Documents

A Corrente Do Bem

Description
“A Corrente do Bem” O filme conta a história, onde o professor Eugene Simonet, da disciplina de Estudos Sociais, propõe aos seus alunos o desafio de mudar o mundo. Um menino chamado Trevor, faz algumas perguntas ao professor e se dispõe a fazer o trabalho de uma forma bem feita. No caminho de volta para sua casa, Trevor observou alguns mendigos num terreno. Ele olha especificamente para um daqueles mendigos e toma a decisão de levá-lo para sua casa. Estando em casa, trevor lhe dá uma alimentação
Categories
Published
of 2
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  “A Corrente do Bem”O filme conta a história, onde o professor Eugene Simonet, da disciplina deEstudos Sociais, propõe aos seus alunos o desafio de mudar o mundo. Um meninochamado Trevor, faz algumas perguntas ao professor e se dispõe a fazer o trabalho deuma forma bem feita.No caminho de volta para sua casa, Trevor observou alguns mendigos num terreno.Ele olha especificamente para um daqueles mendigos e toma a decisão de levá-lo parasua casa.Estando em casa, trevor lhe dá uma alimentação correta e também suaseconomias, para que Jerry, o mendigo, possa comprar roupas novas e fazer umaentrevista de emprego.Ao chegar do trabalho de madrugada, a mãe do menino não desconfia de nada, queseu filho havia feito. Apenas no outro dia, ela encontra o tal homem e entra emdesespero e adverte o filho por tal ação realizada. Trevor, fala que faz parte do trabalho, proposto pelo professor.Arlene, mãe de Trevor, vai até a escola tomar satisfações com o professor arespeito desse trabalho que levou o seu filho a colocar um mendigo dentro de casa. O professor diz que a intenção não era essa. Era apenas a de fazer com eles tentassemmudar o mundo. Arlene, indaga ao professor, que para Trevor, esse trabalho era mais doque tentar, ele estava sendo incentivado a mudar o mundo e que se ele não conseguisse,iria ficar arrasado. O professor, não faz nada e Arlene volta para casa.Trevor sofre muito sempre que vê a mãe bebendo. Arlene é alcoólatra, mas nãoassume isso ao filho e sempre faz promessas de que vai mudar.Em outra aula de Estudos Sociais, o professor pede a apresentação do trabalho detodos os alunos. Toda a turma fez coisas aparentemente normais, do nível de alunos dasétima série. Era o que o professor esperava, mas Trevor o surpreendeu. A idéia que omenino teve foi a de uma corrente do bem, onde ele faria três grandes favores a três pessoas, e cada pessoa faria mais três favores e ai a corrente ia aumentandorapidamente.Arlene aceitou que seu filho continuasse com o trabalho. O próximo a ser ajudado por Trevor era o professor Simonet. Pois Trevor percebia nele uma solidão. Trevor então decidiu que, juntar sua mãe com Simonet seria uma boa idéia para ambos. Umavez, que ele admirava e gostava do professor.Um dia Trevor e a Arlete discutem, porquanto Trevor havia programado umencontro em sua casa, entre sua mãe e o professor. Arlete dá um tapa no rosto de seufilho, pois este havia dito que ela gostava de quem bebia com ela, uma vez que o professor não bebia, era uma pessoa de boa índole. Trevor, nesse dia, fugiu de casa.Arlene não tinha a quem chamar e ligou para o professor. Eles localizaram o menino,em uma estação rodoviária. Arlene prometeu nunca mais beber, confessando ao filhoseu vício e pedindo que ele a ajudasse a mudar. Eles se abraçam chorando.Tudo estava indo muito bem, sua mãe não bebia mais, e estava vivendo junto com professor, estavam todos muito felizes.Mas um dia, seu pai retorna e Arlene resolve dar outra chance ao marido, paratentarem viverem em família. Seu pai é alcoólatra também.Arlene procura o professor, para dar-lhe uma explicação sobre a decisão de tentar reconciliar com seu marido, este confessa a ela, sobre a historia que passou em suainfância e o porquê de ter as marcas de queimaduras em seu corpo, afirmando que jamais seu marido viveria em paz com Trevor, uma vez que Trevor já lhe haviaconfidenciado alguns acontecimentos vividos.  Arlete após algumas tentativas, percebe que tinha cometido um grande erro aofazer a escolha pelo marido. E então manda embora para sempre o pai de seu filho.O menino continuou com a corrente do bem. Jerry, também já estava fazendo a sua parte. A próxima a ser ajudada era sua própria mãe. Trevor conseguiu que Arlene sereconciliasse com a mãe dela. Em sua festa de aniversário, Trevor fez um pedido,subentendesse que foi para Arlene e Simonet ficarem juntos.Um repórter, curioso com o fato, foi à procura de como e onde começou a correntedo bem, pois ele também foi ajudado por alguém que já estava participando. ConheceuTrevor, fez com ele algumas entrevistas que mais tarde foi parar na televisão.Trevor, sempre via seu amigo apanhar na escola por alunos maiores e nunca fazianada, pois também corria o risco.Um dia ao ver a mesma cena, Trevor já tinha a visão de que ele era capaz. Trevor ajudou o amigo, na verdade o salvou. Trevor foi esfaqueado na barriga e morreu, justamente no dia em que o desejo feito no dia do seu aniversário se realizou. Trevor feztrês grandes favores a três pessoas. Ele conseguiu mudar a vida delas,consequentemente fazendo a parte dele por um mundo melhor.Aprendi que muitas vezes podemos ajudar o nosso próximo, uma vez que no nossodia a dia, nos negamos a ajudar. Esquecemos que um simples ato poderia contribuir  para mudar o mundo. Se cada um de nós pensasse e fizesse como trevor sugeriu comcerteza teríamos um novo mundo, um mundo renovado... Um mundo de esperançanasceria para a aqueles que se sentem desprezado. Não podemos consertar o mundo todo, mas podemos fazer ou realizar cada um asua parte, incentivando aos demais assim fazerem.Quanto à violência, ela existe e muitos seres humanos, não têm o amor pelo próximo. Trevor morre no final, mas deixa evidente a sua coragem como um exemplo aser seguido por nós, todavia não devemos fazer uso de uma coragem braçal como elefez (porque utilizando violência contra violência, com certeza predominara aquele quetem maior força), mas sim, uma coragem a ser trabalhada com paciência e sabedoria,através de diversas maneiras sobre a conscientização da busca de um melhor convíviosocial.E principalmente como educadores, devemos seguir o exemplo do professor Simonet, incentivando sempre nossos alunos, a tentarem mudar algo que desejam nomundo em que vivemos... “O segredo da criatividade é saber como esconder as fontes.” (Albert Einstein)
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks