Documents

04 - A Essência e o Número de Anjos

Description
04 - A Essência e o Número de Anjos
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    ESTUDO DIGITALIZADO PELO SITE WWW.SEMEANDOVIDA.ORG Projeto exclusivo de resgate de revistas antigas de Escola Bíblica Dominical. Para mais estudos visite o nosso site.    Página | 1 Para mais estudos visite o site www.semeandovida.org   A ESSÊNCIA E O NÚMERO DE ANJOS Mateus 22.30 e Jó 25.3  A expressão Malak Adonai    - mensageiro de Deus - é usada para indicar um ser celeste, um anjo, o que deixa transparecer a srcem e a natureza espiritual desses seres que são numerosos e se submetem conscientemente ao Deus Altíssimo para o cumprimento dos Seus propósitos. Numa linguagem poética, a existência de todos eles é um dos superlativos das Escrituras Sagradas. Tentar enumerá-los assemelhar-se-ia à pretensão de contar os pontos estrelados que ornamentam a abóbada celeste. 1 - A NATUREZA DOS ANJOS 1.  Os seres angélicos são criaturas finitas e limitadas e, embora desfrutem de uma condição mais livre com relação ao tempo e ao espaço, não podem estar simultaneamente em dois ou mais lugares. Os anjos são seres pessoais, munidos de inteligência e vontade (2 Sm 14.20; 1 Pe 1.12) e manifestam-se superiores aos homens em conhecimento (Mt 24.36). 2.  As Escrituras Sagradas designam os seres angélicos que permanecem leais como sendo santos anjos (Mc 8.38; At 10.22), e descrevem os anjos caídos chamando-os de mentirosos e pecadores (Jo 8.44; 1 Jo 3.8-10). 3.  As informações bíblicas acerca do estado srcinal dos anjos são relativamente escassas. Sabemos que no desfecho da criação o Senhor Deus considerou, contemplativamente, todo o fruto do trabalho criativo e especificou-o como muito bom (Gn 1.31). O texto de Judas 6 pressupõe uma boa condição srcinal a envolver todos os anjos. Agostinho, teólogo e filósofo, um dos Pais da Igreja, ressaltou que os seres angélicos bons, por sua fidelidade e submissão, receberam o dom da perseverança. 4.  Podemos caracterizar a natureza dos anjos da seguinte maneira: 1) São seres racionais   (Mt 4.11). 2) São seres morais   ( Mt 25.31). 3) São seres imortais   (Lc 20.36). 4) São seres espirituais e incorpóreos   (Mt 22.30). 5) São invisíveis (  Cl 1.14). 2 - O NÚMERO DOS ANJOS 1.  A Bíblia não determina, com exatidão, o número dos seres angélicos, mas deixa transparecer que é um número muito elevado. O seu número total foi criado fixa e definitivamente no princípio (Gn 2.1). 2.  Alguns textos bíblicos enfatizam o seu grande número: Deuteronômio 33.2 Disse, pois: O Senhor veio de Sinai, e lhes alvoreceu de Seir, resplandeceu desde o monte Parã; e veio das miríades de santos; à sua direita havia para eles o fogo da lei .  Página | 2 Para mais estudos visite o site www.semeandovida.org   2 Reis 6.16-17 Ele respondeu: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. Orou Eliseu, e disse: Senhor, peço-te que lhe abras os olhos para que veja. O Senhor abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu . Salmo 68.17 Os carros de Deus são vinte mil, sim milhares de milhares. No meio deles está o Senhor: o Sinai tornou-se em santuário  .   Marcos 5.9 E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? Respondeu ele: Legião é o meu nome, porque somos muitos .   Mateus 26.53 Acaso pensas que não posso rogar a meu Pai, e Ele me mandaria neste momento mais de doze legiões de anjos? .   Lucas 2.13 E subitamente apareceu com o anjo uma multidão da milícia celestial louvando a Deus... .   Apocalipse 5.11 Vi, e ouvi uma voz de muitos anjos ao redor do trono, dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares .  Assim sendo, as Escrituras indicam claramente que os seres angélicos constituem um exército deveras poderoso. Repetidamente denomina este exército de: EXÉRCITO DO CÉU ou EXÉRCITO DE DEUS e ambos os termos assinalam um número de grandes proporções. A menção que o Senhor Jesus faz das doze legiões de anjos possibilita uma equivalência a ser feita com a legião romana , a qual compunha-se de um contingente de soldados que variava de 3.000 a 4.000 componentes. 2.  Os anjos constituem um exército poderoso. Em Hb 12.22, os anjos são indicados como uma companhia inumerável, miríades, literalmente. Em consonância com o texto de Lucas 2.13, multidões de anjos apareceram na maravilhosa noite do nascimento de Cristo, clamando de alegria em decorrência desse evento. Os anjos são descritos como sendo multidões a que os homens não podem contar. E talvez o desafio que o Senhor fez a Abrão possa representar um desafio a ser feito aos homens da nossa época: Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes    (Gn 15.5). Parafraseando: Conta os anjos, se é que podes... CONCLUSÃO Quando pensarmos nos anjos, em sua natureza e seu número, não nos esqueçamos de que os mesmos possuem faculdades e poderes muito especiais que os capacitam para o desempenho de suas tarefas sobrenaturais. Seus poderes, contudo, têm limites e se submetem à vontade divina ou ao caráter permissivo desta vontade. É impossível, também, aquilatar a força e a quantidade numérica dos exércitos divinos. Entretanto, Eles são como verdadeiros arautos no cumprimento de suas missões espirituais.
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks