Documents

A Nova Regra Do Seguro-Desemprego 1

Description
Trata da nova regra do seguro desemprego
Categories
Published
of 2
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Seguro-desemprego: saiba tudosobre a nova lei Chamada: Você quer saber o que muda no seguro desemprego para 2017? Conra nesse post as principais regras da nova lei! Nos últimos anos o brasileiro está enfrentando os efeitos da má gestãopública e de uma crise que se intensificou em 2015, em razão do déficit noscofres públicos. Neste ano, o governo cortou gastos e aumentou os impostos,para poder pagar a dívida pública e manter os serviços básicos à população. Os ajustes do seguro desemprego é um dos exemplos do corte feito pelogoverno, que antes era mais facilitado ao trabalhador que era dispensado do seutrabalho.Primeiramente, para ter direito ao recebimento do seguro desemprego, énecessário que o funcionário esteja desempregado e tenha sido dispensado deseu posto de trabalho sem justa causa . Com isso ele poderá receber entre 3 e 5parcelas do benefício em razão de quanto tempo ele trabalhou com carteiraassinada.Antes da lei 13.134 de 2015, receber esse benefício era muito mais fácil.Um exemplo disso é a carência, ou seja, o tempo mínimo de trabalhos, que antesera de apenas seis meses trabalhados imediatamente a data da dispensa parapoder fazer sua primeira solicitação. No entanto, agora é preciso ter no mínimo12 meses registrado, num período de 18 meses anteriores a data da dispensa,para a primeira solicitação. Por outro lado, caso seja a segunda vez que otrabalhador esteja pedindo o seguro desemprego, esse prazo mínimo será de 9meses nos últimos 12 meses. E a partir do terceiro requerimento o prazomínimo é de 6 meses.Com relação ao tempo de duração ao benefício, ou seja, quanto aonúmero de parcelas é importante entender que, caso o empregado tivertrabalhado entre 12 e 23 meses, poderá receber 4 parcelas. No entanto, seultrapassar os 23 meses poderá receber 5 parcelas.   Já em relação à segunda solicitação as exigências parecem diminuir, poishavendo ao menos 9 meses de vínculo empregatício, terá o direito de receber 3parcelas. A partir da terceira solicitação, o recebimento de 3 parcelas dependeráda comprovação de no mínimo 6 meses de vínculo;
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks