Documents

A Lenda Do Cavaleiro de Ferro

Description
Livro não finalizado sobre uma futura terra distópica, onde os seres humanos estão espalhados por planetas artificiais criados após a Terceira Guerra Mundial.
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A Lenda do Cavaleiro de Ferro Resumo A história irá ser narrada por múltiplos personagens, mostrando inicialmente as diferentes faces dos noves planetas artificiais que rondam a velha e decadente Terra (também conhecida como planeta Mãe ou Zero) e a disputa interna de poder entre os principais regentes dos planetas artificiais para se libertarem do comando de Zero. Enquanto paralelamente ao jogo político, o comandante da terra morre assassinado e segue-se com a tradição de se fazer um torneio misturando-se habilidades de diplomacia, política e luta entre representantes dos dez planetas para descobrir quem irá ter o controle da velha Terra e consequentemente de todos os nove planetas artificiais que a rodeiam. Histórico  Após a terceira grande guerra mundial os países da velha Terra se reuniram na chamada “Primavera Tecnológica” onde derrotados e vencedores fizeram um pacto de paz intermediado por um “homem” (não se sabe de fato o seu gênero  –   culturalmente acredita-se que ele era um homem) conhecido como Cavaleiro de Ferro e juntos iniciaram o desenvolvimento do primeiro planeta artificial, uma vez que os recursos naturais na terra haviam sido comprometidos com a guerra e os seres humanos  pereciam com a falta de comida e água. A empreitada foi um sucesso e não contentes em criar apenas um planeta, com a ciência desenvolvida no pós-guerra a terra criou nove planetas artificiais que orbitam em volta de si, como se fossem a lua (mas de tamanho menor), com fuso horários e climas próprios com seus recursos controlados e gerenciados pela Terra. Com o passar do tempo as populações humanas dos dez planetas foi crescendo e se diferenciando aos poucos tanto fisicamente quanto culturalmente. Essas diferenças e o descontamento com a maneira com que a Terra comanda va os nove planetas gerou a “Primeira Revolução Silenciosa”, quando o Planeta 3 matou todos os representantes da Terra e cortou as comunicações com a Mãe. Gerando uma crise política e alimentícia, pois deste planeta em posição estratégica importava-se alimentos que eram impossíveis de serem cultivados nos outros oito. A Terra enviou naves de  batalha, relíquias da Terceira Grande Guerra, para o Planeta 3 que mesmo ameaçado por uma guerra se recusou a ceder e inevitavelmente sucumbiu diante do Planeta Mãe, os líderes da revolução foram mortos em transmissão assistida ao vivo em todos os planetas. A cena gerou comoção e revolta nos habitantes de todos os planetas artificiais e então iniciou-se a “Segunda Revolução Silenciosa” onde os planetas 2, 4, 6, 7 e 9 ta mbém cortaram suas comunicações com a terra e vivia-se o medo de uma Quarta Guerra Mundial (agora com proporções extraplanetárias), pois no Planeta 9 descobriu-se que clandestinamente havia a produção de armas de tecnologia proibida pelo alto conselho da terra, uma indicação de que planejavam a muito tempo se rebelar. Diante da tensão crescente de uma Quarta Grande Guerra, o sistema de transmissão televisa dos nove planetas foi “hackeado” por um “homem” sem rosto que se autointulava o cavaleiro de ferro e que a solução para o conflito entre mãe e filhos seria apenas uma: Destituir a liderança da Terra e as lideranças autoproclamadas dos planetas artificiais e unificar os dez planetas como se fossem apenas um. A Terra o rotulou de terrorista e iniciou uma procura feroz pelo cavaleiro de ferro, enquanto a figura ganhava cada vez mais popularidade nos planetas artificiais. Mesmo naqueles em que a comunicação com a Terra havia sido cortada, os rumores de um suposto salvador para as   populações que pereciam diante da grave crise enchia de esperança de que a situação poderia melhorar.  No Planeta 9 assistir os vídeos do cavaleiro de ferro foi proibido, incitando ainda mais a curiosidade da população. Mesmo diante da proibição o vídeo foi compartilhado ilegalmente entre os milhares de habitantes, que iniciaram a “Rebelião de Ferro” a qual culminou na tomada do centro de comando e o retorno das comunicações com a Terra desde que sob a tutela do cavaleiro de ferro. Os líderes dos outros planetas artificiais rebeldes temiam que o mesmo pudesse acontecer com eles, uma vez que sem o apoio financeiro e logístico da Terra estavam sucumbindo com a fome e movimentos rebeldes internos que queriam reatar as relações com o Planeta Mãe. Diante da pressão também aceitariam negociar com a Terra desde que sob a intervenção do cavaleiro de ferro, uma vez que o povo o via como uma figura simpática aos seus sofrimentos. Em uma reunião em um local secreto no Planeta 1, representantes de todos os planetas se reuniram acompanhados do cava leiro de ferro e assinaram um termo de paz que ficou conhecido como “O Tratado do Grande Torneio” ao qual estabelecia que os planetas artificiais iriam ter liberdade para escolher seus representantes e suas formas de governo  –   ou seja possuiriam um certo grau de independência da Terra  –   enquanto que a Mãe ainda exerceria o comando e a regulação dos demais  planetas desde que o seu governante geral fosse escolhido por um torneio, com participantes de todos os planetas, em que suas capacidades de liderança fossem postas à prova. O vencedor do torneio receberia o título de Rei Zero e seria sua a responsabilidade de gerenciar os nove planetas artificiais. Acredita-se que o resultado da reunião não agradou ao próprio cavaleiro de ferro e transtornado com o desfecho dos eventos prometeu que não desistiria da unificação dos nove planetas. Muitas histórias divergem a partir daqui, alguns acreditam que ele tenha se tornado um peregrino extraplanetário realizando feitos memoráveis e ajudando a reconstruir as vidas daqueles que foram destruídos pelas guerras. Enquanto outros acreditam que tenha recebido uma enorme recompensa e tenha ido viver na Terra e ali tenha morrido. O que aconteceu ao certo ninguém sabe, até agora... Geopolítica, Personagens e Curiosidades Planeta Zero (Planeta Terra, Velha Terra, Planeta Mãe ou Zero) O planeta Terra é formado por um emaranhado de montanhas, árvores, mares e cidades fantasmas, onde a moradia e a permanência são proibidas devido o excesso de radiação, consequência da Terceira Guerra Mundial. As populações humanas estão confinadas a sete cidades, todas interligadas por uma rede complexa de túneis por debaixo do mar. A capital da Terra é Navi, sede do alto conselho e casa do Rei Zero. É a cidade que possui o maior número de habitantes e também um centro extraplanetário, funcionando como coração logístico dos nove planetas artificiais. Curiosidades:  Na Terra as pessoas não têm sobrenome, sendo apenas conhecidas como srcinárias de uma determinada cidade. O controle da população é feito com o uso de uma pulseira com carcteres alfanuméricos (como uma placa de carro) que indica especificamente cada pessoa. Todos os nascidos na Terra possuem uma tatuagem na nuca com o número grego alfa, indicando que a raça humana se srcinou primeiro na Terra e depois se espalhou pelos outros planetas artificiais. Com o grande fluxo de pessoas dos diversos planetas artificiais na Terra, a miscigenação foi inevitável. Os terráqueos nascidos de pais terrestres com pais extraplanetários ou de pais  extraplantários que migraram para o Planeta Mãe também possuem o símbolo grego na nuca, contudo sua pulseira de identificação alfanumérica possui a cor vermelha e o sobrenome da sua família de srcem no planeta artificial. De forma geral essas pessoas são utilizadas como mão de obra barata e vivem marginalizadas na sociedade terrestre. Os reis da Terra são escolhidos em um Torneio com membros de idade entre 13 e 18 anos oriundos de todos os planetas habitados. O vencedor passa a morar no Planeta Mãe e possui a governança de todos os nove planetas artificiais. Em uma cerimônia para demonstrar que governará com justiça e equidade, o regente assume o sobrenome Nullum (zero em latim). Planeta Zero, Velha Mãe, Zero ou Terra   Sistema de Governo:  Reinado R  ei Zero Atual:  Serberus Nullum II Reis Anteriores e período de reinado: 1)   Mirandir Nullum  –   30 anos 2)   Sefir Nullum  –   13 anos 3)   Aor Nullum  –   25 anos 4)   Serberus Nullum  –   2 anos 5)   Aor Nullum II  –   45 anos 6)   Ocatvio Nullum -17 anos 7)   Aor Nullum III  –   8 anos 8)   Aisha Nullum  –   60 anos 9)   Serberus Nullum II  –   18 anos Alto Conselho da Terra Formado pelos representantes da sete cidades livres da Terra (o que restou da Terceira Guerra Mundial), uma alta cúpula que no pós-guerra governou os planetas artificiais com mãos de ferro, mas após as Revoluções Silenciosas teve seu poder reduzido, são agora considerados conselheiros do Rei Zero. Membros Atuais: 1)   Taurus da Cidade de Navi 2)   Petrus da Cidade do Mar Negro 3)   Ariana da Cidade das Lágrimas 4)   Sefira da Cidade da Eterna Neve 5)   Primos da Cidade das Árvores Caídas 6)   Devinos da Cidade dos Portos 7)   Serum da Cidade do Sol Perene Personagens que irão ter narrações com ponto de vista da Terra 1)   Minerva Novem* 2)   Taurus 3)   Ariana 4)   Petrus    Núcleo de Personagens da Terra  1)   Rei Serberus Nullum II 2)   Taurus 3)   Petrus 4)   Ariana 5)   Sefira 6)   Primos 7)   Devinos 8)   Serum 9)   Minerva Novem 10)   Dafne 11)   À aumentar com o tempo...   Planeta 1 Possui um clima seco e quente, formado por um grande deserto de areia extraída de Marte é o  planeta artificial mais próximo do sol. Inicialmente sua função é a de porto de passagem do minério extraído nos outros planetas do Sistema Solar para a Terra. Apesar de possuir uma população relativamente pequena é um planeta próspero e um dos poucos planetas que se mantiveram alinhados com a Terra durante as Revoluções Silenciosas. O planeta é formado por aldeias que vivem em torno dos Quatro Grandes Portos responsáveis pelo tráfego de minério, aqueles que não trabalham no planeta são mineradores em Urano e Jupiter, uma vez que Marte se tornou um planeta mineralmente infértil. Curiosidades: Todos os nascidos no Planeta 1 possuem o sobrenome Unum (um em latim) e características físicas semelhantes que são pele morena, cabelos pretos e olhos azuis. As vestes de homens e mulheres são semelhantes e especiais para aguentar o calor do planeta. Em 1 não existem diferenças sociais entre homens e mulheres e nem castas sociais, todos são iguais em direitos e responsabilidades. A poligamia é permita a todos exceto a família real, a qual a gerações casa-se entre parentes da mesma linhagem. São dependentes da água e alimentos importados de outros planetas e exportam minério extraído de Urano e Jupiter.  Não possuem animais. Sistema de Governo:  Monarquia Familiar Monarca Atual: Robert Unum  Próxima na linha de sucessão:  Isla Unum Reis anteriores: 1)   Órus Unum
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks