Slides

A Escravidão no Brasil Colonial

Description
1. www.phronesis.net.brhttps://www.facebook.com/phronesisshttps://www.phronesiss.blogspot.com.brcontato@phronesis.net.brEmpresa especializada em formação,…
Categories
Published
of 21
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. www.phronesis.net.brhttps://www.facebook.com/phronesisshttps://www.phronesiss.blogspot.com.brcontato@phronesis.net.brEmpresa especializada em formação, capacitação,consultoria e assessoria através da elaboraçãode projetos nas áreas social e educacional.Fone: (17) 3331-1799ou (17) 9190-0204Copyright © Todos os direitos reservados
  • 2. A Escravidão no Brasil Colonial
  • 3. 1. Contexto HistóricoAo longo de mais de trezentos anos (1559-1888), os escravos negros foramresponsáveis pela produção de boa parte dasriquezas no Brasil, no qual milhões deafricanos foram tirados de suas terras parauma viagem na qual aproximadamente ametade morria de fome, doenças e maus-tratos, ou, já em terras americanas de banzo.
  • 4. 2. Tipos de EscravidãoExistem diversos tipos de escravidão mais osquatro principais são:1. Escravidão por raça;2. Escravidão por dívida;3. Escravidão por guerra;4. Escravidão de sangue.
  • 5. 3. A Escravidão IndígenaO trabalho escravo indígena foi usadosobretudo na exploração do pau-brasil,já que(1) o trabalho nos engenhos de açúcar eramuito diferente daquele que os indígenasestavam acostumados e (2) ao governoportuguês interessava mais que os indígenascontinuassem a se dedicar à coleta dasriquezas naturais da terra, como o pau-brasil.
  • 6. 4. A Escravidão Negra AfricanaO tráfico de escravos foi, durante séculos, umadas atividades mais lucrativas do comérciointernacional, com a África sendo duramentedisputadas pelas principais potências daEuropa.
  • 7. 5. O Comércio de Escravos NegrosNa África, os escravos eram adquiridos portraficantes a preços baixos e revendido apreços altos na América. Muitas vezes, oaçúcar, o tabaco, a aguardente e outrosprodutos serviam de moeda de troca. Quandochegavam à América portuguesa, os escravoseram colocados à venda em mercados.Ficavam a mostra em exposição sendotratados como mercadorias.
  • 8. 6. Origem dos Escravos NegrosA maioria dos africanos trazidos à colôniaportuguesa como escravos pertencia a doisgrandes grupos étnicos: os bantos, origináriosde Angola, Moçambique e Congo, e que setornaram mais numerosos no centro-sul e noNordeste; e os sudaneses, provenientes daGuiné, da Nigéria e da Costa do Ouro, e queforam levados principalmente para a regiãoda Bahia.
  • 9. 7. O Cotidiano do Trabalho EscravoOs escravos começavam o trabalho ao raiar odia e só paravam ao escurecer. Seu principalalimento era a mandioca. Os escravos viviam etrabalhavam vigiados por capatazes efeitores. Quando fugiam, eram perseguidospelos capitães-do-mato, que recebiam certaquantia por escravo capturado e devolvido aosenhor.
  • 10. 8. Os Castigos FísicosOs principais castigos físicos sofridos pelos escravoseram:• Tronco – Os escravos ficavam presos imobilizadospor horas e as vezes dias, o que provocava inchaçodas pernas, formigamento e forte dores;• Bacalhau – Espécie de chicote de couro cru, querasgava a pele; muitas vezes os feitores passavam salnos ferimentos, tornando a dor ainda maior;• Vira-mundo – Instrumento de ferro que prendia mãose pés;• Gargalheira – Colar de ferro com várias hastes emforma de gancho.
  • 11. 9. Os Conflitos CulturaisAs principais mudanças culturais impostas aos escravosnegros africanos eram:• Alimentação – Eles comiam o que o senhor lhes dava;• Roupas – Eram obrigados a vestir grossos panos dealgodão;• Língua – Eram obrigados a aprender a língua local dosportugueses;• Religião – Eram obrigados a adotarem o catolicismocomo religião.
  • 12. 10. Os QuilombosGrande parte do escravos negros fugitivosreuniram-se em comunidades chamadas dequilombos. A maior parte dos quilombosorganizaram-se no Nordeste (Sergipe, Alagoas eBahia). Os habitantes do quilombos eramchamados de quilombolas.Dentre os quilombos mais conhecidos, destacam-seos da Serra da Barriga, região situada entre osatuais estados de Alagoas e Pernambuco. Eramcerca de dez quilombos, unidos sob o nome dePalmares, que resistiram durante quase todo oséculo XVII aos ataques do governo e dossenhores de escravos. Palmares chegou a terentre 20 mil e 30 mil habitantes e seu líder maisimportante foi Zumbi.
  • 13. Zumbi Domingos Jorge Velho
  • 14. 11. O Movimento AbolicionistaEvolução das leisLei Eusébio de Queirós (1850) – Proibia otráfico de escravos no Brasil;Lei do Ventre Livre (1871) – Determinava que osfilhos de mulher escrava nascidos a partirdaquela data seriam livres, mas continuariamna condição de propriedade do senhor até os21 anos de idade;Lei do Sexagenário (1885) – Declarava livres osescravos com mais de 65 anos de idade;Lei Áurea (1888) – Declarava extinta aescravidão no Brasil.
  • A Pré-História

    Jul 15, 2018
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks