Slides

A corrente Racional-Tecnológica e a Cibercultura

Description
Esta é uma pequena apresentação sobre as relações existentes entre a corrente pedagógica Racional-Tecnológica, baseada no texto de Libâneo e ao conceito de Cibercultura, baseado o texto de Eméa Santos.
Categories
Published
of 15
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Introdução  A pedagogia ocupa um importante papel frente as inquietações que afligem à Educação. É imprescindível a todos que se ocupam da educação escolar que reflita e conheça as teorias pedagógicas, uma vez que faremos constantemente opções pedagógicas que permearão nosso fazer profissional. Na leitura desta semana e nos debates proporcionados pelo fórum tivemos a oportunidade de conhecer, através de Libâneo, algumas teorias pedagógicas modernas.
  • 2. Introdução  As teorias modernas da Educação são aquelas gestadas em plena modernidade. Apresentam-se em várias versões, variando das abordagens tradicionais às mais avançadas. Apresentam-se como uma atividade racional, tecnológica, científica, enquanto objeto de conhecimento que leva as pessoas a pensarem com autonomia e objetividade, contra todas as formas de ignorância e arbitrariedade. Destacaremos, neste trabalho, uma destas correntes pedagógicas: a Racional-Tecnológica.
  • 3. A Corrente Racional-Tecnológica  Esta corrente baseia-se a uma concepção que tem sido designada de neotecnismo e está associada a uma pedagogia a serviço da formação para o sistema produtivo.
  • 4. Modalidades da Corrente Racional-Tecnológica  Ensino de Excelência, para formar a elite intelectual e técnica para o sistema produtivo;  Ensino para formação de mão de obra intermediária, centrada na Educação utilitária e eficaz para o mercado. Observação: Esta é uma corrente que visa a produção de um aluno como ser tecnológico, cujo conhecimento está inteiramente em função da tecnologia.
  • 5. A Corrente Racional-Tecnológica  Tal corrente valoriza a formação técnica. Baseada em uma abordagem formal e tradicional, visa propiciar ao aluno conhecimentos para que o mesmo seja inserido no mercado de trabalho. Não se apresenta com uma abordagem construtiva que visa, de fato, fazer com que o aluno adquira um aprendizado sólido que perpasse o fazer profissional.
  • 6. Metodologia da Corrente Racional-Tecnológica  Sua metodologia se caracteriza pela introdução de técnicas mais refinadas de transmissão de conhecimentos incluindo os computadores, as mídias digitais, entre outros aparatos tecnológicos.  Conforme citado no fórum de discussão, hoje não podemos pensar na sociedade sem as suas tecnologias digitais, sem os seus usos e suas características que fazem florescer correntes como esta. Isso se dá pois tal corrente está totalmente atrelada ao uso das tecnologias e imersa na cibercultura.
  • 7. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica  Definição de Cibercultura: A cibercultura é a cultura contemporânea estruturada pelo uso das tecnologias digitais em rede nas esferas do ciberespaço e das cidades. A mesma se desenvolveu e vem se desenvolvendo através da rede social presente na rede digital.
  • 8.  Definição de CiberEspaço – Pode ser definido como qualquer espaço que depende de interação de usuários para acesso, manipulação, tansformações e trocas de informações. É formado pelas tecnologias digitais interligadas em rede. São importantes na apreensão de conhecimentos e informações. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica
  • 9.  De acordo com SANTOS (2010), as tecnologias em rede permitem a conexão entre pessoas, espaços e ambientes de aprendizagem além de tornar mais dinâmicas as informações. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica
  • 10. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica  A corrente racional-tecnológica visa dar ao aluno capacidade de usar as tecnologias para que o mesmo se desenvolva intelectualmente.  Vale ressaltar que não podemos dar a tecnologia a centralidade do processo de ensino e aprendizado, sem considerar para tal a cultura, o ser humano e as relações que constituem a sociedade de forma geral. Nosso olhar deve está voltado para estas relações entre as pessoas e as diferentes tecnologias digitais.
  • 11. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica  É importante observar também que não basta levarmos computadores para a sala de aula considerando, assim, que teremos a cibercultura integrada em nossas aulas. É preciso, além de se planejar para a aula, ter uma proposta pedagógica que viabilize o uso da tecnologia como meio de propiciar ao aluno um sólido aprendizado.
  • 12. Cibercultura e a Corrente Racional-Tecnológica  “A inclusão meramente tecnológica não garante a “inclusão cibercultural”, mas sabemos também que, sem aquela, esta não é possível. O acesso aos meios tecnológicos é fundamental, porém a instituição de práticas e políticas formativas é também essencial.” Edméa Santos (PROPED/UERJ).
  • 13. Conclusão  Podemos observar que a corrente pedagógica racional- tecnológica está totalmente atrelada ao uso da cibercultura. Esta, por sua vez, é um excelente meio de propiciar um aprendizado significativo para o aluno. Vale ressaltar que esta corrente visa o uso destas tecnologias como forma de proporcionar ao aluno maior capacidade intelectual, visando o conhecimento/conteúdo para fins técnicos.
  • 14. Bibliografia  LIBÂNEO, José Carlos. As Teorias pedagógicas modernas revisitadas pelo debate contemporâneo na Educação. In: Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 2005.  SANTOS, Edméa. A Cibercultura e a Educação em Tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. Práticas Pedagógicas, linguagem e mídias: desafios à pós-graduação em Educação em suas múltiplas dimensões. Rio de Janeiro: ANPEd Nacional, 2011.
  • Tension Members

    Apr 4, 2018

    Esquistossomose

    Apr 4, 2018
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks