Documents

A Importância Da Agua de Reuso Na Agricultura e Na Industria

Description
A Importância Da Agua de Reuso Na Agricultura e Na Industria
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
    A IMPORTÂNRESUMO A utilização de água de captação de água nos manao problema de distribuiçã  população de forma dessuficiente para ser ofertaimportância da logística transformam o esgoto trata oda a pesquisa desse artig foram a necessidade de utide diminuir a quantidade d  para diminuir a quantidade haeria um olume maior reseras menores de água!  para setores que não necdiminuir o consumo desne  Palavras-Chave ' (ogístic ABSTRACT he use of reccled -ater i sources and increase the suneen distribution of -a disproportionatel causes s population! he purpose o through the 0 0 A1& an used in companies of the qualitatie and e#plorato agriculture for irrigation industries using modern te  IA DO USO DE ÁGUA DE REUSO NA INDÚSTRIA 1A223 4 renataelainebassi5g63A24 iara!cassia785g190:% 4 marcos;cbueno5g euso na agricultura e na indústria é uma nciais e aumentar a oferta de água para a poo irregular de água no planeta, assim co roporcional, faz com que algumas regiõ a para toda população! % ob;etio deste reersa, atraés da 0 0 A1& e do < do em água de reuso utilizado em empresas   o foi bibliográfica, qualitatia e e#plorat$ria! ização de técnicas na agricultura para a irri e água utilizada e nas indústrias utilizarem t de água nos processos ou a utilização de ág de água para ser ofertada a população das &omo conclusão, a água de reuso poderia s ssitam de água potáel ou ainda aperfeiç essário! )eersa* +eio Ambiente* =gua de reuso* 0 n agriculture and industr is a -a to reduce  ppl of -ater to the population in general! er on the planet, as -ell as the concentra ome areas do not hae sufficient -ater to b this article is to demonstrate the importan Aquapolo <ro;ect that transform se-age etrochemical comple#! All research of this ! he results obtained -ere the need f plants in order to decrease the amount hniques to decrease the amount of -ater in GRICULTURA E ail!com 4 >A 0& ?( ail!com 4 >A 0& ?( ail!com 4 >A 0& ?( forma de diminuir a ulação em geral! &om o a concentração da es não tenham água rtigo é demonstrar a o;eto Aquapolo que do polo petroquímico!   %s resultados obtidos ação das plantas afim cnicas mais modernas a de reuso! &om isso, regiões que possuem r mais utilizada, tanto oando processos para 0 A1&* Aquapolo! -ater upta.e in -ater /ith the problem of ion of the population supplied to the entire e of reerse logistics, treated in reuse -ater article -as literature, to use techniques in f -ater used and the the process or the use    of reccled -ater! hus,  population of the regions  be used for both sectors t unnecessar po-er consu Keywr!s ' )eerse (ogist   #   INTRODU$% A água é um elemesem ela seria impossíel de rios, lagos, mananciais, resApesar do planeta total dessa água é considencontrada em geleiras e  pr$pria para o consumo hufazer essa transformação o A quantidade de ág distribuição da população  países ou regiões mais de partes! % 1rasil é um dos assim, não ocorre de maneágua doce é a região nor  populacional do país! A re país! A região sudeste é compensação é a região necessário a captação da á proporcionando constante região, em particular o esta &#   RE'ER(NCIA &#   L)*s+,a % início da logísti +undial, onde e#istia a munições s tropas dos sol&om o passar do teabrangendo áreas de ger@ndo produto até a entrega ao A área da logísti informações logísticas equi here -ould be a greater olume of -ater hich hae lo-er -ater reseres! 3n conclusi at do not require potable -ater or upgradi  ption! ics* 0nironment, )euse of -ater* 0 0 A1& to primordial para a sobrei@ncia do home algum ser io poder sobreier! 0la é enco rat$rios subterrâneos, geleiras, mares e nas erra ser tomado pela sua grande parte por erada pr$pria para consumo, o restante d os mares! A transformação da água salga mano, necessita de um processo que utiliza que encarece demais o produto final!   ua distribuída no planeta não é feita de man ão ocorre de maneira ordenada! Aglomera senolidas faz com que ha;a um desabast aíses mais beneficiados na distribuição de á ira regular! A região do país onde se encon te e em contrapartida é a região que apre ião nordeste é onde se encontra a maior esc a segunda região que possui a menor qu que apresenta o maior índice populacio ua para abastecimento dessa região se;a feit inestimentos na captação da água para do de 2ão <aulo! BIBLIOGRÁ'ICO ca como estratégia empresarial se deu ap necessidade da estratégia de distribuir ta ados enolidos com guerra! mpo, a logística se tornou mais presente no cia, assim como para a obtenção da matéria consumidor! a reersa empresarial pro;eta, opera e c alentes, do retorno dos bens de p$sDenda e to be supplied to the n, the reuse -ater can g processes to reduce * Aquapolo! m e de todo o planeta, ntrada na natureza nos nuens! gua, menos de BC do água é salgada e é a para tornáDla doce, a energia elétrica para eira uniforme, como a o de pessoas iendo ecimento em algumas ua no planeta, mesmo tra a maior resera de senta o menor índice assez de água doce do antidade de água, em al do país! >azendo cada ez mais longe, abastecimento dessa $s a 2egunda Euerra to alimentos quanto dia a dia das pessoas,  prima para fabricação ntrola o flu#o e as  p$sDconsumo ao ciclo    de neg$cios ou ao ciclo alor de diersas naturezas &#&   L)*s+,a reversa )ecentemente a so produtos ap$s seu ciclo de é preciso erificar se o promatériaDprima! 6e acordo com 6sustentáel, sendo que os cadeia produtia! <ara que ha;a sustede cultura! A interação co superado F<0)03)A et! al! % processo de logEuarnieri F7GII, p! MJDM8L reersa, pois a logística sustentabilidade ambiental %utro conceito de lcom as atiidades logístic materiais! N%s aspectos F&A3P0 AD>3(Q% e +A  .#   SANEAMENT 2aneamento básic subterrâneas, o tratamento assim como a água de reus 6e acordo com 2aadutoras, JJ,B mil quilSmcapacidade para 7,H bilhõe A 2abesp está fazedo <araíba do 2ul, o cust metade desse inestimento 1arueri e lear até o siste água bruta da represa! % po reuso da água F63=)3% % reuso pode ser utilizado, sua finalidade é uso! 6e acordo com +aquebra de paradigma, preserentia! rodutio, atraés dos canais de distribuiçã F(03 0, 7GGH, p! IJDI8L! ciedade começou a se preocupar com o a ida útil e como seria o seu descarte na natur  uto ainda apresenta condições de retorno ao nato F7GGK, p!7GL o processo de logística materiais enolidos no processo produti tabilidade nos ob;etios da empresa, tem q as demais esferas da sociedade é incisia , 7GI7, p!IMHL! ística reersa é uma parte da logística  No conceito de logística erde é um pouco erde tem como principal ob;etio aten como o da produção limpaO! gística reersa é que ela representa todos os s com o ob;etio de redução, reciclagem, s ambientais t@m um profundo impacto n 3:2, 7GIR, p! 7I7L! BÁSICO engloba a captação da água em rio da água, distribuição, o sistema de coleta e gerada ao final desse processo! esp F7GIRL em noembro 2ão <aulo poss etros de redes de distribuição de água, 7! de litros e 7BJ estações de tratamento! do duas grandes obras, o 2istema 2ão (ou é de )T M bilhões para trazer mais IG m daria para produzir o mesmo olume de a &antareira atraés de uma adutora de 78 oblema é que não e#iste regulamentação no % E)A:60 A1&, 7GIRL! compreendido como uma forma de reapro que irá determinar a qualidade e o tratamen iel Fapud Qespanhol, 7GIRL não é um proce isaDse acabar com o preconceito de que o reersos, agregando  pecto do retorno dos eza! Antes do descarte ciclo produtio como reersa tem que ser deeriam retornar  e haer uma mudança ara que o desafio se;a rde! 6e acordo com diferente da logística der os princípios de assuntos relacionados   ubstituição e reuso de o trabalho logísticoO , lagos ou reseras tratamento do esgoto, ía R,I quilSmetros de JR reserat$rios com enço e a transposição l lUs, para Qespanhol, gua de reuso na 0 0 m, misturando com a 1rasil que iabilizam eitar algo que ;á foi to necessário para seu so inoador, mas uma esgoto é ruim e sem    % que dificulta a utuma legislação ou norma quantidade de água retirad <ara 1renha F7GIM inicial, poderia completar acontece em cidades de paí6e acordo com 1resuficiente para produzir á sua qualidade, que pode su  .#   Cr,se h*!r,a A preocupação co naturais sem a preocupaç e#emplo disso, a água foi crescente da demanda, a começasse a diminuir! 2egundo elles F7Gsignificatiamente a utilizacomo o maior usuário desartesianos! 6eido a concentr reseras de água local não redistribuição oriundas de 9m recurso para r reuso! <ara 1ueno* 1assi ambiental, social e econSreuso utilizada significa a eA 2A102< adotou de garantir a distribuição F7GGJ, p!BKL em IHHK ;á anos afligia a população, demanda! .#&   C/s01 !e 2)0a /a  :em sempre pode de estiagem, além de alguse desenoler! A agricultu% 1rasil se tornou da Agricultura, <ecuária e 7J,MC do <31 nacional, BJ ilização da água de reuso em suas diersas específica para seu mane;o! 3sso a;udari dos mananciais para os diersos fins! em 2ão <aulo e#istem R estações que trat tratamento incluindo mais etapas para torna ses como 0stados 9nidos, Austrália e 1élgic    nha Fapud Qespanhol, 7GIML a tecnologia do ua limpa e segura para beber! 0#istem par  erar a água retirada dos rios para distribuiçã o meio ambiente é recente! As pessoas ão de que um dia fossem acabar ou se t onsiderada por muito tempo como um recur á utilização e seu descarte irregular fez G8, p!I8 apud &osta, 7GG8L, nos últimos an ção das reseras de água subterrâneas, ond sas reseras! <arte do interior paulista são ção populacional nas grandes cidades, na são suficientes para o abastecimento, necess utras regiões! duzir o consumo demasiado de água seria a e 6ias F7GIRL os benefícios da água de ico! <ara o meio ambiente, a utilização d conomia da mesma quantidade preserada n um sistema de diminuir a pressão no forne de água para todas as regiões do estado! aia irregularidade no abastecimento, um deido ao sistema de captação ser insufi  )r,0l+0ra e contar com as chuas para irrigar as plant as plantações necessitarem de uma quantida ra brasileira consome cerca de 8GC da água m grande produtor agrícola mundial! 6e ac abastecimento F7GIIL, o Agroneg$cio 1rasil das e#portações brasileiras e BHC dos em   aplicações é a falta de muito a diminuir a am o esgoto em níel r a água potáel como a! reuso ;á é aançada o metros para controlar o! tilizaam os recursos rnassem escassos! A so infinito! % aumento com que esse recurso os, o 1rasil aumentou 2ão <aulo se destaca abastecidos por poços maioria das ezes, as tando de processos de utilização de água de reuso são da ordem um litro de água de s mananciais! imento de água a fim e acordo com Wacobi  problema que durante ciente para atender a ações! 0#iste períodos de maior de água para captada no país! rdo com o +inistério eiro é responsáel por regos gerados!
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks