Scrapbooking

2. Resumo geral dos resultados alcançados

Description
1. Introdução 2. Resumo geral dos resultados alcançados 3. Administração 4. Infância 5. Ação Social 6. Idoso 7. Resultados financeiros do ano Anexos 9. Proposta de aplicação de resultados 1 1.
Categories
Published
of 25
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
1. Introdução 2. Resumo geral dos resultados alcançados 3. Administração 4. Infância 5. Ação Social 6. Idoso 7. Resultados financeiros do ano Anexos 9. Proposta de aplicação de resultados 1 1. Introdução O ano de 2015 foi o último de um mandato que muito exigiu dos membros dos órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia de Sintra. Ao mesmo tempo que se cumpria a sua matriz orientadora de estar atenta à Comunidade, às suas necessidades e privações, a Mesa Administrativa assumiu, naquele mandato, um compromisso perante os seus parceiros em desenvolver a sua atividade de forma sustentada. Os condicionalismos de um rigoroso plano não impediram, contudo, a vontade em fazer por bem, mantendo a solidariedade viva, cultivando a fraternidade com a Comunidade e beneficiando do desenvolvimento de um crescente voluntariado. Mas, também, a satisfação pelo aumento de qualidade nos diversos serviços que a Santa Casa da Misericórdia presta, com rigor e inovação. A exigência imposta pela Direção tem sido garante da qualidade das respostas, contando com um corpo de colaboradores muito dedicado. Rigor, inovação e qualidade caracterizam a atividade da Santa Casa da Misericórdia e que a nova Mesa Administrativa, coadjuvada pelo Definitório, a Mesa da Assembleia e todos os Irmãos, saberá potenciar para um mandato iniciado em Um ano fértil em acontecimentos e eventos, de que se destaca a celebração do 470.º aniversário da Santa Casa da Misericórdia de Sintra, com uma cerimónia que muito nos orgulhou. Colaboradores, famílias, empresas amigas da Misericórdia e autarquias, juntos numa celebração de reconhecimentos do papel de todos. Findo o ano de 2015 e com a apresentação do presente Relatório de Atividades, podem os Irmãos verificar que a Santa Casa da Misericórdia de Sintra continua empenhada no cumprimento das Obras de Misericórdia, encerrando o ano de 2015 mais bem preparada e segura em continuar a sua missão ao serviço de todos. O Provedor João Lacerda Tavares 2 2. Resumo geral dos resultados alcançados Para o ano de 2015, foram definidos como objetivos gerais prioritários à Instituição, a obtenção de subsídios externos de apoio à manutenção das nossas respostas sociais e de apoio à melhoria das condições dos nossos equipamentos, por forma a conseguirmos prestar um serviço cada vez de maior qualidade aos nossos utentes. O Plano Especial de Revitalização - PER, cuja sentença de homologação, transitou em julgado no dia 9 de março de 2015 veio influenciar o nosso modus operandi no que diz respeito ao funcionamento geral da Instituição, quer do ponto de vista do cumprimento nas nossas obrigações, quer do ponto de vista do rigor imposto aos nossos recursos humanos, nomeadamente na política de redução de custos já implementada na Instituição desde A Instituição tem conseguido estar ao lado dos parceiros locais, na obtenção de respostas atempadas e de qualidade, sem restrições geográficas dentro do concelho e num trabalho de total transversalidade entre áreas de intervenção infância, idoso, apoio social e apoio psicológico. Ao contrário do que era expectável, não se verificou a formalização do protocolo com a Câmara Municipal de Sintra, para o apoio financeiro necessário à manutenção de algumas das respostas dadas no âmbito do Departamento de Ação Social e Gabinete de Psicologia, no entanto, a boa relação existente com a Autarquia, muito em concreto com os Senhores Presidente da Câmara e Vereador do Pelouro da Ação Social, garante-nos que será um objetivo concretizável a curto prazo. Para conseguir dar resposta à crescente procura das respostas da Instituição, atendendo a toda a fragilidade vivida pelas famílias acompanhadas pela Misericórdia, a Instituição assumiu o encargo financeiro com a Medida Estágio-Emprego do IEFP, para duas assistentes sociais e uma psicóloga, estágios em curso até abril/maio de A aposta na qualidade das nossas respostas, apesar de todos os constrangimentos financeiros, tem sido uma prioridade ao longo dos últimos anos, como se pode verificar nos vários relatórios de atividades e mais em concreto no Relatório que estamos a apresentar, onde, para cada uma das áreas de intervenção da Instituição, constatasse a preocupação de melhorar as condições dos vários equipamentos, conforme descrição feita mais à frente. Fica novamente o sentimento de que muito já foi feito, mas, muito ainda há para fazer, pela Instituição, pelos utentes e sobretudo para os utentes, pois é para eles que trabalhamos diariamente, na constante procura de soluções de vida. A Diretora Paula Pinto 3 3. ADMINISTRAÇÃO GABINETE DE PSICOLOGIA 1. Número de utentes acompanhados O Gabinete de Psicologia constitui-se como resposta aberta à comunidade, não tendo restrições geográficas dentro do concelho e respondendo a encaminhamentos efetuados por diversos parceiros locais ou pelos técnicos da Instituição. A resposta dada insere-se apenas no âmbito de intervenção da especialidade de Psicologia Clínica, através de apoios em psicoterapia ou psicodiagnóstico, a crianças, adolescentes ou adultos ao longo de todo o ciclo de vida. Os pacientes são acompanhados em regime de consulta psicológica, com periodicidade semanal ou quinzenal. Durante o ano de 2015 foram acompanhados na consulta externa do Gabinete de Psicologia, um número médio de 50 utentes por mês. Cerca de 26 destes pacientes foram seguidos pela psicóloga clínica em estágio profissional na instituição, 16 pela psicóloga clínica coordenadora, sendo os restantes acompanhados pelos estagiários do ISPA, que anualmente fazem a formação clínica na instituição. Os protocolos ou parcerias informais com entidades de proteção da infância e juventude têm vindo a ser consolidados, tendo sido em 2015 acompanhados cerca de 15 crianças ou adolescentes em risco (CPCJ, ECJ, Obra do Padre Gregório). Por razões inerentes à situação socioprofissional dos pacientes e suas famílias e sempre em articulação com o serviço social ou a direção, assistiu-se, face a 2014, a um aumento do número de utentes isentos de pagamento. Além da consulta externa, o gabinete procura assegurar uma resposta interna, de forma transversal aos vários departamentos. No departamento de infância, foi prestada psicoterapia individual a três crianças e realizado processo de avaliação psicológica completa do desenvolvimento ou funcionamento cognitivo a outras dez. Tal como previsto no plano anual de atividades, as psicólogas da SCMS asseguram a avaliação trimestral das competências para o grafismo e motricidade fina de todas as crianças de quatro e cinco anos, bem como a avaliação das competências para as aprendizagens formais do 1º ciclo de todos os alunos finalistas. No ano 2015, foi feita avaliação dos grafismos trimestralmente de aproximadamente 94 crianças, tendo sido efetuadas avaliações de competências pré escolares aos 24 alunos de cinco anos. No Departamento do Idoso foi assegurada intervenção psicológica no domicílio a dois utentes. Tal como em anos anteriores, manteve-se a resposta prioritária aos utentes do Departamento de Ação Social, tanto no que respeita à intervenção psicoterapêutica como a processos de avaliação psicológica e psicodiagnóstico. Todos os utentes encaminhados pelas técnicas de serviço social são isentados do pagamento das consultas, estabelecendo-se mecanismos de articulação entre psicologia e serviço social. No ano 2015 manteve-se o elevado número de utentes encaminhados em situação de fragilidade social. 4 2. Resumo das atividades realizadas Tal como previsto no cronograma de atividades planeadas para 2015, os técnicos do Gabinete de Psicologia prestaram apoio junto da equipa técnica dos equipamentos de infância. Realizaram-se reuniões regulares com as educadoras, bem como todas as sessões de anamnese e aconselhamento parental vistas como necessárias à compreensão da situação atual das crianças referenciadas; ainda se implementaram momentos de observação direta e naturalista e utilização de provas de diagnóstico. Em termos de articulação com entidades parceiras, consolidou-se em 2015, a parceria informal existente com a Equipa de Crianças e Jovens do ISS, que encaminha crianças e adolescentes acompanhadas no âmbito de processos de promoção e proteção. Como em anos anteriores, assinala-se a participação do Gabinete no tratamento estatístico dos dados do estudo de satisfação dos utentes do departamento de infância 2014/15. Ao longo de 2015 fizeram parte do Gabinete cinco estagiários em diversas fases da sua formação escolar e profissional. No primeiro semestre desenvolveram e concluíram o estágio curricular de Mestrado em Psicologia Clínica duas alunas do ISPA do ano 2014/15. Em dezembro de 2015 foram integrados dois novos alunos do mesmo curso, que desenvolverão a sua aprendizagem até final do ano letivo 2015/16. No mês de julho, a psicóloga que tem feito a sua formação clínica na instituição desde 2010, concluiu o estágio de ingresso à Ordem dos Psicólogos Portugueses, com a duração de um ano civil e iniciou de imediato o estágio-emprego financiado pelo IEFP. Como forma de assegurar a formação contínua dos técnicos e estagiários, foram frequentadas diversas ações de formação, workshops e conferências. 3. Melhorias realizadas no gabinete Foi adquirida a prova WISC-III, terceira edição da Escala de Inteligência de Wechsler para crianças, totalmente revista e adaptada à população portuguesa. Esta prova possui dados de aferição atualizados que permitem uma avaliação mais válida do rendimento intelectual de pacientes entre os 6 e os 16 anos de idade. No âmbito da psicologia organizacional, foi concedida pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, licença para utilização do instrumento Copenhagen Psychosocial Questionnaire - COPSOQ II dirigido à avaliação dos riscos psicossociais nas organizações. Continuando a apostar na formação dos futuros psicólogos portugueses, estabeleceu-se protocolo de integração de estágios curriculares de alunos da Universidade Europeia, com abertura de duas vagas em psicologia clínica. 5 3. ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE PROJETOS, MARKETING & COMUNICAÇÃO No ano 2015 a maioria dos objetivos propostos pelo Departamento de Marketing, Projetos e Comunicação (PM & C) foram alcançados e, em comparação com os resultados de 2014, apenas se verificou um decréscimo de receitas no que respeita aos donativos em géneros. Este Departamento continuou a dar suporte a outras áreas funcionais da Instituição, incluindo à Administração/Gestão, Departamentos de Infância, Ação Social e Idoso, gestão da Qualidade e gestão da Formação Interna. 1. Resumo das principais atividades realizadas Na área de Administração/Gestão o Departamento de PM & C fez o acompanhamento do trabalho prestado pela empresa de Higiene e Segurança no Trabalho e de extintores e elaborou um relatório baseado no parecer da empresa, com proposta de melhorias a implementar nas diversas valências da SCMS. No âmbito da gestão da qualidade, dinamizou uma reunião e visita ao Centro Social Paroquial de S. Domingos de Rana para partilha de experiências sobre Avaliação de Desempenho e o Sistema de Gestão de Qualidade e atualizou o manual de descrição de funções. Deu continuidade aos processos de licenciamento pendentes, na sede institucional / sede do departamento do Idoso e do Jardim de Infância da Portela. Representou a Instituição em alguns eventos externos, nomeadamente na Caminhada Solidária organizada pela Escola Sec. de Mem-Martins, na reunião do Secretariado Regional de Lisboa da UMP e nas Jornadas de Reflexão, Partilhar para Crescer, organizadas pelo Secretariado Regional de Lisboa da União das Misericórdias Portuguesas. Entre os vários documentos produzidos de apoio à Gestão, apoiou a revisão de textos do novo Compromisso. Na área da Formação, geriu a formação interna e tratou de procedimentos pendentes, tais como pesquisas de arquivo e emissão de declarações para ex-formandos da Instituição e apoio na resolução do processo referente à empresa de inserção de Jardinagem, no Centro de Emprego da Amadora. Das principais tarefas de apoio ao Departamento do Idoso, destacam-se o apoio na elaboração do novo regulamento interno do SAD e do Banco de Ajudas Técnicas; análise dos resultados do estudo de satisfação dos utentes do SAD referente ao ano 2014; realização de reunião na Hikma para pedido de donativos e a colaboração na realização de algumas atividades / eventos. No Departamento de Infância, foi realizada a supervisão da implementação do Programa Eco- Escolas; prestado apoio na alteração de instrumentos do SGQ; prospeção dos preços da concorrência para definição de mensalidades; acompanhamento do processo de orçamentação e de obras no JIP e no JIB; pedido de orçamentos para substituição do gradeamento da Creche das Maçãs; acompanhamento da celebração de protocolo com o Colégio da Belourinha; apoio no planeamento de atividades do ATL do JIB; elaboração do processo de resposta à vistoria realizada pela Saúde Pública ao JIP, acompanhamento do processo de pedido de alargamento da capacidade do JIP junto do ISS e pedidos de donativos diversos. 6 No Departamento de Ação Social, representou a SCMS na Escola Sec. Ferreira Dias no âmbito do Dia do Voluntariado projeto Crescer Solidário; realizou pedidos de cedência de instalações para realização de campanhas de angariação de géneros alimentares; realização de reunião na Hikma para pedido de donativos; analisou os resultados do estudo de satisfação dos utentes do departamento de Ação Social referente ao ano 2014; apoio na realização da ação Pai Natal para todos e pedidos de donativos diversos ao longo do ano. Na área da Comunicação: atualização do Site e a mudança gráfica da página de Facebook da Instituição; criação do novo modelo gráfico do Jornal da SCMS; campanha de reforço de divulgação da cedência de instalações dos infantários para festas de aniversário; atualização da apresentação institucional da SCMS do ano 2015; produção de dois novos rollups da Instituição e produção da nova publicidade nos vidros / fachada principal da sede; campanha de divulgação da abertura de inscrições nos equipamentos de Infância; elaboração do jornal da SCMS do ano 2014 e respetivo envio para parceiros, bem como do jornal do 1º semestre de 2015; campanha de divulgação do concurso 2º Orçamento Participativo requalificação do recreio exterior do JIP e integração e supervisão do voluntariado prestado por uma técnica de comunicação e por uma fotógrafa. No que concerne à Angariação de fundos: organizou eventos para captação de novas receitas, angariou donativos, realizou candidaturas para obtenção de financiamento externo e deu continuidade à implementação dos projetos Mealheiro Solidário, Linha Telefónica Solidária e Cartão de Amigo. Durante o ano 2015 foram colocados 16 mealheiros, dos quais sete, em novos estabelecimentos comerciais: Pastelaria Central (Mem-Martins), Café Olhos Verdes (Mercês), Restaurante Quente e Frio (Mem-Martins), Sensações (Mem-Martins), Dom Café (Várzea de Sintra), Pastelaria Primavera (Estefânea) e Pastelaria Tulipa (Estefânea). Este projeto permitiu a angariação anual de 761,80 euros, um valor que embora satisfatório, foi inferior ao estimado, pelo que no próximo ano, deverão ser colocados novos mealheiros. Quanto à Linha Telefónica, face aos fracos resultados obtidos, será um projeto a descontinuar em Tal como referido, para obtenção de financiamento externo foram apresentadas as seguintes Candidaturas: PAFI 2015 (Autarquia), BPI Sénior, 2º Orçamento Participativo da União das Freguesias de Sintra, Missão com Pinta SIC Esperança, Banco de Bens Doados, IV Edição do Fundo Ikea, Programa Vamos pintar X instituições (parceria entre o Modelo/Continente e a Dyrup) e iniciou-se a candidatura ao Fundo da Rainha D. Leonor - SCML. Quanto ao Cartão de Amigo, para além do acréscimo de receitas face a 2014, destaca-se a atualização dos descontos concedidos aos associados da SCMS por parte da Cintramédica e estabelecimento de dois novos protocolos com a empresa Tuk Tuk e com a Fisioterapeuta Tânia Pratas. 2. Eventos organizados Bazares internos, Comemoração do Dia das Misericórdias 470º aniversário da Instituição, Festejos de S. Pedro de Sintra, Noite Solidária no Palácio da Pena, 4ª Caminhada Contra a Fome, Bazar de Natal Solidário e Jantar de Natal da Instituição. 7 3. Donativos / fundos recebidos pela Instituição Quotas de Amigos Quotas de Irmãos Candidaturas Quotas provenientes de adesões de Amigos da Infância, SAD e gerais Quotas provenientes dos Irmãos da Instituição Candidatura ao PAFI (Autarquia) º Orçamento Participativo da UFS * * Despesa paga pela UFS diretamente ao fornecedor da requalificação do recreio do JIP Donativos financeiros 8.525,35 Empresas e particulares 5.432,05 Linha Telefónica Solidária 31,50 Mealheiros Solidários 761,80 Noite Solidária no Palácio da Pena Donativos em géneros ,56 Géneros alimentares Géneros não alimentares Roupa Calçado Óculos para utente Colchão para utente Material de atividade de expressão plástica Brinquedos Jogos didáticos Frigorífico industrial Embalagens Sacos Produtos de higiene Medicamentos Material informático e de escritório Formação Transporte de utentes Voucher de estadia para sorteio Instalações para eventos Atuação musical Voluntariado Eventos 4.112,85 Bazares internos 141,32 Festa de S. Pedro de Sintra 554,47 4ª Caminhada Contra a Fome 241 Bazar de Natal Solidário 232,85 Rifas Cabaz de Natal 153,50 Loja Social 2.789,71 (atividade desenvolvido pelo Departamento de Ação Social) VALOR TOTAL ANUAL: ,76 8 4. Notícias publicadas sobre a SCMS Anúncio sobre Inscrições nos infantários da SCMS (Jornal da Região de Sintra, Jornal de Sintra e Site da União das Freguesias de Sintra, março) Notícia sobre Celebração do 470º aniversário da SCMS (Jornal da Região de Sintra, Jornal de Sintra, Jornal Voz das Misericórdias, Site da Câmara Municipal de Sintra, Site da Park e Bike, Página de Facebook da Tuk Tuk de Sintra, maio e junho) Newsletter da SCMS do 1º semestre de 2015 (Site da União das Freguesias de Sintra) Notícia sobre a 4ª Caminhada Contra a Fome (Site Tudo Sobre Sintra, Blogue Vida de Bairro, Site da Junta de Freguesia de Algueirão Mem-Martins, Site da Taxigal, julho) Anúncio sobre Resultados da Linha Telefónica Solidária (Jornal da Região de Sintra, julho) Notícia sobre Noite Solidária no Palácio da Pena (Jornal da Região de Sintra, Jornal de Sintra, Revista Visão, Revista Vogue, Revista C & H, Revista Lux, Portal da Filantropia, Site Tudo Sobre Sintra e Site da PSML, julho) Notícia sobre Participação da SCMS nos Festejos de S. Pedro de Sintra (Jornal de Sintra, julho) Notícia sobre os Resultados das Campanhas de Recolha de Alimentos (Jornal de Sintra, julho) Notícia sobre a Comemoração do Dia Eco-Escolas no Jardim de Infância do Banzão (Boletim informativo de Colares) Reportagem sobre a SCMS (Rádio Clube de Sintra, novembro) 5. Relatório anual de formação Para melhor responder às necessidades dos colaboradores, foi realizado um diagnóstico anual de necessidades de formação às chefias que permitiu aferir as áreas prioritárias a desenvolver formação. Ao longo do ano, o departamento de PM & C divulgou oportunidades de frequência de formação junto das chefias, que encaminharam para formação vários colaboradores. Considerando as limitações financeiras da Instituição, foram aproveitadas sobretudo, as oportunidades gratuitas ou de custo reduzido, nomeadamente através da Entrajuda. Desta forma, no ano 2015 e, tal como tem sido prática corrente da Instituição, incentivou-se a frequência de formação externa pelos trabalhadores, acreditando-se que a qualificação do pessoal contribui decisivamente para a melhoria do desempenho profissional e, por conseguinte, para a melhoria da qualidade dos serviços prestados. Relativamente à formação organizada pela SCMS, foi ministrada uma ação em parceria com a KMED, que voluntariamente desenvolveu as competências de 15 formandos, na área de Higiene e Segurança Alimentar. Nome da Ação Carga horária / Calendarização Higiene e 3 horas Segurança A
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks