Documents

A Perda Da Realidade Na Neurose e Psicose (1924) - Slides

Description
Slide
Categories
Published
of 9
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Prof. Bruno Curcino Hanke   perda da realidade na neurose e na psicose   Contexto teórico:     Não    esquecer   que esse texto decorre de  “Neurose  e  Psicose” (1924).     Não esquecer   que Freud ainda está preocupado com aviabilidade teórica de sua nova tópica psíquica: id, ego e superego.   Em ambas as nosografias, o sujeito perde o contato com arealidade. Na    neurose , a  fantasia  é o mecanismo maiscaracterístico; na    psicose , é o    delírio .   perda da realidade na neurose e na psicose     Neurose : o ego, dependente da realidade, reprime uma parte do id (vida pulsional). Há um predomínio da influência da realidade.     Psicose : o ego, a serviço do id, afasta-se de uma parte darealidade. Predomínio do id.     A perda da realidade está necessariamente presente na   psicose   .    Na    neurose   ,    essa    perda    é    evitada .   “toda  neurose perturba de algum modo a relação do pacientecom a realidade servindo-lhe de um meio de se afastar da realidade” →  apenas no segundo momento da formação da neurose.   Na neurose, a realidade perdida é a que foi recalcada.   perda da realidade na neurose e na psicose     2    momentos : o sujeito se afasta de uma experiência traumáticae a relega à amnésia.     Caso    Elisabeth    von    R   .  →  moça apaixonada pelo cunhado fica abalada com a ideia de que o rapaz estava livre para ela, já quesua irmã acabava de falecer .   Freud alerta que a neurose desvaloriza a alteração real, pois oamor pelo cunhado (exigência da pulsão) é recalcado. Na psicose, a recusa seria o fato de a irmã ter morrido.   Há 2 momentos na psicose e na neurose: na    psicose , o ego éretirado da realidade para depois ela ser     substituída  a partir dasua relação com o id; na    neurose , o segundo momento tambémacontece por     influência    do    id .
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks