Documents

A Musica e Suas Influencias No Cerebro

Description
magia
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Olá querido ( a ) internauta ... seja bem vindo ao meu site .... meu nome é Nilton Schutz ... sou pesquisador de ciências ocultas e nesta página vamos conversar e reletir sobre a ! sica no seu aspecto mais oculto e transcendental... #ntes de iniciarmos este estudo$ é necessário lembrar que em um tempo bem remoto da hist%ria da humanidade$ houve um ato que é sempre a chave de in meras rele&'es necessárias para a iniciao de todos$ em qualquer assunto que esteja em pauta.Nosso *ogos Solar ou !aha+,shvara (-eus) no contente com a evoluo do / sistema $ dirigida pelo / senhor (*uzeiro$ -h0an+1hohan ou ,sh2ara)$ apelou para o 3/ senhor$ de orma a acelerar a evoluo. O 3/ senhor (divino rebelde) vendo a 4orma atrasada5 que se encontrava a humanidade$ negou a ajuda$ ocasionando a sua 4queda5 orada no / sistema de evoluo com a retirada de parte de sua consciência pelo *ogos Solar.1om este ato a conduta do / sistema de evoluo passa a pertencer ao 6/ senhor$ com a obrigao de ajustar o atraso do / senhor no sistema e azer o papel do 3/ senhor$ de modoa resgatá+lo no uturo. 7ste acontecimento srcinou no / sistema evolucional (que vivemos agora)$ o envolvimento destes 8 senhores divinos$ reletindo em 4tudo e em todas as coisas5 que evoluem em nosso planeta.1om a m sica no poderia ser dierente$ tendo o envolvimentos destes 8 senhores divinos na 4e&celsa trindade musical5+ 9ach (harmonia) + 9eethoven (melodia) + :agner (r;tmo) e !ozart como a S;ntese dos três.   JOHANN SEBASTIAN BACH (1685 - 1750) -estes  magn;icos seres oi o primeiro que veio a ace da terra. 7ra do s;gno de <ries$ que comea o ciclo zodiacal$ bem condizente ao quarto sistema evolutivo (marciano)$ sendo que o elemento do s;gno de <ries é o ogo$ tendo como domic;lio o planeta !arte. 9ach vibrava com a t=nica do / senhor e era inspirado pelo raio das artes do 6/ senhor(dirigente do sistema evolutivo).. Sua m sica repleta de -eus$ ilustrava a ligao (busca) do homem em relao ao divino.9ach canalizava o 4arquétipo de Netuno5$ que é representado pelo s;gno domic;lio de pei&es (provavelmente o seu ascendente) e tem a sua polaridade (e&;lio) em virgem (!erc rio + planeta do 6/ senhor). Netuno tem como aspecto a qualidade inating;vel da Onipotência -ivina$ era o 4inating;vel amor a -eus que 9ach tanto queria (conseguiu>) atingir com sua m sica. # 7spiritualidade de Netuno no cresce dentro do homem$ é necessário que o homem alimente esta espiritualidade... ninguém alimentou tanto esta espiritualidade com tanta devoo e compai&o como 9ach em suas composi'es musicais.?ma rase de !ozart perguntava como era poss;vel 9ach concentrar toda sua alma no corao e nos ouvidos. 1omo isto era poss;vel ninguém e&plica mas para 9ach era. Seu cha@ra card;aco (/ cha@ra$ / senhor$ / sistema + tudo se interliga) era repleto de amor universal$ lorescendo em sua m sica$ cheia de 4harmonia pura$ e&ata e pereita5(S#A:# + B/ trono).9eethoven alando sobre 9ach + 4 9ach é o sublime mestre da harmonia$ e sua m sica chegadiretamente ao corao5.:agner alando sobre 9ach + Se quiser conhecer a maravilhosa srcinalidade$ a ora e o signiicado do e&traordinário gênio alemo$ está ele representado na suprema genialidade musical de 9ach5.9ach em sua ltima época$ apro&imadamente nos seus ltimos dez anos na ace da terra$ ingressou no 4mundo oculto da m sica5$ numa escola iniciática onde os quesitos necessários$que permitiam a entrada dos m sicos$ eram ser 4e&perts5 em ilosoia e matemática. 7stes conceitos inseridos na m sica$ em conjunto com pesquisas cabal;sticas e alabetos mágicos$ srcinaram %rmulas secretas e enigmáticas utilizadas nas composi'es musicais dos iniciados. 7sta 4ormulao iniciática5 nas m sicas eram aplicadas nos intervalos$ igura'es r;tmicas$ harm=nicas$ etc.Aoda esta magia musical se cristalizou nas m sicas de 9ach$ construindo catedrais no astral (quarta dimenso)$ que vibrando na t=nica do / senhor e inspirado pelo raio das artes do 6/senhor$ serviu de sustentáculo para toda m sica posterior a ele$ assim como #tlasbel (/ senhor)$com o planeta em suas costas$ o verdadeiro alicerce de nosso sistema evolutivo.   WOLFGANG AMADEUS MOZART (1756 - 1791) 7ste ser 4especial;ssimo5 correspondia e&atamente a BCD da divindade na ace da terra. Eara que esta relao ique mais clara precisamos colocar nosso 4*ogos Solar5 (!aha+,sh2ara + -eus) como 4 BF $ nico e universal. 7ste mesmo *ogos Solar se divide em G emana'es divinas ou S%is menores correspondendo cada um a BCG do *ogos Solar$ e estes mesmos G S%is menores(Senhores) também se subdividem em G $ srcinando assim as G A=nicas com o valor de BCD em relao ao *ogos Solar. !ozart vibrava e&atamente como a t=nica (H#,O) das artes (!IS,1#) do 6/ senhor $ sendo ele a s;ntese de 9ach$ 9eethoven e :agner (partes mais ragmentadas da divindade)$ representando a 4m sica do 6/ senhor na ace da terra5.!ozart $ 4para alguns5$ no era humano$ e sim um deva do 6/ senhor$ sem e&periências anteriores na ace da terra como ser hominal$ e&plicando assim a orma 4no muito regrada5 deste ser conduzir sua pequena passagem no reino humano$ pois o deva no evolui da mesma orma que o homem. Os devas$ com e&ceo dos 4grandes devas5 que passaram peloreino humano em ciclos anteriores$ no possuem 4autoconsciência5$ se desenvolvem pela sensao$ no pelo pensamento consciente como o homem que é responsável pelas suas realiza'es conscientes$ e sim pela e&perimentao de sensa'es.O deva procura sentir$ ao contrário do homem que procura conhecer... 7le adorava estas$ mulheres$ bebidas e tudo em demasia para sua diverso$ mas na m sica era divino... compunha e e&ecutava suas m sicas como 4nenhum outro antes havia eito5$ sua m sica vinha como um 4ditado5$ no apresentando alhas ou rasuras na partitura$ sua sintonia musical era direta com os mundos internos (#gartha). !ozart era inteligent;ssimo e de uma mem%ria 4ora dos padr'es normais5. Eodemos dizer que na m sica$ ele era o ternário superior totalmente divino$ e na vida de homem comum$ com o quaternário inerior$ um gênio irresponsável (-eva ou no >).7le era do s;gno de aquário$ elemento ar$ regente ?rano$ planeta que quebra com padr'es estabelecidos$ trazendo inova'es e e&panso de consciência (dizem que algumas m sicas de !ozart aumentam a inteligência)$ a potencialidade de gênio se encontra em ?rano$ é a Jonte 1riativa ?niversal através de uma Kontade Superior. #s pessoas inluenciadas por este planeta so$ super ativas$ elétricas e no vêem o que azem mas so notadas imediatamente$ todos atributos acilmente notados na personalidade e na m sica de !ozart. ?rano avana no limite de idéias e comunicao de !erc rio (planeta do 6/ senhor) trazendoa genialidade e a criatividade. O ascendente de !ozart era virgem$ que tem seu domic;lio em!erc rio.# !aonaria iniciou !ozart$ na *oja da Serpente de Ouro$ reletindo para alguns na maior obra criada por ele$ a %pera 4# Jlauta !ágica5 que conta através da m sica todo ritual de iniciao ma=nico$ contendo uma simbologia riqu;ssima e genial de compassos e notas no decorrer da m sica que identiica toda ideologia ma=nica.# morte de !ozart também possui liga'es a ?rano$ que em seus aspectos cr;ticos indicam precipitao$ rompimento e comportamento errático$ o que ez !ozart musicar a pea -on Liovanni (-on Muan) drama espanhol er%tico que relata o hero;smo e a punio religiosa do libertino -on Muan$ oendendo ao pr%prio eterno$ o que para um ser da hierarquia de !ozart oi inadmiss;vel (a quem muito é dado...muito será cobrado) ocasionando a encomenda (a  pr%pria morte)de um Héquiem para !ozart$ pelo 4misterioso ser da capa preta5$ que na verdade era um enviado de #gartha .1onclu;+se que caso !ozart viesse a viver na ace da terra por mais 8 anos$ talvez no ouv;ssemos alar de 9eethoven ou até mesmo de :agner$ pois com sua velocidade e genialidade$ ele teria chegado ao Homantismo7instein sobre !ozart + 4# m sica de !ozart é de tamanha pureza e beleza que sentimos queele apenas a encontrou$ que ela sempre e&istira como parte da beleza interior do universo5.Lrieg sobre !ozart + 47m 9ach$ 9eethoven e :agner n%s admiramos principalmente a proundidade e a energia da mente humanaP em !ozart$ o instinto divino5.:agner sobre !ozart + 47u acredito em -eus$ !ozart e 9eethoven5   LUDWIG AN BEETHOEN (1770 - 18!7) 7ste ilustre e enigmático ser oi considerado por muitos o 4her%i dos her%is5$com um imenso corao (romQntico) e incompreendido em sua época $ dei&ou para as gera'es uturas um imenso legado de sabedoria através de sua m sica. 9eethoven musicava a cosmogênese$ cada nota e cada espao de sua sublime m sica entoava a ormao dos mundos (H#M#S + R/ AHONO)$ vibrava com a t=nica do 6/ senhor (vida esparsa). !uitos dizem que a quinta sinonia (aquela que qualquer mortal já ouviu pelo menos uma vez) é um aspecto do 3/senhor e&pressado pela revolta e sublimao contida em sua m sica. 1om a descida de !ozart$ alguns pensadores concluem que a retomada da m sica espiritual do 6/senhor oi passada para 9eethoven$ que possu;a um ve;culo apropriado para a misso.Seu s;gno era o de Sagitário$ elemento ogo$ com domic;lio em M piter e e&;lio (polaridade) no s;gno de Lêmeos (Elaneta !erc rio + 6/senhor). O s;mbolo de sagitário é o do 4#rqueiro com a sua lecha voltada para o ininito5$ 9eethoven com sua m sica (lecha) ultrapassou os limites dos céus$ musicando a 4criao do cosmos5.Sagitário tem como caracter;stica querer a 4grandiosidade5 e olha para o alto como se já estivesse lá$ indo a longo alcance$ 9eethovendesde pequeno viajava com as estrêlas.-iz o pol;grao espanhol o Sr. !ario Hoso de *una que 9eethoven sozinho 4passou os rigores da noite espiritual5$ abrindo os olhos de sua intuio ao 4supernaturalismo5 misterioso que rodeia nossa e&istência$ iniciando+se nos mistérios do ocultismo. 7le tinha em sua mesa de trabalho a sis eg;pcia$ a ineável Neith e em sua cadeira em rente ao piano$ a 7strêla de 6 pontas.-isse !ateus T. 9arroso em seu livro # nona sinonia U4 9eethoven mesmo dizia que a m sica é uma revelao mais sublime que toda sabedoria e toda ilosoia. 7la é a nica
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks