Slides

A europa e o mundo no limiar do sec XX

Description
1. A Europa e o mundo no limiar do século XX Hegemonia e declínio da influência europeia 2. 21/09/10 ã Imperialismo e colonialismo - a partilha do mundo: as…
Categories
Published
of 24
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A Europa e o mundo no limiar do século XX Hegemonia e declínio da influência europeia
  • 2. 21/09/10 • Imperialismo e colonialismo - a partilha do mundo: as exigências do crescimento industrial e a corrida às áreas de influência; os impérios coloniais europeus nos finais do século XIX.
  • 3. • Podemos falar de hegemonia da Europa sobre o resto do mundo, no início do séc. XX?
  • 4. A hegemonia europeia Europa nos finais do séc. XIX/inícios do século XX: • “fábrica do mundo” • “banqueira do mundo” • “comerciante do mundo” Os rivais da Europa: • Estados Unidos • Japão
  • 5. • Porque é que a Europa procurou uma nova expansão territorial?
  • 6. A corrida às áreas de influência Motivos económicos (“A política colonial é filha da política industrial”): • Obter matérias-primas a baixo preço; • Conseguir mão-de-obra barata: • Fazer investimentos rentáveis; • Criar novos mercados para escoar os produtos industriais; • Encontrar destinos para a população europeia em crescimento. Motivos políticos e estratégicos. Motivos ideológicos e culturais.
  • 7. Delimitação de fronteiras em África
  • 8. Partilha de África
  • 9. Expedição portuguesa no interior de Angola
  • 10. Partilha de África Mapa cor-de-rosa
  • 11. O imperialismo no mundo, em 1900
  • 12. Os impérios coloniais europeus nos finais do século XIX e a partilha de África • Quais os maiores impérios coloniais nos finais do século XIX/inícios do século XX? • Que condições foram impostas pela Conferência de Berlim para a posse dos territórios africanos? • Em que consistiu o ultimato britânico a Portugal?
  • 13. 28/09/10 Os impérios coloniais europeus nos finais do século XIX e a partilha de África (cont). A 1ª Grande Guerra: • As rivalidades entre os estados europeus; • A formação de alianças e o deflagrar da guerra.
  • 14. Consulta as pág.s 18 e 19 • O que provocou o primeiro conflito à escala mundial?
  • 15. Europa em 1914 • Diversidade política e económica • Rivalidade económica - rivalidade pela posse de colónias e mercados • Tensões nacionalistas • Formação de alianças: Tríplice Aliança e Tríplice Entente • Corrida aos armamentos – paz armada
  • 16. As rivalidades na Europa em 1914
  • 17. …qualquer incidente poderia desencadear um grave conflito internacional… • O que provocou a eclosão da 1ª Guerra Mundial?
  • 18. Atentado de Sarajevo: 28 de Junho de 1914
  • 19. Sucessivas declarações de guerra (1914): • 23 de Julho: Ultimato da Áustria-Hungria à Sérvia; • 28 de Julho: a Áustria-Hungria declara guerra à Sérvia; • 30 de Julho: Mobilização geral na Rússia; • 1 de Agosto: Mobilização na França e na Alemanha; a Alemanha declara guerra à Rússia; • 3 de Agosto: a Alemanha declara guerra à França e entra na Bélgica; • 4 de Agosto: a Inglaterra declara guerra à Alemanha; • 6 de Agosto: a Áustria-Hungria declara guerra à Rússia; • 10/12 de Agosto: a França e a Inglaterra declaram guerra à Áustria-Hungria.
  • 20. A mundialização do conflito: • Ao lado dos Aliados (Tríplice Entente) colocaram-se a Itália (que abandonou a anterior aliança em 1915), Portugal (1916), o Japão , a China , o Brasil, os EUA (1917)… A Rússia abandonou a guerra em 1917. • Ao lado das Potências Centrais (Tríplice Aliança) colocaram-se o Império Otomano e a Bulgária.
  • 21. TPC • Ler até à pág. 21. • Responder às questões das pág.s 19 e 21.
  • 1ªguerra mundial

    Jul 20, 2018

    Determinantes1º

    Jul 20, 2018
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks