Documents

A importância do Capim-elefante na produção de energia renovável_

Description
1 A importância do Capim-elefante na produção de energia renovável (REVISÃO BIBLIOGRÁFICA) José Augusto de Almeida Sant'Ana 1,2 (jaasantana@ifes.edu.br) Resumo Objetivou-se neste estudo avaliar a importância do capim-elefante na produção de energia. A análise bibliográfica mostrou que o capim-elefante é uma fonte de energia economicamente e ecologicamente viável, permitindo uma alta produção de biomassa com o uso mínimo de fertilizante nitrogenado. Palavras-chave Capim-elefante, energia, fix
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  1 A importância do Capim-elefante na produção de energia renovável (REVISÃO BIBLIOGRÁFICA) José Augusto de Almeida Sant'Ana 1,2 (jaasantana@ifes.edu.br) Resumo Objetivou-se neste estudo avaliar a importância do capim-elefante na produção deenergia. A análise bibliográfica mostrou que o capim-elefante é uma fonte de energiaeconomicamente e ecologicamente viável,   permitindo uma alta produção debiomassa com o uso mínimo de fertilizante nitrogenado. Palavras-chave Capim-elefante, energia, fixação de CO 2 Abstract The objective of this study was to evaluate the importance of the elephant-grass forenergy production. The literature review showed that the elephant-grass is a sourceof energy economically and environmentally viable,   allowing for high biomassproduction with minimum use of nitrogen fertilizer. Introdução Tendo em vista a grande demanda em busca de fontes alternativas de energia, acomunidade cientifica tem se voltado a pesquisar por outras fontes. SegundoQUESADA (2004), a produção de energia em forma alternativa através de biomassavegetal representa hoje um grande desafio para a ciência. Os combustíveis fósseis eseus derivados ocasionam consequências desastrosas para o planeta, pois sãofontes finitas de energia, e alem do mais, aceleram o efeito estufa que temameaçado o equilíbrio climático do planeta.O capim-elefante ( Pennisetum pupureum) pertencente à família Graminae, temdespertado grande interesse de consumidores e empresários na geração de energia.Segundo RODRIGUES (2001), o Capim Elefante chegou ao Brasil há quase um 1 Professor Mestre do IFES- Campus de Alegre-ES, 2 Doutorando em produção Vegetal – UENF-RJ,  2 século (por volta do ano de 1920), após ter sido descoberto pelo Coronel Napier em1905 na África Tropical. Inicialmente sendo usado como alimento para o gado.Um dos aspectos interessante a ser mencionado é a sua produtividade quandocomparada ao eucalipto e a cana de açúcar no que diz respeito à capacidade degerar energia. Desenvolvimento Várias são as fontes de energia. As fontes de energia são classificadas comorenováveis e não-renováveis. Segundo Wikipédia (2009), a energia renovável éaquela que é obtida de fontes naturais capazes de se regenerar. As não-renováveissão considerados os combustíveis fósseis e energia nuclear que apresentam umataxa de utilização muito maior do que propriamente à taxa de formação do recurso.As referidas fontes de energia têm reserva limitada e está se esgotando devido asua utilização sem controle. As principais são a energia nuclear e os combustíveisfosseis tais como petróleo, gás natural e carvão. Na produção de energia nuclear,parte do processamento constitui a cisão nuclear que demanda um controlealtamente rigoroso e que apesar disso, acidentes estão ocorrendo, trazendocontaminação ao meio ambiente. Outro problema são os resíduos nucleares quepodem levar anos para perder a radioatividade. Já as energias renováveis têm emsua essência elementos renováveis na natureza. São energias provenientes deprocessamento de vegetais (uso da biomassa) quimicamente ou fisicamenteprocessados tais como a fabricação do álcool a partir da cana de açúcar e beterraba,ou óleo combustível (biodiesel) a partir da mamona ou outro vegetal. Tambemobserva-se outras fontes renováveis de energia tais como: ã Hidráulica, produzidas por hidroelétricas construídas em barragens (emcursos de água); ã Solar, obtida pela luz do sol, transformadas em outras formas de energiasatravés de processos específicos; ã Eólica, obtida pela ação dos ventos que movimentam hélices gerando energiamecânica; ã Geotérmicas provenientes do interior da Terra tais como o aproveitamento deáguas quentes e vapores; ã Maremotriz, obtida através do aproveitamento do movimento das marés  3 (movimento das ondas), utilizando turbinas hidráulicas na circulação naturalda água; ã Biomassa, obtida através do processamento de produtos de srcem animalou vegetal visando transformá-la em energia térmica ou elétrica.Neste artigo, objetivou-se análise bibliográfica da fonte de energia renovável (capim-elefante) que vem chamando a atenção da comunidade científica por apresentargrande capacidade de gerar biomassa para produção de energia.Morfologicamente o capim-elefante apresenta-se como uma gramínea perene, dehábito de crescimento cespitoso, atingindo de 3 a 5 metros de altura com colmoseretos dispostos em touceira aberta ou não, os quais são preenchidos por umparênquima suculento, chegando a 0,02 m de diâmetro e com entrenós de até 0,20m. Verificam-se rizomas curtos tendo folhas com inserções alternadas de cor escuraou clara esverdeada podendo ser pubescentes e alcançam até 0,10 m de largura por1,10 m de comprimento. Observando as folhas, verifica-se que as mesmasapresentam nervura central larga e brancacenta, bainha lanosa, invaginante, fina eestriada, lígula curta, brancacenta e ciliada. Suas panículas com inflorescênciaprimária e terminal, sedosa e contraída (forma de espiga solitária ou em conjunto nomesmo colmo) têm tamanho médio em torno de 0,15 m envolta por um tufo decerdas de tamanhos desiguais e de coloração amarelada ou púrpura. Apresenta-seem forma de densas touceiras sem, contudo cobrir por extenso o solo. (ALCÂNTARA& BUFARAH, 1983; NASCIMENTO JUNIOR, 1981; DERESZ, 1999).Inicialmente, existia praticamente dois cultivares com características bem definidas,Napier e Mercker. Com o decorrer do tempo, surgiram novos genótipos e acredita-seque o grande número de cultivares existentes atualmente no Banco deGermoplasma da espécie se deva à ocorrência de duplicatas. (DAHER, R. F. et. al.,2001)Segundo CARBONO DO BRASIL (2009), o capim elefante é uma gramíneaaltamente eficiente na fixação de CO 2 (gás carbono) no seu processo de fotossíntesee na produção de biomassa vegetal que chega ao patamar de até 42% de teor decarbono enquanto massa seca. Afirma ainda que uma empresa com 100 ha de  4 capim-elefante seria capaz de sequestrar o equivalente a 1680 toneladas de CO 2  / ano e poderia render cerca de US$ 4.200,00 a cada ano como crédito de carbono,sendo que a produção de biomassa do capim-elefante é maior do que poderiaproduzir uma floresta de eucalipto. Segundo OSAVA (2007), o eucalipto necessita desete anos para atingir um tamanho conveniente para o corte, enquanto o capimelefante oferece duas a quatro colheitas anuais, devido ao seu rápido crescimento.Sua produtividade pode ser ampliada, já que se trata de uma espécie poucoestudada. Afirma tambem que os pellets* podem ser feitos a partir do capim-elefantemisturados com qualquer serragem de madeira ou vegetais triturados, compactadose comprimidos com um poder calorifico de 4500 a 7000 Kcal/Kg , apresentando altadensidade energética, baixo teor de cinza com um a umidade inferior a 1%. Aindaneste mesmo site, sita-se a possibilidade criar enfardados** de capim-elefante e usá-los com lenha em caldeiras o que pode conferir à caldeira um maior rendimento.Figura.1 Pellets* Figura.2 -Enfardados**BIOENERGY TECHNOLOGY LTD. (2009) em seu site, afirma que ao utilizar energiado tipo biomassa tal como o capim-elefante, tem-se o ciclo do carbono fechado(closed carbon cycle). Na queima da biomassa (capim elefante), há liberação deCO 2 o qual é absorvido pela atmosfera e que durante a cultura da planta ocorrefotossíntese absorvendo da atmosfera o CO 2 nas mesmas proporções, fazendo comque a referida biomassa possa ser chamada de combustível biomassa “carbononeutro” (carbon neutral), conforme Figura.3 abaixo:

See Capital 050616

Aug 10, 2017

mm_truco

Aug 10, 2017
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks