Documents

A MENINA QUE ODIAVA LIVROS.docx

Description
Projeto de Intervenção de leitura e Escrita: “Descoberta” A menina que odiava livros Manjusha Pawagi Era uma vez uma menina chamada Mina. Se, num livro, procurassem o significado do seu nome, descobririam que significa «peixe» em antigo sânscrito. Mas Mina não sabia, porque nunca procurava o significado de nada em lado nenhum. Mina detestava ler e detestava livros. — Estão sempre no meio do caminho — dizia ela. E era verdade, porque em sua casa havia livros por todo o lado. Não apenas nas prate
Categories
Published
of 6
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Projeto de Intervenção de leitura e Escrita: “Descoberta” A menina que odiava livros  Manjusha Pawagi  Era uma vez uma menina chamada Mina. Se,num livro, procurassem o signifcado do seu nome, descobririam quesignifca «peixe em an!igo s nscri!o. Mas Mina n#o sabia, porquenuncaprocurava o signifcado de nada em lado nenhum.Minade!es!ava ler e de!es!ava livros. $Es!#o sempre no meio do caminho $ dizia ela. E era verdade, porque em sua casa havia livrospor !odo o lado. %#o apenas nas pra!eleiras e nasmesinhas&de&cabeceira, onde normalmen!e h'livros, mas em !odos os lugares onde geralmen!en#o h' livros. (avia livros den!ro de cris!aleiras, de c)modas ede roupeiros, em guarda&*a!os e em arm'rios eden!ro de arcas. (avia livros em cima do so*' elivros nas escadas, livros a abarro!ar den!ro dalareira e empilhados em cima de cadeiras. E o pior de !udo era que os pais de Mina es!avam sempre a !razer M+S livros paracasa. Passavam a vida a comprar livros, a !razer livros da biblio!eca e a encomendarlivros a!rav-s de ca!'logo. iam ao pequeno&almo/o, ao almo/o e ao jan!ar. Masquando pergun!avam 0 Mina se ela queria ler, ela *azia uma birra e gri!ava1 $Eu de!es!o livros2 E quando, em voz al!a, !en!avam ler&lhe uma his!3ria, ela !apava os ouvidos com asm#os e gri!ava ainda mais al!o $ E4 5E6ES67 897S2 (avia provavelmen!e um s3 ser no mundo que, ainda mais do que Mina, de!es!avalivros. Era o seu ga!o, Max. (' mui!o !empo, quando ele era ainda ga!inho, caiu&lheum a!las em cima da cauda. :icou com a cauda dobrada como um limpa&cachimbos.5esde en!#o, procurava sempre fcar em cima dos livros em vez de fcar debaixodeles. 4ma manh#, depois !er !irado !odos os livros do lava!3rio para lavar os den!es, Mina*oi 0 cozinha preparar o pequeno&almo/o para si e para o Max. Primeiro, subiu paracima de uma pilha de volumes de uma enciclop-dia, para conseguir chegar aoscereais. 5epois, abriu o *rigor;fco e a*as!ou um mon!e de revis!as para re!irar o lei!e.5ei!ou um pouco de lei!e para si e um pouco para o Max. $ Max2 $ chamou ela. $ 7 pequeno&almo/o es!' pron!o2 Mas o Max n#o aparecia. 6en!ou novamen!e. $ Max2 $ chamou ela. $ 7 pequeno&almo/o es!' pron!o2 $ E ele con!inuava semaparecer. $ 7nde poder' es!ar< $ pensou a Mina. Procurou na banheira e a!r's do secador da roupa. Procurou debaixo das escadas eem cima do rel3gio. Encon!rou mais livros, mas n#o encon!rou o Max. Subi!amen!e,ouviu um grande =Miaaaaaaauu2> ?orreu para a sala @  de jan!ar, e l' es!ava ele, no cimo da pilha de livros mais al!a da casa, sem conseguirdescer. Es!a pilha era *ormada por !odos os livros que os pais es!avam sempre acomprar&lhe e que ela sempre se recusava a ler. %o *undo da pilha es!avam grandes livros ilus!rados, como novos, do !empo em queMina era beb-. %o meio, havia livros com o al*abe!o e can/Aes de embalar. Em cima,mesmo ao n;vel do !ec!o, havia con!os de *adas e his!3rias de aven!uras. 7s livroses!avam !odos cober!os de p3.$ %#o !e preocupes, Max $ gri!ou&lhe Mina. $ Eu vou salvar&!e2 E come/ou a !repar pela pilha de livros acima. 5e in;cio, *oi *'cil, porque os livrosilus!rados !inham capas duras, e era como se es!ivesse a subir umas escadas. Masquando Mina chegou aos livros de capa mole, *alhou&lhe o p- num livro de poemas,perdeu o equil;brio e come/ou a escorregar. ?+69+P4M2 7s livros *oram pelos ares. ?a;ram por !odos os lados, as lombadasabriram&se pela primeira vez, e as p'ginas separaram&se. B medida que os livros iamcaindo, iam acon!ecendo coisas es!ranhas. Pessoas e animais come/aram a cair dasp'ginas e a rebolar pelo ch#o. ?a;am uns em cima dos ou!ros, espalhando os livros e*azendo !ombar as cadeiras. (avia pr;ncipes e princesas, *adas e r#s. E, depois, um lobo e !rCs porquinhos e um!roll !raquinas em cima de um !ronco. 7 (ump!D 5ump!D *oi pelos ares e depoispar!iu&se ao meio, por de!r's da M#e&Pa!a e de uma gira*a roxa. (avia ele*an!es,imperadores, aves!ruzes e duendes, e uma variedade de macacos, !odosemaranhados uns nos ou!ros. Mas acima de !udo havia coelhos, por !odos os lados.?oelhos selvagens, coelhinhos brancos e coelhos de chap-u. Mina sen!ou&se no meio daquilo !udo, demasiado surpreendida para se mexer. $ Eu pensava que os livros es!avam cheios de palavras, n#o de coelhos2 $ disseela, quando ca;ram mais seis coelhos aos !rambolhAes de um livro ao seu lado. +gora, ela j' n#o reconhecia a sala de jan!ar. 7 ele*an!e es!ava equilibrado, em cimade uma mesa de ca*-, a *azer malabarismos com os pra!os do melhor servi/o. 7smacacos !inham arrancado as cor!inas e *ei!o delas capas. E os coelhos mordiscavamas pernas da mesa. $ Parem2 $ gri!ou Mina. $ 8ol!em para os vossos livros2 Mas havia !an!os la!idos e grunhidos e passos pesados, que ningu-m a ouviu *alar.Mina pegou no coelho que es!ava mais per!o dela e !en!ou me!C&lo den!ro de um livrode cozinha, mas ele assus!ou&se !an!o que se con!orceu, escapou&se&lhe das m#os e*ugiu. Ela abriu ou!ro livro, de onde sa;ram qua!ro pa!os a voar. 8ol!ou a *ech'&lo. $ s!o n#o vai resul!ar $ disse Mina. $ %#o sei a que livro per!ence cada um deles.$ Pensou por um minu!o. $ ' sei $ disse ela. $ 8ou pergun!ar a !odos ondeper!encem.?ome/ou por uma cria!ura es!ranha que n#o reconhecia de !odo. $ Fuem -s !u< $ pergun!ou ela. $ + - de +ardvarG2 $ disse o animal, zangado, e a*as!ou&se 0 procura do livro do+l*abe!o. Ela encon!rou um lobo a chorar debaixo da mesa da sala de jan!ar e pergun!ou&lheonde - que ele per!encia. $ %#o me recordo se sou do ?apuchinho 8ermelho ou dos 6rCs Porquinhos2 $ disseele a chorar e assoou&se 0 !oalha da mesa. Mas Mina n#o podia ajud'&lo, porque nuncalera nenhuma das his!3rias. En!#o !eve ou!ra ideia. +garrou no livro que es!ava mais per!o de si e come/ou a lerem voz al!a. $ Era uma vez $ come/ou Mina. $ %uma !erra mui!o, mui!o dis!an!e... 5evagar, os animais pararam de sal!ar e de uivar e de *alar depressa e de conversar.+proximaram&se dela para ver o que ia acon!ecer. Passado pouco !empo, es!avam H  !odos sen!ados em c;rculo 0 sua vol!a, a ouvi&la ler. Fuando Mina chegou ao cimo dasegunda p'gina, os porcos que es!avam no c;rculo levan!aram&se de um pulo. $ Somos n3s2 $ gri!aram eles $ I a nossa p'gina2 Esse - o nosso livro2 Sal!aram do c;rculo, pularam para o colo de Mina e desapareceram den!ro dele. Mina*echou&o, an!es que eles pudessem pular ou!ra vez c' para *ora. Pegou nou!ro livro dehis!3rias. 4m a um, come/ou a ler !odos os seus livros. E, um a um, os animaisencon!raram o livro a que per!enciam. Por fm, fcou na sala apenas um coelhinhoves!ido com um casaquinho azul. Mina agarrou no livro devagar. Era + (is!3ria dePedro ?oelho J6he 6ale o* Pe!er 9abbi!, em inglCsK. $ 6alvez eu possa fcar com es!e coelho para mim $ pensou . Es!ava a come/ar a sen!ir&se sozinha, agora que !odos se !inham ido embora. Mas ocoelho fcou 0 *ren!e de Mina, apoiando&se ora numa pa!a, ora nou!ra, nervoso,mexendo o nariz peludo. Es!ava ansioso por regressar a casa. En!#o, com um grandesuspiro, Mina abriu o Ll!imo livro. 7 coelho sal!ou l' para den!ro, abanou a cauda edesapareceu. + casa fcou em silCncio. 7 Max es!ava sen!ado em cima de uns livros, a lavar acara. Mina suspirou1 $ %unca mais vou vol!ar a ver aqueles coelhos2 $ disse ela. Em seguida, reparou que os livros ainda ali es!avam, 0 sua vol!a. ?ome/ou a sorrir.Fuando os pais chegaram a casa nessa !arde, cus!ou&lhes a acredi!ar no que es!avama ver. %#o era por as cor!inas !erem desaparecido e por os pra!os es!arem par!idos, eas pernas da mesa, ro;das. Mas sim porque ali mesmo, no meio da sala, es!ava Mina. Ees!ava a ler um livro. ENTENDENDO O TETO: 9esponda as a!ividades abaixo marcando um  na al!erna!iva corre!a ou elaborando uma *rase1@. Fual - o nome da personagem principal do v;deo< J K +naJ K %inaJ K +lineH. Por que a menina odiava os livros<N.Fual - o nome do ga!o<J K MiauJ K :-lixJ K MaxO. Fual - a cor do ga!o<J K laranjaJ K verdeJ K rosa. 7 que acon!eceu na casa da menina para que os personagens sa;ssem dos livros<Q. Fuem - o personagem anal*abe!o que chorou porque queria vol!ar para sua casa Jseu livroK <J K !amandu' J K lobo mauJ K macaco N  R. Fual *oi o @ livro que *ez com que a menina conseguisse devolver cada um dos personagens para a sua his!3ria<J K 7 lobo e os R cabri!inhosJ K 7s N ursos e ?achinhos 5ouradosJ K 7s N porquinhosT. Fuando os pais vol!aram pra casa,fcaram assus!ados. Por quCU. 7bservando as carac!er;s!icas da menina1 ?abelosJ K sol!os, lisos e cas!anhos J K sol!os, cacheados e loiros?amise!aJ K verde com mangas brancas J Kbranca com mangas verdes?al/aJ K verde J K azul J K laranja@V. Podemos dizer que o v;deo !ransmi!e a seguin!e mensagem1J K Fuem lC, viaja. 5escobre um mundo cheio de id-ias e *an!asias.J K Fuem lC, n#o aprende nada. Perde !empo de brincar na rua. !ENTO O#P$ETO 9esponda as a!ividades abaixo marcando um  na al!erna!iva corre!a ou elaborando uma *rase1@. Fual - o nome da personagem principal do v;deo< J K +naJ K %inaJ K +lineH. Por que a menina odiava os livros<N. Fual - o nome do ga!o<J K MiauJ K :-lixJ K MaxO. Fual - a cor do ga!o<J K laranjaJ K verdeJ K rosa. 7 que acon!eceu na casa da menina para que os personagens sa;ssem dos livros<Q. Fuem - o personagem anal*abe!o que chorou porque queria vol!ar para sua casa Jseu livroK < O
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks