Documents

TRABALHO DE GEOGRAFIA GUERRA CONTRA O TERROR

Description
“EEEM ORMANDA GONÇALVES” GRUPO: BRUNO SURLO, JESSICA GAUDIO, MARCELA PAGEL, WHISTER RODRIGUES, WELINTON ROSÁRIO EUA e a “Guerra Contra o Terror” VILA VELHA, 2010 BRUNO SURLO, JESSICA GAUDIO, MARCELA PAGEL, WHISTER RODRIGUES, WELINTON ROSÁRIO – 2°A. EUA e a “Guerra contra o Terror” _ 11 de setembro de 2001, Iraque Invasão Assassinato de Sadam Husseim Saída das tropas americanas.,Afeganistão Talibam Al Quaeda Bin Laden. Trabalho em equipe apresentado à disciplina de Geografia, do (a) pro
Categories
Published
of 14
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  “EEEM ORMANDA GONÇALVES”GRUPO : BRUNO SURLO, JESSICA GAUDIO, MARCELA PAGEL, WHISTERRODRIGUES, WELINTON ROSÁRIO EUA e a “Guerra Contra o Terror”  VILA VELHA, 2010  BRUNO SURLO, JESSICA GAUDIO, MARCELA PAGEL, WHISTER RODRIGUES,WELINTON ROSÁRIO – 2°A. EUA e a “Guerra contra o Terror” _ 11 desetembro de 2001, Iraque > Invasão> Assassinato de SadamHusseim> Saída das tropasamericanas.,Afeganistão>Talibam>Al Quaeda> Bin Laden. Trabalho em equipe apresentado à disciplina deGeografia, do (a) professor (a) Reinaldo, paraobtenção de nota relativa ao 3º Trimestre.VILA VELHA, 2010  SUMÁRIO INTRODUÇÃO .............................................................................................................3 CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................12  REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...........................................................................12  INTRODUÇÃO Guerra ao Terror  ou Guerra ao Terrorismo é uma iniciativa militar desencadeadapelosESTADOS UNIDOSa partir dosATAQUES DE 11 DE SETEMBRO. O então PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS,GEORGE W. BUSH, declarou a Guerra ao Terror como parte de umaESTRATÉGIAglobal de combate aoTERRORISMO.Inicialmente com forte apelo religioso neoconservador, George Bushchegou a declarar uma Cruzada contra o Terror e contra o Eixo do Mal , no queficou conhecido comoDOUTRINA BUSH. Isto gerou forte reação entre os aliadoseuropeus acabaram exigindo a moderação no uso de conceitos histórico-religiososcomo parte da terminologia do discurso antiterror.Como parte das operaçõesmilitares da Guerra do Terror , os Estados Unidos invadiram e ocuparam paísescomo oAFEGANISTÃOe oIRAQUE.Foram mobilizados diferentes esforços simultâneos na Guerra ao Terror, no planoPOLÍTICO-DIPLOMÁTICO, ECONÔMICO, MILITARe deINTELIGÊNCIAouCONTRA-INTELIGÊNCIA. - O principal alvo da chamada Guerra ao Terror passou a ser os Estadosapoiadores de movimentos ou gruposTERRORISTAS, chamados de Estados-bandido ou Estados-pária ( Rougue States ), os mesmos que inicialmente eramchamados de Eixo do Mal .Uma das controvérsias mantidas durante todo o período3  dos anos 2000 diz respeito à classificação destes inimigos, já que, na prática, osESTADOS UNIDOSe seus aliados daOTANé que definiram quem é ou não terrorista e quem são os governos que apoiam ou não oTERRORISMO. Umexemplo deste tipo de crítica partiu daRÚSSIAe daCHINAque passaram a definir  o SEPARATISMOe o EXTREMISMOcomo sinônimos deTERRORISMOe criaram uma aliança para combater o extremismo, terrorismo e separatismo, aORGANIZAÇÃO DE COOPERAÇÃO DE XANGAI. Esta organização passou aclassificar os movimentosSEPARATISTAS CHECHENOeUIGURE, respectivamente, na Rússia e China, como gruposTERRORISTAS.Existem grandescontrovérsias a respeito dos objetivos declarados e da eficácia desta luta contra oterror. Através desta, os EUA conseguiram manter um estado de tensão permanentedesde 2001, sempre referindo-se à ameaça constante do terrorismo como o maior mal existente sobre a terra.O objetivo central da Guerra ao Terror seria eliminar oTERRORISMO. Entretanto a impossibilidade de realizar tal objetivo gerou grandescríticas e controvérsias, mesmo porque, não havia terrorismo no Iraque antes dainvasão americana e hoje este país é alvo de inúmeros atentados terroristas. Algunscríticos consideram que estas guerras têm objetivos menos defensivos (defesacontra o terrorismo) e mais ofensivos do que o governo dos Estados Unidos declara,como por exemplo, garantindo poder ao expandir a rede de bases militaresamericanas no mundo eassegurando o controle de áreas estratégicas devido àpresença de grandes reservas de petróleo e gás natural (Iraque) ou por ser rota deescoamento destas riquezas (Afeganistão). 2 – 11 De Setembro de 2001 No dia 11 de setembro de 2001, o mundo parou e vimos uma nação (que sempretransparece arrogância) fragilizada. Neste dia ocorreram uma serie de ataques aosEUA, que resultaram em milhares de mortos e feridos.Quatro aeronaves foram seqüestradas por integrantes do grupo islâmico Al-Qaeda,Um dos aviões sofreu uma queda quando passageiros reagiram ao seqüestro, àqueda ocorreu em campo aberto em Shanksville, Pensilvânia, tendo como vitimasapenas os tripulantes do avião. Em um outro avião os seqüestradores fizeram-nocolidir contra o quartel general de defesa dos Estados Unidos da América, oPentágono, no Condado de Arlington, Virginia. E o mais chocante foi os dois aviãoque colidiram com as duas torres do Word Trade Center, em Manhattan New York.O saldo no ataque foi de aproximadamente 3.000 mortos. A primeira colisão se deuas 8:46 da manhã, o vôo 11 da American Airleins se chocou com a torre norte doWord Trade Center. A segunda colisão ocorreu as 9:03:11 da manhã entre o vôo175 da United Airlines com a torre sul do Word Trade Center. Já às 9:37:46 da4
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x