Coelho assume comando de Minas Denise Motta EDITORA DE WEB Apesar de ter o perfil bem diferente do traço técnico marcado pela carreira pública de Antonio Anastasia (PSDB), o novo governador de Minas, Alberto Pinto Coelho (PP), contará com equipe especial neste mandato de quase nove meses. Coelho assumiu o governo de Minas nesta sexta (4), com a saída de Anastasia para ficar disponível a disputar cargo eletivo em outubro. No dia seguinte, já era hora de anunciar que as pastas das secretarias serão ocupadas por nomes técnicos, muitos pelos subsecretários. Os secretários, em sua grande maioria, são políticos eleitos para o legislativo e também precisam se desincompatibilizar se forem disputar pleito neste ano. Ao tomar posse, o novo governador avisou que o governo será de continuidade das gestões de Aécio Neves e Anastasia, ambos tucanos, governadores de 2002 até então. J Aécio, Alberto e Anastasia: continuidade Procurarei seguir os exemplos dos dois. O governo tem o mesmo norte, a mesma filosofia, os mesmos princípios e pretendemos continuar com o legado deixado pelo governador Anastasia, afirmou Coelho à imprensa. E ainda destacou que a prioridade dele são obras de mobilidade. Ex-presidente da Assembleia Legislativa, o governador tem trânsito em várias esferas do poder e reiterou seu trabalho para que seu partido, nacionalmente,
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks