Documents

A individualização da Psicologia Socil na América do Norte

Description
A individualização da Psicologia Socil na América do Norte       Individualismo: componente essencial da tradição intelectual do ocidente desde a época do Renascimento; Renascimento: raiz fundamental da Psicologia Social moderna (psicológica); Renascimento – Humanismo – Geisteswissenschaften Reforma (cristandade) reforçou a causa do individualismo; Invenção da imprensa e a difusão da literatura Protestantismo – Capitalismo  Industrialização e Urbanização  Ciências Sociais Iluminismo – ce
Categories
Published
of 4
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A individualização da Psicologia Socil na América do Norte    Individualismo: componente essencial da tradição intelectual do ocidente desde a época do Renascimento;    Renascimento: raiz fundamental da Psicologia Social moderna (psicológica);    Renascimento  –  Humanismo  –  Geisteswissenschaften    Reforma (cristandade) reforçou a causa do individualismo;    Invenção da imprensa e a difusão da literatura    Protestantismo  –  Capitalismo    Industrialização e Urbanização    Ciências Sociais    Iluminismo  –  ceticismo o   Revolução francesa o   Revolução americana    Quando o individualismo se torna uma ideologia dominante dentro de uma cultura, torna-se também invisível para aqueles indivíduos que possuem esta ideologia.    Ideologia  –  crenças coletivas    Ideologia  –  sucesso e fracasso o   Exaltação e Censura    Moscovici (1961)  –  inaugurou uma forma de Psicologia social sociológica, noção de representação social.    As raízes do individualismo estão enterradas no solo de toda a tradição intelectual do ocidente, mas seu florescimento é um fenômeno caracteristicamente americano. Dualismo cartesiano Renascimento Humanismo Reforma (Protestantismo) Invenção da Imprensa Difusão da Literatura Iluminismo (Ceticismo) Ideologia do sucesso e do fracasso As consequências históricas do individualismo como uma representação coletiva podem ser encontradas no que Graumann (1986) chama de “individualização da Psicologia Social” e no que Manicas (1987) chama de “americanização das ciências sociais”.  Behaviorismo de Floyd H. Allport  –  influência máxima nos EUA no período entre as guerras. Individualização da psicologia social e americanização das ciências sociais tem em comum o individualismo Ciências sociais passaram a ser chamadas nos EUA  –  ciências do comportamento (mudança de nome  –  desejo de atrair recursos financeiros). Enorme influência do BEHAVIORISMO  –  PSICOLOGIA TRANSCULTURAL, PSICOLOGIA AMBIENTAL, HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS DO COMPORTAMENTO  A DEFINIÇÃO DA DISCIPLINA: OS DOIS IRMÃOS ALLPORT 1924: Floyd Allport  –  livro PsicologiaSocial Influência na disciplina Psicologia Social Propõe constituir a psicologia social como uma ciência comportamental e experimental. NÃO HÁ NENHUMA PSICOLOGIA DE GRUPOS QUE NÃO SEJA ESSENCIAL E TOTALMENTE UMA PSICOLOGIA DOS INDIVÍDUOS. A PSICOLOGIA SOCIAL NÃO DEVE SER COLOCADA EM CONTRAPOSIÇÃO À PSICOLOGIA DO INDIVÍDUO; ELA É UMA PARTE DA PSICOLOGIA DO INDIVÍDUO, CUJO COMPORTAMENTO ELA ESTUDA EM RELAÇÃO ÁQUELA PARTE DO AMBIENTE QUE COMPREENDE SEUS IGUAIS... DA MESMA FORMA, NÃO EXISTE CONSCIÊNCIA QUE NÃO SEJA A DOS INDIVÍDUOS. A PSICOLOGIA, EM TODOS OS SEUS RAMOS, É UMA CIÊNCIA DO INDIVÍDUO (ALLPORT, 1924). Severo crítico a estudiosos que parecessem estar atribuindo capacidade de ação a qualquer outra entidade que não o indivíduo. Estudos de opinião pública  –  Allport  –  situação multi-individual. Gordon Allport  –  cognitivista COM POUCAS EXCEÇÕES, OS PSICOÓLOGOS SOCIAIS VÊEM SUA DISCIPLINA COMO UMA TENTATIVA DE ENTENDER E EXPLICAR COMO O PENSAMENTO, O AFETO E O COMPORTAMENTO DOS INDIVÍDUOS SÃO INFLUENCIADOS PELA PRESENÇA REAL, IMAGINADA OU IMPLÍCITA, DE OUTROS. Individualizou a noção de atitude (excluir os componentes sociais e coletivos das definições de outras pessoas). Floyd Allport  –  individualização da Psicologia  –  behaviorista Gordon Allport  –  individualização da Psicologia Social  –  cognitivista A INDIVIDUALIZAÇÃO DA PSICOLOGIA SOCIAL NOS ESTADOS UNIDOS  –  FASE UM    Principal causa da individualização da psicologia social nos EUA  –  behaviorismo    F. H. Allport  –  a realidade última é o comportamento    Só os indivíduos se comportam    Consciência somente individual: uma multidão não possui um sistema nervoso central    Família, escola, igreja, a nação, a política, a vida econômica são analisadas em termos de ações de indivíduos.    Agentes da instituição x agentes moralmente autônomos    Esperança de um novo individualismo que dispense a necessidade de instituições    “Um mundo melhor só pode ser um mundo de indivíduos melhores e mais livres”      Individualização do social  –  dessocialização do indivíduo (Graumann)    Individualismo é em si mesmo o produto de um tipo particular de sociedade.  A AMERICANIZAÇÃO DA PSICOLOGIA SOCIAL NOS EUA  –  FASE DOIS - Imigração dos gestaltistas (Áustria e Alemanha  –  EUA) Kofka  –  imigra em 1927  –  cátedra no Smith College Heider  –  1930  –  Smith College  –  Kansas University Wertheimer e Lewin Wertheimer  –  new school for social research (NY) Levi-Strauss Adorno Lewin  –  Cornell (1933-1935) Iowa (1935-1945) Centro de pesquisas em dinâmica de grupo  –  MIT 1945 (alunos de doutorado  –  pioneiros na psicologia social americana) Com a morte de Lewin em 1947, muda-se o centro de pesquisas para Michigan sob supervisão de Cartwright Köhler  –  Swarthmore College (1935-1958) -Asch  –  forma cognitivista de psicologia social Livro Gestalt Psychology (1947)  –  oposição ao behaviorismo Os psicólogos da Gestalt se defrontaram com o behaviorismo nos EUA. Quando isto ocorreu, opuseram-se a ele e neste contexto se tornaram psicólogos sociais. Koffka  –  distinção entre ambientes comportamentais e geográficos Existe um outro sentido para a palavra AMBIENTE Para entender o comportamento dos atores, é preciso entender o ambiente da mesma forma que ele. A perspectiva da Gestalt é o ingrediente específico que torna a psicologia social cognitiva, na era moderna, um fenômeno tipicamente americano.  Koffka  –  ambiente comportamental Lewin  –  espaço vital psicológico do indivíduo Gestalt  –  individualização do social, desta vez em termos de percepção (em vez de em termos de comportamento) 2 perspectivas individualistas incompatíveis  –  behaviorismo (observador) e Gestalt (ator) Empaticamente se coloca no lugar do outro (Lewin) Manter sua própria perspectiva sobre o outro (Heider) Heider  –  concepção da psicologia das relações interpessoais F. H ALLPORT e LEWIN  –  individualizaram a psicologia social  –  teorias e métodos AUTOBIOGRAFIA  –  FORMA DE INDIVIDUALISMO INDIVIDUALISMO X COMUNISMO (distorções grosseiras no desenvolvimento da Psicologia Social)

aop97010

Aug 18, 2017

CV Update Shariq

Aug 18, 2017
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks