Documents

A História Da Escola Dominical Na Igreja Presbiteriana Do Brasil e Sua Metodologia Pedagógica

Description
Estudo
Categories
Published
of 17
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A História da Escola Dominical na Igreja Presbiteriana e sua   MetodologiaPedagógica. Felipe Resende Bernardino 1 Resumo O presente artigo tem como objetivo apresentar uma breve explanaçãohistórica do movimento da escola dominical, que surge na Inglaterra no século18 e se expande para o mundo todo, inclusive no rasil, e a partir dessaabordagem histórica compreender também o desenvolvimento da abordagemmetodológica!pedagógica das escolas dominicais no mbito dopresbiterianismo brasileiro# Palavras-Chaves $scola %ominical, metodologia, pedagógica, Igreja &resbiteriana do rasil# Introdu!o  ' escola dominical sempre (e) parte da realidade da Igreja &resbiteriana dorasil* +ual a import ncia da escola dominical quando se (ala de Igreja&resbiteriana do rasil* +uais são suas prticas metodológicas e pedagógicasdesde o seu in-cio* +uais (oram as suas di(iculdades e acertos*O presente artigo por meio de uma pesquisa histórica visa responder essasperguntas, e com base nos dados obtidos, entender e compreender a realimport ncia da escola dominical dentro do processo educacional re(ormado e 1 O autor é graduando em Bacharel de Teologia pelo Seminário Presbiteriano Rev. Denoel Nicodemos ller! Belo ori#onte$%g.  presbiteriano, bem como de(ender dos ataques des(eridos contra a escoladominical e a tentativa de erradica!la do meio presbiteriano, mas observar oserros cometidos ao longo dos anos e propor uma alternativa (rente aosproblemas que vier a ser identi(icado# .#ma breve história da Escola Dominical  ' escola dominical, em sua concepção moderna, teve seu in-cio com o jornalista ingl.s /obert /ai0es 1234!18115, que ao perceber uma necessidadesocial em sua cidade natal, 6loucester, de dar 7s crianças de rua apossibilidade de aprender a ler e a escrever e também dar instruçes b-blicas 9 #O objetivo primrio da escola dominical, na concepção de /ai0es era de retirar essas crianças das ruas e diminuir a criminalidade de 6loucester# /ai0es sereunia com as crianças de rua de 6loucester aos domingos, pois era o :nicodia da semana que as crianças não trabalhavam#$m julho de 128; se iniciava a primeira escola dominical# /ai0es utili)ava aiblia como livro texto, mas com o passar do tempo passou a elaborar materialpróprio com bons resultados e crescimento# %e acordo com <arra, =aabordagem de /ai0es se apoiava na integração das necessidades espirituais esociais 3 #$m 1284 as idéias de /ai0es se expandiram e com o aux-lio de >illiam ?ox,próspero homem de negócios e dicono da Igreja atista de @ondres, (undaramuma sociedade de promoção da escola dominical na Inglaterra, que mais tarde(icou conhecida como Aociedade da $scola %ominical# O sucesso (oiestrondoso, de (orma que em 12B2 aproximadamente 94; mil crianças estavammatriculadas nas escolas dominicais da Inglaterra C # &  <'DOA, 'lderi de Aou)a# &equena história da $scola %ominical# %ispon-vel emE httpEFFGGG#mac0en)ie#brFHB8;#html ! acessado em ;1F;HF14 7s 12E41# '  <'//', laudio# ' igreja discipuladora J orientaçes da b-blia e da história para o cumprimento da nossa missão# Aão &auloE ultura ristã, 9;;2, p#93  O movimento da escola dominical se expande para os $stados Knidos noséculo 1B, mas como uma sociedade paraeclesistica, condu)ida por leigos,que teve como nome = Shabatt School”   que adotava um material de ensinoespec-(ico 4 # O primeiro grupo religioso que se entusiasma com a escoladominical nos $stados Knidos são os metodistas, que desde >esleL j seentusiasmara pelo modelo desde o século anterior, seguido dos batistas do sule presbiterianos, com a implantação deste modelo de escola dominical pelaIgreja &resbiteriana de &rinceton em 1818 H # $.A Chegada da Escola Dominical no %rasil e sua utili&a!o na IgrejaPresbiteriana do %rasil. O movimento da escola dominical no rasil se iniciou com a chegada domissionrio metodista /ev# Apaulding em 9B de abril de 183H 2 # O trabalho deApaulding (oi tão din mico e produtivo, que em apenas quatro meses, ele jmandava um relatório para a Aociedade <issionria <etodista $piscopalrelatando a presença e interesse de quarenta jovens e crianças na $scola%ominical, que estavam divididos em oito salas e sendo ensinados por umcorpo docente (ormado por oito pessoas, quatro homens e quatro mulheres 8 # ' grande di(iculdade de Apaulding, segundo /amos, (oi a conviv.ncia coma escravidão, con(orme ele escreveE (  /'<OA, 'ndré @ui)# $scola dominicalE história e situação atual# 9;13# 13C(# %issertação <estrado5 J Kniversidade &resbiteriana <ac0en)ie, Aão &aulo, p#3C# )  Idem# *  <'//', laudio# ' igreja discipuladora J orientaçes da b-blia e da história para o cumprimento da nossa missão# Aão &auloE ultura ristã, 9;;2, p#94# +  Ibidem, p#9H ,  Idem#   'o mesmo tempo em que via o interesse do povo pela $scola%ominical, outras pessoas não puderam ter acesso devido 7escravidão que era muito (orte no pa-s# M###N Ae por um lado, havia a(acilidade de pregar o evangelho tendo em vista a aceitação daspessoas, por outro lado, imperava a triste)a da escravidão B # $ntretanto, o trabalho de Apaulding, embora promissor, (oi suspenso em18C1, e o mesmo retornou para a sua terra natal, os $stados Knidos da 'mérica#@ogo a seguir, o casal congregacional, Aarah e /obert alleL chegam aorasil no dia 1; de maio de 1844 e se instalam em &etrópolis# Aarah alleL (oigrande entusiasta do movimento de escola dominical em sua terra natal, aInglaterra, e o casal (unda no rasil a primeira escola dominical permanente 1; #Po primeiro encontro a Ara# alleL leu a história do pro(eta Qonas, oraram ecantaram# Po dia 8 de junho de 184H, a $scola %ominical (undada pelosalleLs era constitu-da, além da classe de adultos, por de) criançaR em julho, jcontava com tre)e alunosR em outubro com vinte e cinco e sempre crescendo 11 #Po dia 18 de julho de 18HC, o casal alleL se muda para o /io de Qaneiro, e aescola dominical passa a (uncionar na casa deles, dessa (orma o trabalho em&etrópolis (oi descontinuado# O ministério dos alleLs no rasil teve términoem 182H, tendo eles retornado para a $scócia, entretanto, o trabalho da escoladominical teve continuidade na Igreja ?luminense e em todas as igrejascongregacionais por eles (undadas 19 #Observa!se que uma grande di(iculdade dos primeiros missionrios eplantadores de escola dominical no solo brasileiro (oi a continuidade dotrabalho na escola dominical# Danto Apaulding, quanto os alleLs tiveramproblemas para preparar pessoas para assumirem as escolas dominicais, e -  /'<OA, 'ndré @ui)# $scola dominicalE história e situação atual# 9;13# 13C(# %issertação <estrado5 J Kniversidade &resbiteriana <ac0en)ie, Aão &aulo, p#32# 1  <'DOA, 'lderi de Aou)a# &equena história da $scola %ominical# %ispon-vel emE httpEFFGGG#mac0en)ie#brFHB8;#html ! acessado em ;1F;HF14 7s 1BE12# 11  <'//', laudio# ' igreja discipuladora J orientaçes da b-blia e da história para o cumprimento da nossa missão# Aão &auloE ultura ristã, 9;;2, p#9H# 1&  Ibidem, p#92#

Complex Analysis

Aug 3, 2017

5 S

Aug 3, 2017
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks