Documents

A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA - TCC GESTÃO FINANÇAS 04 MARIÂNGELA E RAQUEL

Description
FACULDADE SENAI DE TECNOLOGIA BELO HORIZONTE FATEC SENAI BH PÓS-GRADUAÇÃO - GESTÃO DE FINANÇAS MARIÂNGELA SERAFIM FERREIRA RAQUEL MARIA PORTO SENA A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA BELO HORIZONTE NOVEMBRO/2012. A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA Mariângela Serafim Ferreira Raquel Maria Porto de Sena Resumo O trabalho tem a finalidade de abordar a importância da ut
Categories
Published
of 12
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  FACULDADE SENAI DE TECNOLOGIA BELO HORIZONTEFATEC SENAI BHPÓS-GRADUAÇÃO - GESTÃO DE FINANÇASMARIÂNGELA SERAFIM FERREIRARAQUEL MARIA PORTO SENA A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DECAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA BELO HORIZONTENOVEMBRO/2012.  1 A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DECAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRAMariângela Serafim FerreiraRaquel Maria Porto de SenaResumo O trabalho tem a finalidade de abordar a importância da utilização da Demonstraçãodo Fluxo de Caixa como ferramenta de gestão financeira destinada a atender aos interessesdos diversos usuários das informações gerenciais, tanto a nível interno quanto a nível externodas organizações. Trata-se de um estudo bibliográfico e descritivo sobre o tema, abordando os principaisconceitos relacionados à gestão de fluxo de caixa, os modelos de apresentação dademonstração de fluxo de caixa, os indicadores de análise e interpretação da demonstração defluxo de caixa e bem como as vantagens e desvantagens desse demonstrativo financeiro.A metodologia utilizada foi um estudo bibliográfico e descritivo, através de uma vasta pesquisa de diversos autores sobre o tema. Palavras-chave : Fluxo de Caixa. Demonstração de Fluxo de Caixa. Ferramenta de GestãoFinanceira. 1.   Introdução Diante de um cenário competitivo, onde as organizações estão buscando cada vez maisuma excelência em sua gestão com o objetivo de maximizarem suas riquezas e de manterem-se competitivas, é de fundamental importância à utilização de ferramentas administrativasadequadas, que possibilitem aos seus usuários planejar, controlar e tomar decisões com basenas análises dos dados obtidos nas ferramentas de gestão.Qualquer empresa, seja ela com ou sem fins lucrativos, necessitam de uma boa gestão decaixa para continuarem prestando seus serviços, seguindo assim seus objetivos e missões. No âmbito da gestão financeira, a Demonstração de Fluxo de Caixa, sendo umdemonstrativo contábil financeiro com uma linguagem de simples compreensão, queevidenciam as modificações ocorridas no saldo de disponibilidades, ou seja, nas contas decaixa e equivalentes a caixa num determinado período, através de fluxos de recebimentos e pagamentos, permitindo assim através de sua análise perceber se a empresa está tendo lucrofinanceiro ou não e se esse resultado é fruto das suas atividades operacionais, definanciamento ou de investimento. Portanto o trabalho proposto tem como objetivo expor osconceitos relacionados a fluxo de caixa, demonstração de fluxo de caixa, bem comoapresentar os métodos de elaboração desse demonstrativo financeiro. 2.   Metodologia A metodologia utilizada foi um estudo bibliográfico e descritivo, através de uma pesquisavasta de diversos autores sobre o tema. 3.   Referencial Teórico Para Santos (2001) a administração de caixa compreende as atividades de planejamento econtrole das disponibilidades financeiras, representada pelos depósitos nas contas correntes bancárias e aplicações financeiras imediatas. O administrador financeiro precisa ter nítidadistinção entre a geração de caixa e de lucro na empresa. Para isso é necessário ter um sistemade informação com destaque para o fluxo de caixa, que fornece as informações de que  2 necessita a administração financeira e que não podem ser obtidas com base nas demonstraçõescontábeis. O administrador financeiro precisa conhecer a situação do caixa diariamente. Asempresas com dificuldades financeiras como aquelas bem capitalizadas necessitam que o planejamento de caixa esteja presente, pois a partir de um planejamento financeiro aquelacom problemas financeiros vai buscar equacionar seus problemas e aquela com boa situação o planejamento de caixa permite aumentar a eficiência no uso de suas disponibilidades.Santos (2001) cita que o fluxo de caixa é um instrumento de planejamento financeiro quetem como objetivo fornecer estimativas da situação de caixa da empresa em determinado período de tempo à frente. É um instrumento capaz de traduzir em valores e datas os diversosdados gerados pelos demais sistemas de informações da empresa. Sua finalidade principal éinformar a capacidade que a empresa tem para liquidar seus compromissos financeiros a curtoe longo prazo. Como demais finalidades o fluxo de caixa permite planejar a contratação delinhas de empréstimos e financiamentos, maximizar o rendimento das aplicações das sobrasde caixa, avaliar o impacto financeiro de variações de custos, avaliar o impacto financeiro deaumento de vendas e etc.De acordo com Zdanowicz (2002) o fluxo de caixa é um conjunto de entradas edesembolsos de numerários ao longo de um período determinado. Consiste na representaçãodinâmica da situação financeira de uma empresa, considerando todas as fontes de recursos ede todas as aplicações em itens do ativo. E tem como objetivo básico a projeção dos ingressose saídas de recursos financeiros num determinado período, visando prognosticar a necessidadede captar empréstimos ou aplicar excedentes de caixa nas operações mais rentáveis para aempresa.Zdanowicz (2002) cita que o fluxo de caixa é uma ferramenta que permite ao gestor financeiro planejar, organizar, coordenar, dirigir e controlar os recursos financeiros daempresa em determinado período. Sendo assim, o fluxo de caixa possibilita ao gestor gerenciar entradas e saídas de recursos financeiros conformes metas e objetivos determinadosa curto e longo prazo.Segundo Crepaldi (2008) a Demonstração de Fluxo de caixa tem sido considerada umadas mais importantes ferramentas de análise financeira das empresas modernas, quanto aos processos decisórios.Matarazzo (2008) cita que a Demonstração de Fluxo de Caixa é peça imprescindível naatividade empresarial, como também para pessoas físicas que se dedicam a algum negócio. É peça fundamental para a adequada administração do fluxo de caixa, uma vez que através dela pode-se saber se a empresa foi autossuficiente no financiamento de seu giro, como tambémavaliar a capacidade de expansão com recursos próprios gerados pelas operações. ParaMatarazzo (2008, p. 363) “muitas empresas vão à falência por não saberem administrar seufluxo de caixa”.  Para Assaf Neto e Silva (2002) o objetivo básico da função financeira é dispor a empresade recursos de caixa suficientes para quitar todos os compromissos assumidos e maximizar sua riqueza. Para isso é necessário um acompanhamento permanente de toda atividadefinanceira, de maneira a avaliar o desempenho, como também proceder os ajustes e correçõesdevidas. Nesse contexto se destaca a Demonstração de Fluxo de Caixa como uma ferramenta querelaciona a srcem de todo dinheiro que entrou no caixa, bem como a aplicação de todo odinheiro que saiu do caixa em determinado intervalo de tempo e ainda demonstra o resultadodo fluxo financeiro.  3 Conforme Crepaldi (2008) a Demonstração de Fluxo de Caixa é de grande utilidade, seja para determinar a situação do risco empresarial, seja para avaliar futuras distribuições derecursos, ou até mesmo para conhecer o valor econômico de qualquer empresa.Segundo Matarazzo (2008) a Demonstração do Fluxo de Caixa permite extrair informações importantes sobre o comportamento financeiro de uma organização no exercício, pois através das informações presentes nessa demonstração, pode-se avaliar a capacidade daempresa em autofinanciamento das operações (compra, produção e vendas), suaindependência do sistema bancário de curto prazo, sua capacidade de gerar recursos paramanter e expandir o nível de investimos e como também amortizar dívidas bancárias de curtoe longo prazo. Através dela também pode-se obter outras informações de grande relevânciacomo: as causas de mudanças na situação financeira da empresa, o que foi feito com o lucrogerado pelas operações, como está sendo financiado a expansão da empresa, qual a aplicaçãofeita com os novos empréstimos, como pode a empresa distribuir dividendos após prejuízosofrido no exercício entre outas informações significantes. 3.1 Conceitos Introdutórios Conforme estabelecido nas Normas Brasileiras de Contabilidade  –  NBC T 3.8, aDemonstração de Fluxo de Caixa possui alguns termos que serão conceituados a seguir paraum melhor esclarecimento.Fluxo de caixa são entradas e saídas de caixa e equivalentes a caixa.Caixa representa moeda em caixa e depósitos à vista em conta bancáriaEquivalente a caixa são recursos que possuem as mesmas características de liquidez decaixa e de disponibilidade imediata ou até noventa dias e que estão sujeitos a insignificanterisco de mudança de valor, sendo consideradas as aplicações financeiras que atendem a essascondições.Atividades operacionais são representadas pelas principais atividades geradoras de receitada empresa, ligadas à compra, produção e venda. Como exemplo pode-se citar recebimentosde clientes, pagamentos a fornecedores, pagamentos de salários, impostos, aluguéis, fretes,recebimentos de dividendos e juros sobre o capital próprio e etc.Atividades de investimento representam as aquisições e venda de ativos a longo prazo eoutros investimentos que representam gastos destinados a gerar receitas futuras e fluxos decaixa e não estão incluídos nos equivalentes de caixa. Como exemplo aplicações em títulos decurto e longo prazo, pagamentos pela aquisição de participações societárias, pagamentos por compra de ativos de longo prazo, recebimentos pela venda de participações societárias,recebimentos de vendas de ativo de longo prazo e etc.Atividades de financiamento são atividades vinculadas à estrutura de capital, que resultamem mudanças no tamanho e na composição do patrimônio líquido e empréstimos a pagar, querepresentam exigências impostas a futuros fluxos de caixa pelos fornecedores de capital àentidade. Como exemplo a contratação de empréstimos e financiamentos novos, liquidação e pagamento do principal de dívidas, produto recebido na emissão de debêntures eassemelhados, aumento de capital em dinheiro, pagamento de dividendos e juros sobre ocapital próprio, outros recebimentos e pagamentos de financiamentos e etc. 3.2 Modelos de Demonstração de Fluxo de Caixa  De acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade NBC T 3.8 a Demonstração deFluxo de Caixa pode ser elaborada pelos métodos direto e indireto, ambos os modelosdestacam o fluxo de caixa gerados pelas operações, pelos financiamentos e pelos

ANFETAMINA

Aug 21, 2017
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks