Documents

Tdah e Controle Inibitorio- Relevancia de Um Programa Neuropsicopedagogico de Estimulaã‡Ãƒo Das Funã‡ã“Es Executivas Em Sala de Aula

Description
Artigo sobre a importância das FE no TDA, principalmente o controle inibitório, tão disfuncional na tríade.
Categories
Published
of 11
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  TDAH E CONTROLE INIBITÓRIO: RELEVÂNCIA DE UM PROGRAMA NEUROPSICOPEDAGÓGICO DE ESTIMULAÇÃO DAS FUNÇÕES EXECUTIVAS EM SALA DE AULA Vera Lucia de Siqueira Mietto¹ Vanessa Leite Machado² Resumo    Este artigo tem como objetivo refletir sobre a importância do desenvolvimento das funções executivas no âmbito escolar como ferramenta fundamental no controle inibitório de nossas crianças com TDAH/I. As Funções Executivas tem sido estudadas por  pesquisadores voltados para as neurociências da aprendizagem, tentando desvendar como elas influenciam e norteiam as futuras aprendizagens e o comportamento de nossas crianças. Numa perspectiva de facilitar ao neuropsicopedagogo a elaboração de estratégias mais assertivas e o entendimento das habilidades que compõe as funções executivas,esse artigo também mapeará as áreas cerebrais e sua relação com as habilidades cognitivas, assim como sua influencia no desenvolvimento emocional e cognitivo de nossas crianças: a neurobiologia do TDAH e o comprometimento das habilidades cognitivas e seu impacto comportamental. Palavras-Chave:  Neuropsicopedagogia. TDAH.Funções Executivas. Cérebro. 1 INTRODUÇÃO Uma dos transtornos comportamentais mais estudados na atualidade e que tem demandado pesquisas em diversas áreas da educação e da saúde, o TDAH (transtorno do déficit da atenção e hiperatividade )é um transtorno neurobiológico , que aparece na infância e frequentemente acompanha o individuo por toda vida. Tem como sintomatologia a tríade: desatenção , inquietude e impulsividade. Independentemente do sistema classificatório utilizado, as crianças com TDAH são facilmente reconhecidas em clínicas, em escolas e em casa. E como é um transtorno DIMENSIONAL (que depende da intensidade dos sintomas e não da presença ou ausência deles), é preciso que esses sintomas se apresentem por mais de seis meses, em mais de um ambiente e que causem problemas na vida da criança. ¹Fonoaudióloga, Psicopedagoga Institucional e Especialista em Neurociência Pedagógica. E-mail:velucia_rj@yahoo.com.br ²Professora Orientadora. E-mail:vlm.psico@yahoo.com.br  2 As características do TDAH aparecem bem cedo para a maioria das pessoas, logo na primeira infância. O transtorno é caracterizado por comportamentos crônicos, com duração de no mínimo seis meses, que se instalam definitivamente antes dos 7 anos. Uma das características mais marcantes em nossas crianças com TDAH/I é a falta de controle inibitório, acarretando impaciência, impulsividade e comportamento opositor e desafiador por não terem suas necessidades atendidas. As questões neurobiológicas tem seu peso nesse descontrole comportamental e precisamos compreender como as funções executivas são desenvolvidas, que peso tem na vida social e acadêmica e como são disfuncionais nas crianças com TDAH/I. O neuropsicopedagogo tem em sua práxis habilidades para elaborar estratégias assertivas pelo seu entendimento de como esse cérebro aprende e de como estimular as funções executivas em sala de aula para que possamos facilitar o manejo comportamental e a aprendizagem das crianças com desatenção e hiperatividade. Assim esse artigo abordará a relevância das funções executivas, suas habilidades cognitivas e como o controle inibitório interfere na vida social, acadêmica e afetiva de crianças com desatenção e hiperatividade, prejudicando seu desempenho acadêmico. 2 NEUROBIOLOGIA DO TDAH A existência de uma base biológica na srcem das TDAH é fato: em estudos mais recentes foi possível estabelecer uma relação entre a capacidade de uma pessoa prestar atenção às coisas e a sua de atividade cerebral. Áreas do cérebro menos ativadas em pessoas portadoras de TDAH do que em pessoas sem esta problemática foram observadas, dando margem a suspeita de uma disfunção do lóbulo frontal e das estruturas diencéfalo-mesenfálicas  . O transtorno se relaciona as disfunções de regiões frontoestriatais do cérebro e dos circuitos cerebelares. Quatro regiões distintas no córtex frontal se relacionam diretamente com os sintomas neurobiológicos do TDAH: a dificuldade da atenção seletiva, os sintomas da disfunção executiva e os sintomas de hiperatividade e sintomas de impulsividade. Os sintomas relacionados á dificuldade de atenção tem estreita relação com o processamento ineficiente das informações na região do córtex do giro cíngulo anterior; os relacionados a disfunção executiva com a inabilidade de sustentar a atenção e a dificuldade de resolução de problemas relaciona-se com a região dorsolateral do córtex pré-frontal e os relacionados a hiperatividades ligados à área motora suplementar e ao córtex pré-motor e os sintomas ligados a impulsividade com a modulação de áreas orbitofrontais.    http://www.serene.com.  Nem todos indivíd estudos recentes nos suger associam-se aos diferentes Isso nos leva hipó estar ligada a outras áreas córtico-estriatal-talâmico-c Assim podemos di dificuldades na organizaçã informações mentais (me envolvida no controle dos relacionada com o núcl relacionados ao sistema de A causa da disfunç temos conhecimento das neuromodulação dopaminé Quanto a sua neurobiolo vigilância associado ao sist Crianças com TDA que envolvam habilidade estimulação dopaminérgic humor, bem como às altera Três hipóteses liga dopaminérgico, noradrenér da dopamina no comportTDAH possuem atividades Na hipótese noradr com ação noradrenérgica e modulador da noradrenalin executivas parece ser re Já na hipótese hiperatividade sem produquando ativados podem esinduziria ao estresse fisiol a atrofia cerebral, diminui   br/site/neuro/noticias/2503-tdah-interdisciplinaridade  os tem o mesmo grau de comprometiment m que as diferentes topografias das anorma endofenótipos comportamentais. eses de que cada uma dessas áreas do córt cerebrais e também a áreas subcorticais, ortical. er que: 1- a disfunção das áreas do córtex , planejamento e autorregulação, bem com mória operacional). 2-o córtex orbitofront impulsos e do controle inibitório e está ta o accumbens, que é um dos mais im recompensa de neurotransmissão dopaminér o nessas várias áreas do córtex frontal ainda anormalidades moleculares decodificada rgica anormal e de genes ligados a modulaç gia o TDAH está ligado a um mecanis ema inibidor do comportamento. H têm inadequada ativação de áreas pré-fro executivas de organização e planejamen a e noradrenérgica associada à ansiedade ções do ciclo sono-vigília também podem se as a sistemas de neurotransmissão são ev gico e serotoninérgico. Na hipótese dopamin mento motor,e alguns fármacos eficazes dopaminérgicas.   enérgica há uma semelhança com a dopa distribuição anatomica de noradrenalina d a em funções corticais como a atenção, a vig levante. serotoninérgica estaria a serotonin ir alterações nas concentrações de dopamitimular excessivamente o eixo hipotálamo-h gico e ao aumento do cortisol , que nesses do os mecanismos da neurogênese de áreas 3 --mauro-muszkat dessas funções, e lidades pré-frontais x pré-frontal pode através do circuito pré-frontal levam a na manutenção de l é a parte mais mbém intimamente portantes sistemas ica. é hipotética, e hoje por genes, pela ão noradrenérgica. o inadequado de ntais frente tarefas to. Uma excessiva , ao transtorno de evidenciadas. denciadas: sistema rgica temos a ação no tratamento do inérgica: fármacos ficitária . O papel ilância e as funções   a modulando a na. Esses circuitos pófise-adrenal, que asos, poderia levar importantes para a  4 memória, como o hipocampo, e dos mecanismos neuroquímicos e neurobiológicos relacionados à plasticidade . Podemos concluir que dois sistemas atencionais tem sua relevância no TDAH:um dopaminérgico relacionado a atenção anterior pré-frontal e noradrenalérgico, relacionado a atenção posterior, envolvidos na expressão da tríade do transtorno: desatenção, hiperatividade e impulsividade. O grau de comprometimento dessas vias estaria intrinsecamente ligada a disfunções comportamentais como: alteração da motivação, processamento temporal das informações, planejamento e organização motora, que compõem a base neuropsicológica disfuncional representada por falhas das funções executivas, atencionais e falhas na inibição do comportamento. A dopamina é um neurotransmissor intimamente ligado ao controle executivo, ao domínio e à inibição do comportamento motor, à memória operacional e aos sistemas que relacionam as reações de recompensa não imediata. Já a noradrenalina é relacionada ao acoplamento aos estímulos relevantes, à modulação neurocomportamental e a mudanças fisiológicas ,no sistema de controle da vigilância, acoplamento e desacoplamento de informações relevantes e para memória de trabalho viso-espacial, dada a sua representação cerebral mais difusa e mais ampla nas áreas posteriores (associativas e visuais) do cérebro. A serotonina é outro neurotransmissor importante na neuroquímica do TDAH para a modulação da liberação de dopamina pré-sináptica assim como as neurotrofinas, que são proteínas secretadas no SNC e que têm um papel importante na modulação da atenção e estão relacionadas a respostas de facilitação da cognição e da atenção relacionadas ao exercício físico, que é conhecidamente um dos fatores de aumento da produção desses moduladores cerebrais. Como vimos, a região pré-frontal tem grande participação nos sintomas e comportamentos do TDAH e as funções executivas têm, nessa região, sua grande expressão. 3 FUNÇÕES EXECUTIVAS “ Como uma grande corporação, uma grande orquestra ou um grande exercito, o cérebro consiste em componentes distintos que desempenham diferentes funções. E assim, como essas organizações humanas o cérebro tem os seus diretores executivos, seu regente, seu general, os lobos frontais”  Elkhonon Goldeberg Vários autores têm feito suas considerações á cerca do que sejam as funções executivas. Em um conceito bem simples e objetivo, podemos dizer que se referem à
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x