Documents

Trabalho Jonas (Salvo Automaticamente)

Description
Trabalho de historia 6ano
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  QUESTÃO 1) O primeiro motivo podemos citar os capitais acumulados por meio da piratariana costa da Ásia, da África e da América e do comércio internacional, incluindo o tráfico deescravos.O segundo motivo devido a mão de obra farta e barata, uma vez que milhares decamponeses haviam sido obrigados a se mudar pra as cidades por causa dos cercamentos,que os expulsaram de suas terras. QUESTÃO 2) O ambiente nas fábricas eram suos, escuros e sem ventila!ão adequada,havia falta de refeit rio e de banheiros, e o ar era quase irrespirável, sobretudo na tecelagenspor causa dos fiapos de lã.O trabalho era repetitivo e as ornadas, muito longas.#rian!as, homens e mulherestrabalhavam de $% a $& horas por dia parando apenas para fazer refei!'es.Os funcionáriosrecebiam amea!as e castigos no trabalho ou eram multados por faltas irrelevantes(por assobiarem, estarem suos ou cochilado no servi!o).#rian!as acima de * anos e mulhereseram as mais interessantes por receberem um ter!o do salário dos homens. QUESTÃO 3) +ma semelhan!a entre as ideias do fisiocratas de dos economistas clássicose o fato de condenarem o pacto colonial(a ideia de que a economia s podia comercializar comsua metr pole),em suas opini'es se houvesse o livre comercio entre as na!'es rodas sairiamlucrando pois cada uma produziria somente aquilo que conseguisse fazer melhor, +madivergncia entre suas ideias e que os fisiocratas acreditavam apenas na riqueza vinda da terra á os economistas apostavam na terra e na industrializa!ão. QUESTÃO 4) -ara evitar que o poder se concentrasse na mão de uma pessoa, props adivisão do governo em trs poderes e que um fosse independente do outro/0xecutivo/ para administrar o pa1s e executar as leis.2egislativo/ para elaborar e aprovar as leis.3udiciário/ para fiscalizar o cumprimento das leis e ulgar os conflitos. QUESTÃO 5)  Alguns reis absolutistas europeus usavam ideias iluministas para diminuir acritica ao seu governo e aumentar seu prestigio e poder.0 por incorporar algumas reformaspropostas pelos 4luministas foram chamados de déspotas esclarecidos. QUESTÃO 6) a)  A lei do a!5car aumentava os impostos que os colonos deviam pagar sobre o mela!o, ovinho, o café, a seda e o linho nos seus portos também obrigava os colonos a comprar mela!odas Antilhas inglesas e antes os colonos compravam mela!o de quem vendia mais barato(Antilhas francesas ou holandesas. b)  A lei do selo dizia que todos os contratos, ornais cartazes, cartas e certid'es que circulavamnas treze colnias deviam receber um selo comprado do governo ingls, é claro. Os colonos  reagiram invadindo agncias postais e queimando ma!os de selos e gerando grandesprotestos que levaram a suspensão da lei. c)  A 4nglaterra entregou 6 companhia das 1ndias Orientais, sediada em 2ondres, o controlesobre a venda do chá para as 7reze #olnias(medida conhecida como a 2ei do#há).8isfar!ados de 1ndios 9oha:; cerca de $<= colonos invadiram trs navios ingleses noporto de >oston e atiraram o chá no mar.?oi a festa di chá em >oston. QUESTÃO 7)   0m $@&@, ficou pronta a #onstitui!ão dos 0stados +nidos com fortescaracter1sticas iluministas. arantia a propriedade privada (interesse da burguesia), optou pelosistema de rep5blica federativa e presidencialista. Beguindo a teoria de 9ontesquieu foi feita atriparti!ão dos poderes/ 0xecutivo que cabia ao presidente eleito indiretamente, os eleitores decada estado escolhem seu delegado que formam um colégio eleitoral que por sua vez elege opresidente da republica, o legislativo foi criado o congresso composto por duas cCmaras a dosrepresentantes e a do senado, o udiciário era exigido no Cmbito federal pela suprema corte qgarantia o cumprimento das leis. QUESTÃO 8) 8urante o governo absolutista a classe beneficiada foi o primeiro estado(oclero) e o segundo estado (a nobreza) estes possu1am terras, poder e privilégio, como o denão pagar quase nenhum imposto. 3á o terceiro estado (camponeses) trabalhava e pagava amaioria dos impostos e sustentava o primeiro e segundo estado. QUESTÃO 9) Causas da Revolução Francesa: D 8escontentamento do 7erceiro 0stado (burguesia, trabalhadores urbanos, camponeses), queera a grande maioria da sociedade, com os privilégios da nobreza e do clero.Os integrantes do7erceiro 0stado deviam pagar altos impostos, enquanto clero e nobreza eram isentos. 0stadisparidade gerava muita revolta em grande parte da popula!ãoE D Fuase todas as terras do territ rio francs estavam nas mãos da nobreza, fato que tambémgerava muita revolta na popula!ãoE D As pessoas que contestavam o absolutismo na ?ran!a eram presas na >astilha (espécie deprisão pol1tica da monarquia) ou enviadas para a guilhotinaE   D -éssimas condi!'es de vida enfrentadas pelos trabalhos urbanos (carga de trabalho elevadaé baixos salários) e camponeses (viviam praticamente em situa!ão de miséria)E D 0levados gastos da nobreza com luxo (festas, banquetes, roupas caras, oias, etc.), enquantogrande parte da popula!ão vivia em péssimas condi!'es de vidaE D rande vontade da alta burguesia comercial em participar das decis'es pol1ticas da ?ran!a. Aburguesia queria também maior liberdade econmica, com pouca interferncia do governoE D rande influncia dos ideais iluministas, que defendia o fim do absolutismo, sobre osintelectuais e integrantes da alta burguesia. QUESTÃO 10) irondinos/ Gepresentavam a burguesia industrial e comercial, defendia o voto censitário, odireito a propriedade privado e era contratios a participa!ão popular na revolu!ão. #omo sesentavam a direita do presidente a conven!ão ficaram conhecidos como Hgrupo de direitaI3acobinos/ 8efendiam um governo central forte, o voto universal e a participa!ão popular noprocesso revolucionário. 0ram liderados por deputados eleitos por -aris como 9arat, 8anton eGobispierre. BentavamDse 6 esquerda do presidente da conven!ão e por isso ficaramconhecidos com grupo de HesquerdaI.-lan1cie/ #omposta por deputados que agiam conforme seus interesses imediatos/ Ora aapoiando os girondinos, ora os acobinos. BentavamDse no cento da conven!ão. QUESTÃO 11) Japoleão á havia conquistado a Áustria, -r5ssia e G5ssia que haviam se aliado a 4nglaterra.9as a 4nglaterra é uma ilha e s podia ser ataca por mar, o que era muito dif1cil á que a4nglaterra era a HGainha dos maresI. O plano de Japoleão foi decretar que nenhum pai europeupoderia comercializar com a 4nglaterra ou receber navios ingleses em seus portos (>2OF+04O  #OJ74J0J7A2), com esse decreto Japoleão pretendia enfraquecer a economia da 4nglaterrae em seguida conquistaDla. QUESTÃO 12)  O c digo Japolenico abolia definitivamente os privilégios do clero e danobreza , protegia o direito a propriedade privada e a igualdade de todo perante a lei eseparava o casamento civil do religiosos.O c digo civil favorecia a burguesia proibindo asgreves e os sindicatos. QUESTÃO 13)Data: Fuando o minerador descobria uma mina, era obrigado por lei a informar o intendente,este mandava dividir a mina em lotes aur1feros chamados datas.O descobridor tinha direito aescolher duas datasE a pr xima era reservada ao rei, as outras eram distribu1das entre osmineradoresD as maiores para quem tivesse mais escravos. Derraa:  era um dispositivo fiscal aplicado em 9inas erais a fim de assegurar o teto de cemarrobas anuais na arrecada!ão do  quinto . Qu!nto:  era a reten!ão de K=L do ouro em p ou folhetas que eram direcionadas diretamentea #oroa -ortuguesa Santo do au oco / é uma expressão popular utilizada no >rasil para designar pessoasdissimuladas, cua srcem m1tica é derivada de aspectos hist ricos. Begundo o imagináriopopular, o santo do pau oco era, nas regi'es mineradoras brasileiras e durante o per1odocolonial, um s1mbolo do contrabando do ouro em pedra ou p ou de diamantes, ou sea, asimagens devocionais eram utilizadas como esconderio aos olhos do fisco. overnadores,escravos e clérigos estavam envolvidos nesse tipo de contrabando.-rovavelmente, esse tipode imagem era feito pelos mesmos motivos que na 0uropa, onde, desde a  Idade Média , asesculturas em madeira eram escavadas para que as pe!as rachassem menos e ficassem maisleves. Fa!scação / A faisca!ão era a pequena extra!ão representada pelo trabalho do pr priogarimpeiro, um homem livre de poucos recursos que excepcionalmente poderia contar comalguns audantes. Jo mundo do garimpo o faiscador é considerado um nmade, reunindoDse 6svezes em grande n5mero, num local franqueado a todos. -oderiam ainda ser escravos que, seencontrassem uma quantidade muito significativa de ouro, ganhariam a alforria. 7ambémconhecida como faisqueira, tal atividade se realizava principalmente em regi'es ribeirinhas. 8e uma maneira ou de outra, a faisca!ão sempre existiu na minera!ão aur1fera da colniatornandoDse mais intensa com a pr pria das minas, surgindo então o faiscador que aproveita asáreas empobrecidas e abandonadas. 0ste cenário tornaDse mais comum pelos fins do séculoMN444, quando a minera!ão entra num processo de franca decadncia.
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks